10

CPI da Violência contra a mulher pode ser realmente instalada em 2013

Por Aline Alencar

Deputada Eliziane Gama na luta pela defesa da mulher

Parece que a CPMI para apurar crimes de violência contra a mulher caminha para que finalmente seja instala ano que vem. Além da secretária de Estado da Mulher, Catharina Bacelar, ter anunciado em uma entrevista um pedido entregue à Câmara dos Deputados para esta finalidade (reveja aqui), a campanha em prol da CPMI ganha uma nova aliada: a deputada Eliziane Gama (PPS).

A parlamentar propôs, durante a última Sessão Ordinária desta semana na Assembleia Legislativa, a criação de uma CPI de Combate a Violência Contra a Mulher. O pedido é justificado pelo alto índice registrado de violência contra a mulher no Maranhão e, segundo a deputada, o Estado ocupada a nona posição no ranking de registros.

Ainda segundo Eliziane, a importância da instalação da CPMI é devido ao fato de o Maranhão já, durante o ano, se articular na resolução e no combate dos casos de violência, destacando, por exemplo, a Campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra as Mulheres, realizada pela Secretaria de Estado da Mulher.

Caso a CPMI ocorra de fato, podemos esperar eficácia na apuração dos crimes, pois, vale lembrar que Eliziane Gama já presidiu uma CPI de muito sucesso na Assembleia, que foi a CPI de Combate a Pedofilia, garantindo bons resultados.

Marco Aurélio D'Eça

10 Comments

  1. Para que uma CPI da violência contra a mulher? Que coisa mais sem importância…

    A diferença entre a violência contra a mulher e outros tipos de violência: Fome, desemprego, homicídios em geral, é que a violência contra a mulher não tem importância para muitos, e assim, não deve ser combatida.

    Os altos índices de violência contra a mulher..onde, quem disse? Pesquisas, noticiários, jornais, conhecidas..não é tudo mentira, talvez seja verdade sim. Talvez muitas apanham e outras morrem, mas o que tem isso?

    Violência contra a mulher não é quando uma mulher é assaltada na rua ou quando é vítima de latrocínio.

    Violência contra a mulher é aquele em que os criminosos têm laço afetivo com a vitima: è o marido , namorado, companheiro. Marido que não aceita término de relacionamento ( Pimenta Neves, Mizael, caso Eloá….) Marido que tem ciúmes, que suspeita ou tem certeza de traições ou mesmo sem nenhuma suspeita.

    Mas o que importa se os homens estão assassinando suas esposas, não é?

  2. caro marcos
    sinceramente nossa deputada até que se saiu bem na campanha para prefeitura de sao luis,para mim como parlamentar tá só com migu dse cpi desde do inicio é só criando e participando de cpi projetos para melhoria deste povão maranhense sofrido não vi nada até agora da deputada,queremo projetos para combater desemprego,moradia,fome,drogas,pobreza,analfabetismo…

  3. quem acha q eliziane ta querendo palanque nunca acompanhou a politica no maranhão mesmo… é so pesquisar seus mandatos ela sempre esteve a frente pra solucionar os problemas do MA… comentario de maus innformados nem sabem o q é uma cpi…

  4. Outra CPI !? Fala sério e vamos é trabalhar . Eu concordaria se no Maranhão estes índices de violência estivessem muito acima da média nacional

  5. Estao querendo holofote. E o aumento de Homicidios que ocorreu no MA nao merece CPI?

  6. tenho um certo respeito pela deputada eliziane, mais está na hora da deputada colocar seus planos em ação, esse negocio de querer resolver tudo por CPI não dá, parece que este tipo de comportamento é mera exploração politica. queremos coisa pratica, uma cobrança eficaz dos poderes publicos, esse negocio de CPI é conversa pra boi dormir além do mais, quando se fala eliziane lá vem CPI.

  7. A cogitaçao de uma cpi antecede a proposta da dep eliziane, é tambem discusao nacional e principalmente um proplema real da mulher maranhense, cpi é talvez uma atividade que mais exija empenho de um parlamentar, pode tanto promover como desgastar seus membros! Eliziane é o melhor nome pra presidir !

  8. Com tantos problemas precisando de solução, a Deputada vai logo se ocupar de “violência contra…” coma se a vida das milhares de vítimas que perdemos a todo instante para essa violência desenfreada não tivesse nenhum valor para os oportunista, que como a Deputada, preferes fazer proselitismos politico como essa de querer abrir CPI para fazer palanque e aparecer dando uma de boazinha, na frente das câmaras.
    Politico que fica em cima do muro é desse jeito: quando a situação exige um posicionamento deles, eles nunca aparecem para defender uma causa justa.
    Alguém lembra da posição da Deputada na eleição passada?
    Procure trabalhar Deputada deixe de querer aparecer às custas da desgraça da população, que sofre com essa violência desmedida, que acomete a todos sem distinção de credo, cor, credo e sexo e que toma conta de todos os setores da nossa sociedade.
    Ninguém merece tanta hipocrisia!!! É por termos tanta gente sem escrúpulos defendendo o “politicamente correto” é que as coisa estão do jeito que estão.
    Lamentável!!!

  9. A ELIZIANE TÁ SENTINDO FALTA DO PALANQUE, NÃO PRECISA DE CPI, EXISTE A LEI, BASTA QUE A POLÍCIA CUMPRA O SEU PAPEL, A VIOLÊNCIA SÓ VAI DIMINUIR COM EDUCAÇÃO DE QUALIDADE E DIMINUIÇÃO DA POBREZA, O RESTO É DEMAGOGIA, CUSTO PRO ESTADO E PALCO PRA POLÍTICO APARECER. MELHORANDO AS CONDIÇÕES DE TRABALHO DA POLÍCIA, DIMINUI BASTANTE AS CHANCES DO MALANDRO ENCHER A AMÉLIA DE PORRADA.

  10. Embora pareça patente a ascençao feminina, precisamos de uma CPI diante de tantos crimes contra a mulher maranhense, a dep eliziane se tiver apoio do estado poderá fazer um bom trabalho nessa luta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *