2

“O candidato natural ao governo é Roberto Rocha”, defende Igor Lago…

Filho do ex-governador Jackson Lago declara-se torcedor da Terceira Via e prega a unidade de todos os que gravitam neste segmento, com José Reinaldo candidato a senador e Eduardo Braide na disputa por vaga na Câmara Federal

 

Igor Lago posicionou-se claramente ao lado da Terceira Via e de Roberto Rocha na disputa pelo governo

Torcedor declarado da Terceira Via nas eleições de 2018, o médico Igor Lago, filho do ex-governador Jackson Lago (PDT), decidiu opinar sobre a crise envolvendo do PSDB e as candidaturas de Roberto Rocha (PSDB) e Eduardo Braide (PMN) ao governo.

– Humildemente, e como torcedor, penso que o candidato natural ao governo é o senador Roberto Rocha. O deputado estadual Eduardo Braide poderá ser um excelente candidato a deputado federal – pregou Igor, em suas redes sociais.

Para o médico,a chapa de senadores tucanos, com José Reinaldo e Alexandre Almeida é atrativa ao eleitor, por ter um político jovem e outro experiente.

Na opinião de Igor Lago, é preciso serenar os ânimos entre esses personagens para evitar ruptura, uma vez que, para ele, o tempo é curto para viabilizar a campanha.

– Desentendimentos sobre estratégias eleitorais são muito comuns, mas o tempo urge e a sensatez e o recolhimento e a cessão dos interesses e crenças pessoais por um objetivo maior: tentar livrar o Maranhão  de uma polarização que só o mantém mergulhado no atraso – finalizou.

0

“Estamos todos atônitos”, diz Igor Lago, sobre espionagem de Flávio Dino…

Filho do ex-governador Jackson Lago, médico lembra que as ações policiais de Flávio Dino contra adversários já havia sido usada em 2016

 

Em Coroata, policiais armados até os dentes impediam ações eleitorais da prefeita Teresa Murad, em benefício do candidato de Flávio Dino

“Estamos todos atônitos ao tomarmos conhecimento do mais recente escândalo: o da suposta ação de vigilância política de oposicionistas por parte da Polícia Militar. Nas eleições de 2016, esta já teria sido utilizada para coibir as ações eleitorais de adversários políticos do atual governo em, pelo menos, duas cidades do interior”.

Igor Lago, médico

1

Igor Lago também mete o dedo na ferida…

A exemplo do ex-juiz Marlon Reis e do ex-candidato a prefeito João Bentivi, o filho do ex-governador Jackson Lago também tira casquinha do envolvimento de Flávio Dino na Lava Jato

O médico Igor Lago lamentou nesta segunda-feira, 17 nas redes sociais, o envolvimento do governador Flávio Dino (PCdoB) no esquema de corrupção da Odebrecht, descoberto pela Operação Lava Jato.

– Maranhão pobre província do Brasil. a política resumiu-se aos sarneístas e seus dissidentes – disse.

A crítica vai na linha dos comentários do ex-juiz Marlon Reis e do médico João Bentivi que, embora não alinhados ao grupo Sarney, decepcionaram-se com a revelação de que Dino recebera caixa 2 de R$ 200 mil. (Releia aqui e aqui)

Para Igor Lago, agora no Maranhão, “é o sujo falando do mal lavado”.

 

4

Igor Lago: “Carnaval não é e nunca foi prioridade”…

Filho do ex-governador Jackson Lago alerta que a crise econômica deveria ser vista por gestores públicos como motivo para evitar “solicitar, gastar ou destinar verbas públicas” para as festas de Momo

 

Igor Lago, como seu pai, nunca foi afeito ao Carnaval…

O médico Igor Lago pregou neste domingo, em comentário no Facebook, que os gestores públicos evitem destinar verbas para festas de Carnaval.

– Que as verbas públicas sejam exclusivas às áreas básicas de saúde e educação tão aviltadas e destruídas pela corrupção e a má gestão – pregou Lago.

Filho do ex-prefeito e ex-governador Jackson Lago (PDT) – para quem o carnaval, de fato, nunca foi prioridade – Igor diz que a festa momesca deveria ser bancada, exclusivamente, por quem faz questão de curti-la.

– Carnaval, quem faz questão do mesmo, que gaste o seu dinheiro, arrume patrocinadores privados e banque a folia de forma correta e responsável. Não é e nunca foi prioridade – declarou.

…Mas a festa tem sido bancada ao longos dos anos por políticos como Flávio Dino; e com dinheiro público

Em seu comentário, o médico alerta a classe política para evitar o uso de dinheiro público na festa.

– Em tempos difíceis, os piores que o país já passou, imagino que os nossos prefeitos, vereadores, deputados estaduais e federais, senadores e governadores; e, até mesmo, o presidente Temer não estejam pensando em solicitar, gastar ou destinar verbas públicas para as festas de carnaval – ponderou.

Mas ele está enganado neste aspecto…

7

Igor Lago ainda esperneia…

Tão raivoso quanto era o pai, Lago filho tem ainda mais dificuldade de relacionamento

O médico e ex-presidente meteórico do PDT maranhense, Igor Lago, continua resmungando contra a perda do controle do partido.

De difícil relacionamento, o filho de Jackson Lago usa cartas repetitivas e sistemáticas para expor sua contrariedade com os rumos pedetistas, seguido por uns poucos com o mesmo perfil.

Mas em momento algum diz o que quer do PDT no estado.

Igor Lago não gosta de Flávio Dino (PCdoB), não suporta José Reinaldo Tavares (PSB) e não tolera o prefeito João Castelo (PSDB).

Mas não quer qualquer relação com Edivaldo Júnior (PTC), nem cogita o apoio a Tadeu Palácio (PP) e quer distância da aliança com Washington Oliveira (PT).

Traduzindo: não se relaciona com ninguém no Maranhão e não considera ninguém digno de ter o apoio pedetista.

É por estas e outras que Igor Lago está nesta situação.

E foram apenas seis meses de atuação político-partidária…

15

A postura arrogante de Clay e Igor Lago…

Igor e Clay: PDT só serve, se for com eles no comando

A médica Clay Lago convoca para segunda-feira entrevista coletiva em que vai falar sobre sua posição em relação ao PDT maranhense.

Seu enteado, e também médico, Igor Lago, já declarou que vai declinar da posição que ocupa na Executiva do PDT.

A posição de Clay Lago e Igor Lago são cristalinas como água.

Para eles, o PDT só serve se estiver sob comando deles. Eles só podem ajudar o PDT se tiverem o controle do partido.

É uma postura arrogante, excludente e mesquinha, que contradiz a própria história do ex-governador Jackson Lago.

Jackson foi a principal liderança política do PDT maranhense durante toda a sua existência, sem precisar dar as cartas ou ter cargos de chefia no partido.

Clay: a principal influência de Jackson

O ex-governador soube valorizar cada companheiro trabalhista, unindo e conciliando o partido – enquanto seu filho, Igor, se mantinha absolutamente afastado do debate político, estudando fora do país.

São estes companheiros que hoje lutam para preservar a memória de Jackson.

Clay Lago sabe disso, por que esteve sempre ao lado do marido.

Mas seu posicionamento intransigente leva a crer na sua influência em alguns arroubos de intolerância revelados por Jackson Lago durante sua trajetória.

Exatamente como ela e o enteado agem neste momento…

8

Para Igor Lago, democracia só serve para beneficiá-lo…

Igor: democracia só se servir a ele

Em mais uma de suas notas públicas sobre a crise do PDT, o médico Igor Lago voltou a reclamar da escolha do ex-deputado Julião Amin para o comando do partido.

Para Igor, a escolha de Amin foi anti-democrática, autoritária, por não dicutir com as bases do partido.

Como assim, cara-pálida? Afinal, você também não foi escolhido da mesma forma?

Para o filho de Jackson Lago, parece que a democracia só deve existir se for para beneficiá-lo.

A forma de escolha de Julião Amin – por nomeação da Executiva Nacional – é prevista no Estatuto do próprio PDT.

Julião Amin: no comando do PDT

E Igor Lago sabe disso.

Tanto sabe, que usou desta prerrogativa para nomear comissões municipais em pelo menos 40 municípios durante sua meteórica passagem pelo comando do partido.

Depois de usar os mesmos expedientes dos correligionários, ele agora se faz de vítima das circunstâncias.

Como um bom e velho Lago…

3

Mais uma carta de Igor Lago…

O blog destaca trechos da nova carta de Igor Lago a “pedetistas do Maranhão e do Brasil”, a sexta ou sétima desde que teve o mandato de presidente do PDT encerrado apenas seis meses depois de ser nomeado.

O filho de Jackson Lago parece não conseguir conviver pessoalmente com os aliados, por isso a insistência em se manifestar apenas por documentos.

– Sinto-me indignado com essa situação que nos foi imposta, pois, se antes o nosso partido e seu líder Jackson Lago era agredido e caluniado pelos adversários tradicionais, estamos assistindo a um verdadeiro desrespeito e a todo tipo de agressões a mim, ao partido e, consequentemente, ao seu legado, por alguns membros de nosso próprio partido – desabafa o médico.

Exatamente como fez na primeira, na segunda, terceira… e todas as cartas anteriores aos pedetistas.

Mas o problema de Igor Lago é exatamente de convivencia.

Os pedetistas reclamam da falta de história na construção da legenda, da incapacidade de conviver internamente, do desconhecimento político que demonstra do Maranhão, e por aí vai.

Coisas que o próprio Igor econhece.

E tome cartas aos pedetistas para se justificar…

10

“Igor Lago não tem vínculo político, partidário e cultural com o Maranhão”, afirma Weverton Rocha…

Rocha e Lago: a guerra agora é pública

O deputado federal Weverton Rocha assumiu hoje, oficialmente, que trabalha contra a permanência do médico Igor Lago na presidência do PDT maranhense.

E justificou publicamente os motivos de tomar tal posição:

– Igor Lago não tem vínculo político-cultural com o Maranhão, nem com a militância do PDT – afirmou Rocha, em entrevista coletiva, hoje à tarde, em seu escritório pessoal de São Luís.

Filho de Jackson Lago, Igor Lago nunca participou da vida partidária e nem das campanhas do pai, que foi prefeito de São Luís e governador do

Feitosa: PDT só para seus interesses

Maranhão. Desde a conclusão do Ensino Médio, mora em São Paulo e só vem à capital maranhnse para compromissos profissionais.

– A verdade é que o Igor não conhece nosso estado e não contempla mais as várias correntes do partido – comentou Wevberton Rocha.

Amin deve presidir o partido

A posição do parlamentar pedetista é uma resposta ao ex-presidente do PDT municipal, Moacir Feitosa, que o acusou de estar usando o partido para fazer negócio.

– Quem tem histórico de negociação com o partido é o Moacir – rebateu o deputado.

Nas eleições de 2008, Feitosa tentou ganhar a indicação de candidato do partido para, em seguida, segundo seus adversários internos, negociar para ser vice de João Castelo.

Na época, apoiado pelo então prefeito Tadeu Palácio (hoje no PP), o ex-deputado Clodomir Paz ganhou a indicação e disputou a eleição, alcançando cerca de 10% dos votos.

Weverton Rocha deve apoiar a indicação do ex-deputado Julião Amin para o comando pedetista maranhense e o Clodomir Paz para o diretório de São Luís.

Amin deve se reunir neste fim-de-semana com a cúpula nacional do PDT.

São grandes as chances de sair de lá pesidente regional…