0

Júnior Marreca: “vitória histórica” na partilha dos royalties…

O presidente da Federação Municípios do Maranhão, Junior Marreca (PV), classificou de “vitória histórica” a aprovação do projeto que redefine a divisão dos recursos provenientes da exploração do petróleo.

O movimento municipalista segue mais forte depois dessa mobilização – declarou Marreca, de Brasília, onde participou da marcha de prefeitos para acompanhar a votação.

Marreca, Com Socorro Waquim. sarney e Chiquinho Escórcio

O projeto segue agora para a apreciação da Câmara dos Deputados.

 Foi uma vitória histórica dos prefeitos, que conseguiram traduzir na prática esse sentimento municipalista. Foi da união dos prefeitos e da pressão sobre as bancadas federais dos estados que o movimento municipalista se fez mais forte e conseguiu efetivar, no Senado, a aprovação de um texto mais justo para os municípios – avaliou o presidente da Famem.

Para o representante maranhense, o empenho do presidente do Senado, senador José Sarney (PMDB), também foi importante para a aprovação da matéria.

Praticamente todo o Senado atuou em defesa dos interesses da municipalidade, mas foi a decisiva postura do presidente José Sarney que definiu os rumos da votação – disse.

Jún ior Marreca liderou um grupo de rpefeitos maranhenses na mobilização em favor do royalties, em Brasília.

7

Clóvis Fecury assume no Senado…

O suplente de senador Clóvis Fecury (DEM) assumiu hoje a vaga do titular João Alberto de Souza (PMDB). Alberto será secretário de Programas Especiais do governo Roseana Sarney (PMDB) posto que assumirá na próxima segunda-feira.

Observado por Sarney, Fecury faz o juramento à Constituição

Ex-deputado federal, Clóvis Fecury é filho do ex-prefieto de São Luís Mauro Fecury (PMDB), também suplente de João Alberto.

Nosso trabalho aqui será o de diminuir as diferenças sociais, econômicas e culturais da população das regiões Norte e Nordeste em relação ao resto do país. Agora é o momento certo para consolidar o crescimento que essas regiões têm apresentado – discursou Fecury.

Após a posse, o novo senador maranhense foi cumprimentado pelos colegas de plenário.

0

Sarney emite Nota de Pesar pela morte de Luciano…

Sarney lamenta morte de Luciano

O presidente do Senado Federal, José Sarney (PMDB), lamentou nesta sexta-feira a morte do deputado federal Luciano Moreira (PMDB). Para o Senador, é uma perda para o Maranhão e para o Brasil.

Em nota oficial, Sarney frisou que Luciano contriubiu com o desenvolvimento de três estados brasileiros: Ceará, Maranhão e Roraima.

Abaixo, a íntegra da nota:

“Nota de pesar pelo Deputado Federal Luciano Moreira

Com grande pesar recebi a notícia do falecimento trágico do deputado federal Luciano Moreira. À família deste grande brasileiro, exemplo de correção e honradez, estou solidário na dor, participando com minha amizade. Cearense de nascimento, Luciano Moreira contribuiu com o desenvolvimento de seu estado, de Roraima e do Maranhão, ocupando o cargo de secretário de administração.

No Maranhão, integrou a equipe dos Governos de Roseana, e comandou a execução de uma importante reforma administrativa, modernizando e dando mais agilidade a máquina do estado.Em seu primeiro mandato como Deputado Federal destacava-se pela competência e despontava como um dos grandes nomes do parlamento. Com sua partida tão precoce perde o Maranhão e o Brasil.
O seu último gesto de vida foi participar de um congresso nacional de procuradores com sua competência e colaboração. E neste evento fechou suas palavras dizendo ser o Maranhão sua terra de adoção, de alma e do seu amor.

Encaminhei ao Senado um voto de pesar, e junto com o povo maranhense neste momento de grande tristeza.

Brasília, 17 de junho de 2011.

José Sarney

Presidente do Senado Federal”

16

Em cadeira-de-rodas, Edinho reassume amanhã no Senado…

Edinho retorna ao Senado, de cadeira de rodas, após acidente

O senador Edison Lobão Filho (PMDB) paticipa nesta terça-feira da sua primeira sessão no Senado após o acidente que o deixou internado por quase um mês.

Ainda se movimentando em cadeira-de-rodas, Lobão Filho ocupará a bancada que pertence ao também maranhense João Alberto de Souza (PMDB), na lateral da primeira fileira.

– Como ele está de cadeira de rodas, pediram-me permissão para adaptar a minha bancada, já que é de mais fácil acesso para o senador – explicou João Alberto.

Edinho Lobão sofreu acidente de carro no último dia 12 dce maio, em Paço do Lumiar. Quebrou oito costelas, o fêmur e teve várias escoriações, mas sua recuperação foi extraordinariamente rápida.

– É incrível como ele conseguiu se recuperar tão rápido. Mas isso resultado da sua força física, da idade e da saúde – frisou Alberto.

Não há previsão para que Lobão Filho deixe a cadeira-de-rodas, mas sua atuação no plenário será completa.

15

Ainda as questões sobre Edinho Lobão…

Edinho Lobão: recuperação a jato...

Na nota da TV Mirante, ontem, sobre a saída do senador Lobão Filho (PMDB) do hospital onde estava internado desde o acidente em Paço do Lumiar, foi incluída declaração de sua mulher, informando que ele deve voltar ao Senado já na próxima semana.

Ocorre que todos os sites e portais de notícias do país informam que Edinho Lobão precisará ficar, pelo menos, seis meses de licença – o que levaria, obviamente, a um afastamento oficial, abrindo vaga para o suplente Pastor Bel (PP).

Fica evidente nas informações da família  sobre Lobão Filho uma tentativa de descaracterizar a necessidade de seu afastamento por prazo superior a 120 dias.

E uma óbvia estratégia para impedir que o suplente assuma.

Tudo indica que o senador acidentado optará por sucessivas licenças de 30 dias – já tirou a primeira, que estará sendo renovada em breve – evitando, assim, sua saída do mandato.

Mas, o que fazer, se o Pastor Bel aceita esta situação de bom grado?

6

“Foi uma lição de vida”, diz Lobão Filho, sobre acidente…

Lobão Filho: em franca recuperação

O senador Edison Lobão Filho (PMDB) falou hoje, pela primeira vez, sobre o acidente sofrido há cerca de 15 dias no município de Paço do Lumiar.

– Foi uma lição de vida pra mim – disse o senador, em entrevista por telefone à TV Mirante.

A conversa com o senador foi divulgada no “Jornal do Maranhão- 2ª Edição.

Em contato com a mulher de Edinho, a jornalista Paulinha Lobão, a emissora apurou que o senador deve deixar neste sábado a UTI do Hospital Albert Einstein.

Ainda segundo Paulinha, a alta está prevista já para a próxima semana…

24

Mas afinal, quando assume o Pastor Bel???

Pastor Bel ao lado de Edinho no interior maranhense

O senador Edison Lobão Filho (PMDB) já vai para a terceira semana internado em uma UTI de hospital, em São Paulo, desde que sofreu gravíssimo acidente de trânsito em Paço do Lumiar.

Edinho tem franca recuperação, mas já é sabido que o parlamentar passará, pelo menos, oito meses afastado das atividades – licenciado, portanto, do mandato no Senado.

O curioso é que, até agora, não houve qualquer movimentação em torno da posse so segundo suplente, o pastor Heber Valdo Silva Costa, o Pastor Bel (PP).

Se Lobão Filho não pode assumir o mandato, é o Pastor Bel quem tem que exercê-lo pelo tempo da licença. A menos que o titular do mandato, ministro de Minas e Energia, Edison Lobão (PMDB), decida voltar pro Senado.

O blog apurou que já houve movimentação contrária à posse de Bel.

O estranho é que o próprio suplente decidiu manter-se em silêncio, após conversa com o ministro, em Brasília.

O fato é que o Senado está com um senador a menos…

16

Quem é, e o que faz, o suplente de Edinho Lobão…

O pastor Bel é líder da Igreja Assembléia de Deus...

O suplente do senador Edison Lobão Filho, o Edinho (PMDB), Heber Valdo Silva Costa, atua no município de Poção de Pedras.

Estreou na política nas eleições de 2010, conseguindo emplacar como segundo suplente do atual minsitro de Minas e Energia, Edison Lobão (PMDB).

Foi este blog quem deu a primeira notícia de sua candidatura a senador, ainda em março de 2010.

Membro da Assembléia de Deus, o pastor Bel, como é conhecido, tentou, primeiro, emplacar candidatura própria ao Senado. E manteve a posição até o último momento, com total apoio do partido.

Para evitar um racha que viesse a criar problemas para o então candidato João Alberto de Souza (PMDB), o grupo Sarney teve que aceitar a presença de Bel na chapa.

Com isso, apostava no apoio dos líderes da AD em São Luís, a maioria ligada ao então candidato Jackson Lago (PDT).

Durante a campanha, o próprio Bel atuou como articulador da aproximação entre os pastores e a governadora Roseana Sarney.

Vários encontros foram realizados, todos coordenados pelo pastor-senador e pelo ex-candidato a vice-prefeito, e também pastor, Fábio Leite.

Mas ainda há entre os sarneyzistas quem torça o nariz para a posse de Bel na vaga de Edinho Lobão.

Algo sem sentido algum, já que o senador precisará de pelo menos seis meses para se recuperar do acidente sofrido quinta-feira passada.

9

Roberto Requião: só mais um canalha do Congresso…

A atitude do senador Roberto Requião (PMDB) contra o repórter da rádio Bandeirantes é a de um canalha da pior espécie.

Mas não é inédita.

Autoritário, grosseiro e metido a valentão, Requião tem aprontado das suas como ditador do estado do Paraná.

Naquele estado ele intimida a imprensa, ameaça adversários de espancamento e não poucas vezes vai às vias de fato com quem lhe contraria.

E não adianta dizer que a atidude do troglodita não foi censura. Foi sim, e da pior espécie.

E do tipo covarde por que escorada no abuso de autoridade.

Infelizmente, Roberto Requião é só mmais um canalha do Congresso Nacional.

Há muitos iguais a ele…

13

O projeto eleitoral de Haroldo Sabóia…

Sabóia usará 2012 como trampolim para 2014

De posse do PSOL maranhense desde que entrou, na marra, por determinação do diretório nacional – o que forçou a debandada dos chamados “fundadores” da legenda – o ex-vereador Haroldo Sabóia já tem projeto eleitoral definido.

Ele é o nome do partido para as eleições de 2012 em São Luís.

Vai concorrer ao cargo de prefeito, na oposição à administração de João Castelo (PSDB).

Mas fará média com o tucano por que conta com ele para projeto mais mabicioso.

Sabóia quer ser o candidato da oposição ao Senado Federal em 2014.

Sua candidatura a prefeito é apenas o trampolim para viabilizar o nome na disputa de dois anos depois.

Com o controle do PSOL, terá o projeto facilmente viabilizado.

Só falta agora combinar com o povo…