2

Transição quer detalhamento de 41 itens da prefeitura…

Costa Brito, com Roberto Rocha e auxiliares transição tranquila

O vice-prefeito eleito Roberto Rocha (PSDB) anunciou quinta-feira que poderia ir à Justiça, diante das dificuldades para receber informações detalhadas da Prefeitura de São Luís.

Mas o chefe da comissão de interlocução nomeado pelo prefeito João Castelo, Antonio Cota Brito, garante que o primeiro pedido oficial de informações só chegou na sexta-feira, um dia depois das declarações de Rocha.

Segundo Brito, a comissão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) quer detalhamento sobre 41 itens da administração.

– As respostas serão devolvidas em tempo hábil para o bom andamento da transição – garantiu Costa Brito.

O coordenador da comissão casteista nega qualquer obstáculo à comissão holandina

– Não houve demora, a transição é tranquila e o prefeito João Castelo tem todo o interesse em colaborar com transparência para a futura gestão – afirmou

Costa Brito conta ainda que o próprio Rocha telefonou pedindo desculpas, negando que tenha feito qualquer crítica.

Curiosamente, a tentativa de negar o que disse foi a mesma atitude de Rocha – e dos holandistas – quando divulgadas a polêmica declaração sobre aumento de passagem.

Mas ele reclamou sim, da comissão da prefeitura; e ameaçou, sim, recorrer à Justiça.

Só precisa assumir o que diz…

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. Roberto Rocha pode ser ser de RR. Roberto Rocha? Não, Roberto Reajuste.

  2. Marco,
    Os apoiadores de campanha do Edvaldo estão assustados porque as colaborações não chegaram ao destino final. São alguns milhões que se perderam
    ao longo da campanha. É nitroglicerina pura!!!!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *