0

Em visita ao TCE, Othelino Neto discute parceria para divulgação das ações do órgão na TV Assembleia

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado estadual Othelino Neto (PCdoB), fez uma visita de cortesia, nesta quinta-feira (21), ao presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Nonato Lago. Na ocasião, foram tratados, entre outros assuntos, a viabilidade de veiculação de um programa sobre as ações do TCE na grade da TV Assembleia.

Também participaram do encontro o conselheiro do TCE, Raimundo Oliveira Filho; o secretário de Administração, Ambrósio Guimarães Neto; o diretor de Administração da Alema, Antino Noleto; o diretor de Comunicação da Alema, Edwin Jinkings; e o procurador-geral da Alema, Tarcísio Araújo.

Othelino Neto destacou a satisfação em visitar a instituição, não somente na condição de presidente do Poder Legislativo, mas como servidor efetivo do Tribunal de Contas. Ele também frisou a futura parceria entre a Assembleia Legislativa e o TCE, para a divulgação das ações do órgão em um programa que será incluído na grade da TV Assembleia.

“Nós conversamos um pouco sobre o tribunal e os novos passos que vai dar. Tratamos da futura participação do Tribunal de Contas na grade da TV Assembleia, que será muito importante para levar as informações daquilo que o tribunal produz para o Maranhão e o Brasil. Para mim, não só na condição de presidente do Poder Legislativo, mas como servidor efetivo da Casa, é razão de grande alegria estar aqui e discutir parcerias com o Tribunal de Contas”, ressaltou Othelino.

Entre outras coisas, o diretor Edwin Jinkings informou que a parceria seguirá a linha harmônica já estabelecida também com outras instituições. “Participamos da reunião com o presidente do TCE e, entre outros assuntos, foi discutida uma parceria para a produção e veiculação de um programa do órgão na TV Assembleia. O termo de compromisso deverá ser assinado em breve, nos moldes dos programas do TJ e MP, que estrearam na atual gestão”, destacou.

Nonato Lago, presidente do TCE, agradeceu a visita de cortesia. “Uma visita de cortesia, que muito honra o Tribunal de Contas, até porque o visitante, além de exercer a função de presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, é um funcionário dos quadros do TCE”.

“Esse diálogo com o Poder Legislativo é muito salutar, uma vez que o Tribunal de Contas tem uma vinculação direta com esse poder. É uma satisfação para nós recebermos o presidente Othelino, duplamente, por ser presidente da Assembleia e funcionário do Tribunal de Contas”, ratificou o conselheiro Raimundo Oliveira Filho.

“Participamos da reunião com o presidente do TCE e, entre outros assuntos, foi discutida uma parceria para a produção e veiculação de um programa do órgão na TV Assembleia. O termo de compromisso deverá ser assinado em breve, nos moldes dos programas do TJ e MP, que estrearam na atual gestão”, destacou o diretor de Comunicação da Assembleia Legislativa do Maranhão, jornalista Edwin Jinkings.

 

0

Fábio Braga fala sobre trajetória de vida no programa Retrato..

O deputado Fábio Braga foi o entrevistado de segunda-feira, 8, no programa Retrato, da TV Assembleia, apresentado pela jornalista Maria Assunção. Ele discorreu sobre sua trajetória de sua vida até agora, no terceiro mandato de deputado estadual.

Ele mostrou o que foi sua  infância no interior, falou dos amigos, das brincadeiras, dos questionamentos e destacou a determinação de sua mãe, que decidiu mandá-lo com apenas dez anos de idade estudar em São Luís juntamente com uma irmã também menor, a fim de que pudessem se preparar melhor para os desafios da vida, mesmo Dona Chiquita enfrentando a distância, as saudades, as preocupações de mãe, as dificuldades de comunicação da época, e o medo de um ambiente sempre hostil de uma cidade grande, sobretudo para alguém que apenas se iniciava na vida.

Veja acima o vídeo da entrevista…

1

Júnior Verde destaca acordo de mídia entre Câmara Federal e Assembleia…

O deputado estadual Júnior Verde (PRB) participou  sexta-feira, 29 da assinatura do Termo de Cooperação Técnica entre a Câmara Federal e a Assembleia Legislativa do Maranhão para intensificar a troca de conteúdos entre as emissoras das duas Casas Legislativas.

O termo foi assinado pelo deputado federal e secretário de Comunicação da Câmara Federal, Cleber Verde (PRB), e o diretor de comunicação da Assembleia, Carlos Alberto Ferreira. A parceria também prevê a cessão de transmissão de uma Rádio FM para toda a capital, motivo pelo qual o vice-presidente da Câmara Municipal, Francisco Carvalho, se fez presente no encontro.

Júnior Verde, com representante da Câmara, Carlos Alberto, Cléber Verde e Chico Carvalho

Júnior Verde, com representante da Câmara, Carlos Alberto, Cléber Verde e Chico Carvalho

– A TV Câmara vai autorizar a transmissão das sessões realizadas no Legislativo Federal na TV da Assembleia, bem como audiências públicas e o conteúdo informativo e cultural produzido em Brasília. Considero um grande avanço, uma vez que possibilitará a divulgação das ações dos deputados federais que representam o Maranhão – explicou Júnior Verde.

Até o final deste ano, também deve começar a operar uma Rádio FM para divulgar as ações dos deputados e vereadores.

De acordo com Carlos Alberto, a Assembleia vai disponibilizar toda a estrutura para o funcionamento da rádio.

– Temos um excelente suporte técnico para viabilizar esse importante canal de comunicação aqui no Complexo da Assembleia, e logo estaremos operando a rádio, transmitindo os programas voltados às ações parlamentares de deputados e vereadores – destacou o diretor.

O deputado federal Cleber Verde destacou a importância do acordo.

– O presidente Humberto Coutinho, desde logo, manifestou-se como o maior entusiasta desta parceria, extremamente positiva, porque possibilitará inclusive a veiculação dos excelentes documentários produzidos nas duas Casas Legislativas – destacou Cleber Verde.

O vereador Francisco Carvalho mostrou-se entusiasmado.

– Este Termo de Cooperação é muito importante, inclusive porque abre a oportunidade de se ter no Maranhão uma rede de emissoras de rádios divulgando as ações de todas as Câmaras Municipais de nosso Estado – declarou.

6

Assembléia terá complexo de Comunicação…

Perspectiva artístoica do setor de comunicação da AL

A Assembléia Legislativa ganhará um prédio equipado com toda a tecnologia disponível para abrigar o sistema de comunicação da Casa.

O projeto foi apresentado ontem pelo presidente Arnaldo Melo (PMDB), que anunciou para breve o início das obras.

O novo prédio será erguido em uma área do Palácio Manoel Beckman, seguindo o modelo arquitetônico já existente, e reunirá toda a estrutura de comunicação.

Além da TV Assembléia, que deverá funcionar em canal aberto a partir deste semestre, o novo prédio abrigará a Diretoria de Comunicação, sistema de rádio, redações, laboratórios e portal de Internet.

Arnaldo Melo fala do projeto a deputados e servidores

Nossa recomendação é que o projeto traga para o Maranhão o que há de mais moderno em termos de estrutura para TV, rádio e internet legislativa, que esteja à altura da Assembleia Legislativa, uma das mais modernas do país – declarou Arnaldo Melo.

O novo prédio terá três andares, onde funcionarão setores adminsitrativos, estúdios, camarins, redação e salas de diretoria, além de um auditório.

Arnaldo Melo quer inaugurá-lo, possivelmente, no dia 8 de setembro, aniversário de São Luís…

9

Manipulada pela oposição, TV Assembléia é retirada do ar…

Oposicionistas são onipresentes na TV Assembléia

É claro que a população nem percebeu – afinal, a audiência é ínfima – mas a TV Assembléia, que transmite as sessões do Poder Legislativo, está fora do ar desde segunda-feira.

Foi uma determinação do presidente da Casa, Arnaldo Melo (PMDB), para evitar o uso político da greve dos policiais militares.

Deputados de oposição eram estrelas onipresentes na programação da “emissora”, assim como os “alienígenas” que estão a comandar os policiais maranhenses no movimento.

Na verdade, desde a sua inauguração, a TV Assembléia passou a ser bunker de jornalistas balaios ressentidos.

Tavares: cadeira cativa na programação

Deputados como Bira do Pindaré (PT), Marcelo Tavares (PSB), Rubens Pereira Júnior (PCdoB) e Neto Evangelista (PSDB) têm cadeira cativa na programação.

Mas a postura acentuadamente anti-governista foi escancarada mesmo durante a greve dos PMs.

Estrangeiros do tipo de Marcos Prisco – expulso da PM da Bahia por insubordinação – ou Soldado Sampaio, ligado ao PCdoB, davam entrevistas durante toda a programação “ao vivo”.

As matérias ovacionavam acentuadamente o “movimento”.

A decisão de tirá-la do ar, portanto, foi a mais sensata. Afinal, é menos um canal a insuflar os insubordinados.

Ainda que ninguém tenha notado…

2

No que é essencial, a Assembléia já está na TV…

Marcelto Tavares mostra estúdio na nova TV aos colgeas

Não se resume apenas ao fato de exibir reprises a polêmica em relação à inauguração da TV Assembléia, nesta terça-feira. Isso é o de menos.

O que importa mesmo é que a Casa gastará milhões com equipamentos, manutenção e pessoal para construir algo que já tem. E o pior: para transmitir apenas em canal por assinatura, restringindo a audiênncia, já que este tipo de  programação é de acesso apenas ao mais abastados.  

De uma forma ou de outra, o poder legislativo estadual já está na TV. Na TV, no rádio, nos jornais, nos blogs… E o que é melhor: apenas no que é essencial saber do Poder Legislativo.

Os profissionais setoristas que cobrem a Casa sabem fazer o filtro do que é importante e do que não é no que accontece em plenário ou nos bastidores – só o que tem importância político-social é divulgado.

A programação da TV Assembléia apenas transformará em intermináveis as já mornas sessões da Casa, uma vez que o Baixo Clero verá nisto uma possibildiade de aparecer – nem sempre com assuntos de interesse público..

Enquanto eles estiverem falando para poucos, jornais, rádios e TV continuarão dizendo exatamente o que o povo quer saber da Assembléia.

Simples assim…

3

O número 40 da TV Assembléia…

Os louros vão para o blog de Gilberto Léda.

Foi ele o primeiro a alertar para o fato de que o canal da Assembléia era o 40. Perguntou o porquê de ser exatamente este número e ouviu de uma assessora que era definido pelo sistema.

Não é verdade.

Cabe a cada canal escolher o número por onde será visto, levando em consideração apenas a altura da frequência, se baixa ou alta.

O 40 é o número do PSB, partido de Marcelo Tavares.

A denúncia de Léda ganhou repercussão e o presidente tev e de admitir:

– O número do canal coincidia com o do PSB, o meu partido. Por isso foi alterado – disse o presidente.

Só a assessora ahcou diferente…