20

Prender para quê?!?

Bandidos que mataram policiais  na Maioba, hoje, são mais alguns dos que vivem no entra e sai da prisão da polícia e a liberdade dada pela Justiça. O caminho é deixar que só os Direitos Humanos esperneie…

 

Oficiais e praças da Polícia Militar que foram fazer os primeiros levantamentos no local do assassinato dos PMs David do vale e Davi

Choque no local do crime: covardia contra a polícia

Choque no local do crime: covardia contra a polícia

Chapui lamentaram as primeiras informações de que os bandidos autores do crime eram mais alguns dos inúmeros que vivem no entra e sai da cadeia, com eternos habeas corpus e Alvarás de Soltura concedidos pela Justiça.

Um dos PMs, segundo passou o blog, era sobrinho do coronel Ivaldo Barbosa, que já iniciou a caça aos assassinos.

Mas o que fazer com bandidos desta natureza? Por que prendê-los de dia pra que juízes o libertem à noite?

O caminho é outro.

E os Direitos Humanos que esperneie com seu blabláblá…

Marco Aurélio D'Eça

20 Comments

  1. Deça,
    Imagina se fosse com um familiar de uma magistrado ou de um membro dos direitos humanos, será que o judiciário iria beneficiá-lo com um alvará ou habeas corpus???

  2. Caro, no mundo de Alice, Claudio… aqui ninguém pediu exceção para PM, PC, ou PF o que se disse é que medidas duras devem ser tomadas contra criminosos, sejam eles quem forem… Se for policial que fornece armas ou drogas o que seja pego em ilícitos, estes devem estar sujeitos as mesmas durezas da Lei. O problema não são os Direitos Humanos (vida, liberdade, etc) são as pessoas que exigem comportamentos humanos apenas de um lado. Tenho uma proposta, os ativistas dos Direitos Humanos humanizam os criminosos, corruptos e todos os mau feitores (nessa ordem) e logo em seguida cobram dos agentes de segurança comportamentos de países como o Canadá e Suíça.

  3. Concordo plenamente com você. Lembra daquele Valney que tocou o terror em São Luís na década de 90? Ele tava preso na Delegacia Metropolitana e o delegado Luís Moura (que saudade!) foi transferir ele pra outro distrito. Ai, no caminho, de madrugada, Luís Moura deu-lhe um tiro certeiro bem no olho. Valney já era. Explicação de Luís Moura: ele tentou fugir. E São Luís agradeceu. Meu amigo, bandido bom é bandido morto. Esse negócio de ressocialização não cola. O cara é bandido porque não quis estudar e trabalhar, preferindo uma vida fácil. Então, fogo neles!

  4. Se n buscarmos meios estruturais para os fóruns permanentes de segurança publica nas comunidades envolvendo todas as classes sociais, com uma visão voltada aos programas permanentes de inclusão, n tem governo que resolva a problemática da criminalidade…. O caminho será esse, programas permanentes de inclusão, ou seja, o caminho para amenizar será através de fóruns permanentes nos bairros por meio das instituições de massa organizada provocando o governo no campo institucional para aplicar programas sociais concentrados na inclusão, claro que para as instituições e segmentos em geral da sociedade civil provocar o governo, elas precisam indiscutivelmente de mecanismo, ou seja, estrutura necessária para as realizações de fóruns permanentes, caso ao contrario, vai ser difícil……. Outra, nestes programas, as instituições religiosas n podem ficar de fora, elas precisam ser ferramentas deste projeto.

    Por mais que entendemos que a competência da segurança pública é uma atribuição exclusivamente do estado, mas este agente público precisa entender que não pode centralizar sozinho uma responsabilidade de tamanha importância sem a participação popular. É portanto que n podemos permitir q o poder publico concentre a centralização dessa responsabilidade, ele precisa envolver as comunidades distribuídas nos diversos segmentos como parceiras, neste sentido, a historia pode mudar….. A partir daí, o JUDICIÁRIO, OAB, MPE, MPF, CNJ e o Legislativo, passarão entender a mensagem popular para forçar o EXECUTIVO a implantar programas sociais de inclusão ….

    O único problema de toda essa problemática é porque não permitam que as comunidades organizadas possam traduzir o modelo de gestão para o agente público.

  5. Só mais uma perguntinha D’eça. Quem forneceu a arma ao pistoleiro para matar o Décio Sá? Foi um policial militar. Aliás, nesse assassinato há envolvimento de um delegado federal, um pm, parece que policiais civis, advogados, mas a culpa é sempre da Justiça “com seus habeas corpus”, que, até onde eu sei, são previstos em lei.

    Resp.: Bandidos também usam as “previsões da lei” para se beneficiar, meu caro. Simples assim!!!

  6. Se você sugere que a polícia procure e mate os bandidos, beleza! Até concordo que esse tipo de gente não deve viver em sociedade e seja logo liquidado. Mas, vamos aos fatos. Como grande parte dos bandidos tem acesso à armas, aquelas que dizemos ser de “uso exclusivo das forças policiais”? Sabe como, meu caro? Policiais corruptos é que fornecem grande parte do arsenal que está nas mãos da bandidagem? Estou mentindo? Esses policiais também serão caçados e liquidados. Gostaria de saber isso, tanto de ti, D’eça, quanto do novo comandante que teve o sobrinho morto. Um major já foi preso por furtar armas e vendê-las à bandidagem. Alguém já pensou em passar-lhe o “sal”? Estou esperando respostas.

  7. Ta certinho Marco, viramos refém dessa bandidagem por conta que não se toma medida mais drásticas diante dessas situações, é muito simples, bandido se trata na mesma medida, na bala! Ah que saudade de João Alberto…

  8. A Lei existe,o problema é que tem sido trocada por interpretações ao bel prazer dos magistrados que sonham ver suas interpretações serem usadas como sumulas vinculantes, aquelas que tem mais forças do que a propria lei, haja vista nao caberem interpretações. Enquanto isso, os Policiais pais de familias, mal vistos por essa sociedade hipocrita, mal pagos, tombam todos os dias, em media 2 por dia brasil a fora, o o judiciario contribui para essa carnificina. Os covardes dos” Direitos Humanos” , sequer se manifestam.

  9. Os bandidos não estão matando delegados,juizes ou promotores
    Eles estão matando é policiais, os mesmos q efetuam as suas prisões.
    Então pra que entrega los a justiça. Enquanto os policiais
    Maranhenses forem frouxos eles irão morrer nas maos desses impiedosos matadores por diversão.Chega de dizer que os bandidos foram presos,e diga se”eles reagiram e foram alvejados”

  10. É bom lembrar que o natal estar chegando e aí tomem indultos de presente e a sociedade que aguente a situação caótica, pois antes de tudo, vem o recesso dos togados e aí fica tudo a vontade, direitos humanos? o Elmar Santos já disse tudo. Deixa a PMMA e a PCMA trabalhar pois logo virá resposta a altura para esses bandidos!!!!!

  11. Só resta uma alternativa. É deixar que a policia mate esses vagabundos. Ninguem aguenta mais esses marginais fazem o que querem, a policia tem que mater e ir pra televisão dizer, morreu porque é bandido, e bandido bom, é bandido morto.

  12. Direitos humanos, essa utopia produziu um dos paises mais violentos do mundo , onde todo bandido sabe que será solto rapidamente.
    Aqui crimes graves como latrocínio ou assassinato pegam no máximo 7 anos de cadeia dura.
    Nos EUA pegam prisão perpétua ou injeçao letal.
    Ou seja devido a meia dúzia de bobocas bonzinhos de coração mole, todo o país sofre da absurda violência provocada pela certeza da impunidade.

  13. Blogueiro tive uma informação que a Chefe de Gabinete da Fundação Municipal de Cultura – FUNC, Sra. Rita de Cassia Luna Moraes, estaria desempenhando acumulo ilegal de cargos público, haja vista a mesma ser Assistente Social do Ministério da Saúde, inclusive com matricula ativa sob o número 551528. Tenta ver essa situação, e por gentileza, mantenha o sigilo desta informação.

  14. Esse (des)governo que gerou tudo isso. Os detentos tem mais gerência no Estado do que a própria secretaria de segurança. Não venha querer colocar a culpa no judiciário. Eles não inventam e nem criam as leis e, sim cumprem. Mais dois pms mortos. Isso numa cidade desse tamanho isso é revoltante.

  15. DEVERIA SER OLHO POR OLHO-DENTE POR DENTE,OU SEJA,PENA DE MORTE PARA VAGABUNDOS COM ESSES MATADORES DE PMS,E TAMBÉM PARA UNS PRIVILEGIADOS PRESOS NO PRESÍDIO MILITAR DA PM ,QUE TRAMARAM A MORTE DO JORNALISTA E BLOGUEIRO DECIO SÁ.

  16. Não existe nada de direitos humanos, o que existe é direito de bandido, quem deveria está preso era esses juízes que dão esses alvarás de soltura desses delinquentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *