0

Transformaram a Exata em bucha de canhão…

Promissor instituto de pesquisa virou uma espécie de chancelaria de números surgidos do nada não apenas para testificar liderança de Flávio Dino, mas para dar ares de que o comunista é absoluto em 2018

 

CARTÓRIO. Um dos levantamentos da Exata, surgidos do nada para chancelar vitória de Flávio Dino

A situação tem se repetido ao longo de 2017.

A cada vez que um instituto anuncia e divulga números de pesquisas sobre as eleições de 2018, o Instituto Exata surge – do nada – com números totalmente divergentes, e sempre apontando o governador Flávio Dino (PCdoB) como absoluto para vencer o pleito do ano que vem.

Foi assim com pesquisas do Instituto Performance, da Escutec e agora a do Perfil.

Todos esses institutos mostraram que a disputa de 2018 – longe de se apresentar um passeio para o comunista – mostra uma acirrada disputa, com cenários em que ele está até atrás de adversários, como a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) e o deputado estadual Eduardo Braide (PMN).

E o script está montado e ensaiado.

E quando esses números vêm a tona, agentes do Palácio dos Leões tratam logo de anunciar os números da Exata, que surgem sem nenhum anúncio prévio e sem nenhum dado que aponte quando e onde a pesquisa foi realizada.

A Exata sempre foi vista por muitos como um instituto de respeito, mas essa reputação tem sido questionada desde que passou a se vincular aos interesses do governo Flávio Dino.

O instituto parece ter virado uma espécie de chancela para o favoritismo de Flávio Dino.

E seus números surgidos do nada geram cada vez mais desconfiança…

2

Prefeitos desconfiam que Flávio Dino quer jogar vereadores contra eles…

Encontro que o comunista organiza para terça-feira, em São Luís, tem gerado desconfiança entre gestores, que se veem acuados por ameaça de chantagem explícita, via Câmara Municipais

 

CONTROLE – Dino já chamou uma parte de vereadores ao Palácio; agora, quer todos sob suas orientações

 

Prefeitos de todo o Maranhão têm visto o encontro que o governador Flávio Dino (PCdoB) promove nesta terça-feira, 30, com vereadores maranhenses como uma espécie de arapuca contra eles.

Alguns chegaram a procurar a direção da Federação dos Municípios (Famem) por sentirem-se acuados pela ameaça de chantagem.

O encontro promovido pelo Palácio dos Leões foi pensado, a princípio, apenas com vereadores de municípios onde os prefeitos não estão alinhados ao governo comunista.

Depois, passou a ser uma espécie de recado de Flávio Dino aos prefeitos.

CONVOCAÇÃO – Márcio Jerry faz chamada para encontro em São Luís, usando sua mídia e suas redes sociais

Os temas do encontro – transparência, fiscalização de gestão e Lei de Responsabilidade Fiscal – estão sendo vistos pelos gestores como uma tentativa do palácio de jogar os vereadores contra eles.

Ainda nesta segunda-feira, 29, o secretário de Articulação Política, Márcio Jerry, continua a convidar vereadores, via redes sociais.

Sinal de que Flávio Dino quer todos em Palácio para a lição de casa.

E os prefeitos que se cuidem…

3

Sinais de amargura…

Reação destemperada e fora de hora do governador Flávio Dino em pleno Natal revela o tamanho da angústia em que o comunista se meteu no Palácio dos Leões

 

Dino demonstrou sinais de amargura com “mensagem” de Natal

Pareceu uma mensagem natalina. Para outros, tratou-se de um desabafo político. Mas o fato é que uma manifestação pública do governador Flávio Dino (PCdoB), na noite de Natal, chamou atenção pelo tom grosseiro, agressivo, sem nenhuma relação com o espírito natalino.

“Aos adoradores do dinheiro que estão com abstinência de ter cofres públicos para fins pessoais, desejo que o Natal entre em seus corações”, declarou o governador, em um se seus perfis de redes sociais.

A nota, com tons claros de angústia e amargura chamou atenção por pretender-se uma mensagem natalina. Mas evidenciou, pelo menos, a quantas anda o espírito do auto-intitulado comunista-cristão, que ocupa o Palácio dos Leões desde 2014.

Flávio Dino tem todo o direito de se posicionar contrário aos seus adversários e de criticá-los por eventuais posturas que não condizem com o seu jeito de pensar e ver o mundo. Mas ao utilizar uma noite de 24 de dezembro para publicizar desabafos pessoais ele revela muito mais de si próprio do que dos seus pretensos adversários.

O “comunista-cristão” tem muitos adversários no Maranhão e no Brasil. Nenhum deles, porém, se ocupou de esbravejar contra o governador maranhense em um momento quando poderiam estar confraternizando com as famílias, divertindo-se e ceiando em um momento que se pretende de paz e harmonia.

O esbravejamento público do governador denotou apenas aspectos de um ser angustiado, melancólico, amargurado em sua própria solidão de poder no Palácio dos Leões.

E até ele merece os votos de feliz natal…

Da coluna Estado Maior, de O EstadoMaranhão, com ilustração do blog

1

Humberto Coutinho manterá discrição no comando do governo…

Presidente da assembleia vai chefiar o executivo até o final e semana, mas não pretende criar o estardalhaço de outros tempos, quanto deputados marcaram a passagem pelo Palácio dos Leões com comportamento cafona e espalhafatoso

 

Aliados de Flávio Dino, Humberto pretende exercer o governo com absoluta discrição

Aliados de Flávio Dino, Humberto pretende exercer o governo com absoluta discrição

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Humberto Coutinho (PDT), estará no exercício do Governo do Estado a partir desta quinta-feira, 3.

Ele assume porque tanto o governador Flávio Dino (PCdoB) quanto o vice-governador Carlos Brandão (PSDB) estão de licença para tratar de assuntos particulares.

Discreto, Coutinho não pretende fazer estardalhaço no comando do estado, como em outros tempos.

Nas vezes em que o então presidente da Assembleia assumiu, houve jantares pomposos e festas no Palácio para recepção a aliados do ocupante da hora.

Marcos Caldas, chegando de helicóptero a Anapurus, como governador de ocasião: populismo interiorano

Marcos Caldas, de helicóptero em Anapurus, como governador de ocasião: populismo interiorano

Houve até um governador de ocasião que usou o helicóptero do governo para pousar, em festa, no seu município natal, recebido por uma gigantesca. (Relembre aqui)

Político maduro, Humberto Coutinho não é dado a arroubos e cafonices; e pretende passar pelo comando do Executivo de forma discreta.

E será assim até domingo…

1

Flávio Dino veta alianças de partidos de sua base com Wellington do Curso…

Governador recomendou expressamente às lideranças do Solidariedade, do PRP e do PSDC que não façam coligações com o candidato do PP, visto como “independente” pelo Palácio dos Leões

 

Wellington em foto antiga com Flávio Dino; comunista quer isolar o candidato do PP

Wellington em foto antiga com Flávio Dino; comunista quer isolar o candidato do PP

Se não se posicionou oficialmente por nenhum candidato a prefeito de São Luís, o governador Flávio Dino (PCdoB) já escolheu, pelo menos, aquele que ele não quer ver no comando da prefeitura.

O comunista tem determinado aos partidos alinhados à sua base de apoio – e que não cogitam aliança com o prefeito Edivaldo Júnior (PDT) – a evitar qualquer aproximação com o deputado estadual Wellington do Curso, candidato do PP.

O próprio Dino vetou que o secretário de Indústria e Comércio Simplício Araújo formalizasse aliança do seu Solidariedade com o pepista.

A mesma determinação foi dada ao PSDC e ao PRP.

Em terceiro lugar na disputa eleitoral, polarizando com os dois primeiros colocados, Wellington segue com apenas o PP às vésperas do fim do prazo das convenções.

Mas, mesmo contra o Palácio dos Leões, o deputado continua buscando alianças para fortalecer sua candidatura.

Tem até a próxima sexta-feira, 5, para se viabilizar…

0

Flávio Dino receberá a imprensa para balanço do governo…

Governador dará entrevista coletiva, a partir das 10h desta segunda-feira, 18, em evento que pode marcar, também, o início da reforma administrativa planejada para 2016

 

Dino vai receber repórteres de todos os veículos para falar do governo

Dino vai receber repórteres de todos os veículos para falar do governo

Já estão disponíveis na internet os convites do Palácio dos Leões para a coletiva de imprensa que o governador Flávio Dino (PCdoB) dará nesta segunda-feria, 18, a partir das 10h.

Serão aceitos apenas um repórter por jornal, com seu respectivo fotógrafo, um repórter de rádio, uma equipe de TV e um representante por blog, segundo consta do comunicado do Palácio.

Dino pretende fazer um balanço do seu primeiro ano de governo, mas é possível que também apresente as primeiras medidas da reforma administrativa que já admitiu fazer em seu secretariado.

As inscrições para a coletiva podem ser feitas até as 10h deste domingo, 17, pelo e-mail [email protected]

3

Cresce a insatisfação de aliados com o governo Flávio Dino…

Em menos de uma semana foram várias manifestações – públicas ou de bastidores – contrárias à articulação política do governo, que destrata aliados e subjuga partidos

 

Encastelados no Palácio, Dino e Jerry dão de ombros para reclames de aliados

Encastelados no Palácio, Dino e Jerry dão de ombros para reclames de aliados

A manifestação do deputado estadual Rafael Leitoa (PDT), durante encontro da Executiva do PDT, na noite desta segunda-feira, 11, foi dura contra o governo Flávio Dino (PCdoB).

– A engrenagem política [do governo] está quebrada – afirmou o parlamentar. (Leia aqui)

Mas ele não foi o único.

Em menos de uma semana, Flávio Dino, e seu principal auxiliar, o jornalista Márcio Jerry, foram duramente criticados – publicamente ou nos bastidores – por aqueles que, de uma forma ou de outra, ajudaram na sua eleição.

A dupla que comanda o governo é antipatizada por membros do PDT, do PP, do PSB do PSDB e de várias outras legendas que gravitam em torno do poder.

Coube ao ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB) a exposição pública dessa insatisfação.

– Nessa parte [a política] o governo tem pecado demais, não tem tido solidariedade com alguns companheiros. Tem privilegiado muito o PCdoB, na ocupação dos cargos no interior. E com isso há uma insatisfação grande em relação ao governo na área política. Ele tem que renovar a articulação política – afirmou Tavares. (Leia aqui)

O blog apurou que até mesmo o líder da bancada governista na Assembleia, Rogério Cafeteira (PSC), embora não assuma publicamente, tem feito comentários nada lisonjeiros em relação a Dino e  a seu lugar-tenente.

A lista inclui ainda o prefeito Edivaldo Júnior (PDT), o senador Roberto Rocha (PSB) e até o vice-governador Carlos Brandão (PSDB).

Muitos não têm a coragem de expor a insatisfação.

Mas dizem coisas até impublicáveis no bastidores…

5

Governador de fato?!?

governadorA imagem acima retrata uma das várias reuniões que o secretário de Articulação Política do governo Flávio Dino, jornalista Márcio Jerry (ambos do PCdoB), comanda diariamente no Palácio dos Leões. É ele quem ocupa a cadeira do governador, na cabeceira da mesa. Não é proibido que um auxiliar sente na cadeira do chefe do Executivo. Mas, quando isso ocorre, geralmente é pelo chefe da Casa Civil. A imagem ganhou as redes sociais e os aplicativos de troca de mensagens por simbolizar claramente o poder de Jerry no governo comunista.

1

Igualzinho, igualzinho…

Homens da polícia militar giardando o Palácio na época de Roseana...

Homens da polícia militar guardando o Palácio na época de Roseana…

O governador Flávio Dino (PCdoB) passou os seus 9 anos de vida política acusando o grupo da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) por tudo de ruim que ocorria no Maranhão. Eleito governador, ele faz exatamente a mesma coisa que criticava.

...e a mesam estrutura usada agora por Flávio Dino, que condenava a atitude

…e a mesma estrutura usada agora por Flávio Dino, que condenava a atitude (imagens/ Blog do Gilberto Léda)

Hoje, mais uma destas ações criticadas por Dino foi usada por ele, com o bloqueio do Palácio dos Leões por homens da Polícia Militar.

Exatamente como fazia qualquer governador, e ele condenava como erro.

Língua não é osso, mas quebra caroço, Flávio Dino…