2

O silêncio de Flávio Dino…

Dino não tem relação com Temer: e ficará em silêncio

Dino não tem relação com Temer: e ficará em silêncio

O governador Flávio Dino (PCdoB) parece acuado.

Desde o afastamento da presidente Dilma Rousseff (PT) e da chegada de Michel Temer (PMDB) ao governo, o comunista submergiu, escondeu-se, deixou de falar e se expressar nas redes sociais.

Dino sabe o quanto se expôs com sua “postura guerrilheira” contra o governo Temer. E agora tenta buscar pontes para a interlocução em Brasília.

Mas não tem pontes. Todos os seus aliados também são antipáticos ao presidente Temer. E não terão como ajudar o governador.

A interlocução do Maranhão em Brasília voltará a ser do grupo Sarney, que emplacou  o ministro Sarney Filho (PV), e dos membros da bancada não-alinhados a Dino, como Lobão Filho (PMDB0, Hildo Rocha (PMDB) e André Fufuca (PP), que coordena a bancada.

Dino portanto, continuará sem voz em Brasília.

É simples assim…

1

Imagem do dia: um olhar de despedida…

Brasília- DF 13-04-2016  Presidenta Dilma durante cerimônia de Assinatura de renovação de contrato de arrendamento entre a Secretaria Especial de Portos e o Terminal de Contêineres de Paranaguá Palácio do Planalto Foto Lula Marques/Agência PT

Por trás das bandeiras símbolo do Brasil, a – ainda – presidente Dilma Rousseff (PT) se encaminhava, na manhã desta quarta-feira àquela que poderia ser a última solenidade pública de seu governo. O Senado praticamente encaminhou seu afastamento, na sessão que começou ás 9h e deve vara a madrugada da quinta-feira, 12. Em Brasília, já está tudo a postos para a posse imediata de Temer (Imagem: Lula Marques)

5

Flavio Dino por trás da decisão de Waldir Maranhão…

Imprensa nacional e lideranças políticas de Brasília não têm dúvidas de que a anulação do processo de impeachment na Câmara dos Deputados tem a impressão digital do governador maranhense, que passou o final de semana com o presidente interino da Câmara

 

Flávio Dino: homenagem e coordenação das ações de Waldir Maranhão

Flávio Dino: homenagem e coordenação das ações de Waldir Maranhão

A decisão do presidente em exercício da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP) – com forte repercussão em Brasília, nesta segunda-feira, 9 – foi articulada pelo governador Flávio Dino (PCdoB).

Pelo menos e este o entendimento da imprensa nacional e de boa parte das lideranças políticas de Brasília, do governo e da oposição.

E o próprio Flávio Dino deixou suas impressões digitais no episódio.

O governador maranhense esteve reunido com Maranhão, em São Luís, durante todo o final de semana. E seguiu para Brasília, ao lado de Waldir, no jatinho que serve à presidência da Câmara, nesta segunda-feira.

De acordo com a mídia nacional, o comunista passou a manhã reunindo com o presidente da Câmara e com o advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo.

O deputado tomou a decisão de anular as três sessões finais dos procedimentos do impeachment presididos pelo presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), causando forte rebuliço no Planalto Central.

E as marcas de Flávio Dino ficaram expostas…

2

Rafael Leitoa dinamiza visita a Brasília com reuniões no Ministério dos Transportes e Funasa…

Rafale Leitoa com seus colegas deputados e o federal Weverton Rocha, em Brasília

Rafael Leitoa com seus colegas deputados e o federal Weverton Rocha, em Brasília

Nos dois em que visitou a cidade de Brasília (DF), o deputado Rafael Leitoa (PDT), participou de duas importantes reuniões para o Maranhão e, em especial para Timon e região. A primeira no Ministério dos Transportes, acompanhando a Frente Parlamentar em Defesa das Rodovias Federais Maranhão e a segunda na sede da Funasa.  

Integrante da Frente Parlamentar, Rafael Leitoa participou do encontro com o Ministro dos Transportes, Antônio Carlos Rodrigues e com o diretor geral do DNIT, Valter Casemiro, apresentando propostas de melhorias na trafegabilidade das rodovias federais no Maranhão. Juntamente com os deputados membros da Frente, que é presidida pelo deputado Fábio Macedo (PDT) e a companhia do deputado federal Weverton Rocha (PDT), Rafael solicitou ações urgentes em relação à má condição das estradas de responsabilidade federal que ligam as cidades maranhenses.

– Dentre todas as propostas apresentadas pela Frente ao ministro dos transportes, cobrei também a recuperação da BR 316 no perímetro urbano de Timon, bem como a duplicação da BR 316 entre Timon e Caxias, responsável por diversos acidentes com vítimas fatais – informou Rafael Leitoa.

Na segunda reunião, com o Márcio Endles, presidente da Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), Rafael Leitoa buscou informações em relação aos editais sobre Saneamento Rural e critérios de participação dos municípios maranhenses em projetos de módulo sanitário e abastecimento de água.

– Podemos definir como bastante proveitosa nossa viagem a Brasília.  Nas duas reuniões que participei, a busca por intervenções imediatas na recuperação das rodovias no Maranhão e informações sobre a participação dos municípios nos projetos da Funasa, são de fundamental importância para o estado – comemorou Rafael Leitoa.

1

Imagens do dia: Fufuca na coordenação da bancada…

O novo coordenador conversa com ses colegas de bancada, observado pelos senador Roberto Rocha (PSB)

O novo coordenador conversa com ses colegas de bancada

Confirmou-se hoje o que vinha sendo apontado por este blog desde janeiro: o deputado André Fufuca (PEN) foi oficializado coordenador da bancada maranhense no Congresso Nacional. Ele foi escolhido após reunião da bancada, na tarde desta quarta-feira, 17.

Fufuca terá a missão de encaminhar os pleitos dos deputados maranhenses à Mesa Diretora da Câmara e, sobretudo, à Comissão de Orçamento da casa, que analisa o orçamento da União, ao qual os parlamentares podem apresentar emendas.

Fufuca ao lado de José Reinaldo e Pedro Fernandes, dois dos mai experientes membros da bancada

Fufuca ao lado de José Reinaldo e Pedro Fernandes, dois dos mais experientes membros da bancada

Para isso, terá apoio de habilidosos colegas, como Hildo Rocha (PMDB),e experientes membros da bancada, como o deputados José Reinaldo Tavares (PSB) e Pedro Fernandes (PTB).

O mandato de Fufuca deve durar até o início de 2017…

5

Sarney cotado para a Articulação Política de Dilma…

sarney

O ex-presidente José Sarney (PMDB) passou a ser cogitado entre os partidos da base do governo – e até entre legendas da oposição – como o melhor nome para compor a articulação política da presidente Dilma Rousseff (PT).

Sarney é visto como o mais conciliador entre os líderes políticos brasileiros, capaz de unificar a base governista e abrir diálogo com a oposição.

– Não há ninguém no país com a vivência política que tem José Sarney. Não podemos esquecer que foi Sarney quem convocou a Assembleia Nacional Constituinte de 1987 – disse o advogado Geraldo Forte, da executiva nacional do PTB, um dos partidos de oposição.

O vice-presidente Michel Temer (PMDB), que cuidava da Articulação do governo, afastou-se do cargo ontem, durante reunião ministerial.

 

 

4

Marcha das margaridas reuniu 1,5 mil maranhenses em Brasília…

Representantes do Maranhão foram recebidas pelo deputado estadual petista Zé Inácio e pelo federal Juscelino Filho, que elogiaram a força e a organização das trabalhadoras do campo

Organizadas pela Fetaema, margaridas maranhenses marcharam na Esplanada dos Ministérios

Organizadas pela Fetaema, margaridas maranhenses marcharam na Esplanada dos Ministérios

Nada menos que 1,5 mil mulheres maranhenses, reunidas em 35 ônibus, participaram da Marcha das Margaridas, durante a semana passada, em Brasília.

Em Brasília, reunidas no Estádio Mané Garrincha, as margaridas tiveram o apoio dos deputados Juscelino Filho (PRP) e Zé Inácio (PT), que acompanharam as delegações de vários municípios.

– Eu quero dizer que a FETAEMA, entidade vinculada a CONTAG, levou à capital federal 1.500 mulheres e, diferentemente do que é anunciado pela Rede Globo, dizendo que o ato foi patrocinado pelos bancos públicos, Caixa Econômica e BNDES, essa foi uma organização dos trabalhadores de todo o Brasil, assim como o Maranhão, o Sindicato de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais que existe em todos os municípios maranhenses, que se organizaram e fizeram com que 1.300 mulheres fossem garantir e lutar pelos seus direitos em Brasília, reafirmando o apoio a nossa presidenta Dilma – afirmou o petista Zé Inácio.

Dilma com as trabalhadoras de todo o país, no Estádio mané Garrincha

Dilma com as trabalhadoras de todo o país, no Estádio Mané Garrincha

Juscelino Filho, por sua vez, destacou a força das mulheres do interior maranhense.

– Este evento é um momento importante de mobilização dessas mulheres trabalhadoras do campo e proporciona uma reflexão sobre as condições de vida delas. É uma oportunidade de animação, capacitação, de denúncia, de pressão, de diálogo com os governos e de pedido de atenção para essas mulheres que lutam diariamente para romper todas as formas de violência e discriminação que sofrem e que trazem graves consequências à suas vidas – destacou.

Juscelino Filho e as margaridas de Vitorino Freire

Juscelino Filho e as margaridas de Vitorino Freire

A Marcha das Margaridas reuniu 35 mil trabalhadoras do campo no Estádio Mané Garrincha, com a presença da presidente Dilma e do ex-presidente Lula.

0

Dilma no fundo do poço…

Reprovação da presidente atinge o mais alto índice já registrado por um governante desde a retomada das eleições diretas no Brasil

 

dilmax

A presidente Dilma Rousseff (PT) atingiu o índice mais alto de rejeição a um chefe de poder no Brasil, desde o governo Collor, afastado por impeachment em 1992.

dadosDe acordo com o Instituto Datafolha, o governo petista tem 71% de reprovação.

Pior: nada menos que 66% dos brasileiros apoiam um eventual processo de impeachment da presidente. E outros 38% acham que Dilma será afastada.

A situação de Dilma fica cada vez pior por que não há sinais de que a pancadaria da mídia arrefecerá.

E a classe política também já cogita mai abertamente o seu afastamento…

3

O governo Dilma já acabou…

Eduardo Cunha nunca ostoud e Dilma; aora, os dois são adversários declarados

Eduardo Cunha nunca ostoud e Dilma; aora, os dois são adversários declarados

O rompimento do presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha com o governo, é apenas a ponta de uma crise muito mais profunda, que põe fim prematuro ao recém-iniciado segundo mandato da presidente Dilma Rousseff.

Este blog já apontou – como vários outros sites do país – que Dilma já perdeu as condições de governar, que o PT não tem mais condições de apresentar-se como força política e que o país caminha para uma recessão histórica.

E a acusação de Cunha é gravíssima: que Dilma usa o procurador-geral da República Rodrigo Janot – este mesmo, já conhecido por umas e outras – para intimidar aliados que tentam se afastar do PT e do Palácio do Planalto.

A crise é gigantesca, Dilma já não governa nada e a política tomou conta do país.

O que sairá disso, só o tempo dirá…

1

Prefeito e vice de São Bento trocam impressões políticas com Sarney…

Depois de cumprirem agenda com o vice-presidente da República, Michel Temer, em Brasília, o prefeito e vice-prefeito de São Bento, Carrinho e Isaac Dias, respectivamente, foram recebidos pelo ex-senador José Sarney no escritório do líder peemedebista.

Sarney, entre carrinho e IsaacFoi uma agenda muito boa e descontraída. O presidente Sarney, como sempre, muito simpático e atencioso. Trocamos impressões sobre o momento político no Maranhão, conversamos sobre projetos para a Baixada Maranhense, e eu e o prefeito Carrinho aproveitamos para convidá-lo para uma visita a São Bento. O presidente aceitou e deverá estar na cidade no início do mês de agosto. Sarney anunciou que doará 10 mil livros para a Casa de Cultura José Adriano Costa, local onde ele morou durante a infância. Vamos fazer uma grande programação para recepcionar o nosso mais ilustre baixadeiro”

Isaac Dias, vice-prefeito de São Bento

Os três baixadeiros conversaram sobre a situação atual da política maranhense, além de assuntos corriqueiros da região da Baixada.

carii2

Carrinho e Isaac convidaram o ex-presidente para uma visita a São Bento, no que Sarney aceitou e deverá agendar o desembarque na cidade no início do mês de agosto, momento em que o imortal da Academia Brasileira de Letras doará um acervo de dez mil livros para a Casa de Cultura José Adriano Costa, local onde Sarney passou parte sua infância.