4

Edivaldo Júnior a menos de cinco pontos da reeleição…

Teoricamente, este é o índice que o prefeito precisa conquistar no segundo turno para garantir a renovação do mandato; mas vai ter que ir buscar esses votos entre os mais de 306 mil eleitores que rejeitaram suas propostas no primeiro turno

 

Edivaldo em festa pela vitópria no primeiro turno; agora ´uma nova eleição

Edivaldo em festa pela vitópria no primeiro turno; agora ´uma nova eleição

O prefeito Edivaldo Júnior (PDT) leva extensa vantagem contra o deputado Eduardo Braide (PMN) na disputa do segundo turno em São Luís.

Além de já estar no comando da prefeitura, com apoio aberto do governo Flávio Dino (PCdoB) e com uma estrutura partidária gigantesca, Edivaldo teve uma estupenda votação no primeiro turno, ficando a menos de cinco pontos da vitória.

Foram quase 240 mil votos, mais que o dobro da votação obtida pelo segundo colocado.

Mas para alcançar o que falta para sua reeleição – agora em uma nova disputa – Edivaldo precisa conquistar votos entre os eleitores que rejeitaram seu projeto no primeiro turno.

Tecnicamente, o prefeito precisa conquistar quase 55% dos votos válidos,ou 274.908 eleitores que escolheram algum outro nome e não o dele.

Além disso, precisa convencer outros 134.788 eleitores que não foram votar ou optaram por votar branco ou nulo.

No total, 306.892 eleitores disseram um “Não” direto ao prefeito, escolhendo outro candidato ou votando nulo ou em branco. Sem falar nos outros 92.804 eleitores que não foram votar e, portanto, não se sabe o que pensam.

É este contingente que Edivaldo precisa convencer para garantir a eleição.

mas terá que enfrentar um Eduardo Braide em forte ascensão.

E tudo pode acontecer no segundo turno…

3

A difícil missão de Eduardo Braide…

Candidato que chegou ao segundo turno sem coligação e sem tempo de televisão deve enfrentar no confronto direto duas máquinas – a da prefeitura e a do governo – já ressabiadas com as derrotas nos principais colégios eleitorais; mas tem o trunfo do preparo técnico que foi percebido pelo eleitor na reta final

 

Braide comemorou chegada ao segundo turno no seu comitê de campanha; mas vai enfrentar batalha ainda maior

Braide comemorou chegada ao segundo turno no seu comitê de campanha; mas vai enfrentar batalha ainda maior

O deputado estadual Eduardo Braide (PMN) alcançou um feito sem precedentes na história política do Maranhão.

Ele saiu de índices de intenção de votos na casa dos 4% para chegar ao segundo turno da eleição em São Luís, com nada menos que 21,3% dos votos válidos, em uma arrancada de apenas três dias.

Mas agora, o candidato que virou sensação pela capacidade administrativa e preparo técnico demonstrados no debate da TV Mirante, vai ter um desafio que pode ser ainda maior: enfrentar as máquinas da prefeitura e do governo.

O governador Flávio Dino (PCdoB) é o principal tutor do prefeito Edivaldo Júnior (PDT), e deixa o primeiro turno colecionando derrotas nos principais colégios eleitorais.

Fará de tudo, portanto, para garantir a vitória do seu afilhado na capital maranhense.

No início da campanha, o secretário de Articulação Política do governo, jornalista Márcio Jerry – espécie de lugar-tenente de Flávio Dino – chegou a incluir Eduardo na lista de candidatos do Palácio os Leões, ao lado de Edivaldo e Eliziane Gama (PPS).

Dificilmente, no entanto, manterá esta palavra agora, diante do risco de derrota para alguém que se mostra bem mais independente que Edivaldo no comando da prefeitura.

Para Eduardo Braide, resta, no entanto, a aposta do eleitor na reta final do primeiro turno.

O candidato do PMN conquistou o eleitorado por mostrar o melhor preparo técnico dentre todos o candidatos a prefeito. E agora terá tempo igual ao de Edivaldo para convencer a outra parte do eleitorado.

E novo debate da Tv Mirante já está marcado: 28 de outubro, dois dias antes da eleição.

Será, portanto, um segundo turno animado em todos os aspectos…

7

Uma vitória e tanto de Eduardo Braide…

Bastou um debate para que o eleitor conhecesse o candidato do PMN; e bastou conhecê-lo para levá-lo ao segundo turno, na perspectiva de que, com ele, São Luís pode ter um prefeito de fato. E este blog apontou isso no início da campanha

 

Eduardo na inaguuração do comitê: vitória surpreendente, mas não para este blog

Eduardo na inaguuração do comitê: vitória surpreendente, mas não para este blog

O deputado Eduardo Braide (PMN) confirmou a ascensão meteórica em apenas uma semana e chegou ao segundo turno das eleições em São Luís.

Ele vai disputar o confronto direto com o prefeito Edivaldo Júnior (PDT).

Este blog apontou a importância do fator Eduardo Braide ainda no início da campanha, sob olhares críticos de muitos.

Também mostrou, nesta reta final, que ele iria surpreender a partir da performance nos debates. Mostrou, inclusive, sua confiança de chegar ao segundo turno.

O candidato do PMN saiu de uma campanha modesta, sem estrutura, e com diminutos 10 segundo de tempo na TV para ser alçado ao segundo turno com mais de 110 mil votos.

bastou para isso que o eleitor o conhece melhor, para saber que São Luís pode ter, de fato, uma perspectiva de prefeito.

Bastou um debate para que ele se tornasse conhecido e ultrapassasse Wellington do Curso (PP).

E agora é o confronto direto, onde será medido, muito mais do que máquina, estrutura e carisma, a capacidade técnica de gestão em São Luís.

E isso, Eduardo já mostrou que tem…

0

Agora é a verdade das urnas….

Resultado das eleições desfará mitos ou consagrará convicções da primeira eleição movimentada em maior grau nas redes sociais em em blogs

 

interrogacaoA partir das 18 horas deste domingo, 2, a Justiça Eleitoral começa a divulgar os boletins com a totalização dos votos na capital maranhense.

E será a hora de confirmar o fracasso ou a consagração dos institutos de pesquisa.

A expectativa é que os primeiros resultados da eleição comecem a sair já a partir das 18 horas; e a totalização completa deve terminar a partir das 20h.

As urnas vão responder a um conjunto de questionamentos:

Edivaldo vencerá em 1º Turno ou haverá 2 Turno?

Se houver segundo turno, quem vai disputar com o prefeito?

Wellington do Curso (PP)? Eliziane Gama (PPS)? Eduardo Braide (PMN)?

E são essas respostas que definirão fracasso ou consagração dos institutos de pesquisa.

É aguar e conferir…

2

Desempenho de Wellington após ataques surpreende adversários…

Quando todos esperavam queda brusca do candidato do PP após pancadaria dos últimos 15 dias, ele mantém-se com índices sólidos de intenção de votos e, a julgar pelos números do Ibope, pode até encostar ou superar o prefeito Edivaldo Júnior no próximo domingo

 

Wellington suprou fase aguda de ataques e manteve votos consolidados

Wellington suprou fase aguda de ataques e manteve votos consolidados

A pesquisa Ibope divulgada nessa quarta-feira, 28, pela TV Mirante mostrou que o cenário da disputa em São Luís está absolutamente inalterado em relação à última pesquisa do mesmo instituto, divulgada há 15 dias.

Neste período, o candidato do PP, Wellington do Curso, foi o mais violentamente atacado no horário eleitoral e na imprensa; mas variou apenas dentro da margem de erro, assim como o prefeito Edivaldo Júnior (PDT), que praticamente parou de crescer.

Wellington tinha 31% de intenção de votos em 14 de setembro e apareceu com 28% agora. Como a margem e erro é de 3 pontos, é certo dizer dizer que Wellington pode ter mantido os mesmos 31%.

Edivaldo, por sua vez, tinha 37% em 14 de setembro e agora foi a 38%, ou seja, pode ter 41% ou apenas 35%.

Edivaldo tenta forçar a barra para garantir uma vitória em primeiro turno

Edivaldo tenta forçar a barra para garantir uma vitória em primeiro turno

Detalhe: enquanto Wellington superou a fase mais aguda do seu espancamento público, Edivaldo agora que começou a ser confrontado com algumas verdades de sua gestão.

A leitura disso tudo é que o resultado da eleição de domingo – levando em conta, exclusivamente,  os números do Ibope – está mais para um confronto acirrado, em segundo turno, entre Edivaldo e Wellington, do que para uma decisão em turno único em favor do prefeito.

É aguardar e conferir…

32

Ibope confirma 2º Turno e garante Eduardo Braide no debate da Mirante…

Últimos números do instituto antes do pleito mostra Edivaldo Júnior com 10 pontos a mais que Wellington do Curso e confirma o candidato do PMN com 5% das intenções de votos

 

O jornalista Tonico Ferreira conversa com Macau em meio às cinco bancadas já garantidas para o debate na TV Mirante

Jornalista Tonico Ferreira conversa com Macau em meio às cinco bancadas garantidas para o debate na TV Mirante

Faltando quatro dias para a eleição, pesquisa do Ibope divulgada nesta quarta-feira pela TV Mirante confirma que haverá segundo turno em São Luís, provavelmente entre o prefeito Edivaldo Júnior (PDT) e o deputado Wellington do Curso (PP).

O candidato do PDT tem 38% das intenções de votos, contra 28% de Wellington.

A candidata do PPS, Eliziane Gama, aparece com 8% das intenções de votos.

O Ibope também garantiu a presença do candidato do PMN, Eduardo Braide, no debate da TV Mirante, marcado para a noite desta quinta-feira, 28. Ele atingiu 5% das intenções de votos, o mínimo exigido para participar do programa.

os demais candidatos registraram os seguintes índices:

Fábio Câmara (PMDB): 4%

Rose Sales (PMB): 3%

Cláudia Durans (PSTU): 2%

Valdeny Barros (PSOL): 1%

Zeluis Lago (PPL): 0%

O número de eleitores que declaram votar nulo ou branco chegaram a 5%. Outros 6% declaram que aind anão sabem como se posicionar no pleito.

A pesquisa Ibope ouviu 805 eleitores em São Luís, entre os dias 24 e 28, com margem de erro de 3 pontos percentuais. O registro na Justiça Eleitoral recebeu o número MA-05305/2016.

3

De volta à briga pelo 2º Turno, Eliziane intensifica campanha na reta final…

Instituto Perfil aponta a candidata do PPS em condição de empate técnico com Wellington do Curso na disputa pelo segundo lugar, o que poderá ser definido com forte mobilização de rua e, sobretudo, a partir dos debates na TV

 

Eliziane recebe o carinho de eleitores nas ruas: confiança no segundo turno

Eliziane recebe o carinho de eleitores nas ruas: confiança no segundo turno

A candidata do PPS à Prefeitura de São Luís, Eliziane Gama, ganhou fôlego novo após divulgação da pesquisa do Instituto Perfil, que mostra empate técnico entre ela e Wellington do Curso (PP), na disputa pela segunda vaga do segundo turno.

E a deputada decidiu intensificar a campanha nesta reta final, para garantir a virada no domingo, 2 de outubro.

Além de uma forte mobilização de rua nesta reta final, Eliziane reforçará o otimismo no Horário Eleitoral e se prepara intensamente para os debates da TV Difusora e da TV Mirante.

– Os debates terão papel fundamental na definição da campanha. Quem souber melhor passar a sua mensagem ao eleitor garantirá os votos necessários no domingo – acredita ela.

Nas eleições de 2012, Eliziane subiu cerca de 7pontos percentuais a partir do debate da TV Mirante, a três dias da eleição, garantindo o segundo turno e ocupando uma honrosa terceira colocação.

E ela aposta nesta mesma performance nesta reta final.

É aguardar e conferir…

4

Instituto que desafiou lógica das pesquisas fará mais um levantamento em São Luís…

Perfil foi o único que fugiu ao rebanho e confirmou segundo turno em São Luís, além de uma disputa ainda acirrada entre Eliziane Gama e Wellington do Curso pela segunda vaga; a empresa quer ratificar seus números com outro levantamento, dia 29

 

perf

Sensação da última semana eleitoral em São Luís, com números que divergiram totalmente da sequência quase uníssona apresentada pelas demais pesquisas, o Instituto Perfil anuncia para a próxima quinta-feira, 29, um novo levantamento na capital maranhense.

Na semana em que todos os institutos – do suspeito DataM à acreditada Escutec; da novata Prever à tradicional Econométrica – mostraram que a eleição estava praticamente definida em favor do prefeito Edivaldo Júnior, o Instituto Perfil veio na contramão e mostrou o pedetista com apenas 37%, confirmando o segundo turno.

E fez mais o Instituto Perfil: tirou Eliziane Gama (PPS) do absoluto fracasso, com baixíssimos índices de intenção de votos, para um patamar de 17%, em condição de competitividade pela vaga no segundo turno.

O Instituto sabe o risco que corre ao fugir do rebanho, mas garante seus números e aposta que eles serão reafirmados na pesquisa da próxima quinta-feira, 29.

Pode ser ridicularizado ou se consagrar como vitorioso no segmento.

A nova pesquisa do Perfil está registrada no TSE sob o número de protocolo MA-07312/2016…

4

Uma profunda leitura dos números do Ibope…

Para entender o cenário atual da disputa em São Luís e projetar o futuro do pleito é fundamental que se tenha  às mãos dados como rejeição, curva ascendente e descendente, e a perspectiva de vitória exposta pelo eleitor

 

Edivaldo na frente; Wellington com chances de passar

Edivaldo na frente; Wellington com chances de passar

Os chamados números totais da pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira, 14, mostram o prefeito Edivaldo Júnior (PDT) com 37%, o deputado estadual Wellington do Curso (PP) com 31% e a deputada federal Eliziane Gama (PPS) com 10%.

Neste cenário, diz-se que o prefeito lidera, com Wellington em sua cola; e Eliziane bem mais distante.

Mas há outros números por trás destes que servem de parâmetros para se estabelecer quem é quem na disputa e o que pode acontecer nas próximas semanas antes  do primeiro turno. E num segundo turno, se houver.

Essa é a leitura científica dos números. E o que diz esta leitura do que o Ibope mostrou?

Tecnicamente, Edivaldo e Wellington estão empatados, aplicando-se a margem de erro.

Isto por que, o prefeito pode estar com os 37% apresentados, pode já ter 40%, mas também pode ter “apenas” 34%. Wellington, por sua vez, pode estar com os 31%, mas pode ter apenas 28%. E também pode ter 34%, o mesmo que Edivaldo.

Mas, a esta altura da campanha, o que seria mais tendência? O que é mais fácil, Edivaldo ampliar a vantagem e se afastar de Wellington ou Wellington superar Edivaldo?

O Ibope mostra Wellington em crescente curva ascendente, bem superior à de Edivaldo Júnior. Por esta tendência, é mais fácil Wellington superar o prefeito que o prefeito se afastar dele.

Contribui para isso também o índice de rejeição.

O número de eleitores que declaram não votar em Edivaldo de jeito algum caiu bastante, é verdade. Mas supera em mais de três vezes a rejeição do seu adversário.

Curiosamente, no entanto, a percepção de vitória do eleitor em relação a Edivaldo é bem maior que a mesma percepção em relação a Wellington.

De acordo com o ibope, 58% do eleitores – todos, mesmo os que não votam nele – acham que Edivaldo vai ser o próximo prefeito.

Já os que acreditam numa vitória de Wellington somam apenas 23%.

Quem lê pesquisas, e lê com o viés científico, entende que esta eleição não está decidida; nem mesmo as posições de primeiro turno – ou quem irá para o segundo.

E muitas surpresas ainda podem surgir.

É isso que dizem os números.

E eles não mentem, jamais…

9

“Candidato do atraso e do descaso”, diz Wellington, sobre Edivaldo…

Candidato do PP fatura com o  crescimento apontado pela pesquisa do Instituto Ibope e usa inserção para propagar o feito e aproveitar para alfinetar o adversário do PDT

 

Edivaldo continua tendo dor de cabeça com os adversários, agora a preocupação é com Wellington do Curso

Edivaldo continua tendo dor de cabeça com os adversários, agora a preocupação é com Wellington

O candidato do PP, Wellington do Curso, passou a fazer o ataque mais duro contra o seu principal adversa´rio na disputa pela Prefeitura de São Luís, o prefeito Edivaldo Júnior (PDT), que concorrer à reeleição.

– Wellington vai para o Segundo Turno; e é o único que pode vencer o candidato do atraso e do descaso – afirma o locutor, na vinheta que começou a roda primeiro no rádio, e agora chegou também à televisão.

O Ibope apontou que Wellington atingiu cerca de 20% das intenções de voto, superando a candidata do PPS, Eliziane Gama, que apareceu com pouco mais de 16%.

Foi o suficiente para que o progressista se mostrasse na propaganda como o único em condições de chegar ao segundo turno, embora, pela margem de erro, de 3 pontos percentuais, ainda seja possível dizer que ele e Eliziane ainda estejam no limite do empate técnico.

De uma forma ou de outra, a dura provocação a Edivaldo Júnior mostra que Wellington tem arsenal para ir pro confronto.

E mostrou que está disposto a isso…