0

Aliados de Léo Paz continuam sendo perseguidos por policiais em Dom Pedro

Mais um episódio lamentável registrado contra os aliados do candidato a prefeito Leonardo Paz, no município de Dom Pedro. O site do Luís Pablo recebeu um vídeo que mostra um veículo do estado do Pará provocando um acidente.

O veículo é um modelo Prisma com placas OTO 3279 de cor preta. O carro pertence a Killdery Daniel de Lima Pereira, de 44 anos, natural de Capanema, Pará. De acordo denúncias, o suspeito é policial civil do estado do Pará. Ele teria derrubado o homem de uma moto de propósito.

Na gravação, é possível perceber a revolta das pessoas. “Acabaram de derrubar um parceiro nosso”, disse uma mulher. Uma outra diz “Jogou o carro em cima da galera pra cair”.

O suspeito possui três endereços. Um em Ananindeua, um em Belém, ambos no estado do Pará. O terceiro imóvel é localizado em Presidente Dutra, no Maranhão. De acordo com a denúncia, o veículo Prisma que aparece nas imagens vem perseguindo constantemente os moradores de Dom Pedro.

A situação está complicada no município de Dom Pedro. Quem deveria proteger a população, é quem está promovendo a violência e o pânico. Lamentável.

0

Peritoró: Dr. Júnior prega renovação, mas é apoiado por condenados

Durante todo o período eleitoral, o candidato a prefeito de Peritoró, dr. Júnior (PP), vem pregando a renovação para a cidade. No entanto, o mesmo é acusado de fraude em licitação na Prefeitura de Codó, onde a sua empresa ADM Médica, presta serviços médicos.

Com os seus apoiadores não é diferente. O médico tem o apoio do ex-prefeito de Peritoró, dr. Agamenon Milhomem, que foi condenado pela 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão por não prestar contas referentes ao exercício financeiro de 2009 dentro do prazo determinado por lei. Milhomem foi obrigado a cumprir pena de 3 meses de detenção em regime aberto, convertida em prestação de serviços à comunidade.

Outro líder político que vem constantemente subindo do palanque de dr. Júnior, é o ex-prefeito de Coroatá, Luís da Amovelar. Ele foi condenado pela Justiça Federal por desvio de verbas federais destinadas à educação. O ex-gestor teve que devolver aos cofres municipais o valor de R$ 1.223.174,12 milhão.

O candidato do PP também é apoiado por Serapião Louro, irmão do deputado Vinicíus Louro. Serapião já foi preso por dever R$ 13 mil de pensão alimentícia.

1

Duarte Jr. mentiu ao eleitor; Lacem confirma ter feito seu exame de coVID-19

Documento emitido pelo Laboratório Central – a pedido do deputado estadual Glalbert Cutrim – mostra que o candidato republicano tentou mesmo esconder da população que já estava doente quando continuou em campanha

 

Duarte Júnior em carreata no último domingo, já contaminado pela coVId-19; dias depois, Carlos Brandão também confirmou contaminação

Uma certidão obtida pelo deputado estadual Glalbert Cutrim (PDT) – por meio da Lei de Acesso á Informação – desmascarou na tarde desta quinta-feria, 13, o também deputado estadual Duarte Júnior (PRB).

O documento comprova que Duarte Júnior realizou, sim, exame de coVID-19 no Laboratório Central da Secretaria de Saúde, o que vinha sendo negado pelo candidato republicano.

Duarte anunciou na tarde de quarta-feira, 11, que iria se afastar da campanha por ter apresentado sintomas de coVID-19;.

O parlamentar escondeu do eleitor que já tinha feito exame, desde o dia 5 de novembro, e, mesmo assim, continuou a fazer campanha, contaminando eleitores, inclusive idosos.

Após o programa Ponto e Vírgula, da rádio Difusora FM, revelar que o seu exame havia sido feito desde o dia 5, Duarte passou a atacar a emissora e a dizer que o documento era falso.

A princípio, a SES recusou a dar informações sobre o exame, com base no sigilo adotado para pacientes de coVID-19; mas foi obrigado a fornecer a informação pela Lei de Acesso à Informação.

Coma  revelação da secretaria, fica comprovado que Duarte Júnior cometeu crime contra a saúde pública.

E pode, inclusive, perder o mandato de deputado estadual…

Veja abaixo a certidão obtida por Glalbert Cutrim:

0

Facinho Rocha responde a processo criminal em Cândido Mendes

 

O candidato a prefeito de Cândido Mendes, José Bonifácio Rocha de Jesus, conhecido como Facinho, é réu em um processo criminal na Justiça Estadual.

O processo está em tramitação desde 2017, quando a Polícia Civil encaminhou para a Comarca de Cândido Mendes acusando o candidato de praticar ações criminosas.

O site apurou no sistema do Tribunal de Justiça que em razão dos requisitos previstos no art. 41 do Código de Processo Penal, não é possível tomar conhecimento do fato criminoso e suas circunstâncias.

Na movimentação do processo consta que a denúncia foi recebida pela Justiça, tornando assim José Bonifácio réu criminal.

0

Almir Leite reforça presença histórica na região do Bequimão e Maranhão Novo…

Morador da área há quase 30 anos, empresário que disputa vaga de vereador na Câmara Municipal de São Luís fortalece a base eleitoral entre as comunidades em que convive diariamente

 

Candidato a vereador pelo PTB, o empresário Almir Leite reforça sua presença nas próprias comunidades em que vive há mais de 30 anos.

Como comerciante, adquiriu conhecimento e visão adequada do que é a realidade das comunidades, o que fortalece suas ideias e propostas para o cidadão.

– Cruzava a cidade de moto e conheci praticamente toda a realidade de São Luís, indo de porta em porta nos comércios; só na área do Bequimão e do maranhão Novo, envolvendo ainda Ipase, Sebastião Murad, Angelim e Rio Anil, são quase 30 anos – diz o candidato, que vive na região desde 1993.

Almir Leite transformou-se ao longo da campanha em um dos principais representantes do PTB, aproveitando o pouco tempo na propaganda para falar de proposições objetivas.

O candidato deve ser um dos eleitos da legenda na eleição de domingo, 15…

0

Júnior do Posto nega que filho estivesse tentando comprar votos em S. Domingos do Azeitão

O candidato a prefeito de São Domingos do Azeitão, Lourival Júnior (Republicanos), mais conhecido como Júnior do Posto, declarou que se o seu filho, Gustavo Barros, não estava tentando comprar votos quando foi levado por policiais para a Delegacia na tarde de quinta-feira (12).

Por meio de nota, Júnior esclareceu que Gustavo é sócio de dois empreendimentos nas cidades de Uruçuí e São Domingos do Azeitão e por isso estaria transportando a quantia apreendida de uma cidade para outra, uma vez que no município maranhense não possui agência bancária.

O republicano disse ainda que o montante de R$ 200 mil é compatível com o caixa das empresas, que são postos de combustíveis.

Lourival pontuou também que no automóvel não foi encontrado material de campanha ou qualquer outro indício do crime imputado, qual seja, corrupção eleitoral.

No final da nota, o candidato reafirmou que os fatos serão esclarecidos na Justiça Eleitoral e será comprovado que não houve o cometimento de qualquer crime eleitoral.

Leia a nota abaixo:

“Louviral Júnior, candidato ao cargo de prefeito no Município de São Domingos do Azeitão, conhecido como JÚNIOR DO POSTO, vem a público esclarecer a matéria que veicula fatos inverídicos e ofensivos divulgados em veículos de comunicação.

A referida notícia pontuou que filho de candidato a prefeito de São Domingos do Azeitão é preso em flagrante por está transportando R$ 200 mil reais em espécie, aduz ainda que o mesmo estaria tentando comprar votos na cidade.

Convém esclarecer que não houve prática de qualquer crime eleitoral. Em verdade, o Sr. Gustavo Barros, filho do Júnior do Posto, possui empreendimentos nos Municípios de Uruçuí e São Domingos do Azeitão, desse modo, quando ocorreu a abordagem policial, estava transportando valores, referentes a estes empreendimentos, de um município para outro.

Salienta-se que no Município de São Domingos do Azeitão não há agências bancárias e que o valor encontrado é compatível com o caixa da atividade exercida pelo empresário, sócio de posto de combustível. Ademais, no automóvel não foi encontrado material de campanha ou qualquer outro indício do crime imputado, qual seja, corrupção eleitoral.

Por fim, o candidato Júnior do Posto reafirma o seu compromisso com o município de São Domingos do Azeitão, por uma campanha justa, limpa e propositiva, sem a utilização de qualquer meio ilícito, inclusive, compra de votos. Porquanto, o candidato está convicto que os fatos serão esclarecidos na Justiça Eleitoral e será comprovado que não houve o cometimento de qualquer crime eleitoral.”

 

2

Fórmula de debates parece cansada; é preciso buscar alternativas

Programas envolvendo candidatos – com regras amarradas e participação em massa – se transformam em meras repetições do que ocorre na propaganda eleitoral, tornando-se enfadonhos e pouco influentes no processo eleitoral

 

O aspecto dos próprios candidatos nesta imagem mostra o cansaço da fórmula adotada para realização de debates eleitorais

Opinião

O debate da TV Difusora, exibido nesta quinta-feira, 12, frustrou as expectativas e não trouxe nenhuma novidade capaz de influenciar diretamente a votação do próximo domingo, 15.

Confirmou um conceito do blog Marco Aurélio D’Eça: o de que as emissoras vão precisar pensar em algo que substitua este tipo de programa e as tais entrevistas com candidatos – estas ainda mais insuportáveis.

A fórmula é ultrapassada, cansativa, chata.

Com regras muito amarradas e pouca oportunidade de confronto direto entre os que mais importam ao eleitor, os debates viraram apenas mais um apêndice de tudo o que se diz na propaganda.

Este tipo de evento de campanha é coisa do passado; é preciso criar algo novo para substituí-lo.

Nestas eleições, duas emissoras, a própria Difusora e a Band-MA, buscaram uma alternativa – com apenas dois candidatos se enfrentando por vez – que, se aperfeiçoada, pode se transformar numa alternativa aos modorrentos e cansativos debates.

Ao longo da história, os debates viraram a culminância da campanha eleitoral, momento em que sempre tinha algo novo capaz de influenciar o resultado do pleito.

Mas com a fórmula que se usa ainda hoje – superpovoado e cheio de “amarras pseudodemocráticas” – perdeu o sentido, a força e o impacto eleitoral.

Em outras palavras:  cansou!!!

2

Filho de candidato a prefeito Júnior do Posto é preso em flagrante em São Domingos do Azeitão com 200 mil e arma de fogo

O empresário com a família, em foto de suas redes sociais durante a campanha em São Domingos do Azeitão

Na reta final das eleições municipais, nesta quinta feira, 12 de novembro de 2020, São Domingos do Azeitão é manchete novamente de páginas policiais. Desta vez mais um flagrante de crime eleitoral e penal que macula a imagem da cidade.

Gustavo Barros filho primogênito do candidato a prefeito Júnior do posto, foi preso em flagrante com o valor de 200 mil reais, prisão essa realizada pela Polícia Civil, na pessoa do delegado Edimar Cavalcante, em conjunto com o G.O.E.

Gustavo Barros Melo Leandro dos Santos, é o filho mais velho do candidato a prefeito de São Domingos do azeitão, Júnior do posto, e a sua primeira pessoa na campanha, como coordenador e finanças.

A justiça eleitoral deve entrar com o pedido de cassação da chapa, por compra de sufrágio e corrupção eleitoral.

Dinheiro apreendido no carro do empresário, filho do candidato a prefeito

Várias denúncias já foram feitas junto as autoridades competentes das práticas violentas de agressões, calúnias e difamações nas redes sociais, fake news e compra de votos realizada pelo grupo do Júnior do Posto, que transformou a pacata cidade de São Domingos do azeitão, numa verdadeira balbúrdia.

O desrespeito com a democracia no processo eleitoral de 2020 não tem
limite por parte da coligação que hoje mais uma vez comete outro crime. O flagrante foi executado no carro de propriedade do filho de Júnior, um corolla QRR – 6A06 adesivado com propaganda da campanha do pai.

Em razão de vários acontecimentos delituosos e práticas criminosas executadas pelo grupo do posto, o prefeito Nicodemos Ferreira, preocupado com a integridade da população de São Domingos e no intento de manter a ordem, a paz social e a segurança pública da cidade solicitou o reforço policial para tranquilizar os munícipes.

Abaixo, o auto de prisão do empresário: 

0

Rigo Teles será eleito prefeito de Barra do Corda

A última pesquisa divulgada em Barra do Corda apresenta mais uma vitória para o candidato a prefeito Rigo Teles.

Nesta quinta-feira, (12) o Instituto INOP apontou a liderança com folga do candidato faltando apenas três dias para a eleição.

Rigo Teles aparece em primeiro lugar com 63,05%, em segundo Gil Lopes com 33,09% seguido de Adão Nunes em terceiro com 1,65%. Brancos e nulos 0,92% e não souberam ou não quiseram responder 1,29%.

A pesquisa também mediu se os eleitores estavam satisfeitos com a administração atual ao questionar se votariam no candidato apoiado pelo prefeito Eric Costa. O resultado foi amplamente negativo.

Com 65,07% os eleitores destacaram não votar no candidato apoiado pelo prefeito. 30,33% votariam e outros 4,60% disseram não saber ou não quiseram responder.

A pesquisa encontra-se registrada com o número MA-04771/2020 e ouviu 544 eleitores entre os dias 3 a 6 de novembro nas zonas urbana e rural. A margem de erro é de 3,62% para mais ou para menos. O levantamento foi encomendado por Romeu Rodrigues.