3

De novo, dona Caema?!?

Companhia controlada pelo Governo do Estado não consegue resolver problema na avenida Daniel de La Touche, e volta ao local, mês a mês, para uma recuperação que já dura, pelo menos, cinco anos, de acordo com registros deste blog

 

Desde segunda-feira, 4, Caema trabalha na Daniel de La Touche; como no mês passado, e no retrasado, e antes, e bem antes...

Desde segunda-feira, 4, Caema trabalha na avenida; como no mês passado, e no retrasado, e antes, e bem antes…

Quem passou esta semana pela avenida Daniel de Latouche, no trecho entre a Farmácia São Patrício e o chamado Bambuzal, viu, de novo, máquinas a serviço da Caema tentando recuperar a ia.

É a enésima vez que equipes da companhia de saneamento do governo volta ao local para tentar reparar um afundamento crônico na pista, provavelmente causado por infiltração de tubulações antigas de água e esgoto.

Mas a Caema não consegue resolver o problema.

E volta quase todo mês ao local, para fazer o mesmo serviço.

Leia também:

Um problema crônico que a Caema não consegue resolver…

Guerra urbana da Caema contra a prefeitura…

Esta caçamba caiu no mesmo local, mês passado, em problema que dura mais de cinco anos

Esta caçamba caiu no mesmo local, mês passado, em problema que dura mais de cinco anos

Só nos últimos cinco anos, este blog registrou inúmeras vezes o mesmo problema, sem que a companhia apresente qualquer solução.

E neste governo piorou, por que o prazo de retorno ao local diminuiu para quinze dias.

O problema é o trânsito no local que fica lento a cada intervenção, sem falar nas crateras e lamaçais causados pelo afundamento da pista.

E a Caema não consegue resolver.

Incompetência ou má gestão?!?

Marco Aurélio D'Eça

3 Comments

  1. O pior é que não é só nesse local que eles estragam as coisas não… Na rua atrás da minha tinham acabado de asfaltar e a cemar fez de novo um buraco enorme lá, um problema que nunca acaba…

  2. Não é novidade, Marcos, os serviços prestados pelo estado brasileiro são imprestáveis, no Maranhão, então, é que as coisas são ainda mais escabrosas, a prova disso tudo é o que acontece com a CAEMA, com a EDUCAÇÃO, com a SEGURANÇA, com a SAÚDE e tantas outras aberrações que o cidadão é obrigado a aceitar calado sem ter a quem recorrer.
    Sabes aqueles princípios que norteiam e regem a gestão da coisa pública?
    Pois é, no Maranhão não existe nenhuma preocupação com a TEMPESTIVIDADE, a EFICIÊNCIA e todas as demais coisas que são indispensáveis para a prestação de um serviço de qualidade.
    Por falar em descaso com o dinheiro e os interesses dos contribuintes, o DNIT continua colocado pedras nos buracos sem a devida colocação da massa asfáltica, fato que só tem agravado a situação dos motoristas que além de ter seus veículos danificados na buraqueira ainda cortam os pneus nas pedras colocadas sem levar em conta a segurança, a qualidade, a durabilidade e todas essas coisas que são necessárias e indispensáveis num serviço daquela natureza.
    É de causar espanto o silêncio do CREA, da “casa do povo”, do Ministério Público, do Tribunal de Contas diante à tamanhas aberrações – ninguém dá um pio, ficam todos trancafiados em seus gabinetes num silêncio sepulcral.
    Uma Vergonha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *