6

Intrigado com os Leitoa, Flávio Dino prepara novo palanque em Timon…

Leitoa e Dino mantém relações cordiais, mas aliança definha

O comunista Flávio Dino decidiu estimular o vice-prefeito de Timon, Danísio Marabuco (PCdoB) a sair candidato a deputado estadual nas eleições de 2014.

Dino quer garantir um palanque e um núcleo forte de campanha no município.

Flávio Dino desconfia da aliança com os Leitoa desde o início do ano, quando o prefeito Luciano Leitoa decidiu não nomear os indicados de Marabuco para a Secretaria de Saúde, que seria conduzida pelo comunista. (Relembre aqui)

Desde então, as relações entre o prefeito do PSB e o vice do PCdoB estão arranhadas.

Mas a decisão de Flávio Dino acaba sendo também mais um gesto de afastamento da família do prefeito, um dos principais grupos políticos do município.

Ao saber da decisão do comunista, os Leitoa entenderam a articulação gesto como a consolidação do afastamento.

É aguardar e conferir…

 

Sem categoria

Marco Aurélio D'Eça

6 Comments

  1. Caro Marco Deça,conheço Luciano Leitoa de muito tempo,excelente pessoa,grande político juntamente com seu pai Chico Leitoa.Os mesmos jamais irão deixar que o comunista coloque eles debaixo dos pés do Comunista!

  2. FLAVIO DINO SÓ ANDA COM BANDIDO. ESSE RATO JERRY E WEVERTON ROCHA SÃO DE DENTRO DA CASA DE FLÁVIO DINOSSAURO.

  3. Toda eleição o PCdoB tem candidato em Timom, nas últimas foi João da Gráfica que já foi até vice-prefeito da cidade. Escreve aí, Luciano vai estar ao lado da oposição, até porque 70% dos seus seguidores sempre votaram conta a oligarquia e não teriam como justificar uma virada de folha.

  4. A questão do Márcio Jerry já foi objeto de conversa até com o dono do Flávio Dino, o ex-Prefeito Humberto Coutinho. Não sei por qual motivo esse cidadão insiste em manter o coveiro

  5. Estive pessoalmente com o luciano leitoa e ele me falou que o maior entrave nas articulacoes chama-se rato jerry’pois entoda aquela regiao os politicos não gostam dele e isso vai prejudicar muito a cmpanha de flavio em 2014.abre o olho flavio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *