11

Flávio Dino acusa o golpe e agora leva o pai a tiracolo no interior…

Cobrado nas redes sociais e nos bastidores da campanha para explicar a relação familiar, candidato do PCdoB tenta ressaltar cada vez mais sua relação com o ex-deputado Sálvio Dino, “desde a infância”, numa mostra de que o assunto, de fato, o incomoda

 

11

Sálvio Dino com Flávio Dino: relação ida como conturbada…

O candidato comunista ao Governo do Estado, Flávio Dino, acusou o golpe das críticas à relação que mantém com o pai, o ex-deputado Sálvio Dino – que seria conturbada e difícil, segundo comentários dos bastidores da campanha.

Dino recusa-se a falar publicamente da relação familiar, mas tem relacionado o assunto cada vez mais em suas andanças pelo interior.

Em Amarante do Maranhão, no último sábado, por exemplo, o comunista dedicou praticamente 1/3 do tempo do seu discurso a falar do pai e a da esposa, como se prestasse contas ao povo da região, onde Sálvio Dino tem liderança política.

– Compareço aqui nesta noite acompanhado da minha mulher, Daniela, mas acompanhado também  do meu pai Sálvio Dino, que aqui está, aos 82 anos. Quando eu era bem criança, mais muito criança mesmo, ele já andava pelas ruas de Amarante, pelas praças, comunidades e povoados da região Tocantina – ressaltou o candidato, destacando o pai na região onde ele atua politicamente.

Flávio Dino sempre foi acusado de manter uma relação distante com Sálvio Dino – inclusive de não trocar palavras com ele – e só usar o nome do pai em épocas de campanha.

amarante

O comício de Amarante: fortes referências familiares

Há duas semanas, o candidato do PMDB, senador  Lobão Filho, tratou do tema família pela primeira vez na campanha e disse que o eleitor precisa saber qual a relação familiar dos candidatos, já que o governador vai comandar os destinos de todo o povo.

Aliados de Dino irritaram-se com o assunto, alegando tratar-se de questão pessoal.

Mas, pelo que se vê, o próprio Dino começou a entender que o tema deve mesmo ser trazido à baila na campanha eleitoral.

No discurso de Amarante, o candidato comunista chegou a extrapolar a relação familiar, destacando a cidade de Grajaú como a terra dos avós e do pai. E lembrou também da passagem de Sálvio Dino pela Prefeitura de João Lisboa.

– Se qualquer amarantino ou amarantina desejar sair para ir a Imperatriz, vai passar pela porta da casa do meu pai, que mora aqui em João Lisboa desde que foi prefeito – disse o candidato.

– Faço questão de registrar este fato para dizer a vocês que estou aqui como filho deste chão. Como quem conhece autenticamente o Maranhão – ressaltou o comunista, alfinetando também o adversário do PMDB, a quem chamou de playboy aventureiro.

Mas esta é uma outra história…

Marco Aurélio D'Eça

11 Comments

  1. Flavio Dino deveria agradecer a Sarney por ter comido, estudado e vestido às custas do velho Sarney que ele tanto critica. Quem cospe no prato que comeu não merece respeito. Tem gente que é assim mesmo: depois que enche o bucho…

  2. é sério que lobinho quer debater temas familiares? que tal entao tratar sobre fidelidade, amor, comportamento em festas e a importancia sobre o debate sobre drogas no ambito familiar?

    resp.; Acho interessantíssimo!!! temas como aborto, traições e relação pai e filho são perfeitos para o eleitor entender os candidatos. Tenho certeza que Lobão Filho topa. E Flávio Dino? Eu vou cobrar tudo isso na campanha…

  3. CRTL C + CRTL C. Uma sequência de manchetes “Flávio Dino acusa o golpe …”. Está faltando criatividade para gerar factóides?

  4. E como e´que Salvio ira´fazer , ja´que escreve no ESTADO DO MARANHAO e e´sarneysista ?

  5. Pelo visto, a turma do Sarney irá investir pesado na baixaria. Esse é o grupo Sarney, não largam o osso fácil e apelam para isso, envolvendo família no meio.

  6. marco,
    Esta foto é recente?
    Um abraço

    Resp.: Qual delas? A de pai e filho é antiga. A outra é exatamente do comício de sábado.

  7. todo Filho tem os momentos de relação ruim com pai, mãe, irmão!

    Resp.: Claro!!! Só não pode é apontar o dedo para os outros e esconder os seus erros. E este é o problema de Flávio Dino. Em todos os aspectos da vida. Ele acusa todo mundo, mas quando apontam seus erros, ele diz que é baixaria. Isso também é cretinice.

  8. Ele tinha que fazer isso menos por seu interesse eleitoral e mais por conta das pessoas baixas que espalham mentiras . Lembro que em 2008 alguns canalhas espalhavam que ” Há dez anos ele não fala com o pai” . Ora meu amigo, na campanha de 2006, os dois caminharam juntos pelas ruas de João Lisboa e lá o Flávio teve mais de 2.000 votos. No período em que Flávio era sec. geral do CNJ, a maioria dos funcionários do Supremo conhecia o velho Sálvio que sempre ia lá. Enfim, ele é obriga a dar resposta ao mau-caratismo militante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *