31

Programa de Jackson já começou com mentiras: Alinne Pereira está de volta ao Maranhão…

Quem não se lembra da atriz Alinne Pereira, que nas eleições de 2006 tentou se passar por cidadã maranhense indignada e foi desmascarada na propaganda eleitoral?

Natural do Ceará, onde vivia, trabalhava e ganhava dinheiro, ela está de volta a São Luís, agora loira e como apresentadora do programa de Jackson Lago (PDT), tentando vender as mesmas mentiras.

Foi com este tom de falsidade que o ex-governador estreou na propaganda eleitoral.

Na tentativa de se justificar ao povo maranhense, Jackson contou histórias nas quais só ele acredita – e o pior é que acredita mesmo!

Coube à mentirosa Alinne contar as mentiras do programa jackista.

Afirmou, por exemplo, que o ex-governador, “em seu curto período”, construiu um hospital e deixou dinheiro em caixa para mais dois.

Como? Onde? Quando?

O pedetista fez o programa mais artificial dentre os principais candidatos a governador- uma mostra de que quer mesmo aproveitar a campanha deste ano para tentar limpar a barra com o eleitor.

Irá conseguir?!?

Veja aqui um dos perfis de Alinne Pereira no Orkut

12

As seis mentiras do programa de José Serra…

Serra mentiu seis vezes em programa

O primeiro programa de José Serra na propaganda eleitoral cometeu pelo menos seis mentiras, segundo o blog “Os amigos do presidente Lula”.

Para o blog, o programa foi até bem produzido, mas a presença do próprio Serra estragou tudo.

Abaixo, algumas das seis mentiras segundo o blog:

1 – Serra disse que “estudou em escola pública, sempre”.

A verdade: Ele também estudou em uma caríssima universidade dos Estados Unidos, segundo o blog.

2 – Serra disse ser o criado do FAT.

A verdade: os anais da Câmara já havia desmascarado essa farsa. o projeto é do ex-deputado José Uequed.

3 – O programa apresentou Serra como economistas.

A verade: Ele não pode ostentar este título porque não é bacharel em Ciências Econômicas.

Leia aqui a íntegra das mentiras do tucano, segundo “Os Amigos do Presidente Lula”

3

Inserções têm mais influência que programas eleitorais, avalia cientista político

O horário eleitoral gratuito no rádio e na TV é supervalorizado pelos candidatos e marqueteiros, mas as inserções de 30 segundos, que vão ar diariamente, têm mais poder de influência sobre o eleitor.

A avaliação é do cientista político Cristiano Noronha, da agência Arko Advice.

Segundo Noronha, os spots são mais eficientes porque pegam o eleitor na base da surpresa. Nos programas eleitorais, o eleitor perde o interesse após os primeiros dez dias. E a audiência só volta a crescer na reta final, disse o cientista, em entrevista ao portal R7.

A propaganda eleitoral dos candidatos a presidente, governador, senador, deputado federal e estadual começou hoje e vai até o dia 28 de setembro.

Levando em consideração a opinião do cientista político, leva vantagem quem tem o maior número de inserções diárias.

No Maranhão, por exemplo, a candidata Roseana Sarney tem quase 10 inserções diárias, ao longo da programação, quase o dobro das de Jackson Lago (PDT) e Flávio dino (PCdoB).

Leia aqui a entrevista de Cristiano Noronha ao portal R7  e aqui a avaliação do primeiro programa dos candidatos a presidente