5

Jefferson Portela manda investigar delegado que revelou falta de estrutura em delegacia…

Em clara retaliação ao policial, secretário justifica que Gustavo Tavares Barbosa de Matos se referiu “possivelmente, de forma depreciativa às autoridades públicas”

 

AUTORITARISMO. Na SSP chefiada por Portela ninguém pode reclamar da falta de condições de trabalho

Um documento do secretário de Segurança Pública Jefferson Portela expõe de forma grotesca o nível de perseguição implantado no Maranhão pelo governo comunista de Flávio Dino (PCdoB).

A portaria nº 665/2017 – GAB/SSP/MA, assinada por Portela, “determina instauração de Processo Administrativo Disciplinar, para apurar a responsabilidade funcional do delegado de Polícia Gustavo Tavares Barbosa de Matos, lotado na Delegacia Regional de Imperatriz”.

E o que fez o delegado?

A própria portaria explica:

– (…) “Através do ofício nº 292/2017/PLANTÃO IMPERATRIZ, datado de 12.08.2017, endereçado ao Ministério Público Estadual de Imperatriz/MA/Promotoria de Justiça da Central de Custódia, [o servidor teria] redigido de maneira a comprometer a Instituição Polícia Civil ou a Função Policial, bem como, teria possivelmente no mencionado expediente se referido de modo depreciativo às Autoridades Públicas ou a atos do Poder Público” – diz o documento de Portela.

Mas este blog teve acesso também ao Ofício do delegado encaminhado ao Ministério Público. E o que o secretário de Segurança entre que compromete a instituição Polícia Civil é tão somente uma reclamação pela falta de um sistema.

Leia abaixo o texto principal do Ofício:

– Com o presente expediente comunicamos à Vossa Excelência que o sistema informatizado até então utilizado pela Polícia Civil do Estado do Maranhão – o SIGO – encontra-se desativado sem que a cúpula da administração tenha nos fornecido qualquer informação oficial a respeito dos motivos, ou mesmo se tal situação é temporária ou definitiva – diz o delegado, no documento datado de 12 de agosto de 2017.

No restante do documento, que tem um total de oito parágrafos, Gustavo de Matos explica os prejuízos para as delegacias, aponta levantamentos de autos de flagrantes não lavrados e justifica que o oficio serve para resguardá-lo de eventuais processos administrativos.

A Portaria de Jefferson Portela é, portanto, a fina flor da perseguição comunista a qualquer um que ousa questionar seus métodos.

Perseguição pura e simples, agora registrada em documento…

Leia abaixo a íntegra do documento do delegado:

 

1

Sousa Neto comenta caos na Segurança Pública…

Em pronunciamento na sessão plenária desta terça-feira, 17, na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Sousa Neto (PROS) denunciou a situação deplorável das delegacias e dos batalhões e às condições humilhantes de trabalho as quais estão sendo submetidos delegados, agentes e militares.

Sousa Neto leu a postagem no Blog do Jornalista Jorge Aragão, que mostra o desabafo de uma delegada de Polícia Civil lotada em Imperatriz.

– Li, hoje pela manhã, no blog radialista e jornalista Jorge Aragão, o desabafo de uma delegada de Imperatriz, Virgínia Loyola, em sua página pessoal no Facebook, que diz: “vocês acreditam que, segundo a rádio peão, a Secretaria de Segurança Pública não pagou a conta da internet. E isso já tem mais de dois meses. Em decorrência disso, não estamos registrando ocorrências. Atualmente, para poder trabalhar, é preciso levar um computador decente para a Delegacia, além de ter que usar sua própria internet e pagar seu próprio estacionamento para não ser multado. Resumindo, estamos pagando para trabalhar. Eu fico me perguntando, qual é a seriedade que o Governador tem com a segurança pública?”, – repercutiu Sousa Neto

O parlamentar voltou a abordar sobre a morte de um comerciante em uma jaula na Delegacia de Barra do Corda, e citou diversos casos mostrados na imprensa, que comprovam o caos na Polícia Civil.

“Tivemos o ocorrido em Barra do Corda, onde um cidadão morreu trancafiado em uma jaula. As delegacias de Paraibano e Carutapera tiveram a energia cortada por falta de pagamento. O delegado e os agentes foram despejados da casa onde funcionava a Delegacia de Peritoró. Em Santa Inês, o Ministério Público já recomendou que na delegacia fosse feita uma reforma urgente por não caber mais tanto detento e por causa da insalubridade. A ADEPOL e o SINPOL, que são as classes representativas, manifestaram repúdio a essa situação, e, agora como represália pelas constantes denúncias e cobranças, o secretário, que já presidiu a entidade por dois mandatos, despejou os delegados da sede histórica”, denunciou.

0

Zé Inácio e Procon discutem fiscalização da Lei de vigilância armada nas agências bancárias

 

Zé Inácio conversa com Duarte Jr. e representantes das categorias envolvidas

O deputado Zé Inácio (PT) na manhã desta sexta-feira, 6, esteve reunido com o presidente do Procon Duarte Júnior, o vice-presidente do Sindicato dos Vigilantes Daniel Pavão, e a secretária do Sindicato dos Bancários Edna Vasconcelos, para tratar sobre a fiscalização quanto ao cumprimento da Lei de autoria do parlamentar, que garante vigilância armada 24 horas nas agências bancárias do Estado.

Foram pautados o andamento da fiscalização, notificações e aplicação das multas às agências bancárias que estão descumprindo a Lei.

“Agradecemos ao Procon que assim que a lei foi sancionada garantiu que ela fosse cumprida. E estamos agora trabalhando junto com o Ministério Público, o Procon, mais o sindicato dos vigilantes e dos bancários para dar cumprimento a lei”, disse Zé Inácio.

O presidente do Procon, Duarte Júnior, explicou que as sete agências que foram autuadas por descumprimento à Lei estadual, querem justificar que a garantia da segurança nos estabelecimentos bancários é de responsabilidade do Estado.

“A vigilância armada nas agências é primordial tanto pela questão social como pela econômica, e está na súmula 479, do Superior Tribunal de Justiça-STJ, que os bancos devem garantir a segurança dos consumidores”, explicou.

Ao término da reunião, Duarte Júnior, informou que o Procon, além da fiscalização com aplicabilidade das multas, as agências em não cumprimento aos prazos estão sujeitas a serem incluídas na dívida ativa do Estado.

O Instituto pretende ainda ingressar com uma Ação Civil Pública requerendo o cumprimento da Lei a todas as agências bancárias do Maranhão.

0

Sousa Neto afirma: “segurança pública está falida no governo Flávio Dino”…

Deputado demonstrou indignação com o descaso do governador comunista, o que pode levar ao aumento da criminalidade no estado

 

Sousa Neto denunciou descaso de Flávio Dino com a segurança

A repercussão nacional do despejo da Delegacia de Polícia Civil no município de Peritoró, por motivo de atraso no pagamento do aluguel do imóvel, foi o assunto abordado na sessão plenária desta terça-feira, 26, pelo deputado estadual Sousa Neto (PROS). Ele demonstrou preocupação e indignação com o descaso do Governo Flávio Dino (PCdoB) com a Segurança Pública e com o aumento da criminalidade, em todo o Estado.

– Mais uma vez o Estado do Maranhão aparece em cenário nacional, de modo vergonhoso. O Governo Flávio Dino não pagou o aluguel do imóvel onde ficava a delegacia de Peritoró e os policiais tiveram de sair de lá para uma casa improvisada, sem as mínimas condições de uso. Ele e a secretaria ficaram desmoralizados, já que tentaram colocar a responsabilidade do aluguel para a Prefeitura, mas foram desmentidos pelo prefeito. Esse é o retrato não só de Peritoró. São várias delegacias e batalhões que se encontram nesta mesma situação. Em Santa Inês, por exemplo, o Ministério Público já fez um pedido para que fosse mudado o prédio por falta de estrutura. A Delegacia de Homicídios de São Luís também já foi pedido os despejo dos delegados, já que o local não tem como funcionar. O Bom Dia Brasil mostrou o que já constatamos aqui nesta Tribuna: a falência da segurança pública do Maranhão.

Sousa Neto criticou a postura do atual secretário de Segurança, Jefferson Portela com as instituições do Sistema, principalmente à Polícia Civil:

– A Secretaria de Segurança, que tem à frente um Delegado de Polícia, que foi até presidente da ADEPOL, a Associação de Delegados de Polícia do Maranhão, e hoje trata os seus colegas sem nenhum respeito. Reforço o apoio já declarado pelo ex-secretário de Segurança Pública e hoje deputado estadual, Raimundo Cutrim, aos policiais, delegados, investigadores e a toda classe.

3

Mil dias de escândalos!!! Delegacia é despejada por falta de aluguel em Peritoró…

Após gastar mais de R$ 300 mil em três anos de mandato em uma sede da polícia que nunca funcionou no município, governo comunista vê seu sistema de segurança ridicularizado Brasil a fora

 

NO OLHO DA RUA. Policiais de Peritoró estão desalojados desde a semana passada

Os escândalos não param de pipocar nestes mil dias de governo comunista no Maranhão.

O mico da vez foi o despejo da delegacia de Polícia do município de Peritoró, que estava com pagamento de aluguel atrasado.

O desalojamento dos homens da segurança pública repercutiu em todo o país.

ABANDONO. Obra da delegacia do município está paralisada, mesmo após mil dias de governo comunista

O mais grave, no entanto, é que Flávio Dino já gastou – em mil dias de governo – cerca de R$ 3 00 mil na construção de um novo prédio para a polícia, que nunca funcionou.

São escândalos atrás de escândalos nestes quase três anos de mandato comunista no Maranhão.

Mil dias como nunca se viu no estado…

0

Aluisio Mendes defende projeto que garante à segurança recursos da exploração de petróleo e gás…

O deputado Aluisio Mendes (Podemos) defende na Câmara Federal a aprovação do projeto de lei 1504/2015, de autoria do deputado Silas Freire,que garante à área da segurança pública recursos da exploração de petróleo e gás natural no Brasil.

Ele é o relator da matéria na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado.

“É preciso garantir um efetivo sistema penitenciário, amparar as polícias do Brasil com boas condições de carreira e modernizar o sistema de segurança pública. E essas ações implicam em investimento que somente será possível quando tivermos prioridade para o orçamento e financiamento da segurança pública”, destacou Aluisio Mendes.

O projeto modifica a Lei n.º 12.858, de 2013, alterando o artigo 1º, caput e §3º do artigo 2º da lei em questão, para acrescer a área de segurança pública na participação do resultado ou da compensação financeira pela exploração do petróleo e gás natural.

Para Aluisio Mendes, a aprovação do projeto é indispensável para atender o princípio constitucional de que a segurança pública é dever do Estado e como tal precisa ser assumida pela União.

Atualmente, a aplicabilidade dos recursos provenientes de royalties do petróleo é regulamentada pela Lei 12.858/2013, que destina tais recursos exclusivamente à saúde e a educação pública, com prioridade à educação básica, nos respectivos percentuais de 25% e75%.

Na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, parlamentares contrários à aprovação do projeto alegam o risco de redução de recursos para a educação e para a saúde. Para Aluisio Mendes, essa visão atrasa o país no momento em que impede investimentos na segurança pública.

“Saúde e educação são importantes assim como a segurança pública.Financiar uma não decresce a outra, pois cada setor depende de recursos e o governo precisa assumir essa responsabilidade. Por isso, seremos incansáveis na defesa desse projeto”, finalizou Aluisio Mendes.

0

Fábio Braga denuncia violência contra a democracia e cobra providência…

Fábio Braga mostrou indignação com ataque a emissora de rádio

O ataque vândalo praticado na Rádio Estrela do Munim, uma emissora pertencente à Associação Comunitária Amigos de Afonso Cunha, da cidade de mesmo nome, só não foi maior do que a revolta demonstrada pelo deputado Fábio Braga (SD), na tribuna da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira, 5.

– O arrombamento e a destruição de equipamentos importantes da emissora, como computadores, mesa de som, gravadores e microfones, na tentativa inútil de calar a imprensa local, como se isso fosse uma tarefa possível – disse em tom de revolta.

No seu entendimento, “a maior vítima dessa agressão foi à democracia, porque o ataque se deu em cima de um órgão de imprensa, numa radio comunitária que vem prestando um serviço de utilidade pública como poucos veículos de comunicação no município, que vem servindo à comunidade e a várias instituições, como igrejas, cultos evangélicos, programação esportiva, entretenimento, recados para a zona rural, achados e perdidos, e tem sido assim um meio de divulgação fundamental para que as informações cheguem a todos os recantos de Afonso Cunha e região”.

Braga vai pedir ao secretário de Segurança que esclareça o caso o mais rápido possível.

– Vou apresentar à Mesa Diretora da Casa, um requerimento pedindo ao Secretário de Segurança, Jefferson Portela, para que tome conhecimento da situação desse caso, e para que acione as providências que ele requer, encontrando os criminosos e punindo-os com rigor, para que se possa, assim, ter a garantia do direito de imprensa e de opinião, e o Estado do Maranhão continue a ser devidamente respeitado – anunciou.

1

Reforço na segurança: Rafael Leitoa articula envio de viatura para Coelho Neto…

 

Rafael Leitoa com o prefeito de Coelho Neto e homens da segurança na região

Na manhã desta segunda-feira, 4, o governador Flávio Dino entregou 52 novas viaturas que servirão para reforço na segurança em diversas cidades do Maranhão. O município de Coelho Neto, representado no evento pelo prefeito Américo de Sousa e deputado Rafael Leitoa (PDT), receberam uma veículo para a cidade.

A picape tem tração 4×4, é moderna e adaptada para enfrentar qualquer terreno.

O deputado Rafael já havia percebido a necessidade de Coelho Neto receber uma nova viatura, assim, com o apoio dos deputados da base, o governo do Maranhão adquiriu estes novos veículos e, segundo Rafael Leitoa, pôde continuar fazendo a entrega, somando ao todo mais de 620 viaturas.

“É um avanço nunca visto na Segurança Pública do Maranhão, eu, como deputado e representante da Região Leste, buscarei sempre incluir nossas cidades nestes benefícios. Coelho Neto merece muito mais e com o pensamento nas necessidades constatadas a cada visita ao município, continuaremos trabalhando”, comentou.

O deputado com Flávio Dino, Jefferson Portela e o prefeito

O prefeito Américo de Sousa se mostrou otimista com a aquisição de mais um aparelho para reforço na segurança e agradeceu tanto o governador, pelo apreço com a cidade de Coelho Neto,quanto ao deputado Rafael Leitoa.

“Essa viatura reforçará ainda mais o serviço de segurança pública no município, com o apoio do governador Flávio Dino e do deputado Rafael temos agora este veículo. O deputado Rafael fez uma solicitação e a cidade foi atendida, o comando da polícia ganhou mais esse reforço”, comemorou o prefeito Américo.

0

Eliziane cobra investigação da morte de vereador do PPS…

Eliziane lamenta morte de vereador

A deputada federal Eliziane Gama (PP) emitiu nota de pesar neste sábado, 26, para lamentar a morte do vereador Kedson Rodrigues, de Governador Nunes Freire.

O parlamentar, que era filiado ao PPS, foi assassinado em Turilândia, com perfurações de faca.

– Eliziane Gama solidariza-se com parentes e amigos do vereador e pede que o caso seja investigado – diz a nota.

Kedson foi assassinado

Abaixo, a íntegra do documento:

NOTA DE PESAR

A deputada federal Eliziane Gama manifesta profundo pesar em virtude da morte do vereador de Governador Nunes Freire, Kedson Rodrigues. Ele era membro do PPS e tinha 38 anos.  

O vereador foi encontrado morto nesta sexta-feira (25), em Turilândia, a 160 km de São Luís com várias perfurações de faca.

Eliziane Gama solidariza-se com parentes e amigos do vereador e pede que o caso seja investigado.

0

Zé Inácio intercede no estado pela segurança pública de Paraibano…

Em audiência marcada pelo Deputado Estadual Zé Inácio (PT), o Secretário de Segurança Pública do Estado, Jefferson Portela, na sexta-feira, 11, recebeu o Prefeito de Paraibano Zé Hélio e o Vereador João Marcelo, para tratar de melhorias na segurança pública do município.

Durante a reunião, foram apresentadas as reivindicações como a instalação de vídeo monitoramento ao longo da Avenida 1° de maio, na BR 135, e redutores de velocidade em razão dos altos índices de violência e de acidentes. Bem como, a implantação do prédio da Delegacia de Polícia de Paraibano e a aquisição de uma viatura.

“Já tivemos uma grande redução de crimes cometidos na nossa cidade, e agora com o a indicação do Deputado Zé Inácio e com o apoio do Governo do Estado temos a certeza que iremos melhorar ainda mais na redução de delitos e crimes, assim como punir os delinquentes por meio da tecnologia”, disse o prefeito Zé Hélio.

“Estou realizando essa ponte entre o município e o governo do Estado para que possamos garantir ainda mais segurança para a população de Paraibano, e acredito na sensibilidade do Secretário Jefferson Portela para que possamos conquistar estas melhorias o mais breve possível”, disse o deputado.

O Secretário de Segurança Pública informou que em breve novas viaturas serão entregues aos municípios maranhenses, incluindo Paraibano que necessita de um novo veículo. As demais demandas foram repassadas para o setor de planejamento a fim de serem solucionadas.

“Como a cidade de Paraibano já possui cabeamento de fibra ótica fica muito mais fácil a implantação do sistema de vídeo monitoramento”, disse o Secretário.

Ao término da audiência, a comissão acompanhada do Coronel Luís Eduardo Vaz, realizou uma visita ao Centro Integrado de Operações do Estado-CIOPS e conheceu as instalações do sistema de vídeo monitoramento de São Luís.