1

Prefeitura comemora 49 Anos de Santa Inês com muito trabalho…

Máquinas fizeram a limpeza das ruas, abandonadas durante o vácuo administrativo...

Máquinas fizeram a limpeza das ruas, abandonadas durante o vácuo administrativo…

Comemorações simples e muito trabalho marcaram esta segunda-feira, 14 de março, data do aniversário de emancipação política do município de Santa Inês, que completou 49 anos de emancipada.

A programação oficial da Prefeitura constou de Missa em Ação de Graças, realizada pela manhã na Igreja Matriz de Santa Inês; apresentações folclóricas e de grupos de capoeira; e à noite aconteceu culto em Ação de Graças na Igreja Assembleia de Deus de Anápolis, localizada na Rua da Raposa.

Porém, o decorrer do dia foi de muito trabalho por parte de algumas equipes da gestão municipal, já que a orientação do prefeito Ribamar Alves é reorganizar a casa o mais rápido possível para normalizar a prestação de serviços à população do município, que contabilizou cerca de 20 dias de abandono enquanto esteve sob a administração do vice-prefeito Dino do PT.

Nesta segunda-feira, equipes da Secretaria de Obras e do Departamento de Limpeza Pública da Prefeitura de Santa estiveram percorrendo várias ruas e bairros, de onde recolheu uma grande quantidade de lixo. Este trabalho tem sido intenso desde a semana passada. Por outro lado, a Secretaria de Obras retomou o trabalho de desentupimento de valas e bueiros, assim como serviços de drenagem em vários pontos da cidade.

Homenagem também na igreja..

Homenagem também na igreja..

De acordo com o diretor de Limpeza Pública, Júnior Leite, diariamente o município produz cerca de 100 toneladas de resíduos e ao reassumir a Prefeitura a gestão Ribamar Alves encontrou uma grande quantidade de lixo e entulho acumulada.

– Por essa razão o trabalho está sendo redobrado e pedimos mais uma vez a colaboração da população, que depositem seu lixo nos contêineres ou coloque em sacolas no momento da passagem do caminhão da coleta – diz Júnior Leite.

Da Ascom/Santa Inês

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *