30

Quebra de paradigmas…

A história da disputa política do Maranhão sempre teve de um lado o grupo Sarney, poderosíssimo – com forte estrutura espalhada pelo interior do Maranhão – e do outro a oposição, sempre batendo cabeça sobre quem escolher para enfrentar o candidato sarneysista.

Na história da oposição iniciada por João Castelo (PSDB), Epitácio Cafeteira (PTB), Jackson Lago (PDT) e o antigo PT, a esperança eram os ocasionais rachas no grupo – como ocorreu com Roberto Rocha (PSDB), Clodomir Paz (PDT), e o mais traumático deles, de José Reinaldo (PSB).

Estes rachas animavam a disputa de poder, quase sempre desigual.

Mas, na soma dos interesses pessoais arraigados na história dos líderes partidários , esta oposição acabava rachando em várias partes, contribuindo para a própria derrota.

Este é mais um paradigma que começa a ser quebrado na preparação para as eleições de 2014.

Hoje, é a oposição quem tem projeto próprio, definido por ela mesma,  independentemente do que faça ou deixe de fazer o grupo Sarney.

O que se vê hoje no Maranhão é uma oposição consolidada, unida e com projeto de poder definido – com um candidato a governador já escolhido e que está em campanha desde 2010.

Candidato este fortalecido com o apoio de grandes centros eleitorais, como São Luís, Caixas, Timon e Santa Inês.

Por outro lado, é o grupo Sarney quem ainda bate-cabeça sobre o candidato que enfrentará a oposição.

E, curiosamente, como a oposição do passado, é o grupo hegemônico quem parece esperar um racha oposicionista para poder se viablizar – a exemplo da expectativa em torno de Holanda Júnior (PTC), eleito prefeito em São Luís.

Com o ministro Edison Lobão (PMDB) doente e praticamente fora do páreo, o grupo hoje liderado pela governadora Roseana Sarney (PMDB) tem como melhor opção o chefe da Casa Civil, Luís Fernando Silva.

Mas Roseana também demonstra forte apatia política, desinteressada das questões eleitorais e pouco afeita aos debates partidários.

Luís Fernando batalha sozinho, com grandes avanços e sucesso considerável na reunião de aliados em torno de si. Mas agora já se percebe a desunião, antes característica da oposição, hoje marcar o período pré-eleitoral dos sarneysistas.

São sinais da pré-campanha de 2014, que já começou, embora alguns resistam em não aceitar.

E  a recusa em ver o óbvio também colabora para a quebra de paradigmas…

Marco Aurélio D'Eça

30 Comments

  1. Tenho muita esperança que o candidato seja o Luis Fernando para que possa implantar uma revolução administrativa tambem no Maranhão e se ele for Flavio Dino pode desistir do sonho de ser governador,pois tem o mesmo perfil e como ponto muito positivo a brilhante competencia adminstrativa, basta ver o que aconteceu em São José de Ribamar.

  2. Queridos, Luiz Fernando será o melhor governador de todos os tempos que este estado já viu. Coitado de Flávio Dino! – esta eleição de 2014 será a sua sepultura política, vai ter que voltar a fazer prova pra juiz.

  3. Uma boa análise será sempre aquela isenta de sentimentos, aqueles capazes de formar conceitos positivos e/ou negativos do que não se encerra com sentimento.
    A politica é dinâmica. Nomes são meros personagens. Assim como a troca de pilotos de uma equipe das Mil Milhas. O carro é o mesmo, a equipe é a mesma, o dono é o mesmo e os patrocinadores também, independente do local da corrida.

  4. Taí. Quando você resolve analisar os fatos, escrever com seriedade e não apenas para bajular, se sai muito bem. Parabéns!
    Se você continuasse assim (duvido), passaria a ser um jornalista respeitado.

    Resp.: Errado. Qaundo eu escrevo o que você quer ouvir, aí você acha que é bom textro. Por que, pra vocês, bom jornalsita é o que ataca Sarney, os que se posicionam como oposição. Mas pouco importa se você acha bom ou não. Escrevo por que eu penso, e não por que alguém vai ler.Ler é só consequência – e necessidade de estar bem informado. Quanto ao respeito e à credibilidade qe detenho, não dependo em nada do qu você pensa ou não.

  5. O problema do racha no grupo Sarney é a teimosia de Roseana de ficar sempre peitando o pai. Apontando nomes em contra-ponto a indicação da Sarney. Ela é apática, teimosa, não sabe fazer política. Como o próprio pai já lhe disse uma vez:”vc será a culpada de nossa derrota”.

  6. Em todo meu tempo como eleitor nunca na vida votei nos candidatos do grupo Sarney , acho que em 2014 será a primeira vez que irei fazer isso , ainda mais se o candidato do grupo for o Luis Fernando.
    Pois de uma coisa tenho certeza nessa vida , em Flavio Dino NUNCA VOTAREI !

  7. PARABÉNS RONALDO GARCEZ! A mídia conseguiu fazer sua cabeça! Tenha opinião própria Ronaldo, antes de tomar uma decisão só pelo fato de ler umas matérias medíocres de blogueiros medíocres, enxergue os fatos pelos dois lados da moeda a fim de tirar uma conclusão própria! Não vá pela opinião dos outros!
    Esse Marco D´Eça posta aquilo que ele acha que vai dar mídia, passando por cima de tudo e de todos…
    Cuidado com o que você lê!

  8. Tenho abisoluta certeza que os maranhenses não vão arriscar entregar o comando do estado para o truculento e irresponsavel do Flávio Dino. Esse rapaz não é normal. Vejam o que ele aprontou com um juiz no TRE/MA.

  9. há rumores que a lider do grupo Sarneysta deixará o comando do governo ainda este mês de novembro, Arnaldo Melo ou Guerreiro Junior deverá asumir. isso procede? o fim de 2012 está próximo para os Sarney?

    Resp.: Ô, desinformado?! Se ela deixar o governo quem assume é o seu vice, Washington Luiz.

  10. O candidato do grupo Sarney já esta na rua e em campanha. É um forte candidato, mas está nas sombras esperando a hora certa para aparecer. É aguardar e conferir.

  11. A governadora demorou muito em se decidir por apoiar um candidato à prefeitura de São Luís e, quando decidiu, ainda escolheu UM FRAQUINHO. Nesse grupo só existe um cabra macho com garra política e preparo técnico, suficiente e necessário para peitar esses milicianos empolgados: RICARDO MURAD. Os 2 primeiros anos de administração do HOLANDINO serão suficientes para demonstrar claramente a sua capacidade enquanto gestor público bem como a consistência e a coerência do grupelho que o acerca. Com Ricardo Murad essa galerinha tingida de encanado NÃO SE CRIA. mAS É FUNDAMENTAL COMEÇAR AGORA!

  12. Não esqueça de colocar Imperatriz como uma das cidades de oposição a Família Sarney Play Boy.
    Matéria muito bem feita, parrabens meu caro xiita.
    Agora Sobre Luis Fernando tu sabe muito bem que ele não vai a lugar nenhum, não é conhecido politicamente fora do seu reduto eleitoral que é São José de Ribamar, o melhor candidato seria o Ministro de Minas e Energia Edson Lobão, mas esse coitado não consegue mais se levantar nem do leito do Hospital em que esta internado imagine disputar uma eleição como essa de 2014.
    VCS praticamente perderam essa brother.

  13. Idiotice sua descartar lobão como candidato. É o único no grupo que tem densidade eleitoral pra disputar o governo. Certamente vc tá recebendo uma verbinha do Luis Fernando.

  14. A Roseana vai ter que ENGOLIR o ministro Lobão como candidato, se não quiser perder as eleições. Pra ela é mais conveniente apoiar o luis fernando, já que o mesmo é tão somente garoto de recado do seu marido. Um manipulável, marionete. É tudo o que eles querem.

  15. O maior problema do grupo Sarney será a trairagem por aqueles que acreditarem na vitória do Dino.
    Por isso, vc está certo, e é fundamental que até o final deste ano, o candidato ja esteja sacramentado. Seja quem for.

  16. Até lá já ganhei na mega sena e vou morar no Rio de Janeiro, já disse: nasci no Maranhão, mas, não sou maranhense.

  17. É Marcão você esqueceu do Sul do Maranhão em que o prefeito é o ROCHINHA (Balsas). Você deve ter notado a grande renovação por que passa o Maranhão em sua estrutura política, basta olhar os resultados dos grotões e veremos a renovação (Grajaú, Dom Pedro e por aí vai…). Isso é um caminho sem volta, a renovação virá, é só esperar prá ver. O grupo Sarney já não mais representa a esperança eu já votei no grupo, hoje não mais. É simples assim !!!!

  18. perfeito seu comentário, resta saber se oposição vai ficar unida até o próximo pleito.

  19. Fiz a mesma analise. A demora em definir o candidato do grupo Sarney pode enfraquecer, e até mesmo perder a eleição de 2014. Hoje, o nome do contra ponto à FD realmente é Luis Fernando.

  20. Luis Fernando coitado não tem a menor chance, vai levar uma surra se for realmente o escolhido, LF só tem voto em Sao Jose de Ribamar que a Governadora mandou muito dinheiro. Luis Fernando não fica nem em segundo colocado, que apostar comigo?

  21. Esqueceu de enumerar Balsas, Itapecuru e Grajaú. Na dúvida Presidente Dutra e Timom. Tuntum ja confirmou…

  22. A análise é correta e demonstra em certa medida a liberdade de sua pena. Se o texto fosse submetido a apreciação do núcleo duro do poder jamais seria publicada porque reconhece os problemas do governo para 2014.

    Resp.; Isso mostra que, apesar dos que se acostumaram com o jornalismo bajulador ou venal, escrevo pelo meu próprio pensamento. Gostem ou não os torcedores de polítcos.

  23. Dizem que quando Maquiavel escreveu o seu livro para os Príncipes, na verdade era um alerta para o povo, segundo Jean Jacques Rousseau. Antes disso, porém, todos os escritores criticaram Maquiavel. Mas Jean foi capaz de ver além da obra, ver um alerta, enquanto, os príncipes pensavam que era um manual de como proceder no uso do poder.

    Na verdade esse sua matéria é um alerta para a oposição, para que se mantenha coesa. Ao mesmo tempo em que membros do governo pensam estarem elogiados. La no fundo você também é oposição, mostra claramente isso nesta matéria. Mas como já disse você esta certo; primeiro os nosso filhos depois os dos outros”.

  24. marco para 2014 quem vou votar eu nao sei, mas para em eu nao voto. ja sei. nao voto nos edevalandinos….

  25. Muito pertinente seu comentário, é esse o cenário político que se encontra atualmente em nosso estado. Mais será que não teria a possibilidade do próprio Sarney sair candidato para salvar o grupo ou o que resta dele? Fora Luis Fernando e Lobão, existe algum outro nome que possa brigar por uma possível candidatura?

    Resp.: A estas alturas é pouco provável. Gastão Vieira é um bom nome, mas sem o carisma necessário. João Alberto poderia ser, mas precisa de suporte político. Não há dúvida de que, no cenário de 2014, o melhor nome é o de Luís Fernando Silva. Só ele tem a estrutura do grupo, a renovação que a população espera e, principalmente, já foi testado como gestor, um forte contraponto a Flávio Dino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *