0

Proposta para ajudar endividados é relatada por Juscelino Filho…

Juscelino relata proposta

O projeto de lei 7590/2017, que estabelece a recuperação judicial da pessoa física com um juiz auxiliando na negociação, vai ser relatado pelo deputado Juscelino Filho (DEM-MA) na Comissão de Constituição, Justiça e de Cidadania (CCJC), da Câmara dos Deputados.

A proposição tem o objetivo de diminuir a quantidade (4 em cada 10 adultos) de inadimplentes e insolventes no país, que, de acordo com o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), cresceu demasiado, porque o Brasil enfrenta uma das piores crises econômicas de sua história e tem mais de 14 milhões de desempregados.

Só em abril deste ano, o órgão recebeu mais 500 mil novos devedores e negativados.

Na opinião do deputado Juscelino Filho, o propósito não é conceder benefícios nem favorecer os “maus pagadores”, mas estabelecer regras equilibradas e condições justas, com salvaguardas para as partes, como, por exemplo, só poder se fazer a solicitação da quitação a cada cinco anos.

“Apoio a ideia original e meu parecer na CCJ poderá ajudar a torná-la melhor e em condições de ser votada e aprovada já nesse semestre. Acredito que em breve os cidadãos poderão regularizar sua vida financeira, o que será muito positivo para a economia do Brasil”, enfatizou.

Para os autores do PL, os deputados Alexandre Valle (PR-RJ) e Celso Russomano (PRB-SP), a população precisa que a restauração de suas finanças pessoais seja intermediada por um juizado especial cível, a partir da análise criteriosa de aspectos, detalhes e valores compatíveis com o orçamento familiar.

0

Imperatriz: revitalização do camelódromo já começou…

Objetivo da prefeitura é garantir espaço que reúna todos os trabalhadores que estão espalhados pela cidade, garantindo acesso público e estrutura

 

Fiscais da prefeitura começaram a organizar o camelódromo

Criar um espaço que abrace os camelôs, espalhados pela cidade, e ofereça atividades culturais à população imperatrizense, é a proposta da Prefeitura, com o projeto de revitalização do Camelódromo.

O assunto foi pautado em reunião na manhã do dia 18, com a presença do secretário municipal de Governo e Projetos Estratégicos, Marlon Moura, e da coordenadora do Setor de Postura da Secretaria Municipal de Planejamento Urbano, Maiara Nascimento.

Dentre os objetivos, estão uma limpeza profunda de todo o ambiente e a retirada de quiosques, já que muitos caíram desuso.

Do jeito como está, o espaço acaba servindo de esconderijo para usuários de drogas e pessoas que cometem roubos e furtos. De acordo com Maiara Nascimento, “hoje o camelódromo está abandonado e essa revitalização vai dar muito mais vida ao local e dará oportunidade de compras e de convívio, tornando-se nova opção de lazer, com área verde”.

Fiscais se reuniram para discutir a implantação do projeto

Remanejar os ambulantes e desobstruir algumas das principais avenidas de Imperatriz, como Dorgival Pinheiro de Souza e Getúlio Vargas, também melhoram as ações de outras secretarias, como a de Trânsito.

Com passeio público livre, veículos e pedestres ganham em mobilidade e acessibilidade.

Além da segurança, os vendedores terão uma área adequada para continuar suas atividades, o que incentiva a circulação de dinheiro no município e aquece a economia da região.

1

Waldir Maranhão insiste no PT para seu projeto de virar senador…

Deputado federal deixou os trabalhos na Câmara para acompanhar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo Nordeste em busca de viabilização no Maranhão

 

Waldir e Jardim em passeio com Lula no Nordeste. E o trabalho que espere…

O deputado federal Waldir Maranhão não desiste.

Ele resolveu que sua única chance de se viabilizar como candidato a senador pelo Maranhão é o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva; e resolveu colar com Lula na passagem do petista pelo Nordeste.

Maranhão deixou os trabalhos na Câmara Federal e entrou na caravana de Lula, que já passou por Pernambuco, Bahia, Sergipe e está a caminho do Maranhão.

Para pressionar o PT, Waldir tem um argumento sólido: se inviabilizou no próprio partido ao votar contra o impeachment de Dilma Rousseff (PT).

Nas viagens pelo interior do Nordeste, o deputado tem o apoio de pelo menos um petista, Márcio Jardim, que já defendeu inúmeras candidaturas a senador.

Inclusive a dele próprio…

1

Weverton Rocha mostra articulação nacional com evento do PDT em São Luís…

Deputado federal e pré-candidato a senador reuniu as principais lideranças pedetistas em inédito encontro da juventude do partido na capital maranhense

 

Com Edivaldo, Flávio Dino, Lupi e Ciro Gomes: força política evidente

O PDT nacional deixou claro neste fim de semana a sua aposta no projeto do deputado federal Weverton Rocha de se eleger senador pelo Maranhão.

Ao reunir as principais lideranças da legenda em um encontro nacional da Juventude pedetista jamais ocorrido na capital maranhense, Weverton mostrou, acima de tudo, articulação nacional no PDT, cuja bancada ele já lidera na Câmara.

Para se ter ideia da força do parlamentar maranhense, o encontro reuniu, além do presidente nacional da legenda, Carlos Lupi, três ex-ministros – Manoel Dias, André Figueiredo e Brizola Neto, que representa a história do partido – e também o pré-candidato pedetista a presidente, ex-ministro Ciro Gomes.

– Weverton é a grande esperança do PDT – definiu Ciro, em entrevista à TV Difusora, na manhã de sábado.

Com Ciro e ex-ministros do partido: liderança nacional pedetista

O PDT sempre teve história no Maranhão, sempre em torno da figura do ex-governador Jackson Lago. Mas nunca conseguiu atrair para São Luís um encontro de sua juventude; méritos para Weverton, que surge no partido como o principal herdeiro político de Jackson.

Desde que lançou seu projeto de chegar ao Senado, o deputado pedetista soube costurar alianças importantes com prefeitos e deputados no Maranhão.

Agora mostra que seu projeto também pertence às lideranças nacionais do seu partido.

Larga na corrida, portanto, com alguma vantagem…

4

Melhore o serviço, taxista; só isso resolve…

Categoria insiste em criar problemas para a população e a ameaçar membros do Uber, mas esquece que, para recuperar o mercado, precisa ter duas coisas fundamentais: preço baixo e qualidade no atendimento

 

Taxistas na cabeceira da ponte: ação que só afasta mais a população (imagens: Flora Dolores/O EstadoMaranhão)

Os motoristas de taxi de São Luís voltaram a criar transtornos nesta segunda-feira, 21, em protesto contra a implantação do aplicativo de transportes Uber em São Luís.

E mais uma vez erraram na dose.

Não é pela força, com a habitual violência, com ameaças ao Uber ou com transtornos à população que os taxistas recuperarão o mercado de transportes na capital maranhense.

Para reconquistar o passageiro, motoristas de taxi precisam ter preço baixo e qualidade no atendimento, coisas que a maioria não conseguiu implantar, mesmo após o advento do Uber.

Leia também:

Porque o problema com o Uber?!?

Uber é o futuro; perda de tempo lutar contra ele…

Lei que determina fim do Uber é natimorta…

Com o protesto, trânsito foi de transtorno durante quase toda a manhã no Centro de São Luís

Geralmente com pouca formação cultural, grosseiros e mal educados, os taxistas de São Luís sempre se deram ao luxo de cobrar quanto quisessem por uma corrida; e até a escolher que trajeto fazer para levar o passageiro.

O Uber mudou esta lógica, com garantia de segurança, atendimento de qualidade e, sobretudo, preço baixo, às vezes até 1/3 do que cobram taxistas.

E não adianta os donos de taxi gritar, espernear, agredir e ameaçar sem mudar a lógica de seu atendimento.

Mesmo diante de tudo isso, o passageiro ainda continua preferindo o Uber.

É simples assim…

1

Hildo Rocha destaca mudanças e benefícios da nova lei do ISS…

Parlamentar falou durante encontro da Famem e destacou projeto de sua autoria que deve garantir até R$ 6 bilhões no Maranhão em operações com cartões de crédito

 

Durante palestra para gestores, assessores e técnicos de prefeituras municipais o deputado federal Hildo Rocha (PMDB) ressaltou que as alterações mais significativas implantadas na nova lei do ISS referem-se à arrecadação e distribuição dos tributos originados em operações com cartão de crédito/débito.

“Antes, os recursos eram recolhidos em favor dos municípios onde estão instaladas as administradoras de cartões. Isso mudou, agora é diferente. Com a aprovação da nossa emenda de plenário, o que antes ficava concentrado em pouco mais de 30 localidades passou a distribuído para todos os municípios brasileiros”, destacou Rocha.

As mudanças na legislação do ISS foram efetivadas por meio da Lei Complementar 157/2016, que reformula as normas de arrecadação e distribuição do Imposto Sobre Serviços (ISS).

Os parlamentares Hildo Rocha (PMDB/MA) e Soraya Santos (PMDB/RJ) conseguiram incluir no novo regulamento proposta que assegura aos municípios o direito de arrecadar o ISS (Imposto Sobre Serviços) de operações com cartões de crédito/débito.

Estudos da CNM indicam que a arrecadação desses tributos ultrapassa R$ 6 bilhões.

6

Flávio Dino promove farra de capelães na PM e nos Bombeiros…

Governo comunista se utiliza da maioria de que dispõe na Assembleia para aprovar lei que garante a nomeação de religiosos para assumir postos de oficial militar sem concurso, num acordo com as igrejas maranhenses

 

Flávio Dino e sua “renca” de capelães militares, todos nomeados por indicação de líderes religiosos, mesmo sem formação para o posto de oficial PM

Parece agora estar explicado a quase onipresença do governador Flávio Dino (PCdoB) em cultos evangélicos e em reuniões com pastores – sobretudo da Igreja Assembleia de Deus – nas últimas semanas. (Releia aqui)

O comunista sancionou, em 11 de agosto, a Lei nº 10.654/217, que cria na estrutura da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros Militar e da Secretaria de Administração Penitenciária o posto de oficial capelão.

São nada menos que  20 novos capelães PM e BM, distribuídos nas várias patentes oficiais – até de Coronel – todos indicados por líderes evangélicos e católicos ou por políticos vinculados a essas religiões.

Eles se juntam aos 14 já existentes nas duas estruturas militares, todos nomeados sem concurso público.

Alguns desses capelães começaram como tenente, mas hoje já têm patente de oficial superior, mesmo sem ter passado por Academia de Polícia alguma.

A distorção criada por Flávio Dino é a mesma tentada no governo Jackson Lago (PDT) – que, influenciado pelo vice, pastor Porto, usou a farra dos capelães para alcançar popularidade nas igrejas evangélicas, sobretudos as mais fisiológicas, como a Assembleia de Deus.

Essa nomeação em massa foi revogada no governo Roseana Sarney (2009/2014), sob pressão do Ministério Público, hoje omisso em relação ao governo Flávio Dino.

O mesmo pastor Porto, hoje auxiliar de Dino, é quem articula a nova nomeação em massa de pastores para a PM e para o Corpo de Bombeiros.

Flávio Dino, de bíblia na mão: relação cada vez mais próxima com líderes reiligiosos

O cargo de capelão é previsto na estrutura das forças armadas, mas no Exército, na Marinha e na Aeronáutica é um posto militar, cujo acesso se dá exclusivamente por concurso.

No Maranhão, o posto é oferecido a líderes religiosos em troca de controle eleitoral do rebanho nas igrejas, quase sempre é desinformado e sem conhecimento o bastante para questionar a picaretagem dos pastores.

E Flávio Dino, esperto que só ele, percebeu logo como adoçar a boca desses líderes…

0

Banque sua campanha, político!, diz Boechat sobre Fundo eleitoral…

Jornalista da Band comenta tentativa da Câmara Federal de usar R$ 3,6 bilhões dos cofres públicos para bancar eleições e diz que médico, advogado, jornalistas e outros profissionais têm que ralar para bancar suas carreiras

 

O jornalista Ricardo Boechat deu uma aula de cidadania ao comentar a tentativa da Câmara Federal de impor ao país um fundo de R$ 3,6 bilhões a serem gastos, exclusivamente, em campanhas eleitorais dos políticos brasileiros.

– Um cidadão que quer ser médico, engenheiro, marceneiro, jornalista estuda de manhã de tarde de de noite, trabalha, pega dinheiro da família, o pai ajuda. Porquê que pra ser deputado, senador, ele tem qu pegar dinheiro dos outros, no caso os contribuintes? – questionou o jornalista, em um dos comentários mais pertinentes da história.

Para Boechat, o camarada que quer ser deputado, senador, político, ele tem é que bucar dinheiro entre os que acreditam em seu projeto, na sua família, e meter a mão no próprio bolso.

Veja o vídeo acima…

2

Sindicato dos Professores denuncia a Aluisio Mendes irregularidades em Carutapera…

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Município de Carutapera (Sintep-Caru) denunciou ao deputado Aluisio Mendes (Podemos) uma série de irregularidades cometidas pelo prefeito André Dourado, aliado do deputado Josimar de Maranhãozinho. 

A denúncia inclui desde perseguição a servidores até desvios de recursos, e será formalizada aos órgãos de controle.

“Assumi o compromisso de defender os professores de Carutapera, que estão sendo perseguidos pela gestão de André Dourado, controlada pelo deputado Josimar, que já responde a processos por falsificação de documentos, furto qualificado e formação de quadrilha”, afirmou Aluisio Mendes ao receber do vice-presidente do Sintep-Caru, Maurício Queiroz Loureiro, documentos que comprovam as irregularidades cometidas no município.

De acordo com o dirigente sindical, embora André Dourado criticasse o ex-prefeito por causa da educação, a atual gestão não paga as promoções e progressões a que os professores têm direito, além de retaliar sindicalistas e não atender as reivindicações da entidade.

Segundo ele, as escolas municipais estão necessitando de reforma e o Conselho Municipal não tem recebido a prestação de contas obrigatória do Fundo de Manutenção da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais do Magistério (Fundeb).

Aluisio Mendes disse que encaminhará as informações repassadas pelo Sindep-Caru aos órgãos de controle, como a Controladoria Geral da União (CGU), o Tribunal de Contas da União (TCU), o Ministério Público Federal e a Polícia Federal.

“Vamos pedir tomada de contas especial em todas as contas do município de Carutapera, para evitar desvios e garantir que os recursos públicos sejam de fato aplicados em benefício da população, principalmente nas áreas de educação, saúde e infraestrutura”, finalizou.

0

Semurh garante licitação para derrubada do “Balança, mas não cai”…

Secretaria diz que imóvel está desocupado e as famílias que residiam no local assistidas pela prefeitura, 12 das quais já assinaram contrato de moradia permanente

 

Desocupado, Balança, mas não cai deve ser derrubado em breve…

A Secretaria Municipal de Urbanismo está em fase final de conclusão do processo licitatório para contratação da empresa responsável pela demolição do prédio “Balança, mas não cai”, no São Francisco.

– Em relação a demolição do referido prédio, as vistorias e orçamentos necessários pra subsidiar o processo de contratação de empresa especializada  já foram realizados e encaminhados para a instrução  de processo licitatório, o que irá acontecer dentro dos tramites legais – diz nota encaminhada pela Semurh.

O prédio foi desocupado pela prefeitura no início de junho, as famílias removidas e assistidas desde então pelo poder público. (Releia aqui)

Ainda de acordo com o documento da Semurh, as famílias estão sendo encaminhadas para busca de moradias permanentes.

– Das 40 famílias remanejadas, todas estão recebendo o devido atendimento social, sendo que: 12 famílias já assinaram contrato de moradia permanente; 08 famílias aguardam para assinatura de contrato; e as demais estão em fase de regularização de documentação pessoal necessárias para inclusão na política habitacional – afirma.

A prefeitura garante também que tem feito vistorias permanentes no prédio, para evitar a reocupação e cuidar da demolição.

– Mais uma vez, nesta sexta-feira, 18, uma equipe do órgão esteve no local e não foi encontrado nenhuma pessoa ocupando a área – afirmou o documento.

Abaixo, a íntegra da nota da Semurh:

Nota

A Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação informa que por meio da Blitz Urbana tem realizado periodicamente vistorias no prédio notoriamente conhecido como “Balança, mas não cai” para impedir que este seja reocupado irregularmente. Mais uma vez, nesta sexta-feira, 18, uma equipe do órgão esteve no local e não foi encontrado nenhuma pessoa ocupando a área.

Das 40 famílias remanejadas, todas estão recebendo o devido atendimento social, sendo que: 12 famílias já assinaram contrato de moradia permanente; 08 famílias aguardam para assinatura de contrato; e as demais estão em fase de regularização de documentação pessoal necessárias para inclusão na política habitacional.

Em relação a demolição do referido prédio, as vistorias e orçamentos necessários pra subsidiar o processo de contratação de empresa especializada  já foram realizados e encaminhados para a instrução  de processo licitatório, o que irá acontecer dentro dos tramites legais.

Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação