16

Os cães não transmitem Calazar; eles são tão vítimas quanto os humanos…

Desinteresse das autoridades e desinformação da imprensa sobre a doença leva à informação equivocada quanto à transmissão, gerando ameaças à população de animais de rua, tão vítimas quanto as pessoas

 

Este é o vilão que precisa ser exterminado, principalmente pela ação do poder público

Este é o vilão que precisa ser exterminado, principalmente pela ação do poder público

Editorial

Tem sido comum jornais, blogs e TVs apresentarem matérias sobre a doença Leishmaniose visceral, conhecida por Calazar, usando como ilustração imagens de animais de rua, notadamente cachorros. A ilustração equivocada, acaba por criar na população um medo de que os cães abandonados transmitem a doença.

Este medo criado por reportagens equivocadas, gera também a reação de raiva contra os cães, e muitas pessoas tendem, inclusive, a pregar o sacrifício do animal de ruas – e muitos agem com as próprias mãos.

Cães não transmitem Calazar.

Os animais são infectados da mesma forma que os humanos, pelo mosquito-palha ou birigui. E precisam ser tratados da mesma forma.

Tem mais: cães, mesmo já infectados, podem levar uma vida normal se tiver o tratamento adequado e os medicamentos necessários para sua qualidade de vida.

O animal doente é tão vítima quanto o homem; e não precisa ser assassinado

O animal doente é tão vítima quanto o homem; e não precisa ser assassinado

Repita-se: os animais não transmitem Calazar.

– A doença não é contagiosa nem se transmite diretamente de uma pessoa para outra, nem de um animal para outro, nem dos animais para as pessoas. A transmissão do parasita ocorre apenas através da picada do mosquito fêmea infectado – explica o infectologista Dráuzio Varella. (Leia mais aqui)

O que leva à epidemia de cachorros doentes – tão vítimas quanto os humanos – é o abandono por parte do poder público.

Em São Luís, por exemplo, o centro de vigilância de zoonoses está abandonado desde o início da gestão do prefeito Edivaldo Júnior (PDT), sem qualquer explicação por parte da secretária de Saúde, Helena Duailibe.

Os cães – e gatos – que deveriam ser tratados pelo poder público – só conseguem sobreviver graças à ação de protetoras independentes, que ainda têm o trabalho de esclarecer imprensa e população sobre o preconceito com os animais em situação de rua.

Coisa que deveria ser obrigação do poder público…

Mais sobre defesa animal no blog Ei, Bichinhos!

Entenda mais sobre o Calazar

5

Wellington denuncia descaso da prefeitura com a defesa animal…

Deputado cobrou na tribuna da Assembleia ação da Secretaria de Saúde na recuperação do Centro de Zoonoses, interditado desde a gestão Edivaldo Júnior, o que gera riscos aos animais e à população

Vigilãncia de Zoonoses vive assim na gestão de Helena Duailibe na Semus

Vigilância de Zoonoses vive assim na gestão de Helena Duailibe na Semus

O deputado Wellington do Curso (PPS) voltou a denunciar, hoje, o descaso da Secretaria Municipal de Saúde com a proteção animal em São Luís. Segundo ele, é irresponsável a forma como a vigilância de zoonoses é tratada na gestão municipal.

A proteção dos animais de rua é feito apenas por protetoras independentes

A proteção dos animais de rua é feito apenas por protetoras independentes

– O antigo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), atual Unidade de Vigilância em Zoonoses (UVZ), foi interditado e até hoje não possui sede. Atualmente, os animais, em nossa cidade, sofrem com abandono. O Centro de Zoonoses da capital está funcionando provisoriamente em uma parte do prédio do Centro de Saúde Carlos Macieira, no bairro do Sacavém, mas no local, só funciona a parte administrativa. Como se isso não fosse o suficiente, no local percebemos ainda o abandono para com veículos que deveriam ser utilizados para atuar em defesa dos Animais. Ao invés disso, estão parados e abandonados. Enquanto isso, a Prefeitura, de forma irresponsável, tem acabado com vidas. Recentemente, tivemos mais um caso de vítima de Calazar, quando um servidor da Secretaria Estadual de Saúde morreu vítima da doença; este ano, 44 casos já foram notificados na capital. No ano passado, ocorreu apenas um óbito na capital maranhense; evidenciando o caótico cenário atual, já que somente entre janeiro e agosto a capital totaliza 10 óbitos. Temos, sim, que olhar com mais respeito para estes seres que não falam, mas têm direitos e compartilham conosco este planeta. Por isso, trago à esta Casa, mais uma vez, a denúncia quanto à desativação da UVZ e ressalto que a problemática não faz referência apenas à fauna, mas tivemos aquilo que é direito de todo cidadão: a saúde – afirmou o deputado Wellington.

O Centro de Zoonoses sob o comando da secretária Helena Duailibe já foi motivo de denúncia neste blog, inclusive por suspeita de desvios de recursos da Defesa Animal. (Releia aqui)

Wellington disse que vai cobrar, até judicialmente, se for o caso, a priorização por parte da prefeitura para a Unidade de Vigilância em Zoonoses (UVZ).

Leia mais sobre defesa animal em Ei, Bichinhos!

5

Imagem do dia: cadeira vira leito no Hospital da Criança…

A imagem acima mostra a realidade do Hospital da Criança Odorico Matos, na Alemanha, inundado duas vezes pelas chuvas da semana passada. Hoje, os vereadores Fábio Câmara (PMDB), Rose Sales (sem partido) e Manoel Rêgo (PRP), fizeram uma vistoria na unidade de saúde. Pacientes precisam usar cadeiras como leitos, fazem papelão de colher e deitam no chão para continuar internados. E a secretária de Saúde Helena Duailibe acha que tudo está ás ml maravilhas. (imagem: Isaias Rocha)

7

Helena Duailibe no PMDB…

Helena Duailibe agora é peemedebista

A vice-prefeita de São Luís, Helena Duailibe, vai se filiar agora à tarde no PMDB, partido pelo qual pretende disputar uma vaga na Câmara Municipal.

Eleita pelo PSB, em 2008, na chapa do prefeito João Castelo (PSDB), Helena foi alijada da adminsitração logo no início, mas permaneceu no partido.

Ela se desfiliou na última quarta-feira.

A princípio, o nome da vice-prefeita era cotada no Partido Verde. lideranças da legenda chegaram a confirmar conve a ela, que optou pelo PMDB.

Com a entrada de Helena Duailibe, a chapa do PMDB à Câmara ganha ainda mais força. Além dela, entraram os vereadores Severino Sales e Osmar Filho.

O PMDB conta ainda com os “prata da casa” Kátia Lobão e Fábio Câmara, que tiveram excelente desempenho em 2008…

10

Helena Duailibe pode ingressar no PHS…

Helena: definindo o novo partido

A vice-prefeita de São Luís, Helena Duailibe, vai mesmo deixar o PSB.

Seu destino inicial era o PMDB, mas há possibilidades de ela se transferir para o PHS.

Inclusive com a perspectiva de encarar a disputa eleitoral de 2012, como candidata a prefeita pelo partido.

Helena está afastada das discussões n0 PSB desde que a direção regional do partido decidiu intervir e impor uma nova Executiva para a comissão provisória de São Luís.

Ela foi rechaçada na legenda após declarações de apoio à governadora Roseana Sarney.

Agora, em nova legenda, pode entrar na briga pela prefeitura no ano que vem.

5

Helena Duailibe: “rancor e raiva” influenciam tentativa de golpe no PSB

A vice-prefeita de São Luís, Helena Duailibe, reagiu indignada  à informação de que o grupo ligado ao ex-governador José Reinaldo Tavares estaria tentando afastá-la do comando do PSB municipal.

– Esse pessoal precisa deixar de fazer política com rancor e raiva – declarou a vice-prefeita, segundo o blog de Matias Marinho.

Hoje pela manhã, em conversa com jornalistas, o deputado Marcelo Tavares, presidente da Assembléia Legislativa, informou que o mandato de Helena no diretório de São Luís havia cadudaco e que o grupo da qual faz parte teria “ampla maioria” para comandar o diretório.

De acordo com Helena Duailibe, seu mandato só termina em abril do ano que vem.

Para ela, a movimentação do grupo reinaldista é motivada por ciúme do deputado Ribamar Alves, hoje o principal nome da legenda em âmbito nacional.

1

Grupo de José Reinaldo quer tomar PSB de São Luís

Helena corre risco de perder comando do PSB

O grupo do ex-governador José Reinaldo Tavares quer tomar o controle do PSB de São Luís.

O diretório da capital é comandado pela vice-prefeita Helena Duailibe, mas a validade caducou há algum tempo. Neste caso, os reinaldistas acham que podem obter o controle agora.

Para garantir o acesso ao PSB ludovicense, eles tentam coptar o deputado federal reeleito Ribamar Alves, homem mais forte do partido nacionalmente após as eleições de outubro.

Tavares se queimou com a direção nacional do socialismo após declarar apoio a José Serra (PSDB) no segundo turno das eleições presidenciais.

Mesmo assim, aliados dele acham que podem controlar o PSB…