11

PDT a caminho da oposição a Castelo…

Uma questão pragmática pode levar o PDT a apoiar o candidato do grupo formado por PP, PCdoB, PTC, PPS e PSB, abrindo mão da indicação do vice de João Castelo (PSDB).

São cada vez mais fortes os sinais de que o ex-deputado Flávio Dino (PCdoB) apoiará mesmo o deputado federal Edivaldo Júnior (PTC) à sucessão de Castelo, com apoio de, pelo menos, uma parte deste grupo.

Weverton e Amin: pragmatismo pode pesar na definição de alianças

A eleição de Holanda Júnior beneficiaria diretamente o PDT, que ganharia uma vaga na Câmara Federal.

Para completar, os dois principais comandantes do partido, Julião Amin (vice-presidente) e Weverton Rocha (secretário-geral) são exatamente os beneficiários de uma eventual eleição de Júnior.

Weverton é primeiro suplente, e assumiria a vaga imediatamente após a posse do eventual prefeito, garantindo dois anos de mandato efetivo. Amin, por sua vez, garantiria chances de assumir no decorrer do mandato.

Não será supresa, portanto, se o PDT acabar na coligação coordenada por Flávio Dino…

2

PSB ainda pode compor vice de Castelo…

Zé Antonio e Marcelo: um dos dois pode ser vice

Se depender do presidnete regional da legenda, advogado José Antonio Almeida, o PSB manterá a vice na chapa do prefeito João Castelo (PSDB).

E para o próprio José Antonio Almeida.

Há um acordo entre o grupo do governador José Reinaldo Tavares e o de José Antonio para a disputa eleitoral em São Luís.

Se o PSB compuser com Flávio Dino (PCdoB), aí o vice será o deputado estadual Marcelo Tavares, sobrinho de José Reinaldo. Se, por outro lado, a composição for com Castelo, aí o vice será Almeida.

Apenas numa remota hipótese de candidatura própria é que o presidente municipal da legenda, Roberto Rocha, seria chamado à missão eleitoral.

E a composição com o PSB agrada ao próprio prefieto João Castelo.

José Antonio é seu advogado pessoal – e defensor no processo de cassação que os comunistas movem na justiça Eleitoral. Compondo com ele, Castelo uniria o útil ao agradável.

Até junho, o PSB define esta pendenga…