0

O justo reconhecimento de José Reinaldo a Pedro Fernandes…

Ex-governador destaca atuação do seu colega de bancada maranhense na Câmara Federal e diz que o Maranhão perderá com a sua decisão de não mais se candidatar

 

José Reinaldo e Pedro Fernandes em ação conjunta na Câmara: reconhecimento mútuo

O ex-governador e atual deputado federal José Reinaldo Tavares (PSDB) fez nesta terça-feira, 10, em seu tradicional artigo no Jornal Pequeno, um reconhecimento público à atuação do seu colega de bancada, Pedro Fernandes (PTB).

Ao elogiar mais um dos projetos de Fernandes – que melhora os critérios de distribuição dos fundos constitucionais – José Reinaldo lamentou que o colega não mais disputará a reeleição.

– É uma pena que Pedro, com tanta experiência no Parlamento, não queira mais se candidatar – lamentou José Reinaldo.

Para o ex-governador, é um só o resultado da “aposentadoria” de Pedro Fernandes:

– Perde o Maranhão – concluiu…

1

PTB se fortalece para disputa eleitoral…

Partido liderado pelo deputado Pedro Fernandes e pelo vereador Pedro Lucas recebe a filiação de peças importantes da cena política para concorrer com força às vagas de deputado federal e estadual, sem restrição de apoio a candidatos majoritários

 

Pedro Fernandes e Pedro Lucas com os pré-candidatos; maioria confirmou filiação

Comandado pelo deputado federal Pedro Fernandes, o PTB maranhense deve receber um grupo de pré-candidatos a deputado federal e estadual que fortalecerão sua chapa nas eleições de outubro.

Entre os que devem se filiar estão nomes como os de Paulo Roberto Pinto, o Carioca, Edinaldo Neves,  Marcos Caldas, Camilo Figueiredo e Priscila Sá, Toca Serra, Sérgio Vieira e Leonardo Sá.

Para atrair candidatos de peso, o PTB adotou uma lógica política: todos terão liberdade para apoiar seus candidatos a governador e a senador.

Há no grupo de novos prováveis filiados sarneysistas, dinistas e independentes, que poderão fazer campanha para seus grupos.

Além de Pedro Fernandes, o PTB tem como liderança no Maranhão o vereador Pedro Lucas, que é secretário do governo comunista.

A filiação dos novos petebistas está marcada para o dia 10 de março…

8

“Está na hora do maranhense renovar”, diz Pedro Fernandes…

Deputado federal que deixará a Câmara este ano critica “gente que está querendo ser candidato a senador com mais de 80 anos” e diz que a renovação deve passar também pelas práticas políticas

 

Fernandes prega renovação política no Maranhão

Deputado federal no quinto mandato – com mais um de vereador – Pedro Fernandes (PTB) está deixando a Câmara este ano por que entende ser hora de renovação na política maranhense.

Para ele, tem muito mais gente já na hora de ir para casa, mas não quer largar o osso.

– Muita gente já deu o que tinha que dar. Eu vejo gente querendo ser candidato a senador com mais de 80 anos. Para que isso? Para se proteger, para ter foro privilegiado ou para querer trabalhar pelo Maranhão? Acho que está na hora do maranhense renovar – disse ele, em recente entrevista ao jornal O Imparcial.

A declaração de Fernandes confirma post deste blog, que trata exatamente do debate que deve ser travado nas eleições de outubro, entre a experiência dos dinossauros políticos e a renovação representada pelos jovens políticos. (Relembre aqui)

– Não é renovar só pela idade, mas renovar as práticas políticas – alerta o parlamentar.

1

Flávio Dino coronel…

Governador tenta acusar adversários de vetos por indicações em governos que ele mesmo chama de golpistas, enquanto ele próprio veta nomes até na gestão de aliados

 

Governador reclama de vetos de adversários, mas tem vetado indicações em gestões de aliados, como Edivaldo Júnior

O governador Flávio Dino (PCdoB) – como sempre faz, histriônico – saiu a estrebuchar contra o recuo do presidente Michel Temer (MDB) na nomeação do deputado federal Pedro Fernandes (PTB) para o Ministério do Trabalho.

E, como sempre, tentou culpar o ex-presidente José Sarney pelo veto a Fernandes.

Para começo de conversa, Fernandes foi vetado por ação dele próprio, que, logo após a nomeação, fez questão de ir ao Palácio dos Leões fazer foto ao lado de Flávio Dino, que vê o governo Temer como golpista.

Poderia ser natural a jogada política do comunista, não fosse, ele sim, um verdadeiro perseguidor de políticos. O governador tem usado o poder para controlar, do Palácio dos Leões, as gestões dos prefeitos Edivaldo Júnior (PDT), em São Luís, Luiz Fernando Silva (PSDB), em Ribamar, Domingos Dutra (PCdoB), em Paço do Lumiar, e Talita Laci (PCdoB), em Raposa.

Foi Dino, por exemplo, quem derrubou a médica Helena Duailibe da Secretaria Municipal de Saúde – pelo simples fato de ela buscar uma parceria com aliados do ex-secretário Ricardo Murad.

É Dino quem controla a comunicação da gestão Edivaldo, para onde só vai gente absolutamente alinhada ao projeto de poder do PCdoB.

Essa particularidade na comunicação do prefeito já levou, inclusive, a diversas reclamações do deputado Edivaldo Holanda (PTC). O pai do prefeito reclama que a cobertura da gestão do filho tem viés literal para favorecer apenas o comunista que ora ocupa o Palácio dos Leões.

De vetos, perseguições, autoritarismo, portanto, Flávio Dino entende perfeitamente.

Talvez até por isso tenha reclamado tanto do caso Fernandes…

Da coluna Estado Maior, de O EstadoMaranhão

4

“Não vetei nem Flávio Dino para Embratur”, diz Sarney…

Ex-presidente nega qualquer influência no recuo do governo Temer em indicar para o Ministério do Trabalho o maranhense Pedro Fernandes, visto por ele como ex-amigo

 

“FOI NOSSO AMIGO”. Sarney nega qualquer influência ou veto a Pedro Fernandes no Ministério de Temer

O ex-presidente José Sarney (MDB) marcou duas posições em uma mesma resposta, nesta terça-feira, 2, ao negar influência no recuo do presidente Michel Temer (MDB) em nomear o deputado maranhense Pedro Fernandes (PTB) para o Ministério do Trabalho.

A primeira estocada de Sarney foi no governador Flávio Dino (PCdoB), ao revelar que o comunista só foi nomeado para a Embratur com a sua anuência.

– No passado, não vetei nem Flávio Dino para a Embratur – respondeu o ex-presidente, ao ser questionado quanto à decisão de Temer de não mais nomear Pedro Fernandes.

Em seguida, Sarney deixou claro sua atual relação com o próprio Fernandes.

INIMIGOS. Relação de Fernandes com Dino pesou na decisão de Temer

– Não faria isso para alguém que foi nosso amigo – disse ele, referindo-se ao deputado do PTB.

Anunciado pelo PTB na quinta-feira, 28, com previsão de publicação da nomeação no Diário Oficial do dia seguinte, o deputado teve a indicação suspensa depois de reafirmar seu apoio a Flávio Dino, inimigo político de Michel Temer.

O anúncio de que não seria mais ministro foi dado hoje, pelo próprio Pedro Fernandes.

Mestre da política, Sarney usa um momento delicado na mídia e sai por cima, mostrando o tamanho do seu prestígio nacional.

Simples assim…

0

Pedro Fernandes deve tomar posse semana que vem…

Indicado para o Ministério do Trabalho do governo Michel Temer, deputado federal maranhense vai pedir30 licença no mandato na Câmara

 

Pedro Fernandes vai assumir o Ministério do Trabalho

O deputado federal Pedro Fernandes (PTB), deve tomar posse como ministro do Trabalho e Emprego na próxima semana.

O ato será comandado pelo presidente da República Michel Temer (MDB).

“Estamos aguardando tão somente a publicação da nomeação no Diário Oficial para somente então ser empossado. Não participei da reunião com o presidente, mas o que foi me passado é de que foi bastante proveitosa”, disse.

Fernandes foi indicado pelo partido para substituir o ex-ministro Ronaldo Nogueira, também do PTB, que pediu demissão do posto na última quarta-feira.

No lugar do deptuado do PTB assume o suplente Davi Alves Silva Filho, o Davizinho (PR)…

2

Presidente do PTB debocha de comentário de Flávio Dino sobre Lula…

Roberto Jefferson, que comanda o partido do novo ministro do Trabalho, Pedro Fernandes, disse que petralhas, mortadelas e esquerdistas fanáticos vão se suicidar com a prisão do ex-presidente petista

 

Jefferson com Fernandes: criticas a Flávio Dino e indicação ao ministério de Temer

Uma declaração do presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, sobre uma afirmação do governador Flávio Dino (PCdoB) a respeito do ex-presidente Lula mostra quão difícil será manter a legenda na base do comunista maranhense.

Na já fatídica e folclórica entrevista de Dino à Folha de S. Paulo, o comunista que assola o Maranhão saiu-se com esta:

– Tirar Lula da disputa abre espaço para uma aventura que seria Bolsonaro presidente. Um suicídio nacional e coletivo.

Aliado do governo Michel Temer (MDB), anti-PT e anti-esquerdista, Roberto Jefferson respondeu de imediato, como se vê no print abaixo:

O duro comentário nas redes sociais

Roberto Jefferson, repita-se, foi o responsável pela indicação do deputado federal maranhense Pedro Fernandes ao Ministério do Trabalho.

O PTB Fernandes está na base do governo Flávio Dino.

Vai continuar?!?

0

Pedro Fernandes no ministério reabre debate sobre caminho do PTB…

Embora o próprio novo ministro do Trabalho negue afastamento do governo Flávio Dino, é pouco provável que o presidente Michel Temer trate como natural a presença de um auxiliar na base de um inimigo declarado

 

UMA COISA É…OUTRA COISA. Pedro Fernandes controla o PTB maranhense, hoje na base de Flávio Dino

O próprio deputado Pedro Fernandes (PTB) já negou que sua indicação para o Ministério do Trabalho do governo Michel Temer (MDB) resulte, automaticamente, no seu afastamento da base do comunista Flávio Dino no Maranhão.

Sua indicação já confirmada pelo Palácio do Planalto, no entanto, implica, ao menos, a abertura de um debate sobre o caminho do PTB no Maranhão.

O governador Flávio Dino tem o presidente Michel Temer como um inimigo figadal; e tem sido incapaz de qualquer gesto de complacência ao governo que ele próprio define como “golpista”.

É pouco provável, portanto, que Temer aceite um de seus auxiliares na base do comunista.

Há também outros fatores a serem levados em conta no debate sobre o futuro petebista.

Filho de Fernandes, o vereador Pedro Lucas ocupa hoje a presidência da Agência Metropolitana Estadual, mas é candidato a deputado federal e deverá deixar o posto em abril.

A partir de abril,  portanto, Lucas não terá mais qualquer vínculo com o governo comunista.

Seu pai, por outro lado, permanecerá na pasta do Trabalho até o final do governo Temer, que quer influenciar significativamente as eleições de 2018 em todos os níveis.

São pontos que devem ser levados em consideração no debate sobre o PTB.

É aguardar e conferir…

0

Pedro Fernandes ministro fortalece projetos de Pedro Lucas e José Reinaldo…

Novo membro do governo Michel Temer fortalece candidatura do filho à Câmara e abre espaço para articulações do ex-governador ao Senado

 

Pedro Lucas fortalece seu projeto federal com a ascensão do pai ao ministério

A ascensão do deputado Pedro Fernandes ao Ministério do Trabalho tem impactos direto na política do Maranhão.

O Mais eminente é o fortalecimento natural da eleição do filho Pedro Lucas Fernandes para a vaga de deputado federal, substituindo o próprio pai, que ao assumir o ministério, se despede do congresso.

Amigos de longas datas, José Reinaldo tem Fernandes como entusiasta de seu projeto senatorial

Outro que ganha força é o ex-governador José Reinaldo Tavares.

Amigos de longa data, Pedro Fernandes é um dos principais aliados de José Reinaldo no projeto para a chegada do amigo ao Senado.

0

Pedro Fernandes participa do Natal em Passagem Franca…

Parlamentar esteve presente na festa pública organizada pela prefeitura com participação de toda a população do município

 

Pedro Fernandes em discurso no palanque: agradecimento ao povo de Passagem Franca

O deputado federal Pedro Fernandes (PTB) participou no último sábado, 23, da ceia natalina pública, organizada pela Prefeitura de Passagem Franca.

O parlamentar discursou em palanque, falou da alegria do momento e agradeceu pela participação m uma das mais belas festas natalinas do interior maranhense.

O evento, organizado pelo prefeito Marlon, contou com a presença dos ex-prefeitos Reinaldo Sousa e Gordinho, e de vereadores e ex-vereadores do município.

Em frente ao palco, Fernandes posa mostrando a grandeza da festa popular

– Foi um orgulho poder me confraternizar com o povo nesta bela festa – disse Pedro Fernandes.

A prefeitura montou mesas em praça pública, com a participação de populares, em uma grande festa pública.