2

Programa gera crise entre maranhenses e baianos na campanha comunista…

Maranhenses da área de comunicação da campanha reclamam que a Leiaute tem exacerbado na exibição de Flávio Dino, considerado por eles “ruim de vídeo”; Os baianos, por outro lado, têm apoio do poderoso Juliano Corbelini

 

http://www.camaraoseco.com/wp-content/uploads/2014/05/COMUNISTA.jpg

Com imagem midiática ruim, Dino tem sido mal explorado em programas

Não agradou boa parte da coordenação de campanha do candidato comunista Flávio Dino o programa exibido na última sexta-feira à noite.

A edição e os takes exibiu m Flávio dino cabisbaixo, em clima de fim de festa.

A crítica é feita, sobretudo, pelos maranhenses que cuidavam da campanha comunista e que foram defenestrados para dar lugar aos baianos trazidos pela Leiaute Publicidade, que assumiu a direção.

A Leiaute tem o apoio de Juliano Corbellini o marqueteiro-chefe da campanha e ligado diretamente ao PCdoB.

Mas outros membros da coordenação, como o ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB), preferem as ações de marketing criadas pelo marqueteiro maranhense Evilson Almeida, da Imagine Comunicação.

Jornalistas e marqueteiros ligados à campanha comunista têm detonado o pessoal da Leiaute nos corredores da Assembleia e nos grupos de WhatSapp.

Enquanto isso, a campanha de Lobão Filho (PMDB) avança na TV e no interior maranhense.

mas esta é uma outra história…

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. A grande qstao é q esse pessoal do Dino prefere o q é de fora ao q é daqui e pagando muuuuito dinheiro. Se não valorizam os trabalhadores maranhenses num campanha como apoiarão num governo? Tudo é projeto de poder.

  2. Eu também não entendi nada. Pensei que fosse o último programa eleitoral. Ficou estranho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *