3

Governo Flávio Dino leiloou mais de 10 mil veículos em três anos…

Editais de leilões do Detran para carros com IPVA atrasado revelam intensa venda entre 2015 e 2018; decreto assinado pelo comunista após desgaste na imagem deve barrar a ação do BPRV e da Vip Leilões

 

As blitzen do BPRV estavam tão sistemáticas que ocorriam até debaixo d’água, como esta, na Beira-Mar

Reportagem da TV Mirante exibida nesta terça-feira, 8, revelou que o governo Flávio Dino (PCdoB), por intermédio do Detran-MA, leiloou mais de 10 mil veículos entre os anos de 2015 e 2018.

Os veículos vendidos pela Vip Leilões, responsável pelo recolhimento durante as blitzen do Batalhão de Polícia Rodoviária, o famigerado BPRV, tinham, em sua maioria, apenas débitos de IPVA.

Flávio Dino leiloou 3.211 veículos só em 2015; em 2016, o número cresceu para 3.411. Em 2017, foi para 4.792. Ao total, em apenas 3 anos, são 11.414 veículos de maranhenses levados a leilão pelo governo comunista.

As blitzens que recolhiam carros e motos até em vielas de terra no interior do estado geraram forte desgaste na imagem política de Flávio Dino, que anunciou um recuo ontem.

Este blog foi um dos primeiros a criticar as ações do BPRV e a invocar o direito constitucional do cidadão ao seu bem particular, que não pode ser apreendido por questões fiscais, caso do IPVA. (Releia aqui, aqui e aqui)

Decreto assinado pelo comunista vai substituir as apreensões automáticas dos veículos em débito com o licenciamento por orientações e prazos de pagamento.

Só após descumprimento deste prazo é que as blitzen deverão apreender os carros em atraso.

O Decreto será publicado na edição desta quarta-feira, 9, do Diário Oficial do Estado.

E tenta amenizar o desgaste na imagem política de Dino…

Leia também:

Extorsão: governo força contribuinte a pagar IPVA…

A farsa do rigor nas blitzen de Flávio Dino…

Apreensão de veículo com IPVA atrasado é ilegal, diz juiz…

2

A farsa do rigor nas blitzen de Flávio Dino…

Batalhão criado para arrancar dinheiro em truculentas e autoritárias ações policiais no trânsito humilha e intimida o cidadão comum, mas protege os apaniguados do governo comunista

 

PROTEÇÃO AOS SEUS. As famigeradas blitzen do BPRv: rigor apenas com o cidadão comum

O governador Flávio Dino (PCdoB) reage às críticas contra o batalhão que ele criou para arrancar, na marra, dinheiro de IPVA do cidadão comum, com o argumento de que “a lei é para todos”.

É mais uma mentira do governo comunista.

O famigerado BPRV – odiado, inclusive, por outros setores da própria Polícia Militar, é autoritária, truculenta  até agressiva com o cidadão comum, mas protege e faz vista grossa aos amigos do Palácio dos Leões.

Blogs mostraram a conivência ilegal do BPRV com figuras importantes do governo Flávio Dino – deputados, secretários e prefeitos ligados ao PCdoB.

O CARRO DO GOVERNADOR. Com multa atrasada, mas rodando normalmente, mesmo sem IPVA 2017 – pelo menos é o que se presume na lei

O carro usado pelo próprio governador – com multas de 2016 e, portanto, sem IPVA de 2017 (pelo menos é o que se presume dentro da lei) – é ignorado pelo batalhão arrecadador de Flávio Dino. (Leia aqui)

Sem falar que deputados já questionam a legalidade das ações da PM no trânsito, sem cobertura legal para isso.

Os rigores das ações contra o cidadão – e os favores dessas ações a apaniguados do PCdoB – mostram a farsa que é mais este embuste de Flávio Dino.

E o cidadão não pode mais pagar a ponta…

0

Edilázio aponta abusos e “guerra velada” entre policiais militares…

Edilázio quer esclarecimentos sobre ações do BPRV

O deputado estadual Edilázio Júnior (PV) denunciou na tribuna da Assembleia Legislativa, abusos praticados por membros do Batalhão Independente da Polícia Militar Rodoviária do Estado – responsável por realizar blitz de fiscalização de trânsito-, e uma “guerra velada” entre policiais da companhia com os demais batalhões.

O parlamentar repudiou  a agressão sofrida por um jovem durante o período de Carnaval e ameaça e coação praticadas contra uma jornalista; e cobrou providências do Poder Legislativo.

No caso narrado pelo parlamentar, um jovem foi lançado contra um veículo e ficou na mira de uma arma de fogo, que estava com o policial.

As blitzen do BPRV têm sido marcadas por truculência e arbitrariedade

Edilázio também se disse espantado com outra grave situação: a crise entre os policiais dos demais batalhões junto aos que integram a BPRV. Ele disse ter recebido informações num grupo de WhatsApp criado por PMs.

Ele citou o caso de uma abordagem da companhia de trânsito a uma guarnição que havia encerrado serviço no Carnaval, o que provocou constrangimento aos militares, e também uma ocorrência em que a companhia de trânsito chegou a ser alvejada, pediu auxílio da PM, mas teve ajuda negada.

O parlamentar pediu empenho da Assembleia para solucionar a crise entre as companhias e cobrou uma ação enérgica da Secretaria de Segurança Pública e do comando da PM.

1

Detran nega leilão de carros apreendidos em 2018…

São os guinchos da própria VIP Leilões que carregam os veículos aprendidos pelo BPRV, depois vendidos pela empresa: negócio milionário

O Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA)  encaminhou nota a este blog em que nega leilões de veículos aprendidos no ano de 2018 nas blitzen do BPRV.

– Segundo o setor de Custódia e Liberação de Veículos, o prazo para um carro apreendido ir a leilão é de 60 dias, de acordo com o Art. 328 do Código de Trânsito Brasileiro, o que vem sendo cumprido – diz a nota, encaminhada pela Secretaria de Comunicação do governo.

O último leilão foi realizado na sexta-feira, 16, pela VIP Leilões, empresa que também faz a apreensão dos veículos.

A VIP Leilões não se manifestou…

Veja abaixo a íntegra da nota do Detran-MA:

O Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) informa que nenhum veículo apreendido no ano de 2018 foi leiloado até a data do último leilão, realizado em 16 de fevereiro. Segundo o setor de Custódia e Liberação de Veículos, o prazo para um carro apreendido ir a leilão é de 60 dias, de acordo com o Art. 328 do Código de Trânsito Brasileiro, o que vem sendo cumprido.

4

Carros apreendidos pelo BPRV estão sendo leiloados em tempo recorde…

Venda por maior preço se dá pela internet, “para compensar o governo estadual com a quitação de débitos de IPVA, Multas, Taxas de Licenciamento, Seguro Obrigatório e outros débitos”, segundo o edital

 

 

O anúncio do leilão da última sexta-feira, 16: 500 veículos à venda

Um consórcio formado pelo Detran-MA, Vip Leilões e Bradesco está anunciando a venda, por leilão on-line, de veículos apreendidos nas blitz do Batalhão de Polícia Rodoviária, o famigerado BPRV.

A última destas vendas ocorreu na sexta-feira, 16, conforme informou o blog do Filipe Mota. (Leia aqui)

O curioso é que, entre os veículos à venda – carros, motos, utilitários – estão muitos que foram apreendidos já agora em 2018.

São os guinchos da própria VIP Leilões que carregam os veículos aprendidos pelo BPRV, depois vendidos pela empresa: negócio milionário

A VIP Leilões é a empresa o Contrato de Concessão Pública nº 07/2016 de 3 março de 2016 dado pelo Governo Flávio Dino (PCdoB).

A empresa que apreende os veículos, é a mesma que vende em leilões pouco tempo depois.

No leilão da última sexta-feira estava prevista a venda de  500 veículos…