9

Gil Cutrim filia-se ao PMDB em solenidade presidida por João Alberto

Gil Cutrim é cumprimentado por João Alberto

(16h15) – Como este blog havia adiantado em primeira mão, semana passada, o futuro prefeito de Ribamar, Gil Cutrim (ex-PSL), filiou-se hoje ao PMDB. A solenidade, na sede do partido, foi presidida pelo vice-governador e senador eleito João Alberto de Souza.

Cutrim vai assumir o comando de Ribamar em janeiro, quando o atual prefeito, Luís Fernando Silva (DEM), deixar o cargo para ser o chefe da Casa Civil do governo Roseana Sarney (PMDB).

Gil Cutrim, com aliados e membros do PMDB

O futuro prefeito será também candidato a vice-presidente da Federação dos Municípios do Maranhão (Famem), na chapa encabeçada pelo colega de itapecuru-Mirim, Júnior Marreca (PV).

Acompanharam o vice-prefeito na solenidade o presidente do PMDB em Ribamar, ex-vereador Reinaldo Ribeiro; o presidente da Câmara Municipal, Beto das Vilas (PMDB); os vereadores Henrique Queen (PDT), Marlene Monroe (PTB), Lindoso (PT do B) e Negão (PMDB); além do presidente do diretório municipal do PSL de Ribamar, Ribamar Rodrigues.

8

A disputa pela Famem…

A rigor, apenas três candidatos disputam com maior possibilidade de viabilização a presidência da Federação dos Municípios (Famem). Os três -José Mário (PMDB), Júnior Marreca (PV) e Socorro Waquim (PMDB) – com sua gama de apoios e influ~encias em todos os setores da política maranhense.

Zé Mário tem fortes apoios

José Mário –

 

Prefeito do pequeno município de São João dos Patos, o peemedebista conseguiu a simpatia do deputado estadual Ricardo Murad (PMDB), cujo argumento (o de que a Famem precisa dar espaço aos pequenos municípios) é repassado aos prefeitos de todo o estado

Marreca: em busca de viabilização

 

 

.

 

Júnior Marreca –

 

O prefeito de Itapecuru-Mirim tem a preferência da maioria dos funcionários da Casa, reúne parte dos deputados estaduais e a simpatia da ala mais jovem dos prefeitos, que defendem a renovação de métodos na entidade. tem como um dos principais aliados o deputado estadual César Pires (DEM).

Waquim usa o peso do próprio município

Socorro Waquim –

a prefeita de Timon é a menos viabilizada, apesar do peso do município que administra. Não tem a simptia nem dos prefeitos nem da classe política. Enfrenta também denúncias contra sua administração que atraplaham seu projeto. Mesmo assim, tem força política para angariar apoios.

A eleição na Famem acontecerá na segunda quinzena de janeiro.

2

Gil Cutrim será vice de Júnior Marreca na disputa pela Famem

Gil será vice de Marreca na Famem

O futuro prefeito de São José de Ribamar, Gil Cutrim (PSL), será o candidato a vice-presidente da Federação dos Municípios na chapa encabeçada pelo prefeito de Itapecuru-Mirim, Júnior Marreca (PV).

Os dois reuniram-se ontem e acertaram os detalhes da aliança, que deverá contar também com vários outros gestores municipais

A candidatura de Cutrim será possível por que ele assumirá a prefeitura de Ribamar no início de janeiro, dias antes do início do prazo para inscrição das chapas.

Marreca busca viabilização da candidatura

Júnior Marreca tem buscado apoio de prfeitos e de lideranças políticas para sua campanha à Famem.

Além dele, disputam o comando da entidade os prefeitos de São João dos Patos, Jósé Mário (PMDB), e de Timon, Socorro waquim (PMDB).

A eleição na Famem acontece na segunda quinzena de janeiro…

5

Diretoria da Famem vai discutir veto de Lula ao projeto do Pré-sal

O gráfico mostra o nível do óleo do pré-sal

A direção da Federação dos Municípios do Maranhão (Famem), reúne-se com a imprensa, às 10 horas de hoje, para comentar o veto do presidente Lula ao projeto de partilha dos recursos do Pré-Sal.

A Famem foi uma das associações municipais do país que mais se mobilizaram pela aprovação do projeto no Congresso Nacional.

Além de comentar o veto presidencial, a entidade vai mostrar aos jornalistas as perdas do Maranhão com a não implementação da proposta.

Os prefeitos pretendem se mobilizar agora pela derrubada do veto no Congresso Nacional, o que garantiria a implantação do projeto, mesmo contra a vontade do governo.

Os recursos do pré-sal garantiriam ao Maranhão praticamente dobrar a receita oriunda do Fundo de Participação dos Municípios.

12

Júnior Marreca confirma candidatura à presidência da Famem

Marreca: Famem forte, com união dos prefeitos

Já está em plena campanha o prefeito de Itapeucuru-Mirim, Júnior Marreca (PV), pela presidência da Federação dos Municípios do Maranhão (Famem).

Ele esteve hoje pela manhã na Assembléia Legislativa, aproveitando a solenidade de homenagem aos ex-deputados cassados pelo regime militar para distribuir panfletos com a sua plataforma.

Marreca defende uma Famem para os prefeitos.

– A Famem é dos prefeitos e deve atuar em favor dos prefeitos e dos municípios – disse o candidato.

Além de Júnior Marreca, já confirmou candidatura à presidência da entidade o prefeito de São João dos Patos, José Mário (PMDB).

Outros dois prefeitos – Socorro Waquim (PMDB), de Timon, e Haroldo Léda (DEM), de Lago do Junco – também manifestam interesse na disputa, mas ainda não oficializaram a campanha.

A eleição na Famem está marcada para a segunda quinzena de janeiro…

5

Zé Mário confirma candidatura à presidência da Famem

Zém Mário tem 100% de apoio no Médio Sertão

O prefeito de São João dos Patos, José Mário Alves, confirmou hoje sua candidatura à presidência da Federação dos Municípios (Famem). E já chega à disputa com apoio de todos os prefeitos da região do Médio Sertão.

– Tem que ser assim. Pra disputar, tem que ter apoio em casa, para, depois, buscar fora – frisou Zé Mário, que esteve hoje na Assembléia Legislativa.

O prefeito distribuiu uma nota da Associação dos Municípios do Médio Sertão Maranhense, pelo qual os prefeitos declaram publicamente o apoio à sua candidatura.

São 15 prefeitos, que lançaram oficialmente a candidatura do peemedebista.

Além de Zé Mário, já manifestaram interesse em cncorrer à presidência da Famem os prefeitos de Itapecuru-Mirim, Júnior Marreca (PV); de Lago do Junco, Haroldo Léda (DEM) e de Timon, Socorro Waquim (PMDB).

Abaixo, a relação dos prefeitos que apoiam Zé Mario:

Paraibano – Sebastião Pereira de Souza

Sucupira do Norte – Marcony da Silva dos Santos

Mirador – Joacy de Andrade Barros

Colinas – Valmira Miranda da Silva Barroso

Passagem Franca – José Antonio Rodrigues da Silva

Nova Iorque – Carlos Guistavo Ribeiro Guimarães

Buriti Bravo – Raimundo Nonato P. Ferreira

Benedito Leite – Raimundo Coelho Júnior

Pastos Bons – Enoque Ferreira Mota Neto

Sucupira do Riachão – Juvenal Leite de Oliveira

Barão do Grajaú – Raimundo Nonato Silva

São Domingos do Azeitão – Sebastião Fernandes Barros

Jatobá – Ednaura Pereira da Silva

Lagoa do Mato – Aluísio Coelho Duarte

São Francisco do Maranhão  – Francisco Ademar dos Santos

28

As missões de Hildo Rocha…

Hildo Rocha continuará no governo Roseana

Ele pensou em outra pasta no governo Roseana Sarney (PMDB). Algo mais administrativo, por exemplo. Mas ela preferiu mantê-lo na Articulação Política.

É nesta pasta que Hildo Rocha atuará em duas missões importantes em favor do governo.

Primeiro, vai articular a eleição na Federação dos Municípíos dos Maranhão (Famem). Vai trabalhar o consenso na disputa pela entidade e garantir a eleição de um prefeito que reúna as condições de liderar o municipalismo nos próximos dois anos.

Hildo Rocha será também o representante do governo nas eleições de 2012. Como articulador político, ele ajudará a montar as alianças para as disputas nos municípios.

Um dos projetos é repetir a vitoriosa aliança PMDB/PT na maioria das cidades, fortalecendo a coligação que elegeu Roseana Sarney.

Hildo Rocha, portanto, continuará como secretário de Articulação Política do governo Roseana.

8

Pequenos municípios pretendem se unir pelo comando da Famem

Um grupo de prefeitos de pequenos municípios maranhenses está se agrupando em torno de um candidato comum nas eleições da Federação dos Municípios do Maranhão.

Pela lógica destes prefeitos, um líder municipalista oriundo de um município pequeno tem mais condições de brigar pelo grosso das prefeituras, já que conhece as dificuldades da escassêz de recursos e da falta de uma Saúde Plena, por exemplo.

Explica-se: municípios como Caxias, Timon, Itapecuru-Mirim, Presidente Dutra e Santa Inês, entre outros, gozam da classificação “Saúde Plena” – ou seja, têm recursos diretos para investimentos no setor.

Os pequenos municípios não. E assim ocorre em vários setores.

Por isso, os prefeitos querem se reunir para indicar alguém que veja a Famem como organismo que ofereça toda a estrutura técnica a prefeituras, o que valorizará os pequenos municípios – já que estes não têm condições para ter um especialista em cada setor da administração.

A eleição na Famem acontece na segunda quinzena de janeiro…