11

Professora é acusada de jogar água quente em cachorro no Monte Castelo…

Mulher foi denunciada por maus tratos à Delegacia do Meio Ambiente e pode pegar até três anos de cadeia pela violência contra o animal

 

O animal ferido, abatido pela violência da agressão

O animal ferido, abatido pela violência da agressão

A professora Maria da Conceição Dias Nunes, moradora do Monte Castelo, foi denunciada à Delegacia do Meio Ambiente, por maus tratos contra animais.

Conceição simplesmente jogo água quente em um cachorro, se dizendo incomodada pela presença o animal em sua calçada.

Este é o relato dos moradores, que denunciaram o caso à Delegacia do meio Ambiente.

O animal, todo queimado, foi acolhido pelo dono de uma oficina mecânica na área e levado por moradores a uma clínica. As despesas superam os 2,2 mil.

Já em recuperação, o cão está protegido da agressora em uma oficina do bairro

Já em recuperação, o cão está protegido da agressora em uma oficina do bairro

Apesar das informações de que a DEMA foi desmobilizada pelo governador Flávio Dino, a população do Monte Castelo exige punição para a professora Maria da Conceição.

Detalhe: segundo relatos de moradores à DEMA, a professora não esconde de ninguém ser ela mesma a autora do fato…

Mais notícias sobre animais no blog Ei, Bichinhos!

P.S.: Por volta as 11h desta quarta-feira, 20, o blog recebeu a informação de que um filho da agressora decidiu assumir as despesas da clínica e o tratamento do animal, que foi resgatado por uma equipe do Corpo de Bombeiros

1

Mais uma do governo Flávio Dino contra os animais…

Os exemplos de desprezo contra os bichos vão se acumulando no perfil do governador comunista; agora a denúncia atinge os cavalos da Polícia Militar, que estariam sendo vítimas maus tratos

 

A imagens mostram cavalos magricelos e sem força alguma

A imagens mostram cavalos magricelos e sem força alguma

Desde a última sexta-feira, programas de alcance nacional do porte de Jornal Hoje e Bom Dia Brasil, da Rede Globo, denunciam o que seria uma ação covarde do governo Flávio Dino contra animais.

Mais uma, diga-se de passagem. (Veja outras aqui e aqui)

De acordo com imagens flagradas inicialmente pela TV Mirante, cavalos usados pela Polícia militar do Maranhão estariam sofrendo maus tratos na gestão do comunista.

Animais pastam no pátio seco à procura de comida, já que falta ração

Animais pastam no pátio seco à procura de comida, já que falta ração

As imagens foram feitas por um internauta,  e mostram os cavalo magros e abatidos.

Segundo o responsável pela filmagem, há dois meses falta ração no quartel da PMMA.

Não é de se estranhar, já que o próprio governador classificou de supérfluo este produto, aumentando os eu imposto.

O comando da PM negou os maus tratos, mas as imagens já ganharam o mundo.

E falam por si só…

2

Um convite ao governador Flávio Dino…

Animais abandonados sofrem no dia dia, quase invisíveis às autoridades

Animais abandonados sofrem no dia dia, quase invisíveis às autoridades

Do blog Ei, bichinhos!

Será que o governador Flávio Dino já se deparou com uma imagem dessas bem na sua frente?

E se viu, será que enxergou?

Governador, o senhor faz ideia de quantos animais abandonados, tem no nosso estado? Vossa Excelência sabe o que a Organização Mundial da Saúde diz a respeito dos animais abandonados em todo o Brasil?

Ela diz que, só aqui no Brasil estima-se que são mais de 30 milhões de animais abandonados, entre 10 milhões de gatos e 20 milhões de cães. E esse número cresce a cada segundo assustadoramente, sendo quase impossível acompanhar o aumento!

jumento

Animal agonizando após ter sido forçado a trabalhos exaustivos

Isso sem falar nos jumentos e cavalos, vítimas constantes de maus-tratos e abandono.

Sr. governador, o senhor soube do caso dos jumentos da Bandeira Tribuzzi? O senhor já viu um animal espancado por uma pessoa?

O senhor já viu na rua alguma caixa de papelão cheia de filhotes de gatos ou cachorros abandonados?

Ao passar por uma via pública, seus olhos já pararam em cima de um animal deitado num canto qualquer?

Certamente, o senhor nunca alimentou um animal esfomeado, daqueles bem sujos, fedorentos e cheios de feridas! Não deve ter alimentado, pois se considera a ração (alimento indispensável a vida dos animais) um produto de luxo, portanto supérfluo, evidentemente nunca levantou a mão para saciar a fome de algum bichinho!

Sr. governador, se Vossa Excelência fizesse ideia de quantos animais, nesse exato momento, estão morrendo de fome, sede e de doenças, faria alguma diferença na sua vida?

A Proteção Animal aqui no nosso estado, anda sozinha! Não recebe ajuda na esfera Municipal, nem na Estadual!

Enquanto pessoas comuns fazem de tudo para ajudar, o Poder Público faz o caminho inverso.

O gato abandonado sofre com feridas, frutos de maus tratos e espancamentos diários

O gato abandonado sofre com feridas, frutos de maus tratos e espancamentos diários

O Poder Público de modo geral, carece de políticas voltadas para Questão Animal, mas quando se trata de ajudar apenas os animais, as verbas, os projetos e a vontade política sempre são muito lentas!

O Poder Público esquece que Saúde Animal também é Saúde Pública!

Animal forçado a carregar mai do qu pode, mesmo demosntrando exaustão

Animal forçado a carregar mai do qu pode, mesmo demosntrando exaustão

Sr. governador, o que Vossa Excelência pensa a respeito das carroças? O senhor sabia que em muitas cidades do nosso país, elas já foram abolidas?

Não falamos apenas à Vossa Excelência não, falamos também ao chefe da cidade, o Sr. Prefeito!!

É dever do prefeito da cidade, cuidar dos animais que vivem aqui, mas é dever do governador também, cuidar dos animais em todo território maranhense!

Cavalo todo ferido, de tanto apanhar

Cavalo todo ferido, de tanto apanhar

Falamos direto a Vossa Excelência, senhor governador, porque gostaríamos muito de entender o seu pensamento, no que diz respeito aos ANIMAIS. Queríamos entender as suas atitudes e decisões que vem mexendo com o bem-estar animal e o trabalho dos Protetores de Animais no nosso estado!

Primeiro foi a sua espantosa afirmação, ao considerar a RAÇÃO, um produto de luxo! Por que? Nos explique, por favor!!!

Algum dia, Vossa Excelência já teve um bichinho de estimação???

E segundo, por que tirar um delegado que trabalha ativamente, intensamente (como nunca houve nenhum outro) por uma vida com mais dignidade aos pobres animais, tantas vezes esquecidos pelo Poder Público?

Sua resposta talvez esclareça muita coisa, estamos ansiosos por ela. Continue lendo aqui…

 

2

Mais um caso para a CPI dos maus tratos a animais…

Três meses depois da denúncia deste blog, nenhuma autoridade veio a público para esclarecer a quem pertence a carrocinha não identificada que recolhe, indiscriminadamente, cachorros na periferia de São Luís

 

Este é o carro que recolhe animais na periferia: não identificado

Este é o carro que recolhe animais na periferia: não identificado

A CPI dos Maus Tratos aos Animais deve desembarcar em São Luís ainda neste mês de outubro, a pedido do deputado estadual Wellington do Curso (PPS).

A articulação para vinda a comissão está sendo feita pelo deputado maranhense Júnior Marreca (PEN), que é um dos seus membros.

Marreca deve articular a vinda da CPI a São Luís

Marreca deve articular a vinda da CPI a São Luís

A CPI vai investigar as causas da desativação do Centro de Vigilância de Zoonoses e os motivos que levaram a Secretaria Municipal de Saúde a sumir com R$ 3oo mil que deveriam ser aplicados no centro, segundo denúncia o vereador Fábio Câmara (PMDB).

Mas a CPI deve ouvir também membro de organizações de proteção animal e protetoras independentes, para esclarecer a história de uma carrocinha particular que vem recolhendo cães na periferia de São Luís.

Este blog denunciou o caso no início de setembro (Reveja aqui), mas até agora a secretária Helena Duailibe deu qualquer explicação para a história,

E isso também deve ser motivo de investigação da CPI…

3

Índios acusam governo Flávio Dino de intimidação…

ìndio se acorrentaram na galria da Assembleia Legisaltiva. E pretendem ficar. (imagem: Nestor Bezerra)

índios se acorrentaram na galeria da Assembleia Legislativa; e pretendem ficar… (imagem: Nestor Bezerra)

Acorrentados à galeria a assembleia Legislativa, desde o final da manhã de hoje – em protesto pela má qualidade da Educação e do transporte escolar nas aldeias – índios acusam o governo de tentar intimidá-los. Eles estão desde a semana passada em frente ao Palácio dos Leões, e acusam o secretário de Articulação política, Márcio Jerry, de forçar um recuo por meio da intimidação. Veja vídeo:

1

PMs vivem o caos em vários municípios…

Em São José de Ribamar, membros do Choque reclamam da péssima qualidade da comida; em São João dos Patos, abusos nas escalas e péssimas condições de trabalho

 

Policiais militares lotados em vários municípios reclamam da falta de estrutura oferecida pela PM para o combate ao crime no Maranhão.

Não bastasse a falta de efetivo e de infraestrutura em companhias ou delegacias, os PMs enfrentam perseguições e abusos dos comandantes.

– Há escalas em shows e eventos particulares. Se o evento ocorre em cidade vizinha, o destacamento segue para lá, deixando a cidade desguarnecida – denuncia um policial de São João dos Patos.

– Outra prática comum é a de pedir combustível e pneus das viaturas aos prefeitos, sofrendo humilhações – continua o PM.

Em São José de Ribamar, policiais do choque denunciaram a extenuante rotina de trabalho durante o lava-bois, com péssima alimentação, fora de hora, e sem descanso.

E não há sinais de melhora a curto prazo…

3

Roberto Costa e Sebastião Uchôa discutem Código de Proteção Animal…

Costa, Uchoa e representantes da defesa animal: regulamentação da lei...

Costa, Uchoa e representantes da defesa animal: regulamentação da lei…

O deputado Roberto Costa (PMDB) reuniu-se, na manhã de sexta-feira (26), com o delegado titular da Delegacia Especial do Meio Ambiente, Sebastião Uchoa, e com ele abriu uma agenda de discussão sobre o processo de regulamentação da Lei 10.169/2014, que estabelece o primeiro Código de Proteção e Defesa Animal no Maranhão.

De autoria do deputado Roberto Costa, a Lei sancionada em dezembro de 2014 define a Política Estadual de Proteção aos Animais, estabelecendo normas para a defesa e preservação dos animais no Maranhão. A Lei trata basicamente sobre equilíbrio entre desenvolvimento socioeconômico e preservação ambiental; maus tratos, punições, tração animal; métodos de abate em frigorifico, matadouros e afins e denúncia.

– Somos um dos poucos estados do país a ter uma Lei com esse teor, sinal de que estamos avançando na causa da proteção animal no Maranhão. Vamos agora para a regulamentação e torcemos pela ampla participação popular para que a Lei possa contemplar todas as necessidades em defesa desta causa no Maranhão – destacou Roberto Costa.

Sebastião Uchoa, disse que a falta de política pública para garantir a proteção integral ao animal é um dos principais obstáculos para os que atuam na área. Uchoa falou dos desafios da Delegacia de Meio Ambiente em apurar os crimes, mas que todos os esforços foram intensificados e os resultados já são nítidos.

A ambientalista Taiani Guaitolini disse que a legislação é um marco e uma garantia para os animais. Mas ela também lamentou a falta de apoio do poder público em relação à proteção animal e disse esperar que a regulamentação da nova lei sirva para aperfeiçoar as políticas públicas voltadas para essa temática.

Durante a reunião, Roberto Costa informou que está com a ideia de formar um grupo de trabalho – com representantes da sociedade civil, de prefeituras, do Governo do Estado e do Ministério Público -, para ampliar a discussão sobre a necessidade de regulamentação da Lei Estadual de Proteção aos Animais.

Além de constituir um grupo de trabalho, Roberto Costa afirmou que pretende a realização de uma audiência pública, na Assembleia Legislativa, para tratar sobre o assunto, ouvindo amplos segmentos da sociedade.

A reunião, realizada no gabinete do deputado, na Assembleia Legislativa, contou também com a participação de assessores do parlamentar e representante das entidades da sociedade civil envolvidas com a política de proteção aos animais.

10

Weverton defende penas mais duras para maus-tratos a animais

wevertonFoi aprovado pela Comissão de Meio Ambiente da Câmara Federal, um texto substitutivo ao Projeto de Lei, que agrava as penas a quem comete abusos e maus-tratos a animais.

O novo texto é do relator do projeto, o deputado federal Weverton Rocha (PDT-MA). A aprovação foi destaque na Rádio Câmara desta segunda-feira (01).

De acordo com o relator, quem comete abusos, maus-tratos, ferimentos ou mutilação de animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos, a penalidade é de prisão de um a três anos e multa, no caso de ocorrer a morte do animal, a pena será aumentada de 1/3 a 1/6.

O novo texto também criminaliza a prática da zoofilia erótica, que é o ato sexual entre humanos e animais.

Weverton declarou que a proposta é inovadora e a partir de agora, o país deixa bem claro que não aceita maus-tratos aos animais, e o recado está sendo dado por meio de uma legislação mais severa, onde será possível diminuir o número de agressões aos animais.

– Nós aprovamos recentemente no plenário da Câmara, penas duras para estes tipos de crime, também estendemos para a prática sexual de humanos com animais. Dessa forma o País, fecha as portas para uma prática que aconteceu muito na Europa, que é o turismo sexual com animais. Esse é um passo muito importante na defesa dos direitos dos animais – declarou.

O Projeto de Lei aguarda análise da Comissão de Constituição e Justiça, para depois ser analisado em plenário.

4

Imagens do dia: impossível não gostar…-

Organizações de proteção animal e protetoras independentes realizaram hoje à tarde, na avenida Litorânea, mais uma caminhada para chamar atenção para o abandono e os maus tratos aos animais. na marcha, cenas emocionantes de carinho e relação com cães, gatos e outros animais abandonados.

Os organizadores alertaram, mais uma vez, para a ameaça que é, para as próprias pessoas, os crimes contra os animais. “A viol^ncia contra pessoas começa com maus tratos aos animais”, diz a faixa. (as imagens são do blog Ei, bichinhos!)