0

Simplício Araújo também abre perspectiva de aliança com o PT

Possível entrada do ex-governador Geraldo Alckmin ao Solidariedade – para ser candidato a vice na chapa de Lula – dá ao secretário de Indústria e Comércio abertura para aliança também no Maranhão

 

Ao lado de Paulinho da Força, Simplício Araújo entende que a filiação de Alckmin ao Solidariedade pode mudar os rumos da eleição n o Maranhão

O secretário de Indústria e Comércio Simplício Araújo – pré-candidato do Solidariedade ao Governo do Estado – está em São Paulo, em articulação nacional do partido, que pode mudar os rumos da eleição no estado.

Simplício participa da reunião que discute a entrada no Solidariedade do ex-governador  de São Paulo, Geraldo Alckmin; a ideia é filiar Alckmin para compor a chapa presidencial com Lula (PT), 

Caso isso ocorra, o Solidariedade de Simplício pode ter o PT como aliado no Maranhão.

4

Roberto Rocha vai ficando para trás…

Faltando 20 dias para a eleição, candidato do PSDB não consegue quebrar a polarização entre Flávio Dino e Roseana Sarney, tem discurso pouco compreensível para o eleitor, e o seu desempenho passa a ser o principal fator de influência na realização de um segundo turno

 

SEM APELO POPULAR. Senador do PSDB não consegue cativar o eleitor maranhense com seu discurso absurdamente técnico

Falta-lhe carisma e charme pessoal, isso é fato.

Mas o senador Roberto Rocha (PSDB) não ajuda a si mesmo nas eleições maranhenses, com um discurso burocrático, cheio de tucanês e de difícil compreensão para o eleitor.

Faltando 20 dias para o primeiro turno, o candidato tucano ainda patina abaixo dos dois dígitos e não consegue se impor diante da polarização entre Flávio Dino (PCdoB) e Roseana Sarney (MDB).

Pior: vê o carisma da candidata Maura Jorge (PSL) – e sua aliança com o presidenciável Jair Bolsonaro – como um risco para jogá-lo ainda mais para trás.

O PSDB nacional se perdeu nas próprias concupiscências ideológicas, com um discurso perdido entre os ideais de esquerda – já defendidos em grande medida pelo PT e seus satélites – e a ideologia mercadológica da Avenida Paulista.

E o resultado é um candidato a presidente sem qualquer tempero, se isolando cada vez mais na rabeira da disputa.

Esse emagrecimento eleitoral do PSDB nacional também é outro fator que atinge Roberto Rocha em cheio no Maranhão.

E o desempenho do senador já é um dos principais fatores de influência na eleição maranhense: quanto menor o tucano ficar no pleito, mais aumentam as chances de uma decisão em primeiro turno.

Flávio Dino e Roseana, que polarizam a disputa, só têm a agradecer…

0

Alckmin adota programa de Zé Reinaldo para combater pobreza no Nordeste

Coluna da Época com destaque para projeto sugerido por Tavares

O pré-candidato à Presidência da República, Geraldo Alckmin (PSDB) acatou a sugestão do deputado federal e pré-candidato ao Senado, José Reinaldo Tavares (PSDB) de um programa de desenvolvimento social e econômico específico para o Nordeste.

O parlamentar foi convidado por Alckmin para representar a região Nordeste na construção do seu Plano de Governo devido à larga experiência na vida pública, com passagens e atuações destacadas na área executiva do Ministério dos Transportes, como superintendente da Sudene (Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste) e ainda como ex-presidente do DNOS (Departamento Nacional de Obras de Saneamento) – órgão que deu origem ao atual Ministério da Integração Nacional.

A proposta estabelece ações de erradicação da pobreza nos noves estados da região, principalmente no Maranhão – apontado pelo IBGE como o mais pobre entre as 27 unidades federativas do País.

A imprensa nacional já começa a divulgar o programa, que foi inspirado em um projeto de Zé Reinaldo para dar assistência social e educacional às futuras gerações de maranhenses, desde o pré-natal às mães em situação de pobreza. A ação é baseada em um estudo do economista norte americano James Heckman, prêmio Nobel de Economia.

Para Tavares, “não há coisa mais viável para o Brasil do que resolver o problema da pobreza, da desigualdade social e de criar uma nova geração de brasileiros”.

Combater a pobreza

O tema da pobreza é recorrente na vida pública de Tavares. Assim que assumiu o Governo do Maranhão, em 2002, ele solicitou a vinda de técnicos do IPEA, Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas, ao Maranhão para um estudo aprofundado com objetivo de estabelecer um diagnóstico da situação de miséria no estado.

O resultado provocou, de imediato, o estabelecimento da meta do governo: o aumento do IDH.

Logo após o governo de Zé Reinaldo, no período de 2003 a 2008, órgãos oficiais registraram a mais intensa redução da pobreza absoluta e extrema no estado.

Os números resultaram de programas sociais que instalavam água nas moradias, unidades sanitárias, incentivos financeiros aos trabalhadores rurais e de um projeto de combate à pobreza rural, com recursos do Banco Mundial, que fizeram com que o Maranhão deixasse de ser o Estado mais pobre do Brasil, o Prodim.

Hoje, os indicadores sociais maranhenses caíram de maneira vertiginosa.

4

Geraldo Alckmin grava vídeo de apoio a José Reinaldo senador…

Candidato do PSDB a presidente apresenta o ex-governador maranhense como “pré-candidato nosso a senador” e anuncia que estará de volta ao Maranhão “logo, logo”

 

O deputado federal José Reinaldo Tavares (PSDB) esteve reunido, na manhã desta quarta-feira (18), com o pré-candidato tucano à Presidência da República, Geraldo Alckmin.

Foi uma longa reunião, de portas fechadas, na sede nacional do PSDB, em Brasilia.

Alckmin, presidente nacional da legenda, garantiu apoio total à candidatura do parlamentar e ex-governador ao Senado Federal pelo PSDB do Maranhão.

A convenção do partido está marcada para o dia 4 de agosto. 

– Uma grande alegria receber aqui o deputado federal José Reinaldo Tavares, ex-governador do Maranhão, e pré-candidato, nosso, ao Senado Federal – ressaltou Alckimin, enfatizando o “nosso”, apontando pra si próprio. (Veja o vídeo abaixo)

Nas últimas semanas, o deputado federal Waldir Maranhão vem se apresentando como pré-candidato ao Senado, em uma das vagas da coligação, destinada anteriormente a Zé Reinaldo, saudado na solenidade de filiação como o futuro senador do PSDB maranhense pelo próprio presidente do partido no estado, Roberto Rocha.

A declaração de apoio de Alckmin, que ainda gravou uma mensagem de apoio a Reinaldo, poderá ser o fim do imbróglio na escolha do candidato ao Senado pelo tucanato local.

0

Esvaziamento de Alckimin pode atingir PSDB maranhense…

Ex-governador de São Paulo não consegue deslanchar nas pesquisas de intenção de votos e é obrigado, inclusive, a pagar militância para recebê-lo em aeroportos. Com candidato presidencial fraco, candidatos tucanos ao governo também tendem a perder força eleitoral

 

Flagrante de claque constrangedora recebendo Alckmin em uma de suas viagens

O candidato do PSDB a presidente da República, Geraldo Alckimin (SP), já cobrou do seu partido que monte palanques fortes nos estados – inclusive apoiando outras candidaturas – para viabilizar seu projeto nacional. (Releia aqui)

O problema é que o próprio Alckimin não representa palanque forte algum, diante do desinteresse em sua candidatura.

Patinando nas pesquisas, o ex-governador de São Paulo tem se obrigado a comprar recepcionistas em suas chegadas a aeroportos, segundo revelou a mídia nacional, esta semana.

Sem força na disputa presidencial, e sem candidatos fortes também nos estados, o PSDB tende a se desidratar ao longo da campanha.

E seus candidatos a governador tendem a seguir no mesmo rumo.

É aguardar e conferir…

0

Guilherme Paz mostra força em articulação no PSDB…

Advogado e pré-candidato a deputado estadual acompanhou o presidenciável Geraldo Alckmin e levou lideranças do interior aos eventos do tucano em São Luís

 

Guilherme paz ao lado do pai, Clodomir Paz, em discurso para a militãncia tucana

O advogado e pré-candidato a deputado estadual Guilherme Paz foi um dos principais participantes dos eventos do pré-candidato a presidente Geraldo Alckmin em São Luís.

– Aproveitei a vinda de lideranças ligadas a mim, da capital e do interior, para prestigiar o evento realizado pelo PSDB, com os presidentes regional e nacional do partido, senador Roberto Rocha e Geraldo Alckmin, para recebê-los num almoço de confraternização – disse Paz.

Com ele, nos eventos de Rocha e Alckmin, estavam representados 32 municípios, além da deputada Graça Paz e do ex-deputado Clodomir Paz.

Miltiantes de vários municípios -m e de São Luís – acompanharam o advogado nos eventos do PSDB

Guilherme Paz falou sobre a atual conjuntura política, confirmando apoio aos projetos nacional e estadual do seu partido.

– Estaremos com Geraldo Alckmin na disputa pela presidência da república e com Roberto Rocha ao governo do estado – reafirmou.

0

Presidenciáveis aqui…

Geraldo Alckmin e Jair Bolsonaro são os primeiros pré-candidatos a presidente com agenda definida para o Maranhão; outros nomes ainda enfrentam questões que vão de viabilização eleitoral até prisão

 

Geraldo Alckmin será o primeiro presidenciável a vir ao Maranhão

Pelo menos dois presidenciáveis já manifestaram interesse em visitar o Maranhão antes mesmo da campanha propriamente dita.

O primeiro deles desembarca neste fim de semana em São Luís. Trata-se do pré-candidato do PSDB e ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, que participa em São Luís da inauguração da nova sede do PSDB e conversa com empresários e jornalista.

Jair Bolsonaro tem agenda com Maura Jorge em junho, em cidades do interior

O outro presidenciável já com agenda no estado é o candidato do PSL, deputado Jair Bolsonaro (RJ). Sua agenda está prevista para junho, embora não esteja definido ainda as cidades a serem visitadas e os dias em que ele estará no Maranhão.

Os demais partidos e pré-candidatos a presidente ainda batem cabeça sobre alianças no estado. O petista Luiz Inácio Lula da Silva, por exemplo, não tem como marcar qualquer agenda, por motivos óbvios, uma vez que se encontra preso em Curitiba (PR).

Já a ex-ministra Marina Silva também ainda não se definiu quanto ao palanque no Maranhão, embora seu partido esteja fechado com o deputado estadual Eduardo Braide (PMN), pré-candidato a governador.

O presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM), embora já tenha estado em São Luís, sua agenda não teve relação com a candidatura a presidente, mesmo porque é pouco provável que ele pretenda mesmo disputar o governo.

Dentre os principais partidos, o único ainda indefinido quanto a candidatos a presidente é o MDB, que está no comando do governo.

Até agora, não se decidiu se o candidato será o próprio Temer ou o ex-ministro Henrique Meireles; ou mesmo se o partido formará uma aliança com outro candidato. 

Essa definição só se dará mesmo a partir de agosto.

Da coluna Estado Maior, de O EstadoMaranhão

0

Geraldo Alckmin será o primeiro presidenciável no Maranhão…

Pré-candidato do PSDB chega a São Luís na sexta-feira, se reúne com a imprensa, participa de encontro com empresários e lideranças tucanas e inaugura nova sede do partido

 

Rocha estará com Alckmin durante sua visita a São Luís

O ex-governador de São Paulo e pré-candidato do PSDB a presidente, Geraldo Alckmin, desembarca em São Luís na próxima sexta-feira, 4, e fica até sábado, 5, em contato com a imprensa, empresários e lideranças tucanas.

Ele é o primeiro presidenciável a participar da pré-campanha em São Luís.

Ao lado do senador Roberto Rocha, pré-candidato tucano a governador, Alckmin falará dos projetos de poder do PSDB para o Brasil e para o Maranhão.

Também chegarão com Geraldo Alckmin os pré-candidatos a senador José Reinaldo Tavares e Alexandre Almeida, o deputado federal Waldir Maranhão, o ex-prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira e a deputada estadual Graça Paz.

O tucano deverá participar tambémd e contato com eleitores maranhenses.

O desembarque de Geraldo Alckmin está marcado para as 16h de sexta-feira, no Aeroporto Cunha Machado…