0

Neto Evangelista mostra força política no lançamento de candidatura em Anapurus…

O deputado estadual Neto Evangelista (DEM) encerrou sua agenda de campanha do final de semana, neste domingo (02), no município de Anapurus.

Acompanhado da prefeita da cidade, professora Vanderly (PSDB), o candidato à reeleição participou de uma caminhada pelas ruas e de uma grande reunião que marcou o lançamento de sua campanha na região.

Milhares de pessoas prestigiaram o evento. A prefeita Vanderly destacou a união de seu grupo político pela reeleição de Neto Evangelista.

“Ele já deixou sua marca na cidade. Nos beneficiou com sistemas de abastecimento de água, Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e, ainda conseguiu, junto ao governo do estado, investimentos para a recuperação do nosso balneário”, ressaltou.

“Agora chegou o momento de retribuirmos. Vamos ter orgulho da votação que daremos ao nosso deputado Neto Evangelista. E demonstrar nas urnas lealdade com quem vem trabalhando pela nossa cidade, nosso povo”, completou Vanderly.

Em seu discurso, Neto falou da amizade com a prefeita de Anapurus e da credibilidade da gestora a frente do município.

“Vanderly tornou-se uma amiga. Ela é incansável na busca por melhorias para o município e o bem-estar de seus cidadãos. Por isso eu a admiro. E sei que os investimentos são utilizados de forma correta. Vamos seguir juntos pela continuidade do desenvolvimento de Anapurus”, finalizou.

0

TV versus Internet na propaganda eleitoral…

Muito do que será visto a partir de hoje no horário gratuito já foi exibido em redes sociais e aplicativos de trocas de mensagens, principais vetores dos candidatos na era digital, concorrendo com a própria televisão

 

Com o advento das redes sociais, o que era exclusividade da TV agora chega antes, e em massa, aos eleitores

A campanha eleitoral entra hoje naquilo que muitos chamam de etapa decisiva, mas que, neste pleito, pode ser considerada também como a etapa final. A propaganda eleitoral no rádio e na TV, bem mais curta, já poderá apontar, em seus primeiros dias, qual o caminho a ser percorrido até o dia 7 de outubro.

Embora só agora os candidatos passem a se mostrar a uma massa maior de eleitores, a campanha no rádio e na TV rivaliza, este ano, com as redes sociais e aplicativos de internet, que já estão em plena atividade desde o fim das convenções, ainda no início de agosto.

Muito do que se vai ver agora no horário eleitoral já está disponível há tempos nas redes sociais e aplicativos de troca de mensagens. Vídeos, áudios, memes, banners e flyers, que têm sua linguagem própria na Internet, ganharão agora a versão televisiva e, talvez, a garantia de que serão vistos por um número maior de pessoas.

A campanha no rádio e na TV em 2018 ganhou a forte concorrência da internet.

O assédio da TV não deverá ter o mesmo impacto de outrora

É nessa plataforma que estão ocorrendo os principais debates políticos, análises da performance dos candidatos, críticas ácidas e duras, defesas apaixonadas e muita, mas muita informação que necessita ser checada.

Toda regulamentada pela Justiça Eleitoral, a propaganda de TV chegará para por uma espécie de ordem na casa, separando o que é real do fake; e o que é verdadeiro na campanha de cada um.

É a batalha das mídias que ganha corpo em pleno processo eleitoral…

Da coluna Estado Maior, de O EstadoMaranhão

1

Hildo Rocha presente…na Câmara, nas bases e em campanha

Um dos mais ativos parlamentares no interior do Maranhão, o deputado federal é também um dos poucos a comparecer em todas as sessões de 2018, mesmo em plena campanha eleitoral

 

Hildo Rocha sabe conciliar suas atividades de campanha em busca do voto no interior…

O deputado federal Hildo Rocha (MDB) é um dos mais presentes – senão o mais presente – parlamentar maranhense nas bases eleitorais no interior do estado.

Rocha está semanalmente nas cidades prestando contas, apresentando projetos, vistoriando obras ou entregando equipamentos e ações.

E faz uma campanha eleitoral intensa, com forte presença no interior.

Mesmo assim, o deputado não relaxa sua atividade parlamentar em Brasília. E é – ao lado do colega Pedro Fernandes (PTB) – um dos únicos maranhenses a participar de todas as sessões da Câmara Federal neste ano de 2018.

…Com a presença assídua e efetiva na Câmara Federal, onde não perde uma sessão sequer

Hildo conseguiu conciliar suas obrigações de deputado federal com as articulações no interior e a campanha eleitoral, sem comprometer a qualidade do seu trabalho.

E por isso ganhou destaque no Congresso em Foco, site que analisa o trabalho e a qualidade de deputados e senadores.

3

A força de Roseana em São Luís…

Candidata do MDB foi recebida com festa na área Itaqui-Bacanga e mostra prestígio político em toda a região metropolitana, onde já venceu dois adversários juntos em primeiro turno

 

Com as lideranças da área Itaqui-Bacanga, Roseana mostrou forte prestígio político

A ex-governadora Roseana Sarney (MDB) mostrou forte prestígio político durante o fim de semana de campanha na região de São Luís.

Uma multidão entusiasmada a recebeu com festa na área Itaqui-Bacanga, em seu primeiro ato na capital maranhense.

Apesar do bombardeio da oposição, Roseana tem forte influência política em São Luís, já demonstradas em diversas eleições.

População dos bairros foi à recepção da governadora e buscou formas de estar perto dela

Na última última eleição que disputou, em 2010, por exemplo, a ex-governadora venceu em primeiro turno, com vitórias sobre Jackson Lago (PDT) e Flávio Dino (PCdoB) também na capital.

A força demonstrada na área Itaqui-Bacanga deverá ser replicada em outras incursões e Roseana pela Grande São Luís.

A partir de hoje ea volta ao interior, com reuniões nos municípios de Cantanhede, Matões do Norte, Axixá, Rosário, Icatu, Afonso Cunha, Aldeias Altas e Caxias.

3

Sarney Filho avança em todos os setores políticos…

Com vasta experiência parlamentar, candidato a senador tem o trunfo de transitar com respeito e admiração entre todos os grupos políticos maranhenses, o que fortalece sua posição, seja como primeira, seja como segunda opção ao Senado

 

Sarney Filho nas ruas, em contato com lideranças e populares no interior maranhense…

O deputado federal Sarney Filho (PV) navega em uma faixa própria entre os candidatos a senador nestas eleições.

Ele consegue transitar com desenvoltura entre todos os grupos políticos, angariando apoios seja como primeira opção, seja como segunda opção ao Senado.

A campanha do ex-ministro do Meio Ambiente se fortalece por três fatores principais:

1 – o eleitor poderá votar em dois candidatos, o que dá a liberdade para escolher opções de grupos diferentes;

2 – apesar da longa carreira política, Sarney Filho não enfrenta nenhum tipo de denúncia e não desperta inimigos figadais;

3 – ele tem a experiência necessária tanto no Executivo quanto no Legislativo, somando a isso a juventude que ainda demonstra na lide política diária.

…E no Congresso Nacional, onde já tem experiência comprovada há vários mandatos

Com estes predicados, o candidato do PV vai avançando e solidificando,m seja como primeira, seja como segunda opção de senador.

Em todos os colégios eleitorais do Maranhão…

1

Impratriz mostra o seu apoio a Roseana…

Passagem da ex-governadora pela região tocantina foi movimentada por populares e lideranças de vários municípios

 

Roseana em selfie com Lobão, Assis Filho, Sarney Filho, Hildo Rocha e Ribinha Cunha

Após percorrer cinco municípios da Região Tocantina, a pré-candidata ao governo do Maranhão Roseana foi recebida com festa pelas lideranças que lotaram o auditório do Palácio do Comércio e Indústria de Imperatriz na noite de sexta-feira (10).

– Voltar aqui é sempre uma alegria, pois me identifico com este povo guerreiro de Imperatriz, que multiplica oportunidades e riquezas – declarou Roseana, sob aplausos.

Governadora falou para as lideranças presentes no Palácio do Comércio, em Imperatriz

Ela destacou sua decisão de ter como vice um representante das ribanceiras do Tocantins, para dividir as responsabilidades e decisões.

E lembrou das obras dos seus governo no segundo maior município do Maranhão, como os 20 leitos de UTI’s que atendiam a demanda do Hospital Municipal, mas que foram fechados recentemente porque o governo estadual retirou quase R$ 3 milhões destinados à manutenção desse serviço.

– Quantas pessoas teriam sobrevivido se tivessem esses leitos na cidade? – questionou.

Roseana e sua comitiva encerraram neste sábado, 10, a agenda de visitas na Região Tocantina.

11

Saiba o destino eleitoral de Flávio Dino após ter a inelegibilidade decretada…

Comunista condenado por corrupção eleitoral nas eleições de 2016 pode recorrer até ao Tribunal Superior Eleitoral, na condição sub judice, mas corre o risco de ter os votos anulados ou perder um eventual segundo mandato

 

Inelegível, Flávio Dino tem via crucis até o TSE

Muita gente ainda tem dúvidas sobre o destino do governador Flávio Dino (PCdoB) depois de ele ter sido condenado pela Justiça Eleitoral e ser declarado inelegível.

Candidato à reeleição, Dino registrou quinta-feira, 9, sua chapa no Tribunal Regional Eleitoral. A partir daí, um novo processo se abrirá contra sua candidatura.

O comunista vai ter que guerrear juridicamente em duas frentes.

A primeira delas é contra a própria decisão da juíza Anelise Nogueira Reginato, da 8ª Zona Eleitoral: apesar de dizer que a decisão não tem efeito prático, Dino precisa recorrer dentro do prazo, para evitar que a sentença transite em julgado.

Com o recurso, o comunista pode até continuar candidato até o julgamento no mérito, no TRE; qualquer que seja a decisão do TRE – confirmando ou mudando a sentença da juíza – o caso vai para o TSE.

E é aí que a coisa complica para Flávio Dino.

Se o TSE julgar o caso antes do primeiro turno e entender que a decisão da juíza Anelise Nogueira não tem fundamento, Dino livra-se do processo disputa a reeleição normalmente.

Mas se a sentença for confirmada, ele é declarado inelegível e sua coligação terá que substituí-lo – isso se o julgamento ocorrer dentro do prazo de troca, o que é improvável.

Se a inelegibilidade de Flávio Dino for analisada no TSE só depois da eleição, o contexto muda completamente, dependendo de duas situações:

1 – Flávio Dino derrotado no voto em outubro

2 – Flávio Dino reeleito no voto em outubro

Se for derrotado, uma eventual confirmação de inelegibilidade pelo TSE tira automaticamente o comunista das eleições de 2020 e 2022.

Se, por outro lado, conseguir se reeleger mesmo com o processo tramitando – e o TSE confirmar que a juíza de base tem razão em sua sentença – aí, também, surgem duas situações distintas;

1 – Se Dino tiver sido reeleito em primeiro turno, seus votos são anulados e recalcula-se os votos dos demais candidatos; se algum deles alcançar mais de 50% dos votos válidos, é declarado eleito. Se nenhum obtiver a votação necessária, é convocada nova eleição;

2 – Se o governador tiver sido eleito em segundo turno, seus votos são anulados e o segundo colocado é declarado eleito automaticamente.

Esta é portanto a via crucis que Flávio Dino percorrerá na eleição e no pós-eleição maranhense.

Tudo por ter sido flagrado em corrupção eleitoral nas eleições de 2016.

E este é apenas o primeiro processo julgado…

4

Flávio Dino foi condenado por usar dinheiro público para comprar eleição, explica ex-juiz eleitoral

Especialista em Direito Eleitoral, advogado Sérgio Muniz diz que, embora Flávio Dino tenha o direito de recorrer – e possa até conseguir suspender os efeitos da condenação – sua candidatura seguirá na condição sub judice

 

Abuso de poder levou à condenação de Flávio Dino

Especialista em direito eleitoral e ex-juiz do TRE-MA, o advogado Sérgio Muniz explicou em áudio que circula na internet a condição de sub judice da candidatura de Flávio Dino (PCdoB) ao Governo do Estado.

Segundo ele, a decisão da juíza Anelise Nogueira torna inelegível o governador Flávio Dino e seu ex-secretário, Márcio Jerry (PCdoB) por oito anos.

– A sentença é real, foi confirmada pelo TRE e o Flávio Dino está inelegível por oito anos. Flávio Dino usou dinheiro público para comprar a eleição em Coroatá. E foi condenado por isso. Tanto ele quanto o Márcio Jerry. Pode ter recurso ao TRE? Sim! Ele deve recorrer? Sim! O recurso tem efeito suspensivo? Sim! Porém, ele será um inelegível sob recurso. E dentro desta possibilidade, pode vir a ser impedido de exercer o mandato, numa possibilidade remota de reeleição – explicou Muniz.

Para o advogado, Flávio Dino se acha acima da lei e protagonizou os maiores absurdos na eleição passada para eleger seus aliados.

– O que temos hoje é a Justiça sendo aplicada contra um cidadão que se acha acima da lei e que praticou os maiores absurdos na eleição passada e que agora vê que sua pretensão de ser maior do que todos caiu por terra – afirmou.

O advogado deixa claro que a decisão da Justiça é muito bem fundamentada e, dificilmente, cairá nas instâncias superiores.

– Se houver recurso, os membros do TRE irão se debruçar sobre a matéria e tomar a decisão. O que não pode é o PCdoB falar por ele e dizer que a sentença será anulada. É mais um exemplo do abuso dos comunistas. Repito: Flávio Dino está inelegível por oito anos – concluiu Sérgio Muniz.

Ainda não há previsão para o recurso do governador ao TRE. Mas ele tem um prazo para fazê-lo.

Caso contrário, a sentença transita em julgado…