4

Ricardo Murad deixa secretaria em Coroatá para dedicar-se à sua defesa…

Ex-secretário de Saúde disse que sua honra é sua inocência e por isso vai dedicar todas as forças para defendê-la de ataques

 

Murad: tempo integral para a defesa

Murad: tempo integral para a defesa

O ex-secretário de Saúde do Estado do Maranhão e ex-deputado estadual, Ricardo Murad, deverá concentrar-se em sua defesa pelos próximos meses. O peemedebista afirmou na manhã desta terça-feira (24) que a questão se tornou prioridade para ele.

– Minha inocência e minha honra, coisas que eu sempre preservei em minha história, estão sofrendo ataque. Tenho que defendê-las com todas as minhas forças – disse.

Para poder dedicar-se com mais empenho, ele pediu exoneração do cargo de secretário extraordinário da Secretaria de Inovação e Modernização da Prefeitura de Coroatá.
Ricardo Murad esteve à frente da pasta promovendo a modernização da máquina pública; dinamizando as atividades e prestação de serviços no setor público municipal; estabeleceu ainda cronograma de ações para início e entrega de obras e manteve a administração pública mais próxima dos coroatarenses.

Ricardo Murad agradeceu a oportunidade de ter participado de mais uma gestão revolucionária no município, que conseguiu se recuperar dos danos deixados pela gestão anterior, colocando o município numa situação de progresso e desenvolvimento para felicidade do povo coroataense.

O ex-deputado afirmou que o trabalho prestado à frente da Secretaria de Estado da Saúde, conhecido como o maior programa de saúde pública do Brasil das últimas décadas, foi aprovado pela população, mas despertou a cólera de adversários.

– Estão tentando desmantelar o que foi feito de todas as formas. Eu estou tranquilo, pois sei que a população reconhece o trabalho e que ele foi feito de forma transparente – concluiu.

0

Hildo Rocha discute com russos cooperação na área de defesa…

Parlamentar maranhense participou de encontro com presidente do Conselho Federal da Rússia e de representantes do parlamento

 

Hildo Rocha com o demais parlamwentares russos e brasileiros no encontro de cooperação

Hildo Rocha com o demais parlamentares russos e brasileiros no encontro de cooperação

O deputado federal maranhense Hildo Rocha (PMDB) defendeu a importância de os parlamentares brasileiros conhecerem os termos – vantagens e desvantagens – dos acordos de cooperação técnica na área de defesa entre Brasil e Rússia.

Rocha participou da reunião com a senadora russa Valentina Matvienko, terça-feira, 10, na Câmara Federal

Brasil e Rússia são parceiros comerciais integrantes do Brics, sigla formada pelas letras iniciais dos países componentes do grupo – Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul – nações que se destacaram no cenário mundial pelo status que adquiriram com o acentuado crescimento econômico.

É indispensável que os parlamentares se informem, que conheçam detalhes, vantagens e possíveis desvantagens dos acordos firmados entre os governos para que possamos aprimorar o relacionamento entre os parceiros envolvidos, e, por fim, referendar os atos do executivo com segurança, com a certeza de que estamos fazendo o melhor pelo desenvolvimento do nosso país”, destacou Rocha.

O encontro aconteceu no gabinete do presidente da Câmara Eduardo Cunha, com a presença do embaixador da Rússia no Brasil, Sergey Akopov e do secretário de Relações Internacionais da Casa, deputado Átila Lins (PSD-AM).

Em junho, Cunha esteve com outros 13 deputados e com o presidente do Senado, Renan Calheiros, na capital da Rússia, Moscou, onde participou do Fórum Parlamentar do Brics. Na oportunidade, delegações da Índia, da China e da África do Sul participaram do encontro.

– Sabemos que a agenda de integração é efetuada pelos governos, pelo Executivo; porém, os Parlamentos precisam ter ações em conjunto para fazer com que os acordos ou as decisões políticas possam ter a aprovação dos parlamentares – destacou o parlamentar.

0

Wellington tem projetos em defesa de portadores de câncer….

we

Na manhã desta terça-feira (4), o deputado  Wellington do Curso (PPS) apresentou  projetos em defesa das pessoas com câncer no Maranhão. O parlamentar apresentou o Estatuto da Pessoa com Câncer e o Projeto “Fila Zero”, de sua autoria, que institui prioridade no atendimento aos pacientes que necessitem de exames de radioterapia, ressonância magnética e tratamento de quimioterapia nos hospitais públicos estaduais e dos conveniados com o Sistema Único de Saúde (SUS), no Maranhão.

Sempre em defesa dos direitos das minorias, o parlamentar ressaltou a importância dos projetos apresentados, além de enfatizar o direito à saúde e o zelo com a dignidade humana.

– Hoje é o início da Campanha Educativa do Combate ao Câncer e ressalto dois projetos de minha autoria. Um deles institui o Estatuto da Pessoa com Câncer, que  objetiva garantir a inclusão social e cidadania participativa plena e efetiva das pessoas com câncer, além de garantir alguns benefícios, como atendimento prioritário e o passe livre intermunicipal aos que comprovarem carência. O outro projeto, por sua vez, institui o programa “Fila Zero” para realização de exames de radioterapia, ressonância magnética e tratamento de quimioterapia no atendimento aos pacientes dos hospitais públicos estaduais e dos conveniados com o Sistema Único de Saúde (SUS), Maranhão. Ressalta-se, mais uma vez, o zelo para com a dignidade humana e, ainda, com aquilo que é direito de todos e dever do Estado: a saúde – explicou.

Entenda os Projetos:

Estatuto da Pessoa com Câncer – O principal objetivo do Estatuto é reunir e estabelecer as diretrizes, normas e critérios básicos para assegurar, promover, proteger e resguardar o exercício pleno e em condições de igualdade de todos os direitos humanos e liberdades fundamentais pelas pessoas com câncer, visando sua inclusão social e cidadania participativa plena e efetiva. O Estatuto prevê alguns “benefícios” para as pessoas com câncer, dentre eles a preferência no atendimento, direito ao atendimento especial em unidades de saúde e, ainda, o direito ao transporte da pessoa com câncer, comprovadamente carente, no sistema de transporte público coletivo intermunicipal por meio do passe livre, concedido e utilizado de acordo com condições descritas.

Programa “Fila Zero” – O projeto consiste na obrigatoriedade dos hospitais públicos estaduais e dos conveniados com o Sistema Único de Saúde (SUS) em priorizar o atendimento aos pacientes que necessitem dos exames de radioterapia, ressonância magnética e tratamento de quimioterapia, no prazo máximo de 72 horas.

24

Rigo Teles nega envolvimento com agiotagem: “Não devo e ninguém me deve”…

Rigo Teles: se houver débito, está quitado…

O deputado estadual Rigo Teles (PV) negou hoje ao titular do blog qualquer tipo de envolvimento com agiotagem no Maranhão.

– Nem eu devo ninguém, nem ninguém me deve – afirmou o parlamentar, constantemente citado, entre os próprios colegas, como responsável por empréstimos a político.

O deputado disse que não pratica este tipo de ativididade e deu uma garantia:

– Se eu tiver negócio de agiotagem com qualquer parlamentar, seja municipal, estadual ou federal. Seja prefeito ou vice-prefeito, empresário de qualquer tipo, a partir de agora eles podem se considerar anistiados – frisou o parlamentar.

Simples assim…