0

“Sem poder bolsonarizar a eleição no Maranhão, agora terão que debater a pobreza”, diz Paulo Romão

Pré-candidato a deputado estadual pelo PT, professor comenta a decisão do Senado de só instalar após as eleições a CPI que vai investigar corrupção no MEC; o ex-governador Flávio Dino e seus aliados sonhavam com a investigação para evitar debater a própria culpa pelo aumento da miséria no estado

Brandão exibe cesta básica como troféu no interior, sem nenhuma ação estruturante para combater a pobreza, aumentada no governo do seu padrinho Flávio Dino

O professor Paulo Romão, pré-candidato a deputado estadual pelo PT, analisou nesta terça-feira, 5, que a decisão do Senado de só instalar a CPI que vai apurar comissão no MEC após as eleições de outubro, vai tirar o palanque de muita gente no Maranhão.

– Sem este palanque para bolsonarizar a eleição no Maranhão, muita gente vai ser obrigada a debater os problemas do estado e os responsáveis pela pobreza histórica do Maranhão – disse Romão, em suas redes sociais.

Mesmo sem citar nomes, Romão endereçou claramente o comentário ao ex-governador Flávio Dino e aos seus aliados – dinistas e sarneysistas.

Dino vinha torcendo e até forçando a barra pela instalação da investigação no Senado por que pretende nacionalizar a disputa – ou “bolsonarizar”, como diz Romão – para evitar que o tema da miséria maranhense seja o principal mote da campanha.

Mas será, sim.

Paulo Romão denúncia tentativa de “bolsonarizar” a eleição no Maranhão para tentar escapar do debate sobre a miséria

A pobreza, que já era grande até 2015, aumentou substancialmente no governo comunista de Flávio Dino, e tem sido mantida no governo-tampão da Carlos Brandão (PSB), com distribuição de peixes e cestas básicas sem ações estruturantes que visem diminuir a miséria.

Tanto o senador  Weverton Rocha (PDT), que lidera as pesquisas de intenção de votos, quanto os demais candidatos pretendem chamar Brandão à razão sobre a miséria.

E na disputa pelo Senado, o senador Roberto Rocha (PTB) também quer expor a Flávio Dino os números que ocomunista insiste em negar.

Mas esta é uma outra história…

0

Simplício e Weverton agem para forçar Brandão a reduzir ICMS e baixar o preço dos combustíveis…

Enquanto o candidato do Solidariedade faz apelo público pela redução do imposto no Maranhão, senador do PDT aciona o Ministério Público para fazer o governador-tampão cumprir a lei que reduz a alíquota de gasolina, álcool e óleo diesel para 18%

 

Simplício fez apelo público ao governador maranhense para que reduza a alíquota do ICMS e ajude a baixar o preço dos combustíveis

Resistindo a cumprir a lei que reduziu o ICMS dos combustíveis para 18%, o governador-tampão Carlos Brandão (PSB) começou a ser pressionado diretamente pelos adversários na disputa pelo Governo do Estado.

O candidato do Solidariedade Simplício Araújo, por exemplo, gravou vídeo com apelo público ao governador para que reduza a alíquota do ICMS para a faixa de 18%; já o candidato do PDT, senador Weverton Rocha, acionou o Ministério Público para forçar Brandão a cumprir a lei aprovada no congresso Nacional.

A lei que estabeleceu a nova alíquota do ICMS para combustíveis e energia foi aprovada semana passada, mas Carlos Brandão resiste a implantá-la no Maranhão, e recorreu ao Supremo Tribunal Federal para não ter que reduzir o imposto no estado.

Weverton representou diretamente contra o governador-tampão no Ministério Público

No sábado, 2, já com a imagem desgastada pela ação no STF, o governador-tampão mentiu à população ao dizer que estava baixando o imposto; na verdade, ele apenas mexeu na pauta do imposto nas distribuidoras, o que não tem efeito algum sobre o valor dos combustíveis na bomba.

Nesta segunda-feira,4, o próprio Brandão confessou ter gerado uma fake news – espalhada nos setores da imprensa pagos pelo Palácio dos Leões – ao admitir que ainda não baixou o ICMS.

Tanto a pressão pública de Simplício Araújo quanto a representação de Weverton no Ministério Público são mais uma forma de tentar ajudar o Maranhão a baixar o preço dos combustíveis, como já tem ocorrido em diversos estados.

Resta saber se Brandão continuará resistindo a dar o benefício à população…

0

Brandão admite que mentiu à população e confessa que não baixou ICMS dos combustíveis…

Governador-tampão tenta, desde sábado – através dos setores a imprensa pagos pelo Palácio dos Leões – plantar informação falsa sobre queda no preço dos combustíveis, mas foi desmascarado pelos números e teve que reconhecer que sua decisão não terá efeito algum

 

Brandão admitiu mentira sobre ICMS, mas usa a mídia paga para reforçar a fake news desde sábado

Depois de três dias tentando sustentar a fake news da redução do ICMS que ele plantou desde sábado, 2, o governador-tampão Carlos Brandão (PSB) finalmente confessou que mentiu à população e que não houve redução alguma na alíquota do imposto sobre o combustível.

Pelo contrário, o governo-tampão tenta é evitar essa redução com uma ação no Supremo Tribunal Federal.

Em entrevista ao jornalista Vinícius Praseres na noite desta segunda-feria,4, Brandão, finalmente, confessou que não reduziu ICMS algum; e que, portanto, o preço dos combustíveis não baixará, se depender do governo maranhense.

– Olha, os estamos debatendo isso [redução do imposto dos combustíveis] para apresentar um projeto à Assembleia Legislativa; mas por enquanto ainda estamos em debate admitiu o governador – tampão, em vídeo divulgado nas redes sociais do jornalista Vinícius Praseres.

Desde sábado, Brandão usa suas redes sociais para passar a informação falsa segundo a qual reduziu o ICMS; para enganar a população Brandão usa também a mídia paga pelo Palácio dos Leões.

Governador foi pego na mentira pela própria realidade, diante da ausência de redução na alíquota do ICMS

Mas ele foi traído pela própria realidade.

Como não houve redução do ICMS, a suposta mexida no imposto não teve efeito prático algum sobre o preço dos combustíveis no Maranhão.

Trata-se de uma sequência de mentiras do governador-tampão.

Primeiro, Brandão disse que poderia não chamar os 500 policiais militares que havia prometido por que a redução do ICMS causaria grande impacto na arrecadação; agora, ele mesmo diz que o corte no ICMS pode comprometer a folha de pagamento do estado.

É um governador perdido, portanto…

0

Com apoio a Brandão e Flávio Dino, deputado Rafael mede forças em Timon…

Parlamentar reuniu mais de 3 mil pessoa em Timon, em encontro com o ex-governador do Piauí, Wellington Dias, o ex-secretário Felipe Camarão, o pré-candidato a deputado federal Clayton Noleto, vereadores e lideranças de vários outros municípios que apoiam a sua reeleição à Assembleia Legislativa

 

Rafael ao lado de Clayton Noleto, Felipe Camarão e Flávio Dino, em recente encontro no município de Timon, em que teve a liderança exaltada pelos aliados

Liderando novo grupo político em Timon, o deputado Rafael (PSB) tem mostrado força ao lado do ex-governadores Flávio Dino (PSB) e Wellington Dias (PT), do pré-candidato as vice Felipe Camarão, do pré-candidato a deputado federal Clayton Noleto e lideranças de diversos municípios da região.

– A palavra de hoje é gratidão a todos os timonenses que compareceram e fizeram do encontro uma festa bonita, com respeito e união. Temos orgulho do nosso trabalho e continuaremos trabalhando ainda mais por mais melhorias para nossa cidade e todo Maranhão – destacou Rafael, em recente encontro na cidade.

Flávio Dino endossa o trabalho do deputado Rafael, destacando que a cidade de Timon foi transformada durante sua gestão, enaltecendo a parceria direta com o deputado Rafael.

– Cada obra e ação na cidade de Timon realizada durante nossa gestão, tem o dedo do deputado Rafael, que lutou e articulou em parceria, para que pudéssemos realizar em benefício da população timonense. Estou muito contente por estas demonstrações de gratidão recebidas hoje – falou bastante agradecido o ex-governador Flávio Dino.

A aliança consolida a força do deputado Rafael.

0

“Nossa missão é resolver as urgências do Maranhão”, diz Maura Jorge sobre apoio a Weverton

Prefeita de Lago da Pedra destaca postura independente do senador pedetista, que prometeu buscar recursos para o Maranhão seja qual for o presidente escolhido pelo povo maranhense nas eleições de outubro

 

Weverton discursa em evento com Eduardo Braide, Maura Jorge, Neto Evangelista, Hélio Soares e Osmar Filho em São Luís

A prefeita de Lago da Pedra, Maura Jorge (PSDB), destacou em post publicado em suas redes sociais recente declaração do senador Weverton Rocha (PDT), segundo a qual, estará pronto para buscar recursos para o Maranhão, qualquer que seja o presidente eleito em outubro.

Para Maura Jorge, que declarou apoio a Weverton em meados de junho, a postura de Weverton deve ser considerada pelo eleitor maranhense.

– É esse comportamento que o senador Weverton Rocha terá como nosso próximo governador – ressaltou a prefeita.

Durante encontro em São Luís, Weverton destacou a importância da frente ampla que embala sua candidatura e disse que está pronto para conversar com todas as forças políticas nacionais, em nome do desenvolvimento do Maranhão.

– No Maranhão, independentemente de qual seja o resultado da eleição presidencial, nós teremos maturidade para bater na porta do próximo presidente e pedir ajuda para o nosso estado – disse Weverton.

A frente ampla liderada por Weverton envolve lideranças do PT, do PSDB, do PL, do PTB, do PDT e várias lideranças, como Maura Jorge, o prefeito de São Luís Eduardo Braide (Sem partido) e o senador Roberto Rocha (PTB).

– Somos uma frente ampla, que reúne diversos campos ideológicos como o meu ( aliada Bolsonaro) e do prefeito Eduardo Braide, numa clara demonstração de que o mais urgente é resgatar o nosso estado e trazer ao povo novas perspectivas de um estado próspero e mais feliz – concluiu Maura Jorge.

1

Zé Inácio participa de encontro com juventude maranhense…

O deputado estadual Zé Inácio participou neste fim de semana de um encontro promovido pelo Coletivo ParaTodos com importantes lideranças estudantis de mais de 20 municípios de todo o Maranhão. 

O encontro que teve como pauta a defesa da educação e caminhos para a juventude do Maranhão foi um importante espaço de diálogo com a classe estudantil.

“Agradeço ao convite para participar do debate e me sinto honrado em poder representar as lutas e sonhos desse Coletivo e da juventude maranhense. Vamos à luta!”, disse Zé Inácio. 

O encontro contou com a participação do ex-reitor do IFMA Prof Roberto Brandão e de representantes da UNE e UBES.

Da assessoria

0

Maranhão chega a ter gasolina com litro a R$ 8,79…

Fake news divulgada pelo governador-tampão sobre ICMS não tem qualquer efeito sobre o preço dos combustíveis, que chega às alturas em municípios como Balsas, no Sul do estado; governo continua com ação no STF para impedir a redução do imposto

Tabela publicada pelo blog do Linhares Jr. mostra o preço da gasolina comum nos 12 maiores municípios maranhenses

O preço do litro da gasolina aditivada chega a R$ 8,79 no município de Balsas, no Sul do Maranhão. O município é um dos maiores produtores agrícolas do estado, mas depende das distribuidoras de São Luís para ter combustível, o que encarece o preço.

Lá, o preço da gasolina comum chega a R$ 8,69; o diesel também chega a R$ 8,79.

A fake news plantada pelo governador-tampão Carlos Brandão (PSB) sobre mexida no ICMS não tem qualquer efeito sobre os preços dos combustíveis, que permanecem alto em todo no Maranhão.

O governo Brandão é um dos poucos que decidiram entrar na Justiça contra a lei que fixou a alíquota do ICMS em 18% para combustíveis e energia; no Maranhão, esta alíquota é de 30,5%, uma das mais altas do Brasil.

 A redução na pauta do preço direto do distribuidor nada tem a ver com o corte de ICMS, por isso o preço continua alto.

Em São Luís, por exemplo, o preço médio da gasolina comum é de R$ 6,93, mas pode chegar a R$ 7,59, segundo publicou o blog do jornalista Linhares Júnior.

E não há perspectiva de queda sem o corte no ICMS…

0

Fabio Macedo fecha parceria em Barra do Corda, em fim de semana pelo Maranhão

Durante o fim de semana de trabalho intenso pelo Maranhão, o deputado estadual Fábio Macedo (Podemos) participou de eventos políticos importantes em várias cidades do Maranhão. Em Barra do Corda, neste domingo (05), estabeleceu parceria com Adriano Abrantes que abriu mão de sua pré-candidatura para somar com o projeto político do parlamentar.

Adriano, chega a pré-campanha de Fábio acompanhado de todo seu grupo político, que é formado pelos vereadores Rivelino do Alim
, Branca, Rafael Vili, Fátima Arruda, além do ex-vereadores Jaile e Alexandre Costa de Tuntum, o presidente da subseção da OAB-MA, Prelian e a suplente de vereador, Graça do Ivan.

“Chegamos em Barra do Corda fechando esse acordo importante com o Dr. Adriano Abrantes, que é um grande liderança desta região e teve a grandeza de abrir mão de sua pré-candidatura, em favor da nossa pré-campanha. Meu amigo, você e todos os barra-cordenses tem o meu compromisso de trabalhar e lutar para trazer desenvolvimento e condições melhores de vida para a população”, afirmou Fábio Macedo.

Agendas pelo Maranhão

Ainda como parte das agendas de trabalho, Macedo ainda esteve em Caxias, Cantanhede, Viana, Santa Luzia do Paruá, Barra do Corda, Araguanã e Bom Jardim, onde fortaleceu as ações de pré-campanha, estreitando laços com as lideranças locais e também estabeleceu diálogos com a população, afim de entender melhor os anseios e necessidades de cada região.

“Nossa pré-candidatura tomou grandes proporções e já chegou a mais de 100 municípios no Maranhão. Neste fim de semana tivemos agendas intensas, conhecendo cada detalhe e a realidade das cidades que temos parcerias. Nosso objetivo é representar os maranhenses com conhecimento e assim proporcionar mais melhorias e benefícios para as cidades”, disse Fábio.

Na quinta-feira(30) à noite, Macedo participou em Caxias, do evento oficial de lançamento da pré-candidatura de Adelmo Soares, que vai tentar a reeleição a deputado estadual. Na cidade, os parlamentares fazem uma dobradinha política. Em Cantanhede, na sexta-feira (01), participou de um café da manhã com a população do município, ao lado dos vereadores Iterval Tavares, Meire do Godor e Edimilsom Peroba. Durante a tarde, recepcionou o governador Carlos Brandão, de volta ao comando do estado, após se recuperar de uma cirurgia em São Paulo.

No sábado(02), em São Luís, o parlamentar do Podemos acompanhou a vereadora Fátima Araújo e o pré-candidato a deputado estadual Rogério Cafeteira, na implantação de camada asfáltica no Residencial Santos Dumont. A tarde dialogou com a população de Viana, junto com as lideranças da cidade.

Na manhã de domingo(03), acompanhado do pré-candidato a deputado estadual, Hemetério Weba, o deputado Fábio participou de um café da manhã em Santa Luzia do Paruá com as lideranças políticas da cidade. Estiveram presentes os vereadores Andyara, Newtinho e Bete, o ex-prefeito, Narcisio Neves, os ex-vereadores Marquinhos e Pontinha e os ex-secretários do município, Rosilene Cabral e Jota Santos.

Em Araguanã, Fabio esteve novamente ao lado de Hemetério Weba e Márcio Weba, reunido com a população, em um grande diálogo sobre as demandas do município. O evento tambem contou com a presença da prefeita de Nova Olinda do Maranhão, Iracy Weba. À noite em Bom Jardim, finalizou as agendas do dia, com o lançamento oficial de sua pré-candidatura, apoiada pelo líder na cidade, Dr. Mirlley.

0

Prefeitos começam a voltar ao palanque de Weverton

Gestores que haviam deixado o grupo para apoiar o governador-tampão Carlos Brandão retornam à campanha do pedetista, após início do prazo para liberação de recursos, promessa não cumprida pelo tucanosocialista

 

Ao lado do deputado Ciro Neto e do ex-prefeito Juran Carvalho, Zuca declara apoio ao senador Weverton Rocha

Pelo menos dois prefeitos maranhenses já anunciaram retorno ao palanque do senador Weverton  Rocha (PDT) após terem deixado o grupo para apoiar o governador-tampão Casrlos Brandão (PSB).

Neste domingo, o prefeito de Joselândia, Raimundo Zuca, participou de evento ao lado de Weverton em Presidente Dutra; e declarou apoio ao senador.

Antes dele, já haviam pulado do barco de Brandão o prefeito de Lagoa Grande, Neres Policarpo.

A expectativa é que, até a convenção do dia 29, muitos prefeitos da base do Palácio dos Leões comecem a declarar apoio ao pedetista, líder nas pesquisas de intenção de votos.

Muitos já conversaram sobre alianças…

2

Brandão mente sobre ICMS; governo não tem poder para baixar preço de combustível

Pressionado pela opinião pública  – e com a imagem desgastada pela ação na Justiça tentando impedir o corte de impostos – governador-tampão usa artimanha tributária e fake news para tentar convencer a população de que agiu em seu favor, o que não é verdade

 

A menos que tenha feito mais um desses acordos obscuros com os capitães da indústria maranhense, Brandão mentiu sobre redução de preços de combustíveis no estado

Análise da notícia

É mais uma fake news do Palácio dos Leões a informação de que o governador-tampão Carlos Brandão (PSB)  baixou a alíquota do ICMS de combustíveis e que isso vai gerar redução no preço de gasolina, óleo diesel e etanol.

Primeiro, que não houve corte algum na alíquota do imposto, que permanece em 30,5%, uma das maiores do Brasil; segundo que o Governo do Estado não tem poder para interferir no preço dos combustíveis.

Desgastado e pressionado pela opinião pública, o que Brandão fez foi uma artimanha tributária para tentar minimizar o fato de que está na Justiça tentando impedir que o ICMS tenha, de fato, que ser reduzido no Maranhão.

Brandão é um dos poucos governadores que se recusam a baixar a alíquota do ICMS, cumprindo a lei aprovada no Congressos Nacional.

A artimanha tributária criada pelo governador-tampão mexeu apenas na pauta do ICMS para a gasolina; é fake news, portanto, que o preço da gasolina baixará algo em torno de R$ 0,38 nas bombas.

O governador não tem como saber disto por que não tem poder para interferir nos preços dos postos.

Brandão, portanto, faltou com a verdade ao cidadão maranhense.

Mais uma vez…