25

Uma discussão tola e inútil…

O atropelador do Olho D´Água, John "Gordo"

De repente, os cabeças-ocas e “maria-vai-com-as-outras” da Internet iniciaram um debate tolo e inútil paralelo ao atropelamento covarde e criminoso ocorrido na praia do Olho d’Água, domingo.

A tolice da hora é saber por que a menina morta, de apenas 12 anos, estava alta madrugada em um bar de praia.

Os tolos intelectualóides chegam a fazer dissertações nas redes sociais sobre a responsabilidade dos pais da menina – influenciados também pelos igualmente tolos legalistas e tecnicistas do Ministério Público.

Debate deste tipo só beneficia o assassino Jhonny Willis Lima, vulgo “Gordo”.

Só falta agora culpar a menina pela propria morte.

O que impota, neste caso, é que um assassino covarde cometeu um crime covarde e tem que pagar por isso. As adjacências e os paralelismos do crime devem ser tratados num segundo momento.

Até por que a menina estava acompanhada da irmã, de 19 anos, maior; portanto, responsável por ela.

Os “puritanos de araque” levantam também a hipótese de que o bar onde elas estavam é ponto de prostiuição.

E daí?

A menina atropelada: imagem forte

E se a moça mais velha fosse puta, qual o problema? Sendo puta, não teria ela o direito de cobrar por um crime cometido pela irmã?

Desviar o assunto de um crime covarde, cometido por um playboy covarde, beneficia apenas o criminoso, repita-se.

Os “pensadores” do Facebook deveriam neste momento recolher-se à sua própria insignificância.

E a discussão que deve seguir é sobre a punição ao criminoso.

Todo o resto é tolice.

Estando ou não prescrito na lei…

Marco Aurélio D'Eça

25 Comments

  1. Acorda Marco D’Eça, ele é primário e sem antencedentes, vai ser condenado na pena mínima, vai ter a carteira cassada por um tempo e por ser portador de moléstia grave, câncer, vai cumprir a pena em outro lugar (até em casa), além do fato de poder haver culpa concorrente, pois banhar na praia 23 horas também nao me parece adequado. Resumindo nao vai dar em nada!

  2. Eu conheço jhon, lamento muito o q aconteceu, sei q ele não está nada bem pelo ocorrido, não é por medo da justiça dos homens + sim da divina, + duvido se tem alguém q o conheça q abra a boca para dizer q ele é um marginal, bandido e etc…, q ele errou, isso é verdade de fato + não me cheguem aquí criticando de todas as maneiras alguém q vcs não conhecem, pois nós q o conhecemos, sabemos q ele é uma pessoa boa de coração, amigo parceiro e prestativo. Não é fácil dizer tudo isso, pois ele tirou uma vida, + ele não deixou de ser filho de Deus por isso, e ele sabe q terá q prestar contas com ele, o sofrimento dele já é muito grande, pois ele tbm tem uma filha e sua pena ele já está pagando. (e quero dizer aos ipócritas aos q vão me criticar, q eu não faço não fiz e nunca farei rachas e q não concordo com isso, + não o julgo e nem nego seu nome como negaram o de Jesus, pois ele será julgado…), e se voces nunca erraram, parabéns, pois não são mortais, são divinos!!

    resp.: A Justiça de Deus é comDeus. Mas vou trabalhar intensamente para que ele seja punido, o mais rá´pido possível, pela Justiça dos homens. Ele ainda não está pagando a pena, amigo. Ainda não…mas tem que pagar. Não só ele, mas todos os que cometeram tal crime. E não dá para ter outro posicionamento que não o da crítica dura ao comportamento deste rapaz. Ele não estava passeando na rua com seu carro. Estava num pega, um crime cruel e covarde, em um carro já preparado para cometer este crime cruel e covarde. Premeditação, portanto. Simples Assim.

  3. PARABÉNS! ESSE É O PRIMEIRO BLOG QUE SE PODE LER. EXPLICO: OS DEMAIS, ALÉM DE SEREM ESCRITOS POR ANALFABETOS, SÓ TRAZEM SENSACIONALISMO, DEIXANDO DE LADO O VERDADEIRO SENTIDO DA INFORMAÇÃO. CONTINUE ASSIM…

  4. tem gente que usa o facebook como se estivesse usando uma fosse ou ate mesmo um aparelho sanitario.

  5. Concordo plenamente com vc. O discusso no Brasil é sempre de desqualificar a vítima, culpando-a pelo acontecido consigo e “aliviar” o culpado como sendo vítima das circunstâncias. Tais como quando uma mulher é estrupada e vem os discussos: “também, a roupa que ela usava…” ou “o que ela fazia sozinha…” etc. Discusso igual aos fundamentalistas religiosos. Aliás, acredito que o Brasil tá caminhando pra esse caminho: FUNDAMENTALISMO RELIGIOSO, pois as bancadas políticas, a televisão etc. tem pregado um discusso inútil sobre questões religiosas e a necessidade disso para o bem social aff…. baboseira!
    Mais uma vez, parabéns! Reconheço bem seu texto. Discordei um muito alguns que você escreve, mas esse “tiro o chapéu”!

  6. Voçê está totalmente certo. Parabenz, não deixe esse crime ficar sem puição

  7. Simplesmente preciso sua análise, inclusive muito bem referendada por outros blogs. Parabéns por sua análise suscinta e consciente. No mais, é só torcer para que a justiça aja.

  8. Concordo que o playboy deva ser punido, pq é um miserável que não tinha nada que ta fazendo esse absurdo de racha. Mas a verdade é essa: essa menina não tinha que estar naquela hora naquele lugar. Mesmo sendo mais velha e de maior, a irmã não tem nenhuma responsabilidade com ela, judicialmente falando. Os pais são sim responsaveis pelo menor, não tendo mais ninguem esse direito e dever. Portanto, erro do motorista idiota, erro dos pais, erro dessa irmã e erro da menor. TUDO UM ERRO só poda dar em merda mesmo!

  9. Caro jornalista,
    quase sempre quando teço algum comentário no seu blog é para discordar ou criticar você, mas desta vez estou plenamente de acordo. Já havia percebido isso: estão discuntindo os detalhes do crime e esquecendo o crime em si. Pouco importa se ele estava ou não bebado, pouco importa se a menina é menor ou não, pouco importa se ele estava no lugar errado ou não. Até parece que isso justifica o crime. O que importa agora é que um irresponsável, irresponsalvemente matou uma pessoa, seja ela criança ou não, pobre ou não, negra ou não. Ele pelo menos pagou fiança? Quanto valeu a vida dessa criança? Por que teve o privilegio de depor às caladas da noite?

  10. Temos nossas diferenças, mais Dessa vez vou ter que concordar contigo sarará! Muito bom teu texto, o que importa se essa garota que morreu fazia programa??? Sarará, pelo que eu sei, (no passado fui admirador de pega de rua) esse atropelamento não aconteceu próximo ao caranguejo bar, e sim perto do conterrâneos bar, la que os Play Boys da cidade se reúnem todo fim de ano! Sem essa de quer responsabilizar os pais, essa juventude de hoje em dia não respeita mais ninguém, e isso independe de classe social! Esse Jhonn Gordo é um malandro cheirador de pó, ele tem vários videos na internet fazendo manobras irresponsáveis! e outra, ele está sendo protegido pelo Pres. da Câmara municipal, pois é funcionário dele e trabalhou na campanha dele tbm! CADEIA NELE. Continue denunciando esses bandidos nobre Sarará.

    resp.; Pôxa, que bom, ter você na mesma linha de pensamento. É bom poder ouvir os outros sem troca de farpas. Grato pela participação.

  11. Dessa vez vou ter que concordar contigo Sarará! Teu texto dessa vez está corretíssimo,

  12. Muito bom seu comentário,
    não pode ser desviado o foco do crime,
    com relação a família é problema familiar.
    Cadeia para esse e os outros assassinos.

  13. Toda razão a você, Marco Aurélio. Lamentável como as pessoas neste País conversam sobre o tangencial, e não sobre o principal das questões.

  14. Isso mesmo, quer dizer que pq ela tinha 12 anos, estava na praia naquele horario, tinah que ser morta por MARGINAL??????????????????????

  15. Parabéns pra ti mais uma vez, pois é o único que tem coragem de falar dos figuroēs e desses idiotas que ficam falando besteira e mudando o foco do atropelamento cometido por esse marginal que vai ficar impune.

  16. Parabéns por este post…Concordo plenamente com você e assino em baixo.

  17. Marco,
    hei de concordar com vc…
    Anteriormente, em que pese a culpa exclusiva do marginal chamado Gordo, acreditava que os pais da menor assassinada deveriam ser responsabilizados de alguma forma pelo fato da menina estar num ambiente tão promiscuo na madrugada.
    Não havia notado que a adolescente estava acompanhada de sua irmã que é maior, responsável, então, por ela na ocasião.
    A discursão acerca disso está superarda, portanto.
    O fato é que fazer racha em local público e totalmente desapropriado (faixa de areia) é crime; dirigir alcoolizado também… Dizem os amigos do marginal que ele sofre de câncer e nao pode beber… Tudo bem, mas estava em alta velocidade na faixa de areia e matou uma pessoa, deve responder pelo homicício, desta maneira, e cumprir a pena que lhe for atribuída, se tiver saúde suficiente para tanto.

    Resp.: Se ele não pode beber, o qe fazia com um copo de cerveja em uam festa no sábado, dia do atrpolemanto?

  18. PERFEITO!!!! Tudo que queria falar sobre o assunto você abordou perfeitamente.

  19. Você, meu caro Marco d’Eça, está vendo sob uma ótica muito simplista. Tudo alí estava errado. E todos os outros crimes e/ou contravenções que rodeiam esta morte devem ser apurados e punidos. Houve uma morte é verdade, mas não foi a primeira em decorrência do que acontece no Local. São Luís virou uma cidade sem Lei, muito antes desta menina morrer, e ela com certeza morreu por isso, na praia do Olho d’Água e no bar em questão já vem acontecendo muita balbúrdia, consumo excessivo de alcool, trafico e consumo de drogas – principalmente extase, prostituição, etc., etc., inclusive crimes ambientais. Para nós moradores do Olho d’Água que há muito perdemos o sossego dos nossos lares durante as madrugadas os verdadeiros culpados por todos os crimes que hoje estão sendo discutidos são as autoridades que mesmo cientes do que estava rolando não tomou nenhuma medida para acabar com a farra!!! Acredito, meu caro, que o problema é bem mais amplo que o que vem sendo colocado pela imprensa, e assim deve ser discutido. Forte Abraço

  20. Parabenizo pela forma sensata de tratamento ao caso, de repente as pessoas resolveram desfocar de um problema seríssimo que ocorreu…Gente, como pode?estao falando de uma vida, será que ninguém percebeu? se a conduta era certa ou não, adequada ou não, não vem ao caso, até porque o Código Penal Brasileiro quando fala em HOMICÍDIO fala em matar alguém, ou seja qualquer pessoa, não faz acepção…que isso?Que falta de sensibilidade, que crueldade é essa? O paidessa criança, e a irmã dela já estão sofrendo demais para serem execrados dessa forma…essas pessoas deveriam utilizar as redes sociais para peder JUSTIÇA E PUNIÇÃO PARA ESSE CRIMINOSO!!!!

  21. Estes Playbouys geralmente são cheio da grana, por isso se acham acima da lei. Para mim não será surpresa se a menina assassinada for considerada suicida e os pais, assim como a irmã, marginais e putas respectivamente e o playboy assassino vítima da violência que os ambientes que tem marginais e putas proporcionam

  22. Suspeito que esses que buscam desviar a atenção do crime com conjecturas frágeis e inúteis sejam familiares ou companheiros de racha do motorista assassino. Sei que em uma análise mais aprofundada a vida inteligente na terra não compreende TODOS os seres humanos. Culpar a vítima morta por ter sido assassinada por membro de um grupo que organizava um evento ILEGAL em praia, local que É espaço público onde É garantido o DIREITO DE IR E VIR, é o cúmulo da imbecilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *