5

Flávio Dino: aparentemente soberbo…

Por Robert Lobato

Ao contrário do que diz o ex-deputado Freitas Diniz, eu nunca achei Flávio Dino um “impostor”, pelo contrário, o comunista tem trajetória pessoal, profissional e mesmo política (movimento estudantil) que merece reconhecimento.

Acho apenas que o “juiz” é sabido demais.

Entretanto, para quem entrou efetivamente na política há pouco mais de cinco anos, Dino precisa aprender mais um pouco sobre o jogo político, caso contrário pode passar para a história tão somente como uma “lenda” da política maranhense.

Aparentemente soberbo, o ex-deputado joga errado ao achar que todos devem aguardar o seu humor ou sua boa vontade para decidir se irá ser candidato a prefeito, governador, deputado federal, senador, presidente da República ou seja lá o que for.

Essa postura, que lhe valeu alcunha de “professor de Deus”, já desagrada meio mundo da combalida e complica oposição maranhense.

São muitas as queixas de lideranças importantes da oposição sobre a postura do presidente da Embratur.

Mas, aparentemente soberbo, Flávio Dino parece não se importar com isso, pois parece acreditar que o futuro do Maranhão, quiçá da humanidade, depende dele. Continue lendo aqui…