0

Roberto Costa reúne milhares de mães com entrega de prêmios na Praça da Saudade, em São Luís

O deputado estadual Roberto Costa (MDB) realizou a tradicional festa em comemoração ao Dia das Mães, onde reuniu milhares de mães, na Praça da Saudade, em São Luís, inclusive, a sua mãe, dona Elza Costa.

O evento aconteceu no fim da tarde do último sábado, 11, e contou com o apoio do deputado federal João Marcelo (MDB) e de João Alberto (MDB). Ainda se fizeram presentes André Campos, Júnior do Anil, Professor Wellington Gouveia, Nivaldo Costa e Davi Brandão, representando o prefeito de Bacabal, Edvan Brandão (PSC).

Durante a programação do evento houve apresentações de música e até concurso de dança entre as mães.

Na oportunidade, Roberto Costa destacou a tradicional festa e os prêmios que foram sorteados.

“Há quase 10 anos fazemos essa tradicional festa para as mães. Me criei na região da Praça da Saudade e sempre que puder ajudar e fazer o bem para este povo, farei. Quisera eu poder fazer em todos os bairros e cidades do Maranhão. Essa festa contou com sorteios de prêmios que as próprias mães escolheram, solicitaram kits cozinha, fogões, geladeiras, tanquinhos, Tvs, liquidificadores, sanduicheira e até poupanças no valor de R$ 500,00. Graças a Deus conseguimos realizar esse sonho, não só para elas, mas para mim também. Encerro mais este evento feliz. Ano que vem tem mais”, disse Roberto Costa.

O deputado concluiu o evento agradecendo a todas as mães e as parabenizando por este dia que não deve ser comemorado somente hoje, mas todos os dias.

“Um evento que fica marcado para todas elas. Uma festa saudável, alegre, segura, brincante e com prêmios, é melhor ainda. Aproveito para desejar um feliz Dia das Mães para cada mãe, seja a de primeira viagem, ou até aquela que já é avó ou até bisa. Agradeço a Deus por minha mãe está aqui comigo e encerro dizendo que, o abraço e o beijo que dou aqui nela, é para representar o meu carinho e amor por todas as mães do nosso Maranhão. Te amo, mãe”, concluiu Roberto Costa. 

0

João Alberto e Roberto Costa mantêm comando do MDB…

 Ex-senador continua na presidência da legenda no Maranhão, agora tendo o aliado deputado estadual como primeiro vice-presidente

 

As Eleições para o Diretório Estadual e Comissão Executiva Estadual do MDB aconteceu na sexta-feira, (5) na sede do partido, no São Francisco, em São Luís. O senador João Alberto foi eleito presidente e o deputado estadual Roberto Costa, 1° vice-presidente pela chapa “Maranhão Livre”, onde irão comandar o partido em todo o Maranhão.

Em seu discurso, João Alberto ressaltou que o partido irá se reestruturar em todos os municípios.
 
João Alberto foi reeleito para os próximos dois anos para comandar a Comissão Executiva que reúne novas lideranças e líderes históricos do partido, como o deputado estadual Roberto Costa, como 1º vice-presidente; 2º vice-presidente, o deputado federal Hildo Rocha e 3º vice-presidente, Victor Mendes. No secretariado, Remi Ribeiro, como secretário geral e Francisco Soares, como secretário adjunto. Na tesouraria, 1º tesoureiro, Assis Filho e 2º tesoureiro Welington Gouveia que irão comandar a Comissão Executiva Estadual.

O trabalho inicial de João Alberto, Roberto Costa e da Comissão Executiva será na organização do partido nas cidades do Maranhão.
 
“Na última eleição, tivemos 21 candidatos eleitos pelo partido. “Com essa base, vamos incentivar o lançamento de candidaturas próprias em todas os municípios, principalmente nas grandes cidades”, disse João Alberto.

O partido também vai começar desde já a formação de chapas completas, já que 2020 é a primeira eleição sem coligação proporcional, no caso, para vereadores.
 
O vice-presidente, Roberto Costa, enfatizou que o partido vive um novo momento e irá construir uma nova história.
 
“Nós iremos enfrentar um grande desafio pela frente, que é, que o partido continue sendo um partido de importância no Maranhão. Um partido que participe diretamente de decisões do Estado. E, hoje, esse movimento aqui é resultado de uma reflexão que fizemos, após o resultado da eleição presidencial, estadual e municipal. Agora, nós precisamos de qualquer forma fazer uma mudança. Uma mudança para que a gente possa botar o partido novamente no rumo do crescimento e do fortalecimento”, disse Roberto Costa.
 

Roberto Costa ainda concluiu relembrando a história do partido no Maranhão.
 
“A história do MDB no Maranhão é muito bonita, sempre teve uma decisão e participação muito ativa no Estado. Por isso, nós estamos nos unindo hoje, para que possamos construir um novo caminho, uma nova história do MDB no Maranhão”, concluiu Roberto.

Da assessoria

0

Eleição no MDB ganha nova data: 24 de março…

A falta de um consenso entre os candidatos Hildo Rocha e Roberto Costa tem gerado sucessivos adiamentos da escolha da direção partidária; e nem mesmo esta nova data tem garantia de realização

 

Hildo Rocha e Roberto Costa não aceitam consenso no MDB

O MDB decidiu adiar para o final de março – provavelmente dia 24 – a data da eleição para escolha do comando do partido no Maranhão.

Desde novembro, quando encerrou-se o mandato do presidente, ex-senador João Alberto de Sousa, a cúpula partidária tem tentado chegar a um consenso que garanta a gestão compartilhada entre o deputado federal Hildo Rocha e o estadual Roberto Costa.

A dificuldade de relacionamento entre os dois, no entanto, impede este consenso.

A eleição já foi marcada para novembro e adiada; para dezembro e adiada; para fevereiro e adiada.

Mas a nova data também não tem garantia de realização…

0

O fim de uma era; o começo de outra…

Quando o Maranhão amanhecer nesta sexta-feira, 1º, consolidará o encerramento de um ciclo de quase 40 anos no Senado; e começará outro, com novas perspectivas, novas visões e novos caminhos

 

Weverton Rocha e Eliziane Gama consolidarão a mudança de perspectivas na política maranhense

O blog Marco Aurélio D’Eça publicou ainda em 30 de janeiro de 2018 o post “Confronto de Gerações nas eleições maranhenses…”

Àquela época, já apontava como se daria o pleito que se iria ver no ano passado, entre um grupo das chamadas raposas políticas e jovens em busca de ocupar espaços de poder.

– Mas é no Senado e na vice que o confronto de gerações se estabelece mais claramente. As duas vagas em disputa são ocupadas hoje pelos senadores peemedebistas Edison Lobão e João Alberto 9ambos do MDB), cada um com mais de 40 anos de vida pública. (…) Mas as vagas de Senado e de vice também são cogitadas por jovens lideranças em plena ascensão política, como os deputados federais Weverton Rocha (PDT) e Eliziane Gama (PPS), o deputado estadual Alexandre Almeida (PSD) e o chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares (PSB), todos com idades entre 35 e 45 anos – lembrava o post.

Como se soube, a disputa pelo Senado se deu entre os decanos Lobão e Sarney Filho – que acabou substituindo João Alberto – e os jovens deputados Weverton Rocha (PDT), Eliziane Gama (PPS) e Alexandre Almeida (PSDB).

Weverton e Eliziane saíram das ruas eleitos e com um caminho aberto para o poder nos próximos oito anos; Lobão e João Alberto encerram na noite desta quinta-feira, 31, um ciclo de mais de 40 anos como protagonistas da cena política.

Lobão e João Alberto encerram um ciclo de quatro décadas, que começou a ser mudado ainda em 2018

A troca de guarda maranhense no Senado é a consolidação do encerramento do ciclo político que se viveu no estado nos últimos 50 anos.

Os novos donos do poder chegam agora com novos hábitos, nos projetos e novos caminhos.

Ainda dividem os espaços políticos, é claro, com representantes da velha guarda.

Mas a tendência que a renovação continue a partir das próximas eleições, com gente cada vez mais diferente a exercer o poder no Maranhão.

É aguardar e conferir…

2

Sem consenso, MDB adia eleição para escolha do novo comando no MA…

Atual presidente da legenda, senador João Alberto diz que nem mesmo a data substituta, de 17 de fevereiro, está confirmada para o pleito partidário; e diz que ainda busca “algo que não cause embaraço ao partido”

 

João Alberto quer resolver logo a questão do MDB, desde que a solução “não cause embaraço ao partido”

Marcada para esta sexta-feira, 14, a eleição para escolha do novo presidente estadual do MDB será adiada.

Formada para buscar o consenso entre Rocha e o deputado estadual Roberto Costa, a comissão criada pelo atual diretório acabou fracassando, o que favoreceu o adiamento.

Presidente atual do MDB, o senador João Alberto minimiza a disputa interna e diz que o adiamento se deu por orientação da direção nacional.

– Eles [o diretório nacional] adiaram a deles para setembro; e deram 150 dias para fazer a nossa; como não houve o consenso, decidimos adiar – disse Alberto.

Mas o senador não garante, sequer, a data de 17 de fevereiro; ele diz que pode baixar o Edital a qualquer momento.

– Por mim, eu faria essa eleição era hoje; estou doido para resolver esta questão. A qualquer momento posso baixar o Edital, se conseguir algo que não cause embaraço ao partido – afirmou João Alberto, sem explicar claramente o que causaria embaraços.

Comissão fracassou

Hildo Rocha reclama da falta de ação da comissão formada para buscar o consenso

Candidato a presidente do MDB, o deputado federal Hildo Rocha diz que nunca foi procurado pela comissão formada para buscar o consenso

– Essa comissão nunca nem me procurou – reclamou Hildo Rocha, reclamou Hildo, confirmando que a eleição de amanhã está mesmo descartada.

– Não haverá eleição; não houve consenso! – afirma.

Hildo Rocha diz que vai aguardar a definição dos diretórios municipais do MDB para iniciar sua campanha.

E se prepara para disputar com o deputado estadual Roberto Costa em 17 de fevereiro…

0

Lideranças querem renovar MDB no Maranhão…

Deputados federais, estaduais e prefeitos filiados ao partido entendem que o ciclo que marcou a trajetória de nomes como Roseana Sarney, João Alberto e Edison Lobão fechou-se com o resultado das eleições de outubro

 

Roberto Costa entende que já é hora de a ala jovem do MDB ascender ao comando partidário

É cada vez mais forte a tendência de renovação nos quadros do MDB, partido hoje presidido no estado pelo senador João Alberto de Souza.

O primeiro a manifestar-se pela renovação foi o deputado federal Hildo Rocha, que, inclusive, anunciou-se como candidato ao comando partidário. (Relembre aqui e aqui)

Outras lideranças, como o deputado estadual Roberto Costa e o prefeito de Imperatriz, Assis Ramos, também entendem que é preciso oxigenar a legenda.

Para Ramos, o ciclo que se manteve por 30 anos com João Alberto e os ex-governadores Roseana Sarney e Edison Lobão encerrou-se com as eleições de outubro.

Hildo Rocha tem presença forte entre os diretórios municipais do MDB, partido que pretende fortalecer no estado

Embora vinculado ao próprio João Alberto, Roberto Costa também entende que é hora de renovar.

Neste aspecto, o próprio deputado federal João Marcelo Sousa – filho de João Alberto – acaba sendo visto como a continuidade do próprio pai no comando do partido.

A eleição no MDB está prevista para dezembro…

0

Hildo Rocha quer o comando do MDB no Maranhão…

Deputado federal defende a alternância no poder interno do partido no estado, cuja eleição está prevista para dezembro

 

O deputado federal Hildo Rocha anunciou ao blog Marco Aurélio D’Eça que pretende disputar o comando do MDB no Maranhão.

Principal liderança emedebista eleita no estado – já que nomes como Roseana Sarney, Edison Lobão e João Alberto perderam ou não disputaram a eleição – Rocha entende que chegou a hora de assumir o comando da legenda

É preciso ter alternância de poder. Nada contra o senador João Alberto, mas é preciso testar outros nomes; até pra ver se o que está lá é bom mesmo. Nunca se vai saber o que é bom se não testarmos outro – afirmou o parlamentar.

Hildo Rocha reclama que não tem qualquer influência no MDB maranhense, sequer um diretório municipal.

Ele pretende por o seu nome à disposição e, caso não consiga o controle, deve até deixar o MDB.

Mas esta é uma outra história…

1

Roberto Costa denuncia abandono em residencial de Bacabal anuncia retomada das obras

Parlamentar se reuniu com dirigentes da Caixa Econômica Federal para viabilizar a construção, diante do desinteresse da prefeitura do município

 

Ao lado do senador João Alberto, Roberto Costa constata o abandono do conjunto residencial

O deputado estadual Roberto Costa (MDB) usou a tribuna, na sessão da última segunda-feira (7), para tratar sobre a situação do residencial, que se encontra com 500 casas abandonadas. O conjunto habitacional faz parte do programa Minha Casa Minha Vida, localizado na estrada Bela Vista, no município de Bacabal.

Na oportunidade, o parlamentar contou que esteve em reunião com a Superintendia  da Caixa Econômica Federal e que um novo acordo será assinado com a construtora responsável para que a obra seja retomada e entregue à população. 

O deputado Roberto Costa contou sobre a vistoria que fez, junto com o senador João Alberto no residencial, no último sábado (5) e destacou a inoperância da Prefeitura de Bacabal, diante deste caso. O parlamentar ressaltou que há milhares de pessoas no município, sem moradia e que sonham com a casa própria. 

As casas estão tomadas pelo mato, diante do desinteresse da Prefeitura de Bacabal

“Estivemos mais uma vez em Bacabal e verificamos a inoperância do prefeito, o pior absurdo com o dinheiro público, porque na cidade falta um prefeito que possa assumir as responsabilidades do município. Uma verdadeira contradição, temos um residencial com 500 casas abandonadas e temos um dos piores déficits de população sem moradia, em Bacabal. A Prefeitura não toma providências, nem o cadastro de moradores para o benefício a gestão municipal não faz. O município é um verdadeiro canteiro de obra inacabada. Mas, hoje junto com o senador João Alberto, tivemos na Superintendência da Caixa Econômica, para que a obra seja retomada e concluída. Tivemos a garantia de um acordo, com a construtora responsável para que a obra seja retomada. O nosso compromisso é entregar de forma digna este conjunto habitacional ao povo de Bacabal, que tanto necessita dessas casas”, concluiu Roberto Costa.  

O senador João Alberto lamentou a situação.

“Já  resolvemos uma  situação semelhante a esta,  em outro município, pois havia o interesse da gestão municipal. No caso de Bacabal é necessário interesse da Prefeitura. O que percebemos são os esforços do deputado estadual Roberto Costa e do deputado federal João Marcelo. Precisamos entregar esta obra, são 500 casas que a população necessita”.

1

Roberto Costa consegue apoio para cidades que enfrentam enchentes…

Acompanhado do senador João Alberto, deputado estadual esteve no Ministro da Integração Nacional, em Brasília, onde viabilizou a liberação de ajuda

 

João Alberto e Roberto Costa com o ministro da Integração

O deputado estadual Roberto Costa (MDB) participou de reunião na última terça-feira (18), em Brasília,  com o ministro da Integração  Nacional, Antônio Pádua de Deus Andrade, no gabinete do senador João Alberto (MDB), para buscar apoio junto ao Ministério de Integração Nacional aos municípios maranhenses atingidos pelas enchentes.

Costa é o presidente da Frente Parlamentar da Assembleia Legislativa que acompanha e presta assistência às cidades maranhenses atingidas pelas enchentes.

Segundo Dados da Defesa Civil 11 municípios maranhenses  decretaram estado de emergência – Marajá do Sena, Pedreiras, Trizidela, Lago dos Rodrigues, Presidente Vargas, Brejo, São João do Sóter, Tuntum, Caxias, Formosa da Serra Negra e São Luís Gonzaga.

De acordo com o último levantamento do Corpo de Bombeiros e Defesa Civil do Maranhão existem 2.357 famílias desabrigadas pelas enchentes.

– É importante que o socorro seja completo para que todos os afetados retomem suas vidas o mais rápido possível, com atendimento médico, construção de casas e de redes de escoamento da água – defendeu o senador João Alberto.

Em Bacabal, há mais de 700 pessoas desabrigadas que se encontram em situação de calamidade, em ginásio e estádio.

– Estive nestes locais e pude perceber o sofrimento do povo, que padece por falta de alimentos, falta de medicamentos, falta de água.  Estamos denunciando o prefeito de Bacabal, o senhor Zé Vieira,  que não decretou estado de emergência ao município – lembrou Roberto Costa.

O parlamentar denunciou a falta de prioridade da Prefeitura de Bacabal, que optou por gastar dinheiro em bandas de forró.

– Foram R$ 1 milhão com bandas de forró no aniversário da cidade. Em função dessa festa, a Gestão Municipal deixa de decretar estado de emergência, que é  a real situação da cidade. Enquanto isso,  o povo bacabalense sofre e clama por assistência, saúde, educação, infraestrutura. Embora, a Gestão Municipal não ter decretado estado de emergência – denunciou.

Bacabal

Durante a reunião, João Alberto r Ropberto Costa conseguiram apoio para que  o  município de Bacabal seja cidade-polo, o posto de comando para atender aos municípios da região do Médio Mearim atingidos pelas chuvas.

– Bacabal receberá toda a estrutura da Defesa Civil Nacional, com cestas básicas, colchões e equipamentos para serem distribuídos aos demais municípios da Região Mearim – concluiu Roberto Costa.

O nível do rio Mearim já está oito metros acima do normal e mais de 9 mil pessoas foram afetadas direta ou indiretamente, de acordo com a Defesa Civil do Maranhão.

O ministro afirmou que o Ministério não tem medido esforços para prestar todo apoio necessário aos municípios afetados.

1

Roberto Costa e João Alberto conseguem curso de Medicina para Bacabal…

Deputado e senador lutaram por cinco anos até conseguir viabilizar o projeto no Ministério da Educação, mesmo diante do descaso da prefeitura

 

Deputado Roberto Costa com o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, em uma audiência para garantir o curso de medicina para Bacabal.

Após cinco anos de luta do deputado estadual Roberto Costa e do senador João Alberto (ambos do MDB), o curso de medicina é aprovado em Bacabal. A publicação saiu no Diário Oficial da União, nesta sexta-feira (9), por meio da Portaria nº 152.

O parlamentar fez diversas cobranças à Prefeitura para que apresentasse recursos visando garantir a instalação do curso, visto que avaliação feita pelo Ministério da Educação, através da Secretaria de Regulação e Supervisão de Educação Superior do Ministério da Educação, havia reprovado a cidade para receber o Curso por falta de estrutura.

O deputado Roberto Costa lembrou que desde 2013, vem lutando para implantação do curso de medicina, onde se reuniu, na época com ministro da Educação, Aluízio Mercadante, que autorizou o curso no município.

Porém, mesmo com a aprovação, a Prefeitura de Bacabal deveria se manifestar para que a instalação se efetivasse. Como não houve a manifestação, por falta de preenchimento de formulário no site do Ministério da Educação, todo o processo acabou sendo arquivado.

Diante desta situação, o deputado Roberto Costa e o senador João Alberto não desistiram e continuaram lutando incansavelmente, buscando uma nova aprovação.

Em uma audiência realizada em Brasília, com o presidente Michel Temer, e o ministro da Casa Civil Eliseu Padilha, o parlamentar teve a garantia de uma nova aprovação do curso para Bacabal.

Depois disso, uma nova visita foi realizada pela Comissão do Ministério da Educação em Bacabal constatando, que o município não tinha estrutura para receber o curso, os postos de saúde não funcionavam adequadamente, não tinham médicos, falta de medicação, os salários dos funcionários atrasados e o Hospital Municipal não teria condição de fazer uma cirurgia.

Deputado Roberto Costa com o senador João Alberto, reitora da Ufma, Nair Portela e ministro da educação Aloizio Mercadante. Aqui, começou a luta pelo curso de medicina para Bacaubal.

Após tomar conhecimento, o deputado usou a tribuna da Assembleia e exigiu que a Prefeitura apresentasse recursos visando garantir a instalação do curso, visto que a avaliação que o Ministério da Educação fez, através da Secretaria de Regulação e Supervisão de Educação Superior do Ministério da Educação, reprovou a cidade para receber o Curso de Medicina, por falta de estrutura.

O deputado Roberto Costa conta sobre a felicidade desta autorização do curso de medicina, após toda essa luta.

“A luta é nossa e do povo de Bacabal, após várias audiências junto com senador João Alberto ao Governo Federal, conquistamos essa aprovação. Há mais de cinco anos, nós conseguimos colocar Bacabal dentro da relação para ser agraciada com direito a instalação do curso de Medicina. É uma alegria e uma satisfação, saber que os estudantes de Bacabal terão a oportunidade de fazer o curso de medicina na sua cidade, oportunidade, também, para toda a Região do Médio Mearim. Hoje, coroamos essa vitória com a nossa população”, destacou.