1

“Flávio Dino já no limite da rejeição”, diz Murad, ao avaliar Exata…

Ex-secretário diz que o nível de desgaste do governador, em apenas nove meses, nunca foi registrado com nenhum outro governante, e que os números da pesquisa refletem o que já se ouve nas ruas

 

Murad analisou a rejeição a Flávio Dino

Murad analisou a rejeição a Flávio Dino

O pré-candidato a prefeito de São Luís, Ricardo Murad (PMDB) comentou a pesquisa Exata divulgada pela imprensa sobre a avaliação do governo de Flávio Dino.

Com 30 anos de política, e acompanhando desde então os primeiros anos de mandatos, seja oposição ou no governo, Ricardo disse com propriedade que o governador está “no limiar da rejeição” e que a pesquisa só confirma o que todos já comentam.

pesquisa– O governo de Flávio Dino está perdendo popularidade como nenhum outro em apenas nove meses de governo. O índice de aprovação e rejeição, representado pelos percentuais de ótimo e bom comparado aos de ruim e péssimo já estão no limite da margem de erro da pesquisa – explicou Murad.

Outro ponto destacado pelo experiente gestor trata-se do aumento nos itens regular, ruim e péssimo, como uma demonstração clara de decepção dos maranhenses.

– A migração de grande parte dos que antes consideravam o governo ótimo ou bom para regular e o aumento significativo de ruim e péssimo para um governo que nem um ano ainda completou, comprovam a decepção dos maranhenses com os resultados negativos apresentados pela administração incompetente e corrupta comandada pelo primeiro damo do Estado, Márcio Jerry, a quem Flávio Dino transferiu todo o seu poder – finalizou Murad.

0

Dilma no fundo do poço…

Reprovação da presidente atinge o mais alto índice já registrado por um governante desde a retomada das eleições diretas no Brasil

 

dilmax

A presidente Dilma Rousseff (PT) atingiu o índice mais alto de rejeição a um chefe de poder no Brasil, desde o governo Collor, afastado por impeachment em 1992.

dadosDe acordo com o Instituto Datafolha, o governo petista tem 71% de reprovação.

Pior: nada menos que 66% dos brasileiros apoiam um eventual processo de impeachment da presidente. E outros 38% acham que Dilma será afastada.

A situação de Dilma fica cada vez pior por que não há sinais de que a pancadaria da mídia arrefecerá.

E a classe política também já cogita mai abertamente o seu afastamento…

8

Porquê esconderam a rejeição de Castelo e Holandinha?!?

O blog aguarda há uma semana a divulgação de qualquer informação a respeito dos índices de antipatia do eleitorado aos candidatos em São Luís, mas a TV Guará, contratante da pesquisa Exata, preferiu escondê-los

 

Eliziane: consolidação no eleitorado

Eliziane: consolidação no eleitorado

Pelos números diretos, a deputada Eliziane Gamam (PPS), com índices que variam entre 28% e 43%, dependendo do cenário, caminha para ser a próxima prefeita de São Luís.

Mas sua situação é ainda mais consistente quando se analisa os índices de rejeição dos seus adversários – notadamente o prefeito Edivaldo Júnior (PTC) e o deputado federal João Castelo (PSDB).

Edivaldo e Castelo: a maior parte do eleitorado não os quer mais

Edivaldo e Castelo:  eleitores não os querem mais

Ocorre que a TV Guará, contratante oficial da pesquisa Exata, resolveu esconder os índices de rejeição dos candidatos em São Luís – ao que tudo indica para proteger João Castelo e  o próprio Holandinha.

Ambos têm índices estratosféricos de eleitores que declaram “não votar de jeito nenhum” em nenhum dos dois.

E este índice, o da rejeição, é o que faz com que Eliziane fortaleça ainda mais suas possibilidades de vencer em São Luís.

1

Imagem do dia: Dilma pior que Collor…

dlma

Pesquisa do Instituto DataFolha divulgada neste fim de semana mostrou que o governo Dilma Rousseff (PT) é considerado rum ou péssimo por 65% dos eleitores brasileiro. A desaprovação só perde para a de Fernando Color de Melo ás vésperas do impeachment, em 1992. No mesmo dia, a mídia revela críticas do ex-presidente Lula a Dilma. É o pior momento do PT no poder em 13 anos

6

Mais rejeitados, mas não derrotados…

João Castelo e Tadeu Palácio: mais rejeitados em São Luís…

O sociólogo Carlos Alberto Almeida, autor de “A cabeça do eleitor”, afirma que o índice de rejeição é fatal para qualquer candidato a cargo eletivo.

Ele baseia sua tese no estudo de diversas campanhas eleitorais no Brasil.

Para Almeida, há dois tipos de rejeição, a “rejeição positiva” – quando o eleitor diz que não votará no candidato apenas por não conhecê-lo – e o inverso, quando o eleitor rejeita justamente por conhecer a história política do candiato.

No atual cenário de São Luís, os dois principais concorrentes ao cargo prefeito – João Castelo (PSDB) e Tadeu Palácio (PP) – são exemplos de rejeição negativa do eleitorado.

Castelo já foi governador e está no exercício do mandato de prefeito. Tadeu Palácio já foi vereador, duas vezes vice-prefeito e duas vezes prefeito.

Seus índices de rejeição, portanto, estão no patamar em que estão exatamente por que o eleitor de São Luís já os conhece.

Mas quem imagina que eles serão derrotados apenas por isso???

 

9

Nem os mulambos querem mais! Ronaldinho é rejeitado por todas as torcidas…

Ronaldinho: ciclo encurtado por farras e falta de rendimento

Todas as grandes torcidas brasileiras rejeitam a contratação do ex-craque Ronaldinho Gaúcho, rompido com o Flamengo na semana passada.

Segundo o site globoesporte.com nenhuma equipe da série A teve a aprovação da torcida para contratar o jogador – incluindo a própria torcida mulambenta, que rejeita esta possibilidade em 87%.

A torcida do Grêmio tem a maior rejeição a R10. Nada menos que 88% dos tricolores gaúchos não querem nem ouvir falar na contratação do jogador, revelado no clube.

No Vasco da Gama, a rejeição ao farrista ex-melhor do mundo chega a 80%.

O mais próximo de um empate entre os que querem e os que não querem Ronaldinho em seu clube veio da torcida palmeirense – exatamente o único clube que já manifestou interesse em contratá-lo.

Para 51% da torcida do Verdão, R10 não deve ser contratado; mas 49% acham que o time ganharia com ele.

O globoesporte.com ouviu 320 mil torcedores, em apenas três dias de enquete em seu site…