5

Flávio Dino, enfim, sai em defesa de Dilma…

O governador eleito Flávio Dino (PCdoB) saiu pela primeira vez publicamente em defesa da presidente Dilma Rouseff (PT).

Em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, ele defendeu a honestidade da presidente e afirmou não ter ela tido conhecimento dos atos investigados pela operação lava Jato, que descobriu um esquema de propina sem precedentes na Petrobras.

Dino, na entrevista ao Roda Viva

Dino, na entrevista ao Roda Viva

– Eu tenho muita tranquilidade em afirmar perante o Brasil: a presidenta Dilma é uma pessoa honesta. Eu conheço a presidenta Dilma. Tenho absoluta certeza que ela não concorda com isso (desvios na Petrobrás). Tenho absoluta certeza que ela não participou disso. E tenho absoluta certeza que ela tem condições de levar o seu governo a frente, apesar deste fato – declarou Dino.

O comunista considerou o fato grave, “que vai causar um terremoto político profundo”, mas classificou de “delirantes” as teses de intervenção militar e de impeachment que tem surgido no país em função das denúncias.

Flávio Dino foi auxiliar de Dilma durante os quatro anos de mandato da presidente. Deixou a presidência da Embratur em abril, para disputar as eleições no Maranhão. Flertou com Eduardo Campos (PSB), aliou-se a Aécio Neves (PSDB) e se insinuou até para Marina Silva (PSB).

No segundo turno das eleições presidenciais, passou praticamente toda a campanha fora do Maranhão, aparecendo apenas para votar, quando, finalmente, declarou voto na candidata do PT.

Na entrevista ao Roda Viva, o governador eleito desqualificou as especulações de afastamento da presidente por causa do escândalo da Petrobras.

-Impeachment não é uma opção política. Impeachment no presidencialismo é uma sanção diante de um crime de responsabilidade. Um ato praticado pelo presidente da República pessoalmente, não por terceiros. Não há nenhuma chance jurídica (de isso acontecer). No presidencialismo, impeachment é exceção – explicou.

Com informações da assessoria de imprensa do PCdoB

Marco Aurélio D'Eça

5 Comments

  1. Só falta Lula ou Dilma (leia-se: PT) serem pegos roubando num supermercado: só isso.

    E, se (hipoteticamente)Dilma fosse Roseana, Flávio acharia o quê?

    Marco Antonio Carvalho DINIZ

  2. Ja começou errado! Defendendo petralha, fique esperto FD porque da mesma forma que nos te colocamos, nós tambem podemos tirar.

  3. Flávio Dino não inspira confiança, gente que se junta com tucano é contra a Dilma. Eu não acredito que esse traíra tenha votado na Dilma.

  4. Enquato Flavio Dino vestia a camisa de Dilma antes das eleições e declara voto publicamente em Dilma, Roseana fazia de conta que a apoiava e seu pai votava em Aecio. Decadencia total da Oligarquia. vamos aguardar agora os mandatos de prisão. O pior Decio é que eu previ este fim. O PT do maranhão sucumbiu junto. Foi por isso que adotei este Pseudominio. Agora vou ter que inventar outro.

  5. Das duas uma, ou a Anta é inocente útil ou é uma perfeita imbecil. Fico com a segunda opção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *