0

Secretária de segurança alimentar é referência no combate à fome em SLZ

‘Segurança alimentar é saúde’. Com esse lema, a Secretaria de Segurança Alimentar (Semsa), sob o comando do secretário Junior Vieira, é hoje uma das principais ferramentas do setor social da gestão do prefeito Eduardo Braide. A mais nova conquista da SEMSA veio por meio de uma parceria com o Ministério da Cidadania, que entregou 10 mil cestas básicas, que serão distribuídas às famílias quilombolas da capital, além de firmar investimentos no valor de R$ 6,7 milhões para ampliação do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

Desde março, o secretário Junior Vieira com a articulação do deputado federal Aluísio Mendes e total apoio do prefeito Eduardo Braide, tem cumprido uma agenda positiva em Brasília.

Foram várias reuniões no Ministério da Cidadania, com o ministro João Roma, secretário Nacional de Inclusão Social, Celso Toshito Matsuda, e o Diretor Nacional de Inclusão Social e Produtiva Rural, Marcelo Linhares, que inclusive já esteve em São Luís.

A cada reunião, o secretário Júnior Vieira mostrava as estratégias da SEMSA para combater a fome na cidade, que foi agravada pela pandemia. O primeiro fruto desse trabalho foi oficializado nesta semana, com o evento ‘Isso é Cidadania’, que teve a presença do Ministro João Roma. Ele formalizou a entrega das 40 mil cestas básicas para todo o Maranhão (10 mil para São Luís ) e o convênio de R$ 6,7 milhões para ampliação do PAA.

“Tivemos a honra de receber o Ministro da Cidadania, João Roma, em nossa cidade. Recebemos cerca de 160 toneladas alimentos. Além do convênio de R$ 6,7 milhões para o PAA. Isso representa uma grande vitória para a nossa agricultara familiar, serão mais empregos e renda para os pequenos agricultores e consequentemente mais alimentos para as nossas famílias”, destacou Júnior Vieira.

Além do poder de atração de investimentos para São Luís, o desempenho do trabalho do secretário Júnior Vieira começou a figurar desde que assumiu o comando da SEMSA , no início do ano, ao ampliar o número de agricultores beneficiados pelo PAA e as famílias que receberam os alimentos. Já foram mais de 4 mil famílias beneficiadas.

A secretaria também articulou entrega de alimentos ao Hospital da Criança e a outras instituições da Prefeitura de São Luís. Com isso, a SEMSA figura como referência no combate à fome em São Luís.

“Abracei a missão que foi me dada com total seriedade. Agradeço a confiança do prefeito Eduardo Braide em nos dar liberdade para buscar parcerias e ajudar as famílias em situação de vulnerabilidade. Destaco o apoio fundamental do deputado Aluísio Mendes, que sempre acolheu os nossos pedidos, articulou nossa agenda em Brasília, e agora estamos colhendo bons frutos. Entendo que essa união é a base do nosso trabalho. Seguiremos na luta para fazer São Luís uma cidade melhor. Que Deus continue nos abençoando nessa missão”, disse Júnior Vieira.

Da assessoria

1

Secretaria de Segurança Alimentar ganha destaque na gestão de Braide

Além de articular distribuição de alimentos às comunidades, secretário Júnior Vieira mostra forte poder de articulação com agenda em Brasília e em todo o Maranhão, transformando uma pasta apagada em referência no secretariado de São Luís

 

Júnior Vieira participa pessoalmente das ações da Secretaria de Segurança Alimentar

 

Em quatro meses á frente da Secretaria de Segurança Alimentar de São Luiís, o secretário Júnior Vieira ganhou espaço de destaque na gestão do prefeito Eduardo Braide (Podemos), com ações de impacto nas comunidades da capital maranhense.

Além de articular a distribuição de alimentos às comunidades, Vieira tem forte poder de atração de investimentos, com presença constante em Brasília.

O secretário já aparece entre os mais destacados da gestão de Braide.

Com forte articulação em Brasília, o titular da Semsas atrai investimentos e recursos para a pasta em São Luís

A pasta de Segurança Alimentar era uma obscura secretaria,s em maior peso na gestão, mas ganhou repercussão sob o comando de Júnior Vieira.

Só nestes quatro meses, foram mais de 3,3 mil famílias beneficiadas com o Programa de Aquisição de Alimentos.

Júnior Vieira em mais uma ação da Semsas, distribuindo a,limentos

Além disso, a secretaria articulou entrega de alimentos ao Hospital da Criança e a outras instituições da Prefeitura de São Luís.

Com articulação direta no Ministério da Cidadania, Júnior Vieira também trouxe recursos e mais investimentos para a pasta.

Hoje, a Semsa é uma das principais pastas do setor social da gestão de Eduardo Braide…

 

1

Secretaria de Segurança Alimentar já beneficiou 3300 famílias com alimentos da agricultura famíliar

Nesta semana, a Prefeitura de São Luís completou mais  um ciclo vitorioso do PAA – Programa de Aquisição de Alimentos. Coordenado pela Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (SEMSA), a 1ª etapa do PAA beneficou 3.300 famílias da capital maranhense. Além disso, o programa gerou renda para 93 agricultores, pois 50 toneladas de alimentos foram comprados da agricultura familiar.

“Com o total apoio do prefeito Eduardo Braide, mostramos como o programa é um dos instrumentos mais ágeis para fortalecer a agricultura familiar e socorrer pessoas em situação de vulnerabilidade. O prefeito Eduardo Braide tem a saúde como prioridade. E  fortalecer as ações de segurança alimentar, significa saúde para a nossa população”, afirmou Júnior Vieira, titular da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar.

As doações do PAA tem feito a diferença para muitas famílias, principalmente agora que a crise financeira em todo o país se agravou por conta da pandemia.

“Eu não tenho uma renda certa. Por isso, essa ajuda é importante para garantir o alimento da família”, disse Francisco Rodrigues, que trabalha como autônomo. 

As cestas do PAA distribuídas para as famílias contêm 31 produtos como: abóbora, maxixe, quiabo, cheiro-verde, couve, cebolinha, abacaxi, abacate, melancia, banana, berinjela, batata doce, milho, acerola e polpa de fruta, entre outros itens. 

“Recebi com muita seriedade e compromisso, a missão que o prefeito Eduardo Braide me delegou para ampliar as ações da SEMSA. A cada ação do PAA, é gratificante ver a felicidade dos agricultores que lucraram com a venda dos seus produtos, e também das mães e pais de famílias beneficiados com as cestas. Obrigado também pelo carinho de todos vocês. E gratidão ao prefeito Eduardo Braide e a todos os envolvidos no sucesso dessa etapa do PAA. A nossa meta agora é ampliar as ações para 500 agricultores”, afirmou Júnior Vieira.

0

Junior Vieira viabiliza recursos para a Secretaria de Segurança Alimentar

Acompanhado do deputado federal Aluísio Mendes, secretário participou de reunião com o ministro da Cidadania e com o secretário nacional de inclusão social e produtiva rural

 

Com Aluísio Mendes, Júnior Vieira foi recebido pelo ministro da Cidadania, João Roma

Em Brasília, o secretário municipal de Segurança Alimentar, Júnior Vieira, ao lado do Deputado Federal Aluísio Mendes participaram de uma reunião com o Ministro da Cidadania, João Roma, e o Secretário Nacional de Inclusão Social e Produtiva Rural, Celso Toshito Matsuda. O objetivo da reunião, articulada pelo Deputado Aluísio com o apoio do prefeito Eduardo Braide, foi buscar recursos federais para ampliar as ações da SEMSA na capital maranhense.

O secretário Júnior Vieira destacou que o Prefeito Eduardo Braide colocou a saúde da população ludovicense como prioridade na Gestão Municipal. E dentro dessa visão, está a necessidade de ampliar as políticas públicas que fortaleçam as ações da SEMSA para promover uma alimentação adequada em várias fases da vida e, principalmente, da população mais vulnerável.

“Temos pressa para ampliar as ações da SEMSA. E garantir alimento à mesa da população mais vulnerável é prioridade, assim como melhorar o sistema de saúde em meio ao caos provocado pela pandemia. Por isso, defendo a união e o diálogo. Agradeço o apoio integral e a confiança do prefeito Eduardo Braide, a parceria fundamental do Deputado Aluísio Mendes, que tem nos ajudado muito, e também o apoio do vereador e vice – presidente da Câmara, Dr. Gutemberg, à nossa Gestão. Gratidão pela receptividade do Ministro João Roma e Secretário Nacional, Celso Toshito. Saio satisfeito dessa reunião e com a afirmativa de que, em breve, teremos boas notícias para a nossa São Luís”, analisa o secretário Júnior Vieira. 

Durante a reunião, o Ministro João Roma e o Secretário Celso Toshito conheceram algumas estratégias que integram o atual plano da SEMSA para alavancar a agricultura familiar em São Luís e cuidar da alimentação segura da população.

Dentro desse propósito da nova gestão da SEMSA, estão ações para: aumentar os contemplados do PAA (atualmente são 93 beneficiados); implantar o Banco Municipal de Alimentos; construir cozinhas comunitárias fixas e móveis; adquirir equipamentos e máquinas para a produção rural; aquisição de alimentos para distribuição de cestas básicas entre outras ações.

“O ministro João Roma sinalizou recursos e ações para São Luís, tanto é que já estive com os  técnicos do Ministério da Cidadania para alterar alguns de nossos projetos que, em breve, serão contemplados com o apoio do Governo Federal”, afirma Júnior Vieira.

Segundo os últimos dados do IBGE, divulgados no começo de 2020, o Maranhão é o Estado onde mais brasileiros vivem em extrema pobreza. Mediante a essa realidade, o secretário Júnior lembrou ainda que investir em políticas públicas para fomentar a segurança alimentar também significa melhorar a qualidade do maranhense e salvar vidas.

“Assegurar alimentação para todos exige um esforço conjunto em todas as esferas do poder público. Estou ciente dos nossos desafios. Por isso, vou continuar buscando recursos e parcerias para o acesso à alimentação adequada do ludovicense”, afirma o titular da SEMSA.

1

Segurança alimentar deve ter destaque na gestão de Eduardo Braide

Secretário Júnior Vieira recebeu o deputado federal Aluísio Mendes que se colocou à disposição da pasta para ações em São Luís

 

A Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (SEMSA) deve ter destaque na gestão de Eduardo Braide (Podemos). Com o papel de promover e executar ações com fins a orientar e capacitar para uma alimentação segura e na prevenção e atendimento em saúde nutricional, a pasta foi assumida pelo secretário Júnior Vieira.

Na manhã desta segunda (11) o deputado federal Aluísio Mendes (PSC) esteve na sede da secretaria, acompanhado do vereador Dr Gutemberg (PSC), manifestando seu apoio ao novo secretário.

Aluísio reforçou a importância da secretaria que, entre outras funções, tem como meta a gestão e execução do Programa Leite na Escola; gestão e execução do Programa de Aquisição de Alimentos; gestão do programa Peixe Solidário; orientação nas boas práticas de manipulação de alimentos e educação alimentar; gestão e execução da Cozinha Comunitária da Vila Cascavel; promoção de ações sobre prática de alimentação saudável; prevenção e orientação sobre distúrbios e doenças nutricionais; promoção de ações de educação alimentar à terceira idade e capacitação de vendedores ambulantes.

O deputado, que tem tido destaque na busca de recursos para o Maranhão, colocou-se à disposição do novo secretário e da gestão de Eduardo Braide para buscar projetos e recursos para o setor.

“Fomos procurados pelo prefeito para ajudar na questão da segurança alimentar em São Luís. Um setor tão importante quando a saúde e a educação. Porque a alimentação antecede uma boa saúde e uma boa educação. Coloco minha experiência como parlamentar à disposição do secretário e sei que, ao lado do Dr Gutemberg e do Junior Vieira, iremos prestar um grande serviço no setor”, disse o deputado.

0

Paço do Lumiar vai apresentar Plano de Segurança Alimentar…

seguranca

Será realizada, no próximo dia 12 de dezembro, no Auditório da Faculdade IESF, no Maiobão, a Audiência Pública, para apreciação do Plano Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional.

O Plano Municipal teve o envolvimento de 5 (cinco) Secretarias Municipais, representantes do Poder Público, COMSEA e da Sociedade Civil em sua criação.

Seguindo as diretrizes do Plano Nacional, o documento contextualiza o que há no Município e define ações a serem realizadas para fomentar a política publica de segurança alimentar nutricional.

O principal objetivo da elaboração e execução do Plano, é incentivar e oferecer uma alimentação saudável, adequada e suficiente para a população como forma de incentivo à saúde preventiva.

A apreciação do Plano na audiência será feita pela coordenação técnica da comissão que elaborou o documento, formada por servidores do Município.

Para a Engenheira Agrônoma, Tatiana Trovão, “A ação é intersetorial e passa por diversos segmentos e políticas públicas, o plano engloba muitos setores, tanto a parte de segurança alimentar quanto a de qualidade de vida”.

A intenção é distribuir para a população o alimento em quantidade e qualidade suficiente, nutricionalmente equilibrado, todo o processo de produção, distribuição e inclusive educação alimentar, entre os setores envolvidos que trabalham em cadeia no Município com os objetivos do Plano, desde a área de produção dos alimentos, incentivada para a agricultura familiar por meio da Secretaria de Agricultura Pesca e Abastecimento, com programas específicos de produção, capacitações, entre outros.

– O Plano envolve desde a questão da água utilizada, a agroecologia, a produção de alimentos orgânicos, a geração de renda por meio da comercialização no programa sociais e muitos outros. Estas ações também contam com o apoio dos Governos Estadual e Federal – afirmou Tatiana.

Já o preparo e oferecimento de alimentos afirma a nutricionista Rosario Soares.

“O objetivo é atuar, cumprindo as metas do Plano, para a população que necessita da educação nutricional e dos usuários do sistema. Isso engloba a distribuição para escolas e todos os projetos sociais existentes no Município”.

A educação nutricional também é trabalhada nos atendimentos das Secretarias de Assistência Social, Agricultura, Infraestrutura, Educacão e Saúde, atividades e projetos de demais Secretarias como Esporte e Lazer, Juventude, Política para Mulheres, Cultura, Meio Ambiente, entre outros. “Cada um com seu envolvimento, mas todos com o pensamento de se fornecer um alimento de qualidade e quantidade suficiente e nutricionalmente balanceado e estimular a educação alimentar”, ressaltou o secretário de Agricultura e Presidente da Caisan no Município, Rodrigo Costa.

Anualmente o documento passará por avaliações e revisão para verificar se ele está sendo cumprido e se há necessidade de alterações para se adequar conforme a realidade do Município.

O Plano Municipal de Segurança Alimentar Nutricional será disponibilizado para a população e para as Secretarias envolvidas, para que se dê a execução das ações.

“A população poderá acessar o Plano no site da Prefeitura (http://www.pacodolumiar.ma.gov.br/), e verificar a ação e qual a secretaria que irá desenvolver, para estar ciente onde ela pode buscar a informação”, disse Rodrigo.

Alimentação na saúde preventiva

A proposta do Plano Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional é que, por meio do oferecimento da educação nutricional e do oferecimento de alimentos em qualidade e qualidade adequados possa proporcionar e incentivar à população Luminense a prática da saúde preventiva.

“Temos que ter a convicção que os fast foods e industrializados não fazem parte de uma alimentação saudável. Como todos sabem, não é positivo. É importante sensibilizar a sociedade de que é preciso uma produção, um preparo e alimento mais saudável para garantir a própria saúde”, comentou a a Presidenta do COMSEA, Rosinélia Ribeiro.

Ela destacou que, quando se há uma alimentação adequada, é possível aumentar a imunidade, e eliminar o risco de doenças pelo fortalecimento do corpo através dos nutrientes.

“Da mesma forma, a alimentação adequada pode interferir, tratar e diminuir os problemas de doenças como desnutrição, obesidade, hipertensão, tipos de diabetes, doenças de micro-nutrientes, colesterol, anemias, entre outros”, afirmou Rosinélia.

Paço do Lumiar como destaque na política de Segurança Alimentar

Mais uma vez, o Município se destaca por realizar uma ação como a elaboração do Plano, principalmente por envolver tantos segmentos. “Se tornou uma necessidade do Município criar o Plano, até mesmo para ingressar no Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (SISAN)”, afirmou o nutricionista e técnico da comissão de elaboração do Plano Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional e e Coordenador Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional e Inclusão Produtiva, Raul Amate.

Segundo ele, Paço já é referência no Estado por ter alavancando o trabalho com o pequeno produtor familiar. “A elaboração do Plano só veio fortalecer isso ainda mais. A nossa atuação começa na qualidade da água utilizada na produção até o prato usuários que recebem os alimentos e esse grande trabalho atua na saúde preventiva através da alimentação, que alinhada a boas práticas, melhoram a qualidade de vida da população”, comentou Raul.

O gestor municipal ainda destacou que a alimentação adequada é um direito primordial do ser humano. “Cabe ao Poder Público adotar as políticas e ações que se façam necessárias para respeitar, proteger, promover e prover o direito humano à alimentação adequada e segurança alimentar e nutricional de toda a população”, disse o Prefeito Josemar Sobreiro.

EQUIPE TÉCNICA DE ELABORAçAO
Rodrigo Costa – Secretario e Presidente da Caisan
Adriana Barroso – Nutricionista
Lilian Flavia – Agente Administrativo
Rosario Soares – Nutricionista
Rafaella Muniz – Nutricionista
Raul Amate – Nutricionista
Tatiana Trovão – Engenheira Agronoma
Rosinélia Ribeiro – COMSEA
Antonio de Souza – COMSEA