1

Poluição da Caema em rio do Calhau ocorre desde 2013…

Este blog denunciou o problema em vários posts, sempre com desculpas esfarrapadas da companhia; o resultado é a imagem degradante na praia do Calhau, que ganhou o mundo na última segunda-feira

 

Em 16 de fevereiro de 2014, este blog publicou o post “Caminhões despejam dejetos em córrego do Calhau…”, para denunciar, no vídeo reproduzido acima,  uma situação que vinha ocorrendo desde 2013.

O post mostrava que dois caminhões – sempre aos sábados – há meses faziam o mesmo serviço: chegavam carregado de dejetos e descarregavam numa espécie de fossa, na Avenida Santo Antonio, que a Caema identifica como “Elevatória do Parque Shalon”.

Na época, o blog encaminhou o vídeo à assessoria da Caema, que, simplesmente informou desconhecer o problema e pediu a identificação dos caminhões.

Nos primeiros tempos, a água jorrava assim, na cabeceira do rio que seguia para a praia

Nos primeiros tempos, a água jorrava assim, na cabeceira do rio que seguia para a praia

Em 22 de março daquele mesmo ano, o blog voltou a tratar do assunto, no post “Caema continua despejando esgoto em córrego do Barramar…”.

No post, o blog informou que os caminhões deixaram de aparecer todo sábado, mas mostrou, em imagens, que o esgoto que deveria ser processado na estação elevatória, jorrava abertamente no córrego do Barramar – o mesmo que desemboca na praia do Calhau, onde apareceu a mancha preta no início da semana. 

Na época, os operários que operavam a “estação” informaram que “abriram um buraco na caixa por que o caminhões não podiam mais fazer a coleta  por que a bomba estava queimada”.

Em 18 de julho de 2014, novo post do blog. Dessa vez, os “Moradores do Barramar acusam Grand Park de jogar esgoto no igarapé que corta o bairro…” – o mesmo que desemboca na praia e gerou a imagem grotesca.

– A fedentina aqui é insuportável. Muita gente está vendendo suas casas por não ter mais condições de ficar. E os próprios funcionários da Caema dizem que o problema vem do Gran Park – afirmou um morador, à época.

A imagem grotesca da praia do Calhau: mais uma vergonha para São Luís

A imagem grotesca da praia do Calhau: mais uma vergonha para São Luís

Nestes mais de dois anos de denúncias, nada foi feito – nem na gestão passada, muito menos na atual gestão da Caema.

E o resultado foi a imagem degradante que humilhou São Luís em rede mundial…

2

André Fufuca cobra solução do governo para esgoto em praias…

Fufuquinha vê desrespeito da Caema

Fufuquinha vê desrespeito da Caema

Uma foto de derramamento indiscriminado de esgoto nas praias de São Luís ganhou as redes sociais. De Brasília, o deputado federal André Fufuca (PEN) criticou duramente o ocorrido.

– A imagem é estarrecedora em sua completude. Desde o perigo que representa para a saúde das pessoas, passando pelo desrespeito da Caema e colimando com uma péssima propaganda para o turismo de nossa cidade – criticou.

Depois que a foto ganhou notoriedade nas redes sociais, a Caema lançou uma nota afirmando que a mancha era de esgoto e justificou que o problema já havia sido resolvido.

A imagem que ganhou o mundo; e a caema apenas disse: "é esgoto mesmo"

A imagem que ganhou o mundo; e a caema apenas disse: “é esgoto mesmo”

André Fufuca demonstrou indignação com o trato que a empresa deu ao caso.

– E quem usou a praia no dia? Como fica? Já que foi algo motivado por um problema, o que se esperava era que a empresa tivesse agido com respeito! Deveriam ter noticiado antes, avisado antes e respeitado o direito das pessoas de saber. Tudo o que não fizeram – indignou-se.

O deputado ainda suspeita que este pode não ser um caso isolado.

– A foto que flagrou o desrespeito da Caema foi aérea, o que deixou a coisa mais visível. Eu se não tivessem fotografado? Ficaria por isso mesmo? E isso nos leva a crer que existe sim a possibilidade de ser um problema recorrente.

Para o deputado a imagem não foi tratada com a devida importância pelo governo.

– Essa imagem rodou o país, com toda a certeza. E o governo fez o que para tentar minimizar o problema? Absolutamente nada. Quem mais vai perder com isso, depois das pessoas que banharam em esgoto por causa da omissão da Caema, é o turismo do Maranhão – criticou.

12

Imagem do dia: tranquilidade só pra ele…

A população sentiu-se chocada, hoje, com o bárbaro crime contra o policial Max Muller Rodrigues, e outras duas pessoas, vítimas da escalada da violência no Maranhão nos últimos meses. Praticamente toda semana um policial é morto por criminosos que deveriam estar atrás das grades. Enquanto a sociedade clamava por segurança, o governador Flávio Dino se refestelava, de sunga, ao sol nas praias de São Luís – em aparente tranquilidade – quando, hoje, deveria ser um dia para avaliar a crise do sistema

dino