1

Imperatriz: aulas não-presenciais têm efetividade de 70% no primeiro mês

Semed avaliou desempenho das atividades executadas, relatórios por turma, performance dos alunos de forma individualizada, quantitativo de acessos tanto por estudante quanto por professor

 

As autoridades educacionais de Imperatriz analisaram todos os pormenores relativos às aulas não presenciais iniciadas em agosto

Com acompanhamento rotineiro da plataforma virtual desde a implantação em 3 de agosto, no início das aulas não presenciais, o secretário de Administração e Educação, José Antonio Pereira, realizou reunião nesta terça-feira, 15, com representante do sistema e equipe técnica da Secretaria Municipal de Educação, Semed.

Objetivo foi avaliar o desempenho da ferramenta nesse primeiro mês de uso.

De forma minuciosa, foram apresentados aspectos como: desempenho das atividades executadas, relatórios por turma, performance dos alunos de forma individualizada, quantitativo de acessos tanto por estudante, quanto por professor.

Com efetividade acima de 70% do ambiente virtual, sendo utilizado diariamente pelos estudantes e professores da rede municipal de ensino, a reunião possibilitou conhecer dados importantes.

– Foi possível acompanhar em tempo real o número de acessos à plataforma no horário da consulta, quase 500 estudantes ativos; verificar os dias com maior volume de acessos e até a atuação de cada aluno. Estamos satisfeitos com os números e estamos trabalhando para melhorá-los – observou o secretário.

Pelo ambiente do aluno, os dados quantitativos mostraram que nos últimos sete dias, o ingresso de cada estudante à plataforma ocorreu em 79,2% via aparelho celular; 17,6% em computadores e 3,2% em tablets.

De forma não simultânea, a plataforma recebe mais de 20 mil usuários por dia.

Com o crescente número de utilização da plataforma das aulas não presenciais e como qualquer sistema operacional, foi realizado upgrade no servidor antes da data programada a fim de dobrar a capacidade de processamento computacional e garantir ainda mais qualidade aos usuários.

– Sempre que for necessário vamos realizar os ajustes no sistema, inclusive com adequações que anunciaremos nos próximos dias – frisou.

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

  1. Sou professor da rede municipal de ensino e posso afirmar: os alunos não estão aprendendo nada, nada vezes nada. Essas aulas fake é pura enrolação, os alunos estão desanimados e desestimulados, muito querem reprovar. Já disse pra eles, todos vocês serão aprovados, a SEMED não vai aceitar reprovações, simples assim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *