0

MDB diz que Carlos Madeira é a opção em caso de negativa de Roseana

Presidente regional da legenda, ex-senador João Alberto revela que o juiz federal, agora aposentado, tem a simpatia unânime, caso a ex-governadora não aceite entrar na disputa de 2020

 

Mesmo reforçando o interesse na candidatura de Roseana, João Alberto revelou que o MDB trabalha também com a opção do juiz Carlos Madeira

Um dos aspectos mais importantes da entrevista do ex-senador João Alberto à TV Mirante, na última quarta-feira, 4, foi a afirmação de que o MDB fechou questão unânime pela candidatura da ex-governadora Roseana Sarney a prefeita de São Luís em 2020.

João Alberto, no entanto, também engatou uma opção em caso de desistência de  Roseana.

– Caso Roseana não aceite concorrer, vejo com simpatia o nome do juiz Carlos Madeira – respondeu o ex-senador, em entrevista ao jornalista Roberto Fernandes, do programa Bom Dia Mirante.

O presidente do MDB chegou até a traçar aspectos da trajetória de Madeira.

– O Madeira é um juiz competente e conhecedor dos problemas de São Luís, Mesmo sendo juiz, ele visitava os bairros e conversava com as comunidades – disse.

Carlos madeira apresentou na última terça-feira seu pedido de aposentadoria da magistratura; No mesmo dia, recebeu o convite oficial do Solidariedade, partido com o qual já vinha conversando.

A confirmação de interesse também do MDB – ainda que secundário – fortalece ainda mais o projeto do juiz.

A decisão sobre seu partido, no entanto, só deverá ser tomada a partir de fevereiro de 2020…

0

João Alberto diz que é desejo do MDB ter Roseana candidata a prefeita

Presidente regional da legenda, ex-senador reafirmou em entrevista à TV Mirante o consenso partidário em torno da candidatura da ex-governadora, que causou rebuliço apenas com a presença no último evento emedebista

 

João Alberto com Roseana e Roberto Costa no encontro de lideranças; candidatura da ex-governadora é consenso no MDB

O ex-senador João Alberto de Sousa, presidente regional do MDB afirmou em entrevista ao jornalista Roberto Fernandes, da TV Mirante, que é consenso do partido a candidatura da ex-governadora Roseana Sarney em São Luís.

– Aqui [em São Luís] deveremos lançar candidato próprio. O partido deseja ter a ex-governadora Roseana como candidata – afirmou o ex-senador.

Para João Alberto, a força de Roseana pode ser medida pela repercussão do último encontro do MDB, quando ela apareceu e foi aclamada como pré-candidata pela militância emedebista.

– Só a apresentação dela como possível candidata já causou esse reboliço todo. O povo acredita no que Roseana já fez por São Luís e acredita no que ela pode fazer – ressaltou o comandante emedebista.

Para João Alberto, Roseana foi a melhor prefeita da história de São Luís, mesmo nunca tendo governado a cidade.

– Tira o que Roseana fez na cidade e veja o que sobra? Sem esses elevados, o que sobraria no trânsito de São Luís? Como era o Carnaval na época de Roseana? Como era o São João? A população sabe o que Roseana já fez pela cidade – afirmou João Alberto.

De acordo com o senador, só após uma eventual desistência de Roseana o MDB vai buscar outras alternativas, entre elas o agora juiz aposentado José Carlos Madeira,

Mas esta é uma outra história…

2

João Alberto diz esperar posição de Roseana sobre candidatura a prefeita

Ex-senador, que é presidente do MDB no Maranhão, diz concordar com a análise do diretor do Instituto Escutec, Fernando Júnior, para quem a entrada da ex-governadora embola a sucessão do prefeito Edivaldo Júnior

 

João Alberto é um dos principais aliados históricos de Roseana Sarney; e espera sua decisão sobre candidatura em São Luís

O ex-senador João Alberto de Souza, presidente regional do MDB no Maranhão é um dos entusiastas da candidatura da ex-governadora Roseana Sarney a prefeita de São Luís.

Em conversa rápida com o titular do blog Marco Aurélio D’Eça, via aplicativo de troca de mensagens, João Alberto disse ser importante que Roseana seja incluída em pesquisas sobre a sucessão do prefeito Edivaldo Júnior.

– Esperamos dela uma posição – disse o senador, ainda na tarde da quarta-feira, 27.

Ontem, após publicação deste blog sobre a declaração do presidente do Instituto Escutec, Fernando Júnior, para quem Roseana “embola o jogo da sucessão em São Luís, João Alberto foi enfático.

– Concordo! – disse ele.

Roseana Sarney ainda resiste à ideia de entrar na disputa pela Prefeitura de São Luís

Mas a determinação dos emedebistas tem diminuído essa resistência…

0

Roberto Costa reúne milhares de mães com entrega de prêmios na Praça da Saudade, em São Luís

O deputado estadual Roberto Costa (MDB) realizou a tradicional festa em comemoração ao Dia das Mães, onde reuniu milhares de mães, na Praça da Saudade, em São Luís, inclusive, a sua mãe, dona Elza Costa.

O evento aconteceu no fim da tarde do último sábado, 11, e contou com o apoio do deputado federal João Marcelo (MDB) e de João Alberto (MDB). Ainda se fizeram presentes André Campos, Júnior do Anil, Professor Wellington Gouveia, Nivaldo Costa e Davi Brandão, representando o prefeito de Bacabal, Edvan Brandão (PSC).

Durante a programação do evento houve apresentações de música e até concurso de dança entre as mães.

Na oportunidade, Roberto Costa destacou a tradicional festa e os prêmios que foram sorteados.

“Há quase 10 anos fazemos essa tradicional festa para as mães. Me criei na região da Praça da Saudade e sempre que puder ajudar e fazer o bem para este povo, farei. Quisera eu poder fazer em todos os bairros e cidades do Maranhão. Essa festa contou com sorteios de prêmios que as próprias mães escolheram, solicitaram kits cozinha, fogões, geladeiras, tanquinhos, Tvs, liquidificadores, sanduicheira e até poupanças no valor de R$ 500,00. Graças a Deus conseguimos realizar esse sonho, não só para elas, mas para mim também. Encerro mais este evento feliz. Ano que vem tem mais”, disse Roberto Costa.

O deputado concluiu o evento agradecendo a todas as mães e as parabenizando por este dia que não deve ser comemorado somente hoje, mas todos os dias.

“Um evento que fica marcado para todas elas. Uma festa saudável, alegre, segura, brincante e com prêmios, é melhor ainda. Aproveito para desejar um feliz Dia das Mães para cada mãe, seja a de primeira viagem, ou até aquela que já é avó ou até bisa. Agradeço a Deus por minha mãe está aqui comigo e encerro dizendo que, o abraço e o beijo que dou aqui nela, é para representar o meu carinho e amor por todas as mães do nosso Maranhão. Te amo, mãe”, concluiu Roberto Costa. 

0

João Alberto e Roberto Costa mantêm comando do MDB…

 Ex-senador continua na presidência da legenda no Maranhão, agora tendo o aliado deputado estadual como primeiro vice-presidente

 

As Eleições para o Diretório Estadual e Comissão Executiva Estadual do MDB aconteceu na sexta-feira, (5) na sede do partido, no São Francisco, em São Luís. O senador João Alberto foi eleito presidente e o deputado estadual Roberto Costa, 1° vice-presidente pela chapa “Maranhão Livre”, onde irão comandar o partido em todo o Maranhão.

Em seu discurso, João Alberto ressaltou que o partido irá se reestruturar em todos os municípios.
 
João Alberto foi reeleito para os próximos dois anos para comandar a Comissão Executiva que reúne novas lideranças e líderes históricos do partido, como o deputado estadual Roberto Costa, como 1º vice-presidente; 2º vice-presidente, o deputado federal Hildo Rocha e 3º vice-presidente, Victor Mendes. No secretariado, Remi Ribeiro, como secretário geral e Francisco Soares, como secretário adjunto. Na tesouraria, 1º tesoureiro, Assis Filho e 2º tesoureiro Welington Gouveia que irão comandar a Comissão Executiva Estadual.

O trabalho inicial de João Alberto, Roberto Costa e da Comissão Executiva será na organização do partido nas cidades do Maranhão.
 
“Na última eleição, tivemos 21 candidatos eleitos pelo partido. “Com essa base, vamos incentivar o lançamento de candidaturas próprias em todas os municípios, principalmente nas grandes cidades”, disse João Alberto.

O partido também vai começar desde já a formação de chapas completas, já que 2020 é a primeira eleição sem coligação proporcional, no caso, para vereadores.
 
O vice-presidente, Roberto Costa, enfatizou que o partido vive um novo momento e irá construir uma nova história.
 
“Nós iremos enfrentar um grande desafio pela frente, que é, que o partido continue sendo um partido de importância no Maranhão. Um partido que participe diretamente de decisões do Estado. E, hoje, esse movimento aqui é resultado de uma reflexão que fizemos, após o resultado da eleição presidencial, estadual e municipal. Agora, nós precisamos de qualquer forma fazer uma mudança. Uma mudança para que a gente possa botar o partido novamente no rumo do crescimento e do fortalecimento”, disse Roberto Costa.
 

Roberto Costa ainda concluiu relembrando a história do partido no Maranhão.
 
“A história do MDB no Maranhão é muito bonita, sempre teve uma decisão e participação muito ativa no Estado. Por isso, nós estamos nos unindo hoje, para que possamos construir um novo caminho, uma nova história do MDB no Maranhão”, concluiu Roberto.

Da assessoria

0

Eleição no MDB ganha nova data: 24 de março…

A falta de um consenso entre os candidatos Hildo Rocha e Roberto Costa tem gerado sucessivos adiamentos da escolha da direção partidária; e nem mesmo esta nova data tem garantia de realização

 

Hildo Rocha e Roberto Costa não aceitam consenso no MDB

O MDB decidiu adiar para o final de março – provavelmente dia 24 – a data da eleição para escolha do comando do partido no Maranhão.

Desde novembro, quando encerrou-se o mandato do presidente, ex-senador João Alberto de Sousa, a cúpula partidária tem tentado chegar a um consenso que garanta a gestão compartilhada entre o deputado federal Hildo Rocha e o estadual Roberto Costa.

A dificuldade de relacionamento entre os dois, no entanto, impede este consenso.

A eleição já foi marcada para novembro e adiada; para dezembro e adiada; para fevereiro e adiada.

Mas a nova data também não tem garantia de realização…

0

O fim de uma era; o começo de outra…

Quando o Maranhão amanhecer nesta sexta-feira, 1º, consolidará o encerramento de um ciclo de quase 40 anos no Senado; e começará outro, com novas perspectivas, novas visões e novos caminhos

 

Weverton Rocha e Eliziane Gama consolidarão a mudança de perspectivas na política maranhense

O blog Marco Aurélio D’Eça publicou ainda em 30 de janeiro de 2018 o post “Confronto de Gerações nas eleições maranhenses…”

Àquela época, já apontava como se daria o pleito que se iria ver no ano passado, entre um grupo das chamadas raposas políticas e jovens em busca de ocupar espaços de poder.

– Mas é no Senado e na vice que o confronto de gerações se estabelece mais claramente. As duas vagas em disputa são ocupadas hoje pelos senadores peemedebistas Edison Lobão e João Alberto 9ambos do MDB), cada um com mais de 40 anos de vida pública. (…) Mas as vagas de Senado e de vice também são cogitadas por jovens lideranças em plena ascensão política, como os deputados federais Weverton Rocha (PDT) e Eliziane Gama (PPS), o deputado estadual Alexandre Almeida (PSD) e o chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares (PSB), todos com idades entre 35 e 45 anos – lembrava o post.

Como se soube, a disputa pelo Senado se deu entre os decanos Lobão e Sarney Filho – que acabou substituindo João Alberto – e os jovens deputados Weverton Rocha (PDT), Eliziane Gama (PPS) e Alexandre Almeida (PSDB).

Weverton e Eliziane saíram das ruas eleitos e com um caminho aberto para o poder nos próximos oito anos; Lobão e João Alberto encerram na noite desta quinta-feira, 31, um ciclo de mais de 40 anos como protagonistas da cena política.

Lobão e João Alberto encerram um ciclo de quatro décadas, que começou a ser mudado ainda em 2018

A troca de guarda maranhense no Senado é a consolidação do encerramento do ciclo político que se viveu no estado nos últimos 50 anos.

Os novos donos do poder chegam agora com novos hábitos, nos projetos e novos caminhos.

Ainda dividem os espaços políticos, é claro, com representantes da velha guarda.

Mas a tendência que a renovação continue a partir das próximas eleições, com gente cada vez mais diferente a exercer o poder no Maranhão.

É aguardar e conferir…

2

Sem consenso, MDB adia eleição para escolha do novo comando no MA…

Atual presidente da legenda, senador João Alberto diz que nem mesmo a data substituta, de 17 de fevereiro, está confirmada para o pleito partidário; e diz que ainda busca “algo que não cause embaraço ao partido”

 

João Alberto quer resolver logo a questão do MDB, desde que a solução “não cause embaraço ao partido”

Marcada para esta sexta-feira, 14, a eleição para escolha do novo presidente estadual do MDB será adiada.

Formada para buscar o consenso entre Rocha e o deputado estadual Roberto Costa, a comissão criada pelo atual diretório acabou fracassando, o que favoreceu o adiamento.

Presidente atual do MDB, o senador João Alberto minimiza a disputa interna e diz que o adiamento se deu por orientação da direção nacional.

– Eles [o diretório nacional] adiaram a deles para setembro; e deram 150 dias para fazer a nossa; como não houve o consenso, decidimos adiar – disse Alberto.

Mas o senador não garante, sequer, a data de 17 de fevereiro; ele diz que pode baixar o Edital a qualquer momento.

– Por mim, eu faria essa eleição era hoje; estou doido para resolver esta questão. A qualquer momento posso baixar o Edital, se conseguir algo que não cause embaraço ao partido – afirmou João Alberto, sem explicar claramente o que causaria embaraços.

Comissão fracassou

Hildo Rocha reclama da falta de ação da comissão formada para buscar o consenso

Candidato a presidente do MDB, o deputado federal Hildo Rocha diz que nunca foi procurado pela comissão formada para buscar o consenso

– Essa comissão nunca nem me procurou – reclamou Hildo Rocha, reclamou Hildo, confirmando que a eleição de amanhã está mesmo descartada.

– Não haverá eleição; não houve consenso! – afirma.

Hildo Rocha diz que vai aguardar a definição dos diretórios municipais do MDB para iniciar sua campanha.

E se prepara para disputar com o deputado estadual Roberto Costa em 17 de fevereiro…

0

Lideranças querem renovar MDB no Maranhão…

Deputados federais, estaduais e prefeitos filiados ao partido entendem que o ciclo que marcou a trajetória de nomes como Roseana Sarney, João Alberto e Edison Lobão fechou-se com o resultado das eleições de outubro

 

Roberto Costa entende que já é hora de a ala jovem do MDB ascender ao comando partidário

É cada vez mais forte a tendência de renovação nos quadros do MDB, partido hoje presidido no estado pelo senador João Alberto de Souza.

O primeiro a manifestar-se pela renovação foi o deputado federal Hildo Rocha, que, inclusive, anunciou-se como candidato ao comando partidário. (Relembre aqui e aqui)

Outras lideranças, como o deputado estadual Roberto Costa e o prefeito de Imperatriz, Assis Ramos, também entendem que é preciso oxigenar a legenda.

Para Ramos, o ciclo que se manteve por 30 anos com João Alberto e os ex-governadores Roseana Sarney e Edison Lobão encerrou-se com as eleições de outubro.

Hildo Rocha tem presença forte entre os diretórios municipais do MDB, partido que pretende fortalecer no estado

Embora vinculado ao próprio João Alberto, Roberto Costa também entende que é hora de renovar.

Neste aspecto, o próprio deputado federal João Marcelo Sousa – filho de João Alberto – acaba sendo visto como a continuidade do próprio pai no comando do partido.

A eleição no MDB está prevista para dezembro…

0

Hildo Rocha quer o comando do MDB no Maranhão…

Deputado federal defende a alternância no poder interno do partido no estado, cuja eleição está prevista para dezembro

 

O deputado federal Hildo Rocha anunciou ao blog Marco Aurélio D’Eça que pretende disputar o comando do MDB no Maranhão.

Principal liderança emedebista eleita no estado – já que nomes como Roseana Sarney, Edison Lobão e João Alberto perderam ou não disputaram a eleição – Rocha entende que chegou a hora de assumir o comando da legenda

É preciso ter alternância de poder. Nada contra o senador João Alberto, mas é preciso testar outros nomes; até pra ver se o que está lá é bom mesmo. Nunca se vai saber o que é bom se não testarmos outro – afirmou o parlamentar.

Hildo Rocha reclama que não tem qualquer influência no MDB maranhense, sequer um diretório municipal.

Ele pretende por o seu nome à disposição e, caso não consiga o controle, deve até deixar o MDB.

Mas esta é uma outra história…