0

Juventude maranhense solidariza-se com ex-presidente Lula…

Reunidos na 2ª Conferência Estadual da Juventude no Maranhão, delegados aprovaram Moção de Apoio e Solidariedade ao ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT).

Vítima de câncer na laringe, Lula começou o tratamento de quimioterapia na última segunda-feira, em São Paulo.

A proposta de Moção, aprovada por unanimidade, é do deputado estadual Roberto Costa (PMDB).

O documento destaca algumas ações de Lula em favor da juventude durante o seu mandato: criação da Secretaria Nacional de Juventude, do Conselho Nacional de Juventude, a aprovação da PEC da Juventude e a  aprovação pela Câmara dos Deputados do Estatuto da Juventude.

A conferência da juventude maranhense ocorreu no Multicenter Sebrae, dias 30 e 31 de outubro…

6

Evolução “Nota 10″…

Bacelar: discurso firme, sem cacoetes e objetivo...

Este blog criticou, há três semanas, o excesso de cacoetes e vícios de linguagem no discurso do vice-líder do governo na Assembléia Legislativa, deputado Mango Bacelar, o “Nota 10” (PV).

Era tanto “exatamente” e sem “sombra de dúvidas” entremeando as frases, que o proncuniamento se tornava caricato, folclórico.

Da crítica, depreendeu-se duas situações:

1) – Magno Bacelar é um gentleman, que mesmo diante da mais ácida crítica, leva tudo na esportiva e age com dignidade;

2) – o parlamentar assimilou a crítica de forma positivia e decidiu aprimorar seu discurso.

O auge desta recuperação pôde ser visto no discurso de hoje, quando ele anunciou que pediria à Assembléia títulos de Cidadão Maranhense ao ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva e à sua sucessora, Dilma Rousseff (ambos do PT).

– Os dois são responsáveis por um dos projetos de maior envergadura no Maranhão, capaz de trazer o desenvolvimento para o nosso estado. Nada melhor que reconhecê-lo como cidadão maranhense – disse o parlamentar.

Sem cacoetes, sem vícios e com discurso articulado.

No pronunciamento, Bacelar leu matéria de “O Estado do Maranhão” que fala do investimento do Grupo Dimensão em uma fábrica de beneficiamento de aço. E lembrou que isto é resutlad da Refinaria Premium da Petrobras.

Seu discurso bem montado – embora feito de improviso – impressionou parlamentares e os membros do Comitê de Imprensa.

“Sem sombra de dúvidas”, um excelente discurso de Magno Bacelar.

Atingindo, “exatamente, o ponto pretendido…

23

Minha imagem de Lula…

As três imagens que compõem este post foram registradas pelo fotógrafo oficial da presidência da República, Ricardo Stucker. Mostra o agora ex-presidente Lula no dia-dia do Palácio do Planalto.

Lula sempre foi vascaíno, mas a mídia paulista-quatrocentona-e-anti-vascaína resolveu dar-lhe o título de corinthiano nos anos em que esteve no Palácio – também por conta do ódio que Eurico Miranda sempre despertou.

Só agora, no final do mandato, a revista Contigo publicou parte das imagens do Lula que a mídia tentou esconder: o de vascaíno militante.

O presidente, como todo nordestino, é apaixonado pelo futebol carioca – e vascaíno de nascimento, como toda a família.

Só conheceu o Corínthians quando se mudou para São Bernardo do Campo – e passou ater uma certa simpatia pelo clube paulista, nada que apagasse o amor vascaíno.

Lula esteve nas finasi do Brasileiro de 1989, no Morubim, quando o Vasco derrotou o São paulo com gol de Sorato.

Também vibrou com o Brasileiro de 1997, uma das m ais belas campanhas do futebol brasileiro, e voltou a comemorar, em São Januário, tetracampeonato, em 2000 – mais uma vez derrotando um paulista.

Que agora, logne do poder presidencial, fique claro:

Lula é vascaíno apaixonado…

33

Leonencio Nossa!!! Que bicho é este???

Olha a cara da figura? Será que "Leo" tem vergonha do próprio nome?

Achei normal a pergunta do repórter Leonencio Nossa ao presidente Lula sobre sua vinda ao Maranhão. Ele está no seu papel, fazendo o discurso do grupo de mídia a que pertence, o jornal “O Estado de s. Paulo”.

Talvez o presidente Lula já o conheça de outros carnavais para reagir assim, tão irritado, à pergunta do nobre repórter.

Pergunta, obviamente preconceituosa em relação ao Maranhão. Mas também normal vinda de “O Estadão”.

Apenas mais um capítulo do ódio nutrido pela mídia-paulista-quatrocentona-serrista-falida-e-antinordestina contra Lula e seus aliados .

Só uma coisa me espantou no fato narrado nos blogs de Décio Sá e Gilberto Léda – seja lá quem tenha informado em primeira mão:

Leonencio!!!

 Isso lá é nome de gente, meu caro?!?

9

Gastão Vieira é homenageado por Lula em cerimônia sobre expansão do ensino técnico e superior

Gastão, con representantes da Ufma e do Ifma, com Lula e Fernando Haddad

Uma cerimônia realizada no Palácio do Planalto, em Brasília, marcou a conquista da meta prevista pelo Plano de Expansão da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, e o avanço do Programa de Expansão e Reestruturação das Universidades Federais (Reuni).
 
Com empenhada participação na luta pela expansão da Rede Federal, assim como do Reuni, o deputado federal Gastão Vieira (PMDB) participou da cerimônia, na qual o Presidente Lula e o Ministro da Educação, Fernando Haddad, oficializaram 30 escolas federais de educação profissional e 25 campi ligados a 15 universidades federais.
 
Durante a cerimônia, Gastão Vieira foi homenageado por ter a iniciativa de levar o campus da Universidade Federal do Maranhão para a cidade de Chapadinha, além dos IFETS para Açailândia e Alcântara, ambos já entregues pelo presidente. O deputado foi homenageado ainda por ter sido o relator do projeto que criou o IFET de São Raimundo das Mangabeiras, de iniciativa do então diretor geral do Senado, Raimundo Carreiro, hoje ministro do Tribunal de Contas da União.
 
De acordo com o MEC, de 2005 até hoje, foram criadas 214 novas escolas. E com o Reuni, foram criados 126 novos campi e unidades universitárias, passando dos 148 existentes até 2002 para 274, já em funcionamento em 2010. Hoje, as universidades federais estão presentes em 230 municípios nas 26 unidades da federação e no Distrito Federal.

15

Só Lula bate Sarney em criação de empregos no Brasil…

Do blog de Régis Marques

Lula e Sarney foram os presidentes que mais geraram empregos no país

Por essa não esperava a cambada pedetista-tucana-petista-comunista que vive a atacar Sarney apenas porque não tem outro discurso: dados do relatório da RAIS – Relação Anual de Informações Sociais do Ministério do Trabalho – que registra contratações e demissões de empregados regidos pela CLT e pelo regime estatutário dos servidores públicos, o ex-presidente maranhense só perde para Lula quando o assunto é geração de emprego.

Nos cinco anos em que conduziu o país à transição democrática, Sarney criou 3.994.437 empregos, com média anual de 798 mil novos postos de trabalho

Durante o governo Lula, de 2003 e setembro de 2010, foram criados 14.725.039 empregos. Ou seja, uma média de 1,8 milhão de vagas por cada ano. O tucano FHC que tanto ataca Sarney através de seus asseclas, criou 5.016.672 empregos em oito anos de mandato, média de 627 mil. Itamar Franco, que governou de 1993 a 1994, gerou 1.394.398 postos, média de 697 mil. Fernando Collor, porém, deixou o governo com a extinção de mais de 2,2 milhões de postos de trabalho. Continue lendo aqui…