2

Fábio Câmara alertou sobre aumento…

Fábio Câmara mostra situação dos coletivos de São Luís

Fábio Câmara mostra situação dos coletivos de São Luís

O vereador Fábio Câmara (PMDB0 já vinha alertando sobre o aumento da tarifa de ônibus em São Luís desde o ano passado.

– Sempre disse que o prefeito não teria como impedir o aumento e estava enganando a população. Mostrei á Câmara Municipal o erro, mas todos se calaram – falou o vereador, nesta quinta-feira, 24.

Desde 2015 Câmara tem mostrado dados técnicos para provar que as articulações sobre aumento de tarifas eram orquestradas pelo sindicato das empresas e pela própria prefeitura.

– A prefeitura queria o aumento, só tinha medo de mostrar isso à população. Mas não teve mais como resistir – frisou.

Fábio Câmara pretende discursar na Câmara Municipal, semana que vem, mostrando dados técnicos do transporte para cobrar a modernização da frota e a qualidade no serviço.

6

Edivaldo Júnior garante ar-condicionado em licitação de transporte…

Em anúncio da publicação do Edital de Licitação no setor, prefeito de São Luís garante que a melhoria do conforto nos ônibus será uma das exigências para as novas empresas

 

O prefeito Edivaldo Júnior (PDT) fará publicar nesta sexta-feira, 18, o Edital de Licitação do Sistema de Transporte de São Luís, que visa melhorar o serviço oferecido aos usuários na capital maranhense.

E de acordo com o prefeito, as empresas a serem contratadas terão que oferecer ônibus novos, com todos os itens de conforto ao passageiro.

– Os novos contatos exigem ônibus novos em circulação, inclusive com ar condicionado – afirmou o prefeito.

A questão do ar-condicionado nos ônibus gerou corte polêmica, em dezembro, quando da votação do projeto na Câmara Municipal. (Relembre aqui e aqui)

Em vídeo que começou a ser veiculado ainda na quarta-feira, 16, Edivaldo afirma que a licitação é a quebra de monopólio das atuais empresas e o enfrentamento de um problema que já dura meio século.

Veja a íntegra do vídeo acima…

3

Wellington cobra de empresas planilha que justifique aumento de passagens…

Parlamentar pede ao SET que detalhe os custos de composição das tarifas de ônibus, inclusive os valores subvencionados pela Prefeitura de São Luís

 

Wellington tem cobrado explicações do sistema

Wellington tem cobrado explicações do sistema

O deputado Wellington do Curso (PPS) encaminhou ontem ao Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros (SET), Ofício em que pede informações detalhadas sobre as tarifas de ônibus em São Luís.

Estamos em um cenário em que, de um lado, temos a Prefeitura de São Luís e, de outro, a população ludovicense. Entre um lado e outro, tem-se o iminente aumento nas tarifas de transporte público. Mais uma vez, tem-se a tentativa de fazer com que a população pague pela má administração de recursos. Como consequência, cogita-se o aumento da tarifa. Por não identificarmos nada que justifique tal aumento, solicitamos ao SET um detalhamento da composição da tarifa de ônibus de São Luís com a demonstração dos valores subvencionados pelo Poder Público. Só então saberemos se há ou não algo que ‘justifique’, sob o ponto de vista econômico-financeiro, que a população pague tão caro para ter acesso aos ônibus. Independente disso, o que não podemos admitir é que o trabalhador tenha que pagar para ser humilhado nas ruas de São Luís”, ressaltou o deputado Wellington.

Para o deputado, há um jogo de cenas entre os atores que forma o sistema de transporte para criar uma situação que justifique o aumento.

Mas é preciso, diz o parlamentar, que se saiba quanto de dinheiro público entra no faturamento das empresas.

– Só assim saberemos se o reajuste se justifica – disse o deputado…

1

Bilhete Único tem primeiro boletim positivo…

O cartão do bilhete único

O cartão do bilhete único

O sistema de Bilhete Único, serviço que teve início no sistema de transporte integrado de São Luís, nesta segunda-feira, 14, tem primeira avaliação positiva.

Segundo o levantamento parcial feito pela Secretaria de Trânsito e Transporte, às 10h da manhã, um total de 3.118 usuários já haviam utilizado o sistema de serviço de integração temporal. Desse total, 2.459 usuários utilizaram a modalidade de vale transporte e 659 usuários utilizaram a modalidade cartão estudantil.

Para o secretário da SMTT, Canindé Barros, este levantamento parcial demonstra um resultado bastante positivo no que se refere à adesão dos usuários de transporte ao sistema de Bilhete Único. Significa que a população, desde o primeiro momento, já está acreditando nesse novo benefício da Prefeitura para a melhoria dos seus deslocamentos diários de casa para o trabalho e de casa para os locais de estudo.

O prefeito Edivaldo, com Canindé e Márcio Jerry, comemora a implantação do serviço

O prefeito Edivaldo, com Canindé e Márcio Jerry, comemora a implantação do serviço

Canindé Barros destacou que este resultado é apenas parcial e que outros virão durante o dia. Disse que, visando manter a população informada sobre os benefícios, ele está circulando todos os cinco terminais de integração com sua equipe, acompanhando os vários fiscais da Prefeitura se encontram nesses  locais com todo o suporte de informação e material de divulgação sobre o Bilhete Único para orientar os usuários sobre o uso do benefício

Canindé ressaltou que é natural que haja alguns ajustes no início da implantação do serviço e que a adaptação vem com o decorrer do tempo. Para tanto, os técnicos e fiscais da SMTT estão de prontidão para acompanhar o funcionamento do sistema, bem como orientar diariamente o usuário sobre o mesmo.

O Bilhete Único é um investimento previsto no Plano de Governo do prefeito Edivaldo, que vai permitir que o usuário do transporte urbano integrado da capital utilize quantos transportes forem necessários para chegar ao seu destino, pagando uma única passagem, de R$ 2,60 reais,  em um tempo total de 1h30min após o embarque (para linhas troncais e circulares).

0

Tentativa de regularizar “carro lotação” é desleal com taxistas, diz Fábio Câmara

O vereador Fábio Câmara (PMDB) criticou emenda à Lei nº 402, de 28 de maio de 2015, promulgada pela Câmara de São Luís, que concede a permissão de 180 placas de táxi, destinados aos detentores de “carros-lotação” da área Itaqui-Bacanga. O parlamentar alertou que a aprovação da proposta é algo desleal, pois, segundo ele, transforma os trabalhadores do transporte clandestino em taxistas.

– A aprovação de 180 placas para os detentores de ‘carro-lotação’ é um contrassenso total. O que está sendo proposto aqui, além de um erro e um crime, é algo desleal aos taxistas que exercem sua profissão dentro da legislação em vigor – afirmou.

Fábio Câmara que é presidente da Comissão de Transporte disse ainda que não é contra o trabalho dos detentores de “carros-lotação”, mas afirmou que não poderia concordar com a matéria que estava em votação por entender que não era de competência da Câmara.

– Não sou contra os trabalhadores dos ‘carrinhos’, mas não posso concordar com isso. A Câmara Municipal não tem competência de regulamentar profissão. Esse assunto cabe ao Congresso Nacional. O que temos de fazer é propor leis municipais especificas para resolver o problema do transporte clandestino – declarou.

O peemedebista encerrou seu pronunciamento destacando que tanto a Câmara quanto a Prefeitura não têm o direito dar a coisa pública. Segundo ele, no máximo que pode ser feito em relação a isso é dar uma autorização para a realização de uma licitação.

– Volto a dizer: a Câmara cometeu um grande erro quando fez isso. No máximo que a Casa poderia fazer é dar autorização para a licitação do transporte. Uma placa de táxi hoje custa aproximadamente R$ 40 mil agora imagina quanto custa 180 placas? Nós tínhamos que ter critérios. Placa de táxi é para os taxistas e defensores – concluiu.

0

Astro prepara votação de licitação no transporte…

astroO presidente da Câmara Municipal de São Luís, Astro de Ogum (PR), voltou a afirmar, na sessão desta segunda-feira, 16, que o Legislativo não se curvará à pressões externas para apressar a votação do projeto autorizativo que estabelece a licitação dos transportes públicos da capital maranhense.

Segundo Astro de Ogum, a matéria continua tramitando normalmente na Comissão de Transportes da Casa e que cada item do projeto, encaminhado pelo Executivo, será analisado cautelosamente, para que a matéria não venha ser votada de afogadilho e equívocos venham passar despercebidos.

Para o vereador-presidente da Câmara, não há previsão para que o projeto entre na pauta da Casa para votação.

– Temos que analisar bem a matéria, pois temos mais de 600 mil usuários do setor de transportes que serão beneficiados com essa licitação – comentou Astro de Ogum.

Do blog de Mário Carvalho
6

Eliziane alerta para o risco de tragédia no transporte em São Luís…

Membro da Comissão de Defsda do Consumidor da Câmara dos Deputados, parlamentar maranhense cobra melhor qualidade no sistema oferecido na capital maranhense e diz que a população corre perigo

 

ônibus tido como novo simplesmente s e desmonta em pleno Centro de São Luís

ônibus tido como novo simplesmente s e desmonta em pleno Centro de São Luís

Indignada coma  cena de um ônibus com o eixo traseiro sacado, em pleno Centro de São Luís, durante o feriadão, a deputada federal Eliziane Gama (Rede) cobrou reformulação urgente no sistema.

No mês passado, a deputada participou de evento na Câmara Municipal que discutiu a mobilidade urbana, apontando saídas para o transporte na capital.

Também acompanhou a promotora Lítia Cavalcanti no pedido de intervenção direta na gestão do prefeito Edivaldo Júnior (PTC), que não cumpriu os termos do Termo de Ajustamento de Conduta, assinado ainda na gestão de João Castelo (PSDB), em 2011.

Eliziane Gama, com Fábio Câmara e Lítia Cavalcanti: preocupação com perdas de vidas

Eliziane Gama, com Fábio Câmara e Lítia Cavalcanti: preocupação com perdas de vidas

– Não se pode esperar uma tragédia em São Luís para se resolver o problema do transporte – alertou Gama.

Lítia Cavalcanti tem a mesma preocupação de Eliziane Gama, e afirma haver riscos de perdas de vida no transporte em São Luís.

– A maior preocupação é com a perda de vidas, já que só nos últimos dias registramos dois acidentes por causa de problemas mecânicos dos veículos. É uma tragédia anunciada – relatou a promotora de justiça.

Eliziane Gama pretende abrir debate na Câmara Federal sobre o transporte público e a mobilidade urbana em todas as grandes cidades do país.

 

 

 

 

9

Promotora explica a parlamentares pedido de intervenção em São Luís…

Lítia Cavalcanti recebeu a deputada federal Eliziane Gama e o vereador Fábio Câmara para falar sobre o descumprimento do Termo de Ajustamento de Conduta assinado em 2011 pela gestão de Edivaldo Júnior

 

Lítia mostra a ação a Fábio Câmara e Eliziane Gama

Lítia mostra a ação a Fábio Câmara e Eliziane Gama

A promotora de Defesa do Consumidor Lítia Cavalcanti recebeu hoje em seu gabinete a deputada federal Eliziane Gama (PPS) e o vereador Fábio Câmara (PMDB), para tratar do pedido de intervenção na Prefeitura de São Luís.

Cavalcanti decidiu pedir à Procuradoria-Geral de Justiça que entrasse com um pedido de intervenção na gestão de Edivaldo Júnior (PDT), que descumpriu os pontos do Termo de Ajustamento de Conduta assinado desde 2011, ainda na gestão anterior, para regularização do sistema de transporte na capital.

Eliziane, que iniciou esta semana um debate sobre mobilidade urbana em São Luís disse que os pontos mostrados pela representante do Ministério Público são gravíssimos, no que diz respeito ao sucateamento do transporte.

– A população precisa de um transporte de melhor qualidade, que lhe garanta uma mobilidade segura, por preço justo. Não há explicação para o descumprimento das medidas pedidas pelo Ministério Público – frisou Eliziane.

Fábio Câmara lembrou que ele próprio tem denunciado o sucateamento do sistema de transporte na capital, e que cobra desde o início da gestão o cumprimento das promessas feitas por Edivaldo Júnior ainda na campanha.

A Representação de Lítia Cavalcanti foi encaminhada á procuradora-geral Regina Rocha, que será a responsável por acionar a prefeitura com o pedido de intervenção no Tribunal de Justiça.

5

Eliziane vai debater o transporte público em São Luís…

Eliziane critica atual situação da mobilidade na capital maranhense

Eliziane critica atual situação da mobilidade na capital maranhense

A deputada federal Eliziane Gama (PPS) pretende realizar audiência pública para debater a situação do trasnporte e da mobilidade urbana em São Luís.

Segundo a parlamentar, a ideia é levar o assunto para a Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados, da qual é membro.

 – O consumidor brasileiro tem direito a ter um serviço público de qualidade – afirmou a deputada maranhense.

A deputada ressalta que São Luís é uma das capitais brasileiras que desrespeitam a Lei Nacional de Mobilidade e quer discutir o tema com os gestores da capital maranhense.

– Este debate terá um olhar para as capitais brasileiras, especialmente para nossa capital, São Luís em que o plano de mobilidade é praticamente inexistente e temos um sistema totalmente sucateado e sem dar resposta à altura para os moradores da nossa bela cidade –  disse.

Na avaliação de Eliziane Gama, São Luís tem trânsito sobrecarregado, transporte público sucateado, crescimento sem planejamento e a ausência de vias alternativas para desafogar a região central da cidade e falta de ciclovias.