0

Milhares de pessoas em tributo a Eduardo Campos e Miguel Arraes em Stª Inês

Triste coincidência: Em 13 de agosto de 2005, o país perdeu Miguel Arraes. Em 13 de agosto de 2014, perdeu Eduardo Campos. No entanto, o legado desses dois homens públicos que transformaram sua vida em verdadeiros exemplos para o Brasil permanece vivo

 

1

Cerca de 7 mil pessoas participaram da noite de homenagens póstumas feitas pelo Diretório Municipal do Partido Socialista Brasileiro (PSB) de Santa Inês a dois históricos representantes da sigla em todo o país, Eduardo Campos e Miguel Arraes.

O tributo foi realizado no clube Brut’s Gigante, na última sexta-feira (14).

Membros da diretoria, filiados, correligionários e simpatizantes da sigla lotaram a casa de shows e acompanharam, atentos, aos discursos e vídeos apresentados durante o evento.

2

Também acompanharam a cerimônia o presidente do PSB/Santa Inês, Antonio Moreira Lima, o prefeito de Santa Inês Ribamar Alves, a primeira-dama Luana Alves, vereadores e dezenas de outras personalidades políticas do estado do Maranhão, a exemplo do ex-deputado federal Domingos Dutra.

Ribamar Alves destacou a trajetória política e de vida do ex-deputado estadual e ex-governador de Pernambuco por três vezes, Miguel Arraes. O ex-presidente nacional do Partido Socialista Brasileiro morreu, aos 88 anos, no dia 13 de agosto de 2005 vítima de choque séptico causado por infecção respiratória, agravada por insuficiência renal.

3

Um vídeo exibido em telões mostrou a trajetória de Miguel Arraes e do neto, Eduardo Campos. Cada fase da vida política dos homenageados foi destacada e a multidão conheceu um pouco mais sobre os socialistas.

– Fiquei ainda mais orgulhosa de pertencer ao Partido Socialista Brasileiro. Esses homens foram grandes homens e vão continuar vivos nos corações das pessoas de bem desse país – disse Joelma Rodrigues S. Santana.

4

O prefeito de Santa Inês emocionou-se, e à multidão, ao falar sobre o amigo Eduardo Campos.

– Não vamos desistir do Brasil. É aqui que nós vamos criar nossos filhos. É aqui que nós temos que criar uma sociedade mais justa – relembrou a frase célebre de Eduardo Campos.

A morte prematura do ex-ministro e ex-deputado federal comoveu o país.

5

O socialista e mais seis pessoas morreram na queda de um avião em Santos (SP), na manhã do dia 13 de agosto de 2014, em plena campanha eleitoral para presidente da República.

O momento de transformações e mudanças porque passa o município de Santa Inês foi citado por todos os que discursaram. Os oradores apresentaram, ainda, semelhanças entre Ribamar Alves e o amigo Eduardo Campos. A forma de encarar e planejar o futuro, o saber ouvir cada cidadão, a facilidade para o diálogo e o poder de atrair até os mais incrédulos foram algumas das característas citadas durante o evento.

6

Em alusão ao estado de Pernambuco, terra de construção da carreira política dos homenageados, uma roda de Frevo foi apresentada no palco principal do evento. O colorido das roupas, os guarda-chuvas fantasiosos e as coreografias bem trabalhadas atraíram a atenção do público.

Outra atração de dança nordestina, com bailarinos vestidos à carater, fez a multidão arrastar o pé no ‘forrozinho’. O cantor Thiago Sagat sacudiu os expectadores com levadas sertanejas, axé e forró.

8

Na ocasião, o prefeito preencheu dezenas de novas filiações ao PSB.

O Tributo a Eduardo Campos e Miguel Arraes, em Santa Inês, foi composto por duas etapas. A primeira foi a celebração de culto ecumênico na igreja Matriz de Santa Inês, na quinta-feira (12).