2

Cutrim entrega a Roseana levantamento sobre estragos causados pelas chuvas em Ribamar

unnamedO prefeito Gil Cutrim (PMDB) entregou à governadora Roseana Sarney (PMDB) levantamento detalhado sobre os estragos causados pelas fortes chuvas que continuam caindo no município de São José de Ribamar.

Tal situação ocasionada pelos temporais fez com que a administração municipal decretasse, no início deste mês, estado de emergência na cidade por um período de 60 dias.

A reunião de trabalho aconteceu nesta sexta-feira (30), no Palácio dos Leões, e contou, ainda, com a participação da secretária-chefe da Casa Civil, Anna Graziella Costa.

O levantamento revela com informações, imagens fotográficas e georeferenciadas a situação de bairros de todas as regiões da cidade que, em decorrência das fortes chuvas, sofreram grandes prejuízos, tais como desmoronamentos de trechos de avenidas, pontes, ruas, obras de drenagem e residências, situação que está dificultando e, em alguns casos, impedindo o trânsito de pedestres, veículos e do transporte coletivo.

No documento, também são apontados os prejuízos financeiros causados aos cofres públicos municipais pelo fenômeno da natureza (mais de R$ 12 milhões), além de solicitadas parcerias institucionais, entre Estado e Município, no sentido de executar ações de reestruturação da infraestrutura das áreas atingidas.

A governadora garantiu ao prefeito ribamarense que as demandas apresentadas por ele serão avaliadas e que, nas próximas semanas, o convocará para uma nova reunião, oportunidade na qual deverá apresentar propostas concretas de parceria.

Fomos bem recebidos pela governadora que se mostrou extremamente sensível ao pleito em favor do município de São José de Ribamar e do seu povo – avaliou Gil Cutrim.

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. ROSEANA SARNEY MURAD,A UNICA GOVERNADORA NO BRASIL QUE,NAO AJUDOU O PREFEITO DA SUA CAPITAL….

  2. Olha não existe Estado de Emergência jeito menos Situação de Calamidade. Se o Prefeito fez algum pedido embastado em Situação de Emergência ou Estado de Calamidade com certeza ele vai conseguir o que pediu. De uma olhada na Instrução Normativa 01 de 24 de agosto de 2012. Decretação de situações de anormalidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *