2

PSB rebelde…

climb-aboard-marina-silvaNa véspera das convenções para formalização das candidaturas presidenciais e aos governos estaduais, o clima é ruim entre PSB e Marina Silva. O apoio à reeleição de Geraldo Alckmin (PSDB-SP) tensionou ainda mais a relação.

Dirigentes do PSB estão esgotados com as exigências de Marina Silva. Antes da definição em São Paulo, um pessebista foi questionado se o apoio ao PSDB não a contrariava.

Ela não tem que achar nada. O PSB cedeu demais.

Para estes, os fins justificam os meios, ao contrário do que Marina pensa…

Adaptado da coluna Panorama Político

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. A rebeldia parte dessa atrasada. O PSB lhe abriu as portas e não precisa consultá-la sobre os rumos do partido. Que ela saia, caso esteja insatisfeita. O que não pode é atrapalhar um partido como ela anda fazendo. Além do mais, Deus nos livre de uma Marina Silva presidente da República algum dia. Serão tempos de fome e pobreza e atraso econômico para o Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *