3

Documentos desmentem justificativa para fuga de Flávio Dino da Sabatina O Estado

Tratativas com o governador para participação no programa foram feitas toda de forma oficial, e a presença dos seus representantes na reunião-sorteio das datas, com as regras em mãos, derrubam a tese de obscuridade levantada pelo comunista

 

ADVOGADO E TUDO. Aline Louise na reunião que definiu as regras. O bloco à frente é o documento de O Estado, que ela própria levou

Uma série de documentos e imagens publicadas na tarde desta quinta-feira, 23, desmontam a farsa que o governador Flávio Dino (PCdoB) tenta criar para justificar sua fuga da sabatina O Estado.

A imagem acima com a foto da assessora de imprensa do governador, jornalista Aline Louise – acompanhada do advogado Pedro Chagas – desmente a justificativa de obscuridade nas regras.

REGISTRO OFICIAL. Primeiro protocolo ´datado de 7 de agosto. e Foi confirmado pela funcionária do PCdoB

Percebe-se que à sua frente, na mesa de reuniões, está o conjunto das regras, levado por ela mesma para ser discutido – como foi – na reunião.

DATA CONFIRMADA. O segundo protocolo já confirma a data da entrevista de Flávio Dino, devidamente recebida no PCdoB

As outras imagens, com os dois protocolos de recebimento dos Ofícios encaminhados por O Estado – devidamente assinados pela funcionária do PCdoB – também confirmam todo o diálogo que se antecedeu antes e depois da data de entrevista do comunista já estar definida.

EM CIMA DA HORA. A conversa entre Carla Lima e Aline Louise, que anunciou a fuga pouco antes do programa

O fato é que Flávio Dino não quer dar entrevistas aos veículos do Grupo Mirante; o que ele quer é usar o grupo como palanque para fazer monólogos, falar sozinho, sem contrapontos.

E foi isso que sua assessora de imprensa tentou garantir, sem sucesso.

Por isso a fuga do comunista e o desrespeito ao eleitor…

0

Sousa Neto vai convocar secretário para explicar fuga em Pedrinhas…

O deputado Sousa Neto (PROS) voltou a criticar duramente o Governo Flávio Dino (PCdoB) em relação à crise no Sistema Prisional do Maranhão. O parlamentar falou da controvérsia nos números de fugitivos divulgados pela mídia comunista, que para ele, são inverídicos.

Como membro titular da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, Sousa Neto disse que fará um requerimento à Mesa para a convocação do titular da Gestão Penitenciária.

– Foi feita uma festa maior do mundo quando chegou o body scan para poder barrar a entrada de celulares, de tudo. Body Scan não evita fuga, mas o governador foi lá inaugurar junto com o secretario Murilo Andrade, que para mim e para nós, maranhenses, parece o Lombardi: ninguém nunca viu. Quero dizer aqui que eu vou convoca-lo pela Comissão de Segurança, até para ele esclarecer os dados que eu tenho aqui – afirmou.

O deputado contestou as informações repassadas pela Secretaria de Comunicação e Articulação Política (Secap), que segundo ele, está omitindo o verdadeiro número de detentos foragidos.

– Nossa preocupação é com esses dados divulgados pelo Governo, que são fictícios. Na área da Saúde, da Educação, da Infraestrutura, em todas as áreas importantes, não podemos confiar nos números. São feitos pelo secretário Márcio Jerry, dentro do Palácio dos Leões, para maquiar e enganar a população. Obtivemos informações que, na verdade, mais de cinquenta presos teriam sido resgatados do presídio.

Sobre nota divulgada à imprensa de que o Governo já abriu sindicância para apurar possível facilitação na fuga, Sousa defendeu:

– Agora querem culpar os agentes penitenciários. Eles trocaram tiros com os bandidos. A Seap não tem coragem de admitir o erro. Prometeram às famílias que lá não haveria mais fuga, e até agora não chegou nenhuma assistência para os moradores do entorno daquela unidade.

14

Debate da Mirante: ausência de Edivaldo garante a Braide entrevista de 20 minutos…

Caso o candidato do PDT não participe do programa – como voltou a ser especulado com força esta semana – o adversário do PMN poderá apresentar, ao vivo, as duas principais perguntas que faria; e terá direito a entrevista, ao vivo, de 20 minutos

 

cadeiras vazias de Edivaldo no debates marcaram toda campanha de 2016; e ainda pode se repetir

cadeiras vazias de Edivaldo no debates marcaram toda campanha de 2016; e ainda pode se repetir

 

A volta das suspeitas de que o prefeito Edivaldo Júnior (PDT) poderia criar uma situação para fugir ao debate da TV Mirante, nesta sexta-feira, 28, ensejou uma enxurrada de dúvidas de internautas sobre o que acontecerá com o programa, caso isso ocorra.

Pelas regras estabelecidas entre os dois candidatos, caso um deles falte, o outro poderá apresentar ao público, ao vivo, as duas principais perguntas que faria ao adversário; e ainda terá direito a entrevista de 20 minutos, na hora em que o debate deveria ser exibido.

O programa, portanto, terá sequência normal, independentemente da presença ou não de Edivaldo Júnior.

Leia também:

Edivaldo mentiu para tentar cancelar debate da TV Guará…

Saiba de quantos debates Edivaldo já fugiu nesta campanha…

Veja o que Holandinha pensava de quem foge dos debates…

Para 65% dos eleitores, debate tem influência na decisão de voto…

Foi por causa da regras que Edivaldo tentou impedir na Justiça, sem sucesso, a realização do debate da TV Guará, na quinta-feira, 20. Ele sabia que, caso não fosse, Braide teria direito ao mesmo tempo de entrevistas, como de fato teve. (Relembre aqui)

Caso exista mesmo a possibilidade de Edivaldo faltar ao debate da Mirante – especulação ainda não negada pela coordenação de sua campanha – não se descarta que ele tente impedir na Justiça a realização do programa.

De acordo com a direção da TV Mirante, a expectativa é de que a emissora alcance audiência recorde com o debate desta sexta-feira.

O que terá forte influência na decisão popular de domingo, 30…

13

Aliados já cogitam ausência de Holandinha do debate da TV Mirante…

Avaliação na coordenação de campanha é a de que o desgaste da ausência será menor que um confronto direto com Eduardo Braide; estratégia é gerar um fato público de comoção que justifique a fuga e impeça a capitalização positiva para o adversário

 

Deixar a cadeira vazia já é uma opção para Edivaldo

Deixar a cadeira vazia já é uma opção para Edivaldo

Aliados do prefeito Edivaldo Júnior (PDT) começaram a cogitar, desde o início da semana, a possibilidade de ele simplesmente não comparecer ao debate da TV Mirante, nesta sexta-feira, 28.

A avaliação de parte da coordenação de campanha é a de que, fugindo ao confronto com Eduardo Braide (PMN), Holandinha teria a proteção da guerrilha midiática alugada pela prefeitura e não haveria tempo de reação para Braide denunciar a manobra à população.

Na análise da situação, já cogitaram como justificativa até um motivo de saúde – dele ou de um familiar.

A fuga do prefeito não é unanimidade entre as lideranças de sua campanha, mas os partidários desta tese argumentam que o desgaste da ausência – na reta final, com a leniência da maior parte da mídia e já sem a propaganda eleitoral para revelar a fuga – não favoreceria tanto Eduardo Braide quanto um confronto direto de quase 1 hora, com toda a expectativa gerada em torno do programa.

Marqueteiros da campanha de Holandinha começaram a construir para ele, desde a semana passada, uma imagem de “durão” como teste para o debate da Mirante. Ao mesmo tempo, ele passou a ser treinado por uma equipe contratada especialmente para o evento.

Mas as falas do candidato desafiando o adversário soaram artificiais por que vão de encontro ao seu próprio perfil. Além disso, o treinamento tem deixado o pedetista robotizado – com frases feitas e respostas pré-fabricadas – o que pode ser percebido pelo eleitor.

A saída mai segura, portanto – acreditam o marqueteiros, é ele simplesmente ter um n”compromisso inadiável” e última hora.

É aguardar e conferir…

18

Agora é o debate…

Programa da TV Mirante será o último ato entre os candidatos antes do pleito de domingo, embora ainda pairem dúvidas sobre a presença de Edivaldo Júnior, mesmo com seus desafios, no estilo bad boy, ao adversário Eduardo Braide

 

Eduardo e Edivaldo: o último ato

Eduardo e Edivaldo: o último ato

Embora os candidatos ainda se mantenham na rua, em busca de votos, cada um com seus métodos e utilizando os meios de que dispõem – questionáveis ou não – e ainda tenham três dias de propaganda eleitoral, todas as atenções da campanha se voltam agora para o debate da TV Mirante, nesta sexta-feira, 28.

Em uma campanha que se desenha acirrada até o último momento – pelo menos é o que mostram os institutos mais respeitáveis – é o programa da TV Mirante que pode definir quem será o vencedor.

Nos últimos dias, surgiu uma dúvida quanto à participação do prefeito Edivaldo Júnior (PDT), ainda que ele próprio tenha gravado programa específico desafiando o adversário Eduardo Braide (PMN) para o debate na Mirante. Mesmo assim, ainda há quem acredite que ele não participe, o que o fez reiterar, uma, duas, três vezes nos últimos dias a sua participação.

É bom lembrar que o mesmo Instituto Escutec, que mostrou empate rigoroso entre os dois candidatos, também aponta que 65% dos eleitores vão aguardar o debate para tomar sua decisão definitiva.

Para se ter uma ideia da influência do programa, Braide cresceu nada menos do que 17 pontos percentuais entre a quinta-feira, 29 de setembro, e o dia da eleição em primeiro turno, em 2 de outubro.

Ele saiu de 5% na pesquisa Ibope para nada menos que do 22%dos votos válidos em três dias.

O debate da TV Mirante é agora, portanto, literalmente, o último ato dos candidatos antes da eleição do dia 30.

Da coluna Estado Maior, com edição do blog

19

“Cabra corajoso só pela metade não existe”, critica jornalista, sobre fuga de Holandinha dos debates..

Professor de Comunicação, o jornalista e publicitário Marco Duailibe cobrou do prefeito de São Luís que compareça ao confronto direto com o deputado Eduardo Braide, hoje, na TV Guará

 

Edivaldo e a cara de mau da propaganda

Edivaldo e a cara de mau da propaganda

Tem repercutido mal entre os formadores de opinião a mudança de postura do prefeito Edivaldo Júnior (PDT), que faz pose de “mau” na propaganda, chamando Braide para “o debate cara a cara”, mas não responde se vai ou não ao debate da TV Guará, na noite esta quinta-feira, 20.

– Só uma pergunta: se o Edivaldo está fazendo pose de corajoso aparecendo na TV, dizendo que irá enfrentar o Braide no Debate da Mirante, será que ele irá amanhã [hoje] no Debate da TV Guará? – questionou o professor de Comunicação Social e publicitário Marco Duailibe, também um dos mais respeitados produtores culturais de São Luís.

Duailibe é ainda mais duro com Holandinha ao falar de sua cara de corajoso.

– Vou logo dizendo: cabra corajoso só pela metade não existe.

Edivaldo mudou o perfil no horário eleitoral, engrossou a voz e chamou Eduardo Braide para o debate da Mirante. Até agora, no entanto, nem toca no assunto do debate de hoje na TV Guará.

A cobrança de Duailibe: prefeito medroso?

A cobrança de Duailibe: prefeito medroso?

Marquinho Duailibe compara a postura do prefeito coma  do próprio Braide, que “foi a Resenha da Difusora mesmo sabendo o que iria enfrentar”.

– Mas Edivaldo já faltou ao debate do CRM, já faltou à reunião com os conselheiros municipais, faltou a sabatina da TV Guará e agora ninguém sabe se o 12 fujão irá ao debate do canal 23 – pondera o jornalista.

O debate da TV Guará está marcado para as 22 horas.

Até agora, Edivaldo não disse se vai ou não…

17

Edivaldo ainda não disse se vai ou não ao debate da TV Guará..

Embora seus aliados já deem como certa a ausência do prefeito, ele precisa dizer oficialmente – e justificar a ausência – já que existe um convite da emissora ainda aguardando resposta

 

Sozinho é´fácil... Vai ou não via encarar?!?

Sozinho é´fácil… Vai ou não via encarar?!?

Apesar de ter desafiado o adversário Eduardo Braide (PMN) para o “debate cara a cara”, o prefeito Edivaldo Júnior (PDT) dá cada vez mais sinais de que irá fugir, novamente, do debate da TV Guará, na noite desta quinta-feira, 20.

Para seus aliados, já está claro que o pedetista não vai estar no programa de hoje, uma vez que marcou compromisso eleitoral para o mesmo horário; e tem chamado apenas para o debate da TV Mirante, dia 28.

Saiba de quantos debates o prefeito já fugiu nesta campanha…

Mas o prefeito precisa dizer isso publicamente e justificar sua ausência ao eleitor.

Afinal, há um convite da emissora aguardando resposta; o documento foi protocolado oficialmente, tanto na prefeitura quanto no Comitê central de campanha.

E se pede resposta, o prefeito tem que dar a resposta.

É simples assim…

10

Edivaldo falta à Sabatina da TV Guará e jornalista vê desrespeito ao eleitor…

Jornalistas lamentaram a postura do prefeito e mostraram a cadeira vazia, o que tem costumeiramente acontecido na campanha; Eduardo Braide é o convidado da próxima segunda-feira

 

Imagem mostra a cadeira vazia do prefeito e os jornalistas, que viram desrespeito do prefeito ao eleitor

Imagem mostra a cadeira vazia do prefeito e os jornalistas, que viram desrespeito ao eleitor

O prefeito Edivaldo Júnior (PDT) faltou ontem a mais uma sabatina com jornalistas, desta vez na TV Guará.

A emissora aguardou a presença do candidato na sexta-feira, 14, ás 22hs, mas ele não apareceu e, segundo o jornalista Américo Azevedo, mediador do programa, sequer mandou justificativa. Veja o vídeo abaixo:

 

25

Aliados de Edivaldo já repensam sua participação no debate da Mirante…

Coordenadores da campanha pedetista avaliam que o desgaste de sua ausência pode ser menor que um eventual bombardeio de adversários, sobretudo após confirmação da presença de Eduardo Braide

 

O dilema de Edivaldo: ir ou não ao debate da Mirante?!?

O dilema de Edivaldo: ir ou não ao debate da Mirante?!?

Apesar de o prefeito estar há dois treinando para o debate da TV Mirante, marcado para a noite desta quinta-feira, 29, os coordenadores de sua campanha já avaliam a possibilidade de ele não participar do programa.

Para os aliados do prefeito, o desgaste de sua ausência pode ser menor que um eventual bombardeio por parte dos adversários.

Sobretudo após revelações sobre as farsas criadas em torno da suposta dívida de São Luís no início de sua gestão e a farsa envolvendo um terreno, usada para atingir Wellington do Curso e desmascarada na Justiça.

Também está pesando na avaliação dos pedetistas e comunistas a presença do deputado Eduardo Braide (PMN), que pretende confrontar o prefeito em vários aspectos de sua gestão.

Edivaldo torcia para que Braide não atingisse os 5% exigidos na pesquisa do Ibope para participação no debate.  Ele tem um confronto direto com o adversário do PMN.

tanto que apoiou, nos bastidores, o cancelamento do debate da TV Difusora, após decisão judicial que incluiu Eduardo entre os participantes.

Leia também:

“Quero poder confrontar o prefeito”, afirma Eduardo Braide…

Por medo de adversários, Edivaldo articula cancelamento de debate na Difusora…

Edivaldo tem fugido a todos os debates – tanto na TV quanto nos organizado por entidades sociais – e entende que o desgaste de sua ausência se dissipa ao longo do programa.

Alguns aliados ponderam, no entanto, que o último debate tem audiência altíssima, e o prefeito pode perder votos ao ser visto como covarde.

Mas há quem esteja disposto a pagar o preço na campanha do pedetista…

5

Denunciado por desvio de R$ 33 milhões, Holandinha foge de mais um debate…

No dia em que o ex-juiz Marlon Reis denunciou à Justiça Eleitoral esquema de compra de votos que pode resultar no afastamento do pedetista da campanha eleitoral, ele preferiu evitar mais um confronto com seus adversários

 

A cadeira vazia de Edivaldo Júnior ficou escondida atrás dos adversários...

A cadeira vazia de Edivaldo Júnior ficou escondida atrás dos adversários…

O prefeito Edivaldo Júnior (PDT) não compareceu ao debate promovido pela Comissão Justiça e Paz, na noite desta quarta-feira, 17, na Arquidiocese de São Luís.

Ele havia sido denunciado à tarde, na Justiça Eleitoral, pelo desvio de R$ 33 milhões da prefeitura para compra de apoios políticos e partidários e preferiu evitar ter que se explicar aos adversários.

Pouco preparado para o debate, o prefeito deve evitar este tipo de evento durante toda a campanha, assim como já ocorreu com a Sabatina do Partido Verde, no mês passado. (Relembre aqui)

...Que compareceram todos, em respeito à Arquidiocese e aos eleitores presentes

…Que compareceram todos, em respeito à Arquidiocese e aos eleitores presentes (As imagens são de Marcos Pinheiro)

A assessoria do prefeito justifica que pra participar de um programa assim – mesmo apenas com jornalistas – ele necessita de toda uma negociação preliminar sobre perguntas e respostas.

Os demais candidatos foram à sede da Arquidiocese, e falaram, em respeito aos presentes, de suas propostas e projetos.

E a cadeira vazia de Holandinha foi retirada do recinto…