0

Imperatriz: Assis Ramos enrega moderna usina de asfalto

Com capacidade para produção de 80 toneladas de massa asfáltica, equipamento foi adquirido com recursos articulados pelo deputado federal João Marcelo; e estará imediatamente em operação

 

O prefeito Assis Ramos (DEM) entregou nesta sexta-feira, 13, uma moderna Usina de Asfalto, novo equipamento que vai ajudar a melhorar ainda mais a infraestrutura urbana das ruas e avenidas de Imperatriz, reivindicação de toda a cidade, em especial dos moradores dos bairros periféricos.

Segundo ele, a aquisição é resultado das viagens realizadas à Brasília, quando em 20 de fevereiro em reunião com o deputado federal João Marcelo (MDB), conseguiu viabilizar recursos na ordem de R$ 1,5 milhão para aquisição da usina de asfalto, além de equipamentos no valor de R$ 1,4 milhão.

O convênio foi celebrado junto à Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia, Sudam, totalizando o valor de R$ 2,9 milhões.

O secretário municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Sinfra, Zigomar Filho, explicou que a usina possui uma capacidade de produzir 80 toneladas de massa asfáltica, além de ser composta por dois tanques, sendo um com 35 toneladas e outro com capacidade de armazenamento de 15 toneladas de óleo combustível.

O equipamento entrará imediatamente em operação.

1

Câmara aprova projeto de Pedro Lucas sobre urbanização…

Pedro Lucas tem mais um projeto aprovado na Câmara

A Câmara de São Luís aprovou, nesta quarta-feira (21), Projeto de Lei nº 172/2015 de autoria do vereador Pedro Lucas Fernandes (PTB-MA), que dispõe sobre a “execução de limpeza em terrenos baldios pelos seus proprietários”, na capital maranhense. 

O dispositivo visa incentivar a participação dos proprietários de terrenos baldios na capina e limpeza, evitando as queimadas e a proliferação de doenças geradas pelo acúmulo de mato, lixo, entulhos e água parada pela falta de escoamento.

A proposta agora segue para sanção do prefeito Edivaldo Holanda Júnior para poder entrar em vigor.

0

Imperatriz: revitalização do camelódromo já começou…

Objetivo da prefeitura é garantir espaço que reúna todos os trabalhadores que estão espalhados pela cidade, garantindo acesso público e estrutura

 

Fiscais da prefeitura começaram a organizar o camelódromo

Criar um espaço que abrace os camelôs, espalhados pela cidade, e ofereça atividades culturais à população imperatrizense, é a proposta da Prefeitura, com o projeto de revitalização do Camelódromo.

O assunto foi pautado em reunião na manhã do dia 18, com a presença do secretário municipal de Governo e Projetos Estratégicos, Marlon Moura, e da coordenadora do Setor de Postura da Secretaria Municipal de Planejamento Urbano, Maiara Nascimento.

Dentre os objetivos, estão uma limpeza profunda de todo o ambiente e a retirada de quiosques, já que muitos caíram desuso.

Do jeito como está, o espaço acaba servindo de esconderijo para usuários de drogas e pessoas que cometem roubos e furtos. De acordo com Maiara Nascimento, “hoje o camelódromo está abandonado e essa revitalização vai dar muito mais vida ao local e dará oportunidade de compras e de convívio, tornando-se nova opção de lazer, com área verde”.

Fiscais se reuniram para discutir a implantação do projeto

Remanejar os ambulantes e desobstruir algumas das principais avenidas de Imperatriz, como Dorgival Pinheiro de Souza e Getúlio Vargas, também melhoram as ações de outras secretarias, como a de Trânsito.

Com passeio público livre, veículos e pedestres ganham em mobilidade e acessibilidade.

Além da segurança, os vendedores terão uma área adequada para continuar suas atividades, o que incentiva a circulação de dinheiro no município e aquece a economia da região.

15

Segunda fase da Via Expressa chegará à Cohab…

Antes mesmo do conclusão da primeira etapa – entre o Jaracaty e o Maranhão Novo, o governo deve lançar as obras da segunda etapa da Via Expressa.

O novo projeto, já em fase inicial de licitação, prevê o prolongamento da avenida entre o Maranhão Novo e a Cohab.

A faixa vermelha na imagem mostra o traçado da nova etapa da Via Expressa

A nova etapa da Via Expressa, com obras previstas para iniciarem-se ainda em 2012, passa pela região do Ipase, corta parte do Bequimão,  Rio Anil, Cema-Detran, Vila Palmeira, Pão-de-Açucar, Anil e Cruzeiro do Anil, até chegar ao Retorno da Cohab.

Max: projetos com os mesmos desafios

Para o secretário de Infra-estrutura, Max Barros, a obra tem várias áreas que precisarão ser desapropriadas, mas a dificuldade de execução é igual à da primiera fase.

O prolongamento da Via Expressa acabará com uma discussão tola, iniciada com a construção da primeira etapa, que deve ser entregue em outubro: a de que a nova via iria desafogar o trânsito apenas até o Ipase e que, dali em diante, o caos continuaria.

Embora a argumentação não se justifique tecnicamente, o governo mostra que está sempre um passo à frente.

A previsão de entrega da Via Expressa parte II é 2013…