1

Barramar põe Ministério Público contra Ministério Público…

Obra de barracas que foi autorizada pelo promotor Cláudio Guimarães teve ação de demolição promovida pelo promotor Fernando Barreto, que só não se efetivou por intervenção judicial

 

As euqipes de demolição chegaram logo cedo, para derrubar todas as barracas..

As euqipes de demolição chegaram logo cedo, para derrubar todas as barracas..

A tentativa de demolição do novo projeto de lanchonetes do Barramar – fruto de Termo de Ajustamento de Conduta entre a os proprietários, a Prefeitura de São Luís e o Ministério Público – foi uma ação do… próprio Ministério Público.

A obra está sendo feita por concessão da prefeitura, com a anuência do promotor Cláudio Guimarães, após operação de derrubada das antigas barracas, em dezembro de 2013.

barramar4

Objetivo do TAC é dar uma cara nova às barracas do Barramar

Ocorre que outro promotor, Fernando Barreto, entrou na Justiça para pedir a demolição das novas barracas, alegando danos ao Meio Ambiente. E a polícia, a Blitz Urbana e os representantes do MP foram hoje exatamente para promover a demolição.

A derrubada só não se efetivou por que uma nova  ordem judicial determinou que a operação fosse suspensa.

As barracas do Barramar sofrem desde 2013 com as constantes ameaças do poder público

As barracas do Barramar sofrem desde 2013 com as constantes ameaças do poder público

Mas, ao que tudo indica, a situação ainda não está resolvida para os comerciantes da área.

Que sofrem há quase dois anos com as ameaças de encerramento do local…

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

  1. Esse é o claro espelho do absurdo.
    Que o Cláudio Guimarães é prepotente e truculento todo mundo sabe, mas agora ele teve uma boa idéia.
    Melhor do que deixar aquilo sem urbanizar é colocar ordem na urbanização… Mas aí vem o nosso outro Promotor e vai contra…Seria interessante saber o por quê? A população perde ou ganha com isso? Será que haverá uma licitação para definir quem vai ter o direito de explorar o espaço?
    Vamos assistir…..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *