2

Weverton e Edivaldo são os principais atores das sucessão de Flávio Dino

Com a ex-governadora Roseana Sarney fora do páreo da disputa – já que não pretende concorrer ao governo – senador e ex-prefeito somam quase a metade dos votos para governador em 2022

 

Edivaldo e Weverton dividem a maior parte dos votos para governador do Maranhão, chegando a quatro vezes o total de votos de Carlos Brandão

A consolidação do senador Weverton Rocha (PDT) e do ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Júnior (sem partido) é a principal informação da pesquisa Escutec divulgada neste sábado pelo jornal O EstadoMaranhão.

Os dois abraçam, juntos, quase a metade dos votos do eleitorado maranhense.

Weverton só aparece em segundo lugar em cenários que incluem a governadora Roseana Sarney (MDB); como ela não será candidata, seus votos são diluídos nos demais cenários, mantendo Weverton à frente, com 22% das intenções de voto.

Também aparece bem o ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Júnior (sem partido), que chega a 18%.

Juntos, Weverton Rocha e Edivaldo Júnior somam nada menos que 40% das intenções de votos, quase a metade das manifestações do eleitor; e quase quatro vezes mais do que o vice-governador Carlos Brandão (PSDB).

Para se ter ideia da força de Weverton e de Edivaldo, os dois levam juntos mais da metade dos 25% de intenções de votos manifestadas em Roseana Sarney quando ela não aparece no cenário.

Weverton sobe de 14% para 22%; Edivaldo vai de 12% para 18%.

Tanto Weverton quanto Edivaldo estão, portanto, consolidados como opção do eleitor para 2022, separados ou mesmo juntos.

Mas esta é uma outra história…

0

PT ainda é o preferido entre os partidos brasileiros…

Pesquisa do Instituto DataFolha confirma também a dicotomia cristalizada entre o partido da presidente Dilma Rousseff e o PSDB pela preferência do eleitorado; PMDB é o terceiro mais citado

 

pt-psdb

O Partido dos Trabalhadores ainda é a legenda mais lembrada pelo brasileiro, segundo pesquisa do Instituto DataFolha, divulgada esta semana.

Segundo o levantamento, 11% dos eleitores dizem preferir o PT como legenda política, contra 9% que optaram pelo PSDB, o maior partido de oposição no país.

Na avaliação do Datafolha, os números caracterizam um empate técnico entre PT e PSDB na preferência do eleitor. E reforça a ideia de dicotomia ideológica entre os dois projetos de poder no Brasil.

Partido com a maior estrutura do país, o PMDB fica em terceiro lugar, com 6% da preferência do eleitorado.

As pesquisas sobre preferência partidária são realizadas pelo DataFolha desde 1989. Em todas, o PT sempre apareceu como o preferido da população.

Mas é a primeira vez que aparece em condição de empate técnico com o PSDB…