1

Polícia tinha conhecimento de bandidos em Esperantinópolis…

funcionários tentam recuperar o que restou da agência do BB em Esperantinópolis. (imagem: blog do Carlos Barroso)

funcionários tentam recuperar o que restou da agência do BB  (imagem: blog do Carlos Barroso)

A explosão da agência do Banco do Brasil em Esperantinópolis já era esperada pela polícia da região.

Desde terça, o blog de Carlos Barroso, atuante na região de Pedreiras, já havia informado que o serviço de inteligência da Polícia Militar estava monitorando a presença de bandidos na região.

O blog contou, em post intitulado “notícia importante: bandidos rondam nossa região e polícias estão em alerta máximo”, que a PM esteve por volta das 15h30 de segunda-feria em Esperantinópolis, além de membros da DEIC, de São Luís, e da Força Tática. 

O alerta de Barroso, na terça-feira,9, sobre a presença de bandidos em Esperantinópolis...

O alerta de Barroso, na terça-feira, 9,  sobre a presença de bandidos em Esperantinópolis…

– De acordo com informações, as polícias suspeitam que marginais estão rondando a nossa região para, possivelmente, realizarem assaltos a agências bancárias. Ainda fomos informados que hoje, 09, o Banco do Brasil seria novamente alvo desses bandidos; que a ação criminal foi evitada devido a movimentação que os PMs do 19º Batalhão de Pedreiras acompanhada da Força Tática, fizeram na tarde de hoje em toda nossa região – contou o blog, na noite de ontem. (Leia a íntegra aqui)

Mesmo diante da ação da polícia os bandidos agiram.

...E a notícia da explosão no caixa do BB de Esperantinópolis, na madrugada desta quarta-feira, 10

…E a notícia da explosão no caixa do BB de Esperantinópolis, na madrugada desta quarta-feira, 10

Segundo o mesmo Carlos Barroso, por volta de 1h45 da manhã, “seis homens em três motocicletas fortemente armados arrombaram a porta de entrada do referido banco, depois de conseguirem adentrar a agência, arrebentaram o vidro ao lado da porta giratória”.

– Dentro da agência os bandidos explodiram os cofres e levaram aproximadamente 279 mil reais – revelou Barroso. (leia aqui)

Perguntas que ficam:

O que deu errado na ação da polícia?!?

Por que a investigação não conseguiu descobrir quando seria a ação dos bandidos?

Faltou pessoal ou informação da inteligência do sistema?!?

17

Seria intimidação ou ameaça?!?

ameaça

Este blog recebeu hoje o comentário acima, já devidamente moderado e publicado. Trata-se de cidadão qualquer que faz uma afirmação grave: o governo Flávio Dino estaria pronto a usar a polícia para intimidar o titular deste blog? O jornalista Marco Aurélio D’Eça vai procurar os advogados e denunciar o caso na Câmara Federal, na Assembleia e às entidades jornalísticas, por que não se admite que um estado seja usado para intimidar – ou mesmo eliminar, quem sabe?!? –  aqueles que não rezam na cartilha do governador

7

Estás correto, Márcio Jerry, mas…

O secretário de Articulação Política do governo Flávio Dino (PCdoB), jornalista Márcio Jerry, manifestou-se no Twitter, sobre o episódio da execução do mecânico Irialdo Batalha, em Vitória do Mearim. E classificou de “cúmplices” os policiais militares que acobertaram o assassino Luiz Carlos.

marcioMárcio Jerry tem razão em relação à culpabilidade dos PMs.

Mas há outras questões em jogo.

Afinal, como é que o sistema de Segurança Pública aceita que uma pessoa inabilitada possa agir como policial, como afirmou a própria prefeita de Vitória do Mearim?

E como o comando da Polícia Militar aceita que um vigilante use armas, fardamento e faça diligências junto com policiais, como ficou evidente no caso de Vitória do Mearim?

E como a Secretaria de Segurança pretende inibir a prática nos demais municípios, como denunciou a mulher de um dos PMs rpesos?

Estas respostas, Márcio Jerry, são fundamentais para dar tranquilidade à sociedade…

2

Perguntas sem respostas…

homemPor Zeca Soares

O Governo do Maranhão ainda precisa esclarecer alguns pontos importantes envolvendo a execução do mecânico Irinaldo Batalha, de 34 anos, em Vitória do Mearim.

O fato foi presenciado por populares e revoltou os moradores em Arari, onde a vítima morava.

policiaisO fato lamentável foi registrado na quinta-feira à tarde, mas somente na sexta-feira a polícia afirmou inicialmente que Irinaldo e o Diego praticavam um assalto a um supermercado e teriam sido abordados ao tentar fugir.

Em seguida, após a veiculação de um vídeo pela TV Mirante, o governo admitiu que se tratava de um caso de execução, mas muitas questões ainda continuam sem resposta.

As famílias de Irinaldo Batalha e Diego Fernandes negam que os dois fossem assaltantes e contestam a versão da polícia.

Quem são as vítimas? O que elas faziam? Qual supermercado foi ou seria assaltado por eles? Eles eram ou não assaltantes? Continue lendo aqui…

2

Astro rebate acusações de assaltante…

Por Diego  Emir

Astro-de-Ogum-.O presidente da Câmara de Vereadores de São Luís, vereador Astro de Ogum(PMN), reagiu nesta segunda-feira (1) aos constantes ataques que vem sendo alvo, partidos de alguns veículos midiáticos, entre eles o programa policial Qual é a Bronca, apresentado por Jeisael Marx. O parlamentar recebeu, de pronto, no plenário da Casa, a solidariedade de vários de seus pares.

No programa, o apresentador reproduziu uma entrevista de um bandido, suspeito de ter participação no assalto ocorrido em 2013, na residência do presidente Astro, no bairro Barreto, cuja exibição repercutiu na chamada blogosfera.

Astro de Ogum declarou que o suspeito foi induzido a confirmar o ato delituoso e acrescentar em sua declaração que o dirigente do Legislativo possuía R$ 5 milhões no poder de uma funcionária do Bradesco. Inicialmente, o vereador Astro deixou claro que o caso foi encerrado há muito tempo, e afirmou:

– Estou achando isso, no mínimo, curioso, pois essas coisas começaram a surgir depois de eu ter falado de minha disposição em me candidatar a prefeito de São Luís. Continue lendo aqui...

2

Imagem do dia: execução em praça pública…

aaaaaaO homem deitado em plena via pública, em Vitória do Mearim, é o mecânico Irinaldo Batalha. Ele está ferido e indefeso. O braço que aparece é o do vigilante Luiz Carlos, da Prefeitura Municipal. Luiz Carlos executou Irinaldo em via pública, na frente de dezenas de testemunhas. O governo Flávio Dino, tentando minimizar o fato, chegou a classificar Irinaldo de assaltante, em nota distribuída à imprensa, uma irresponsabilidade.

vitoriaA imagem acima é ainda mais grave: mesmo após executar o crime, o vigilante Luiz Carlos é auxiliado normalmente pelos policiais militares que chegaram para atender a ocorrência. E ainda ajuda a colocar na viatura o corpo da vítima que próprio matou. Há vídeos da execução e da pós-execução, mas o blog se reserva o direito de não publicar. O crime chocou Vitória do Mearim.

As duas imagens são do blog de Domingos Costa
5

Fábio Macedo acerta em projeto sobre violência sexual….

Fábio Macedo: destaque na apresentação de projetos

Fábio Macedo: destaque na apresentação de projetos

O deputado Fábio Macedo (PDT) deu uma tacada certeira ao apresentar o projeto que prevê o Programa de Auxílio ás Vítimas de Violência Sexual.

O projeto foi aprovado por unanimidade pela Assembleia Legislativa.

– Sabemos que os crimes de violência sexual causam danos irreversíveis às vítimas, tanto físicos quanto psicológicos. Esta casa está de parabéns ao aprovar este projeto. Nosso objetivo é garantir proteção e buscar o fortalecimento da autoestima das vítimas, assim como vínculos familiares, superação da situação de violação de direitos e reparação da violência vivida – disse o deputado pedetista.

A ideia do programa é criar um ambiente de atendimento às vítimas da exploração sexual, com apoio das secretarias de Segurança Pública, Saúde e de Desenvolvimento Social. Para o atendimento, haverá um local especializado que atenderá Delegacia de Polícia Especializada, Instituto Médico Legal, consultório médico equipado para a prestação de primeiros socorros a vítimas de crimes sexuais e atendimento psicossocial.

A proposta seguirá para sanção do governador Flávio dino (PCdoB)…

1

OAB-MA discute abusos da polícia nos casos de agiotagem…

A seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil realiza hoje um debate sobre as ações da polícia e da Justiça no caso envolvendo agiotas no Maranhão.

Além das implicações legai aos envolvidos, em todos os níveis, os advogados discutem também eventuais abusos cometidos pela polícia – contra os acusados e contra seus defensores.

O seminário desde o início da manhã e deve durar o dia todo.

12

Imagem do dia: tranquilidade só pra ele…

A população sentiu-se chocada, hoje, com o bárbaro crime contra o policial Max Muller Rodrigues, e outras duas pessoas, vítimas da escalada da violência no Maranhão nos últimos meses. Praticamente toda semana um policial é morto por criminosos que deveriam estar atrás das grades. Enquanto a sociedade clamava por segurança, o governador Flávio Dino se refestelava, de sunga, ao sol nas praias de São Luís – em aparente tranquilidade – quando, hoje, deveria ser um dia para avaliar a crise do sistema

dino