0

Na eleição, cada um vai tocar seu projeto, diz Lula sobre a esquerda

Após entrevista a programa de rádio maranhense, ex-presidente repetiu em sua conta no Twitter seu distanciamento dos ex-aliados Marina Silva e Ciro Gomes, defendendo “projeto para reconquistar a democracia”

 

Lula falou aos jornalistas maranhenses e repercutiu em suas redes sociais as declarações contra ex-aliados da esquerda

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deixou claro na noite desta quinta-feira, 21 – primeiro em entrevista ao programa Ponto e Vírgula, da rádio Difusora; depois em sua conta no Twitter – o distanciamento da esquerda no projeto de 2022.

– Na eleição, cada um vai tocar seu projeto – declarou, após afirmar que não pretende disputar as eleições.

Lula mostrou-se ressentido com dois de seus ex-aliados e ex- ministros de seu governo: Marina Silva (Rede) e Ciro Gomes (PDT).

– A Marina escolheu outro caminho. Que Deus a abençoe; O Ciro decidiu que quer o voto de quem odeia o PT. Que vá com Deus – afirmou o ex-presidente.

Embora tenha declarado que pretende atuar em 2022 apenas como cabo eleitoral, Lula admitiu ser candidato apenas em uma situação específica.

– Se o Moro ou o Huck vierem como candidato da Rede Globo eu pretendo disputar coim eles; não vou aceitar que a Globo governe este país – declarou o líder petista.