7

Edivaldo aposta tudo na zona rural…

Candidato do PDT intensifica presença na região mais afastada e na periferia de São Luís para tentar garantir a vitória sobre Eduardo Braide, que tem apoio dos chamados “formadores de opinião”

 

Edivaldo entre eleitores da zona rural: na busca pela virada entre eleitores mais distantes dos grandes centros

Edivaldo entre eleitores da zona rural: na busca pela virada entre eleitores mais distantes dos grandes centros

O prefeito Edivaldo Júnior (PDT) esteve em caminhada, nesta sexta-feira, 21, pela região da Estiva, na Zona Rural de São Luís.

Holandinha tem intensificado presença na Zona Rural e na periferia de São Luís – tanto com a militância política quanto com a máquina da prefeitura – para tentar consolidar-se na disputa contra Eduardo Braide (PMN).

O candidato do PDT aposta que os votos nessas regiões são mais suscetíveis, e podem decidir a eleição na reta final; por isso intensificou a presença.

Além do próprio Edivaldo, vereadores alinhados ao projeto da prefeitura, e cabos eleitorais – muitos cabos eleitorais – estão diariamente nessas áreas em busca de votos.

E a tendência é que a presença seja intensificada na semana final de campanha…

5

Eduardo Braide recebe apoios importantes no fim de semana…

Candidato do PMN é aplaudido por segmentos sociais importantes, como o da enfermagem e o setor cultural; e garante também apoio em comunidades da Zona Rural

 

Eduardo conquista cada vez mais gente do movimentos comunitários

Eduardo conquista cada vez mais gente do movimentos comunitários

Reuniões, carreata e caminhadas marcaram o fim de semana da campanha do candidato a prefeito de São Luís, Eduardo Braide (PMN), que recebeu apoios importantes durante os compromissos.

A primeira declaração de apoio a Eduardo Braide foi do Movimento Acorda Enfermagem.

Os representantes dos sindicatos e movimentos que participaram da reunião, questionaram o candidato sobre seus projetos e a valorização dos profissionais.

“Os trabalhadores vivem há muitos anos na invisibilidade. Todos falam sobre construção ou estruturação das unidades de saúde. Em nenhum momento é tratado sobre a situação dos profissionais da saúde. Não temos condições de trabalho, lugar para descansar. A gente quer saber qual a proposta do candidato”, questionou uma diretora do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem e Trabalhadores de Saúde do Maranhão (SindSaúde) Dulce Mary.

Profissionais de Enfermagem declararam apoio em Braide

Profissionais de Enfermagem declararam apoio em Braide

Para Eduardo Braide a valorização dos profissionais deve ser tratada como prioridade. Para tanto, vai instituir o “Programa de Valorização do Servidor Municipal”, que abrange a promoção dos servidores pela dedicação, mérito e capacitação profissional.

“Eu tenho absoluta convicção de que não se faz saúde de qualidade sem um profissional de qualidade. Mas essa qualidade do profissional deve partir primeiro da Prefeitura. Ela tem que dar o exemplo no tratamento em relação aos seus servidores, funcionários. Eu sei a importância da enfermagem na vida das pessoas. Eu vou sentar e ver o orçamento do município para melhorar a situação dos profissionais da saúde”, afirmou Braide.

Artistas, cantadores de boi, músicos e produtores de cultura declaram apoio a Eduardo Braide

Artistas, cantadores de boi, como Zé Alberto, de Iguaíba, músicos e produtores de cultura declaram apoio a Braide

Cultura

Ainda no sábado, Eduardo Braide se reuniu com representantes da cultura, que ao declararem apoio ao candidato, pediram respeito e maior atenção a quem trabalha pela preservação das manifestações populares.

“O senhor vai na sua gestão assumir o compromisso real de fazer com que o São João, o carnaval e todas as manifestações culturais de São Luís sejam realmente valorizadas? ”, questionou Robson Coral, representante do Boi de Sonhos.

Eduardo Braide reafirmou sua posição sobre a gestão da cultura em São Luís, a partir do Programa Municipal de Cultura.

“A Prefeitura precisa parar de achar que os artistas só servem duas vezes por ano, no carnaval e nas festas juninas. O Programa Municipal de Cultura vai servir justamente para que o trabalho de vocês seja visto todos os meses do ano, os turistas que aqui chegarem em qualquer mês, precisam conhecer a nossa cultura e o trabalho de vocês”, completou.

Em abril deste ano, o Conselho Municipal de Cultura de São Luís chegou a repudiar o atraso de quase um ano no pagamento das brincadeiras contratadas pela Prefeitura de São Luís, através da Secretaria Municipal de Cultura, ainda do São João 2015.

“Precisamos dar exemplo. Honrar com os pagamentos das brincadeiras. Eu estou dando a minha palavra a vocês. Vocês terão uma Prefeitura aberta para discutir a Cultura”, finalizou.

A receptividade na Zona Ruiral entusiasmou o candidato, que agradeceu pessoalmente durante carreata pela região

A receptividade na Zona Ruiral entusiasmou o candidato, que agradeceu pessoalmente durante carreata pela região

Apoio da população

Ainda na agenda de campanha, Eduardo Braide esteve nos bairros Novo Angelim e Angelim. Acompanhado da esposa, Graziela Braide, do candidato a vice-prefeito, Gilmar dos Anjos, de vereadores e lideranças políticas, o candidato foi seguido por centenas de pessoas durante a caminhada.

Eduardo cumprimentou moradores como a dona de casa, Maria Raimunda, que reafirmou o apoio ao candidato.

“São Luís tem jeito. Eu acredito e vou votar nele (Eduardo Braide) de novo”, assegurou.

Além da caminhada, Eduardo Braide fez uma grande carreata pela Zona Rural de São Luís, onde também recebeu o carinho e o apoio dos moradores da Vila Maranhão, Maracanã, Vila Nova República, Rio Grande, Campinas, Vilas Samara I e II, Estiva, além da Mata Itapera.

“Eu ‘tô’ com Braide. Vou votar nele de novo porque apresentou as melhores propostas. Para mim ele é o melhor”, afirmou Aldeane Araújo, moradora de Campinas.

Abusca pelo apoio dos mais idodos também está na agenda do candidato, sobretudo na Zona Rural

Abusca pelo apoio dos mais idodos também está na agenda do candidato, sobretudo na Zona Rural

Ana Lúcia, moradora da Estiva, também já se decidiu.

“A gente ‘tá’ com Eduardo Braide porque a gente acredita no que ele diz. Eu e minha família vamos votar em Eduardo”, garantiu.

O candidato agradeceu todo o apoio que tem recebido da população.

“Eu quero agradecer a Deus e ao povo de São Luís por acreditarem que nossa cidade pode ser muito melhor. Fico muito feliz e convicto de que se Deus e vocês me permitirem chegar à Prefeitura, São Luís será muito melhor de se viver. Obrigado por todo apoio”, finalizou Eduardo Braide.

Texto: Ascom/Eduardo Braide
Fotos: Milena Cutrim
2

Eduardo Braide reforça presença na Zona Rural…

Candidato do PMN realizou caminhada nas comunidades mais afastadas do Centro de São Luís para tentar reverter a forte votação que o adversário Edivaldo Júnior obteve no primeiro turno

 

Eduardo com aliados e militantes nas ruas da Zona Rural

Eduardo com aliados e militantes nas ruas da Zona Rural

O candidato do PMN à Prefeitura de São Luís, Eduardo Braide, realizou caminhada neste sábado, 8, por várias comunidades da Zona Rural, setor que deu a maior vantagem proporcional ao prefeito Edivaldo Júnior (PDT) no primeiro turno. (Releia aqui)

Acompanhado de militantes de sua campanha, Eduardo percorreu as comunidades de Cruzeiro Santa Bárbara, Vila Magril, Vila Vitória, Brasília, São Domingos e São Jerônimo.

Mais sofridos, os mais idosos dão os abraços mais calorosos no candidato: esperança..

Mais sofridos, os mais idosos dão os abraços mais calorosos no candidato: esperança..

– Aqui é só lama ou poeira. Não temos paradas de ônibus e a falta iluminação favorece os assaltos na nossa comunidade – afirmou a dona de casa Maria Inácia Sousa, na Vila Viória.

– A própria comunidade asfaltou a rua e tapou os buracos. Votei nele (Eduardo Braide) no primeiro turno e vou votar no segundo turno. Chega de ser enganada, queremos Eduardo Braide para prefeito –  completou a aposentada Maria José Gama.

Moradores da Zona Rural fazem o sinal-símbolo da campanha de Eduardo Braide

Moradores da Zona Rural fazem o sinal-símbolo da campanha de Eduardo Braide

Mesmo diante do abandono da área, o prefeito obteve expressiva votação, fruto, sobretudo, da presença da militância pedetista, candidatos a vereador alinhados e de setores comunitários remunerados pela prefeitura, desafios que o candidato do PMN terá que superar.

Até por que, a presença dos aliados do prefeito continuam intensa na região neste segundo turno…

9

Edivaldo tem solidez de votos na Zona Rural…

Prefeito venceu com ampla vantagem na região mais afastada de São Luís, e mantém forte influência naquelas comunidades, o que pode garantir a vitória também no segundo turno

 

Holandinha tem forte penetração popular na Zona Rural

Holandinha tem forte penetração popular na Zona Rural

Há um certo clima de euforia na campanha do candidato do PMN, Eduardo Braide, baseado em uma percepção de crescimento desde o início do segundo turno.

E muito deste otimismo se dá pelo seu desempenho no primeiro turno.

Mas esta impressão é medida muito a partir dos centros urbanos de São Luís, onde os formadores de opinião estão mais acessíveis e as informações circulam com maior rapidez.

Ocorre que a maior força eleitoral do prefeito Edivaldo Júnior (PDT) veio da Zona Rural.

O pedetista venceu com ampla vantagem na 89ª, 90ª e 91ª Zonas Eleitorais, exatamente as que abrigam os bairros da Zona Rural. Neste setor, foram 83.102 votos ao candidato do PDT, quase três vezes mais que Eduardo Braide.

O candidato do PMN obteve30.780 votos nas mesmas zonas.

Ouro detalhe significativo: apenas na 89ª zona Braide chegou em segundo lugar; nas outras duas, ele ficou em terceiro, atrás de Wellington do Curso (PP).

O clima pode mostrar uma espécie de euforia entre os aliados e torcedores do candidato do PMN.

Mas os números mostram que ele ainda tem muito chão pela frente para suplantar Edivaldo.

E tem apenas 22 dias para isso…

3

Fábio Câmara quer VLT favorecendo a Zona Rural…

Candidato do PMDB vai apresentar Indicação à Câmara Municipal para que o veículo, guardado desde 2013 em um depósito, utilize a ferrovia Mandubé/Piçarra/Araracanga, com 17 quilômetros de trilhos já existentes, beneficiando moradores do Maracanã, Pedrinhas, Estiva e adjacências

 

VLT: mais que mero brinquedo para turistas

VLT: mais que mero brinquedo para turistas

O vereador Fábio Câmara, candidato do PMDB a prefeito de São Luís, deve encaminhar na próxima semana à Câmara Municipal, Indicação de sua autoria, solicitando à prefeitura a recuperação emergencial das estações ferroviárias de  Mandubé, na Estiva, e Piçarra, em pedrinhas, além da reconstrução da estação de Araracanga, no Maracanã.

O objetivo do parlamentar é reutilizar a ferrovia entre Mandubé e Aracanga, para o transporte ferroviário por meio do VLT.

– A bitola métrica dos trilhos e dormentes desta rede ferroviária é a mesma utilizada pelo VLT, que está jogado em um galpão no Tirirical. O serviço, a um custo-benefício excepcional para o alcance do projeto, vai beneficiar milhares de pessoas na Zona Rural, os que mais precisam de transporte efetivo – frisou o candidato do PMDB.

Fábio com o secretário de Obras na Zona Rural: benefício para os que mais precisam

Fábio com o secretário de Obras na Zona Rural: benefício para os que mais precisam

De acordo com Fábio Câmara, a aprovação da sua proposta garantirá também a ampliação do serviço de transporte ferroviário entre a estação de Piçarra e o Porto do Itaqui, num trecho de 17 quilômetros.

– Para se ter uma ideia, este trecho é quatro quilômetros maior que o trecho do projeto inicial do VLT, que contemplava apenas 13 quilômetros. E mostra que há saída para o veículo muito além de apenas mantê-lo se acabando em um depósito ou transformá-lo em mero brinquedo para turista – ponderou Câmara.

Câmara pretende discutir sua proposta também com os colegas no parlamento…

0

Dilmar Araújo será o vice de Eduardo Braide…

Dilmar com Braide: homenagem à Zona Rural

Dilmar com Braide: homenagem à Zona Rural

O Partido da Mobilização Nacional definiu, nesta sexta-feira, 5, o nome de Dilmar Araújo, como candidato a vice-prefeito de São Luís. Dilmar, que é professor e policial militar, se destaca como articulador socioambiental, na cidade, tendo como base a Zona Rural de São Luís.

“Fico muito feliz pelo Dilmar ter aceito o nosso convite. A escolha é uma homenagem à Zona Rural de São Luís, que há muito tempo é esquecida pelas administrações municipais da cidade. Com este ato, reforço o meu compromisso com todos os moradores das comunidades rurais que terão uma participação efetiva na nossa administração”, declarou o candidato a prefeito Eduardo Braide.

Dilmar Araújo é casado, pai de dois filhos e tem 45 anos. É professor e policial militar. Tem como destaque, o trabalho realizado com crianças e adolescentes em escola comunitária. Além disso, coordena as atividades da Brigada Verde Ambiental, na zona Rural de São Luís, bem como em outros bairros da cidade.

“Estamos prontos para contribuir com o projeto de cuidar da nossa cidade. É preciso estar na comunidade, como sempre estive, para entender dos problemas e solucioná-los de forma eficiente. Vamos honrar a confiança depositada em nosso nome pelo amigo Eduardo Braide. Juntos, mostraremos que São Luís tem jeito”, finalizou o candidato a vice-prefeito.

0

Brenno Gomes incentiva comunidades de São Luís a lutar por seus direitos…

Líder estudantil no Ceuma, jovem comunitário do PTN mostra indignação com o abandono da Zona Rural e periferia de São Luís e prepara mobilização de mais de 100 comunidades em protesto na capital maranhense

 

Brenno em ação entre as comunidades de São Luís

Brenno em ação entre as comunidades de São Luís

O presidente do Centro Acadêmico de Direito do Ceuma, Brenno Gomes, tem feito intensivas visitas às comunidades de São Luís.

O jovem acadêmico tem demonstrado grande preocupação quanto aos problemas enfrentados pelos moradores dessas localidades.

Lideranças comunitárias participam ativamente das ações

Lideranças comunitárias participam ativamente das ações

Devido esse entrosamento, o nome de Brenno Gomes já é defendido por grande parte dos líderes comunitários para representa-los na disputa pelo legislativo da capital.

Brenno Gomes e cerca de 100 associações já articulam um grande evento para chamar a atenção das autoridades competentes para os problemas enfrentados nessas localidades.

O ato promete forte repercussão…

1

Zona Rural pode ser trunfo de Edivaldo…

Região que envolve os bairros do chamado cinturão verde dá a vitória ao prefeito no levantamento espontâneo da pesquisa Escutec, e o põe em condição de empate técnico com Eliziane Gama em todos os demais cenários. O problema é a rejeição no setor, a ais alta entre todas

 

Edivaldo aposta em ações de Saúde e Urbanismo na Zona Rural, mas tem qu vencer a rejeição do eleitor

Edivaldo aposta em ações de Saúde e Urbanismo na Zona Rural, mas tem qu vencer a rejeição do eleitor

Embora atrás na última pesquisa de intenção de votos em São Luís, divulgada segunda-feira, 11, pelo Instituto Escutec, o prefeito Edivaldo Júnior (PDT) pode ter a Zona Rural de São Luís como trunfo para reverter o quadro.

Neste setor de São Luís, ele vai a 18,9% no levantamento espontâneo, à frente de Eliziane.

A Escutec inclui a Zona Rural no setor 11 de suas pesquisas, incluindo os bairros do Maracanã, Coqueiro, Estiva, Quebra Pote, Vila Sâmara, Vila Sarney, Vila Itamar e Tibiri.

Em todos os demais cenários, Edivaldo fica em condição de empate técnico com Eliziane nesta região de São Luís.

O problema: a rejeição de Edivaldo nesta região de São Luís é uma das maiores em todos os cenários, chegando a 52,2%.

Mas esta é uma outra história…

9

Dois anos depois, nada mudou na Zona Rural…

A imagem clicada dois anos e seis meses atrás: descaso público...

A imagem clicada dois anos e seis meses atrás: descaso público…

A imagem acima é de um ponto de ônibus na Zona Rural de São Luís, registrado pelo vereador Fábio Câmara (PMDB), em 25 de agosto de 2013, e publicado neste blog, no post “Os abrigos de Edivaldo na Zona Rural”.

abrigo2

….E o mesmo local, 30 meses depois: mudou apenas o tipo da madeira usada pelos moradores

Dois anos e cinco meses depois, o blog publica a imagem acima, do mesmo local, mostrando que nada mudou nestes quase 30 meses de gestão. 

– E este abrigo, mesmo assim, só existe por que os próprios moradores fizeram – ressaltou Fábio Câmara.