0

Barreirinhas: vice-prefeito abandona Dr. Amílcar e declara apoio a Vinícius Vale

O vice-prefeito de Barreirinhas, Antônio Diretor (PL), anunciou nesta terça-feira, 9, sua saída da base do prefeito Amílcar Rocha (PCdoB), candidato à reeleição, e adesão a pré-candidatura de Vinícius Vale (MDB).

Ele comunicou o novo direcionamento político após reunião com a direção estadual do Partido Liberal e membros da sigla no município, destacando que a decisão foi tomada de comum acordo com os aliados

 “Essa decisão não foi só minha; tivemos o apoio de todos que estavam na reunião, incluindo a comunidade evangélica”, declarou.

“É momento de mudanças e de unir forças em prol de um projeto que realmente traga benefícios para nossa população”, completou.

Vinicius Vale, por sua vez, manifestou grande entusiasmo com a adesão do vice-prefeito.

“É com grande entusiasmo que damos boas-vindas ao vice-prefeito de Barreirinhas, Antônio Diretor, do partido PL, que chega para somar com nosso grupo político. Sua experiência e liderança serão fundamentais para fortalecermos ainda mais o projeto de desenvolvimento da nossa querida cidade”, declarou Vinicius Vale.

Da Assessoria

0

Para Yglésio, dinistas não defendem Brandão na Assembleia…

Deputado diz que os colegas de esquerda, mesmo pertencendo à base do governador, não demonstram o mesmo afinco para defendê-lo em comparação com a defesa que fazem do ministro do Supremo tribunal Federal Flávio Dino

 

Yglésio partiu novamente pra cima dos deputados da ala dinista na Assembleia Legislativa

O deputado estadual Dr. Yglésio Moyses (PRTB) voltou nesta terça-feira, 9, a atacar o s colegas ligados ao ex-governador e atual ministro do Supremo Tribunal Federal Flávio Dino; para o parlamentar, esses colegas usam dois pesos e duas medidas para defender Brandão e Dino.

  • Yglésio citou nominalmente os comunistas Rodrigo Lago e Júlio Mendonça e o socialista Carlos Lula;
  • na comparação do parlamentar, a defesa do deputado federal Márcio Jerry é maior que a de Brandão na Casa.

Ninguém sobe aqui para atacar o Othelino quando chama o Brandão de caloteiro. Lula, que tem aí várias condenações, que foram desfeitas por matéria processual apenas estrita, não se pode chamar de bandido. Não pode falar dos alecrins dourados Flávio Dino e Lula, e Brandão pode ser chamado de caloteiro”, disparou Yglésio.

Mantendo a polêmica de ataques e contra-ataques que vem desenvolvendo há semanas com esses deputados, assunto inclusive já tratado neste blog Marco Aurélio d’Eça, no post “Dinistas contra-atacam base bolsonarista de Brandão na Assembleia”, Yglésio resolveu também comparar sua atuação à dos deputados remanescentes do grupo dinista.

O senhor [Júlio Mendonça] tem 62 proposições nesse período que o senhor está aqui na Assembleia, eu tenho 11.883. Eu faço, na média de quase 190 por mês, o senhor faz 3.8. Juntando o senhor, o deputado Rodrigo (Lago) e o deputado Carlos Lula, têm 307”, revelou ele.

E concluiu, decidindo comparar também a própria trajetória de vida com a dos deputados aos quais têm feito contraponto:

Não falem de trabalho, vão perder! Não falem de técnica, vão perder! Não falem de formação, vocês vão perder, porque eu sou disciplinado. Então, assim, vocês querem que eu respeite a história dos ídolos de vocês da esquerda? Respeitem a minha, que eu saí da Paulo Frontin, vítima de todo tipo de violência física, psicológica, abuso de toda forma, e estou aqui na Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão. Respeitem a minha história”, finalizou o deputado.

Apenas Júlio Mendonça respondeu a Yglésio, mas contemporizando o discurso do colega…

0

Vídeo do dia: Paulo Victor externa posições políticas…

Presidente da Câmara Municipal de São Luís destacou nesta segunda-feira, 3, reunião que teve no Tribunal de Justiça em busca de uma relação institucional com a Prefeitura de São Luís, o que levou os desembargadores a fazer a intermediação com o prefeito Eduardo Braide; também declarou que responderá pessoalmente às acusações contra o governador Carlos Brandão

 

Paulo Victor discurso nesta segunda-feira, 3, na Câmara Municipal

O presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Paulo Victor (PSB), subiu à tribuna da Casa nesta segunda-feira, 3, para apresentar dois pontos políticos importantes para a capital maranhense e para o estado:

  • 1 – ele destacou a intermediação dos membros do Tribunal de Justiça na relação entre a Câmara e a Prefeitura;
  • 2 – garantiu que irá defender, imediatamente, a partir de agora, qualquer ataque infundado ao governo Brandão.

Na semana passada, Paulo Victor liderou um grupo de vereadores em visita ao Tribunal de Justiça do Maranhão; levou uma série de documentos e um pedido: que a Justiça maranhense intermediasse a busca de uma relação mais harmoniosa com a Prefeitura de São Luís.

O presidente do Tribunal de Justiça se põe à disposição para fazer um intermédio, uma harmonia entre duas instituições: a Câmara Municipal e a Prefeitura de São Luís”, disse Victor.

O presidente da Câmara comandou a sessão na qual foram derrubados os vetos do prefeito Eduardo Braide

No mesmo discurso, o presidente do Legislativo de São Luís deixou claro também que não vai mais aceitar calado os ataques ao governador Carlos Brandão, seu principal aliado no Maranhão.

Me sinto na responsabilidade de rebater as posições baixas e que não são verdadeiras em relação ao governo do governador Carlos Brandão”, ressaltou.

A sessão desta segunda-feira, 3, foi marcada por derrubada de vetos do prefeito Eduardo Braide (PSD) a projetos aprovados na Casa…

0

Braide sabia do contrato de R$ 18 milhões para seu amigo na Semus…

Ex-presidente da Comissão de Licitação, Washington Ribeiro Viegas, revelou à CPI da Câmara Municipal que investiga o escândalo na prefeitura de São Luís, ter sido recebido pessoalmente pelo prefeito, em seu gabinete, para tratar do contrato, “por conta do valor e do período eleitoral” 

 

Viêgas, ex-da CPL de Braide foi o primeiro a depor á CPI que investiga os contratos emergenciais do prefeito

O prefeito Eduardo Braide (PSD) recebeu pessoalmente em seu gabinete o ex-presidente da Comissão de Licitação da Prefeitura de São Luís, Washington Ribeiro Viêgas, para tratar do contrato de R$ 18 milhões da empresa Aroma & Sabor Alimentos LTDA (Pier 77) com a Secretaria de Saúde.

A revelação foi feita nesta quarta-feira, 29, à CPI da Câmara Municipal pelo próprio Viêgas, demitido sumariamente por Braide após o escândalo estourar na imprensa.

  • o contrato de R$ 18 milhões entre a Semus e a Píer 77 foi feito “em caráter emergencial”, sem licitação;
  • A empresa pertence a Arthur Henrique Segalla de Carvalho Pereira, amigo pessoal do prefeito;
  • o amigo pessoal foi seu assessor durante os anos em que Braide esteve na Assembleia;
  • Além de Washington Viêgas, Braide demitiu toda a cúpula da licitação em São Luís.

A conversa foi no sentido de que, apesar de eu falar dos pontos, dos atos que seriam ressalvados com relação a essa contratação, ele disse: ‘Washington, se houver possibilidade jurídica para que essa contratação siga, que ela siga. Se não houver, a gente vai pensar em outra coisa’”, declarou Viêgas.

O ex-presidente da CPL contou ainda aos vereadores que após a conversa com Braide decidiu encaminhar parecer à própria Secretaria de Saúde propondo sindicância para descobrir a causa da demora no processo regular de contratação.

Também orientou para que o novo fornecedor e a cotação de preços fosse por dispensa eletrônica, o chamado “preguinho”.

Mas foi exonenado da função antes de saber se as diretrizes sofram seguidas…

0

CNJ revê suspensão de Bayma Araújo…

Ao analisar recurso do desembargador, conselheiros nacionais de Justiça entenderam por reconsiderar a medida de afastamento e autorizaram seu retorno ao Pleno do Tribunal de Justiça do Maranhão

 

O plenário virtual do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) concluiu nesta sexta-feira (12) o julgamento de um recurso apresentado pelo desembargador Antônio Bayma, e determinou seu retorno ao cargo no Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA).

Bayma havia sido afastado pelo próprio CNJ, em outubro do ano passado, como medida cautelar enquanto tramita um processo administrativo disciplinar apuração de possíveis irregularidades na obra de construção do Fórum de Imperatriz. Além dele, a decisão de 2023 atingiu, ainda, o desembargador Guerreiro Júnior.

O julgamento concluído hoje iniciou-se no dia 4 de abril e terminou com 15 votos a favor da reintegração do magistrado aos quadros da Justiça estadual. Os conselheiros acompanharam voto do relator do caso, João Paulo Schoucair, que ainda prorrogou por 140 dias o processo disciplinar que havia culminado com o afastamento do desembargador maranhense.

“O Conselho, por unanimidade, decidiu pela prorrogação do PAD pelo prazo de 140 dias, deferindo, parcialmente, os pedidos formulados, tão somente para reconsiderar a medida cautelar de afastamento do desembargador A. F. B. A. e autorizar o seu retorno ao exercício de suas funções judicantes e administrativas, caso não esteja afastado por outro processo, nos termos do voto do Relator. Presidiu o julgamento o Ministro Luís Roberto Barroso”, diz a ementa do acórdão publicado ao fim da sessão.

Do Imirante.com

0

Duarte Jr. repete em 2024 erro que tirou 2º lugar de Weverton em 2022…

Apesar do alerta de seu marqueteiro e da resistência dos seus aliados no PT e na esquerda, pré-candidato do PSB a prefeito de São Luís insiste em manter diálogo com o PL bolsonarista; e chega a dizer que, para o eleitor, “importa são os resultados”; postura “furta-cor” tirou do senador pedetista – que se dizia aliado de Lula, de Ciro Gomes e de Bolsonaro – o segundo lugar nas eleições para o Governo do Estado, em 2022

 

Com origem na direita, Duarte Jr. aproximou-se de Lula com articulação de Flávio Dino e de seus aliados no PT e no PCdoB, mas só a partir de 2022

Análise da notícia

O deputado federal Duarte Jr. assumiu nesta terça-feira, 2, em entrevista a uma emissora de TV repercutida no blog Marrapá, uma postura que o próprio senador Weverton Rocha (PDT) reconhece ter sido seu principal erro  nas eleições de 2022; filiado ao PSB, com apoio do PT e de toda a esquerda da base do governo Lula (PT), Duarte quer em seu palanque, mesmo assim, o PL, partido do presidente Jair Bolsonaro.

Na entrevista desta terça-feira, Duarte chegou a declarar: “o que importa são os resultados”.

– É claro que você tem um político de preferência, tem gente que apoia o Lula, tem gente que apoia o Bolsonaro; mas eu tenho certeza que quem está em casa, o que mais quer é a resolução dos seus problemas. Essa discussão, essa polarização eu acho que não faz o menor sentido” – disse Duarte, sem assumir sua própria preferência. (Leia aqui)

Essa mesma postura furta-cor foi adotada pelo senador Weverton Rocha nas eleições de 2022.

Filiado ao PDT de Ciro Gomes, aliado ao PT de Lula e com o PL bolsonarista em sua coligação, o senador não se definiu por nenhum candidato a presidente e acabou amargando o terceiro lugar na disputa pelo governo; hoje, o próprio Weverton reconhece ter sido este o seu principal erro.

O debate sobre a relação de Duarte Jr., ao mesmo tempo, com o PT de Lula e com o PL de Bolsonaro, começou quando este blog Marco Aurélio d’Eça revelou, com exclusividade, que o seu marqueteiro, Manoel Canabarro, desaconselhou a presença do PL bolsonarista em seu palanque; na reunião com Duarte, Canabarro usou o exemplo do próprio Weverton.

Esta posição anti-bolsonarista tem sido adotada também pelo vice-governador Felipe Camarão, filiado ao PT e futuro candidato de Lula nas eleições de 2026; Camarão é hoje o coordenador-geral da campanha de Duarte Jr.

Origem na direita

A relação de Josimar com Duarte vai além da questão político-ideológica, como afirma o próprio deputado bolsonarista

Mas embora tenha surgido na política pelas mãos do ex-governador Flávio Dino, Duarte Júnior sempre foi, conceitualmente, mais vinculado à direita.

Em 2020, quando disputou a prefeitura pelo PRB, ele chegou a declarar-se, orgulhosamente, em vídeo que rodou todo o primeiro turno, pertencer ao “partido do 10, partido de Bolsonaro”. No segundo turno, Dino assumiu a campanha e o afastou do bolsonarismo.

Esta história também foi retratada neste blog Marco Aurélio d’Eça, no post “Apoiado por Flávio Dino, Duarte declara: “sou do partido de Bolsonaro…”.

Mas a relação com o presidente regional do PL e colega Josimar de Maranhãozinho – que este próprio define como “pessoal, mas do que política” – se manteve, sobretudo após Duarte se eleger deputado federal.

Esta relação, que perpassa a linha ideológica e incide também na relação com o governo federal e com as emendas parlamentares, mantém o vínculo entre o deputado socialista e o proto-bolsonarista.

Mas esta é uma outra história…

0

MDB confirma este blog e declara apoio a Braide….

Prefeito foi recebido na tarde desta terça-feira, 12, em Brasília, pelo presidente nacional do parido, Baleia Rossi, ao lado do deputado federal Cléber Vede e do ex-deputado Hildo Rocha, numa confirmação do que Marco Aurélio d’Eça havia antecipado há duas semanas

 

Braide entre Cléber Verde, baleia Rossi e Hildo Rossi: prego batido e ponta virada no apoio do MDB

Assim como este blog Marco Aurélio d’Eça adiantou, com exclusividade, há duas semanas, no post “Cleber Verde ameaça sair e Baleia Rossi intervém no MDB em São Luís”, o deputado federal venceu a queda de braço com o grupo do governador  Carlos Brnadão (PSB) e o  MDB vai mesmo apoiar o prefeito de São Luís, Eduardo Braide.

O prefeito foi recebido em Brasília nesta terça-feira, 12, ao lado de Cleber Verde e do ex-deputado federal Hildo Rocha.

– Amigos do Maranhão com muita alegria estou recebendo aqui na sede nacional o prefeito de São Luís Eduardo Braide. Depois de muita conversa pensando no que é melhor para São Luís, o MDB define apoiar a reeleição do Braide; parabéns Cleber Verde pela decisão – declarou Baleia Rossi.

– Este apoio do MDB é fundamental pra que a gente possa melhorar a vida das pessoas de São Luís; o apoio será honrado – respondeu Braide

Segundo apurou o blog Marco Aurélio d’Eça, o MDB tem a prerrogativa de indicar o vice de Braide, nome que ainda será discutido com as lideranças do partido em São Luís.

0

Lideranças do PDT realinham agenda da campanha de Fábio Câmara

Senador  Weverton Rocha, prefeito Erlânio Xavier e vereador  Rai9m,uindo Penha reuniram com o candidato a prefeito nesta segunda-feira, 11, para analisar a nominata de candidatos a vereador e definir os próximos passos da caminha, que deve culminar com o lançamento oficial da candidatura, no dia 12 de abril, durante convenção do partido

 

Penha, Weverton, Fábio Câmara e Erlânio durante reunião na sede do PDT maranhense

O presidentes regional e municipal do PDT, senador  Weverton Rocha e vereador Raimundo Penha, respectivamente, reuniram-se nesta segunda-feira, 11, com o pré-candidato a prefeito pelo partido, Fábio Câmara, para definir os próximos passos da campanha.

Da reu7niuyão também participou o secretário-geral do PDT, prefeito Erlânio Xavier, de Igarapé-Grande.

As quatro lideranças pedetistas analisaram a nominata do partido para as eleições à Câmara Municipal e também receberam novas filiações; o partido já tem a chapa completa de candidatos a vereador e estima eleger ao menos dois parlamentares.

Weverton reafirmou que prete4ndse fazer o lançamento oficial da candidatura de Fábio Câmara no dia 12 de abril, durante a convenção estadual do PDT.

 

0

INSS atua para reduzir tempo de espera de perícia médicas

Gerência Executiva do instituto oferece opções para os segurados, que podem entregar documentação sem necessidade de agendamento

A gerência executiva do INSS em São Luís tomou uma série de providências para diminuir o Tempo de espera de Perícias Médicas.

Os segurados podem dar entrada no pedido pelo aplicativo, no site ou entregar a documentação diretamente na agência sem precisar de agendamento através do ATESTMED.

Essa tem sido a pauta nos últimos meses no Instituto Nacional do Seguro Social – INSS em todo território nacional.

Com ações focados nos Benefícios por Incapacidade e Benefícios Assistenciais que necessitam de perícia médica, as Gerências Regionais passaram a adotar planos de ação que priorizem as ações dos peritos médicos com foco na redução do Tempo Médio de Espera das perícias médicas.

No Estado do Maranhão, onde o instituto tem duas Gerências Executivas, São Luís e Imperatriz, não é diferente. Várias ações locais e estratégicas com alinhamento com o Ministério da Previdência Social já foram realizadas e estão sendo com esse intuito.

Como exemplo nos últimos meses, a Gerência Executiva do INSS em São Luís já realizou mais de mil antecipações de Perícias Médicas com ações de mutirões localizados para redução do estoque de benefícios por incapacidade.

As cidades de Tutoia, Bacabal, Timon, São Bento, Santa Quitéria passaram pela lista de cidades que estavam no planejamento para redução de estoque de benefícios por incapacidade, receberam peritos médicos para antecipações dos segurados locais.

No último final de semana, 24 e 25 de fevereiro, foi a vez da cidade de Barreirinhas receber mutirão de perícias médicas, fazendo pouco mais de 200 perícias médicas de antecipações ao povo local.

Na capital ludovicense, novos peritos médicos de outros estados foram convocados para prestar apoio à redução de estoque na Agência da Previdência Social da Deodoro, fazendo em média 100 novas perícias de antecipações por dia, durante uma semana.

“É um momento de virada de chave, hoje, qualquer cidadão pode fazer a solicitação diretamente pelo canais remotos do MEUINSS, ligando 135 e pela INTERNET, encaminhado seus documentos e laudos e esperando a análise a distância, sem a necessidade de comparecimento presencial no primeiro momento. Somente após a indicação de pendências ou de necessidade presencial que esse segurado deve se deslocar a uma unidade mais próxima do INSS para mais informações”, disse o gerente executivo de São Luís, Akiciano Vale.

“É uma honra fazer parte disso, não só eu, mas devo agradecer primordialmente as pessoas por trás de mim, meus gestores de unidade, chefes de setores e a todos que dedicam seus esforços a prestar um serviço de qualidade, sem uma equipe eficiente, nada disso seria possível”, disse ele.

Esse esforço contribuiu para uma redução média nacional de 47 dias no tempo de espera, mesmo ligeiramente acima do limite legal de 45 dias.

A equipe do INSS, liderada por Akiciano Vale, encara o desafio com determinação, mantendo o compromisso de aprimorar os serviços, marcando um passo significativo para proporcionar uma experiência mais eficiente e acessível aos beneficiários do Benefício Assistencial à Pessoa com Deficiência.

Os segurados que precisam pedir o benefício por incapacidade temporária (antigo auxílio-doença) por até 180 dias podem dar entrada no requerimento, via Atestmed, pelo aplicativo ou site Meu INSS.

Já as pessoas que tenham perícia médica marcada e queiram trocar o atendimento presencial por análise documental podem ligar para a Central 135 e solicitar a substituição do modelo de atendimento.

Neste caso, o segurado é orientado a comparecer a uma Agência da Previdência Social (APS) para entregar sua documentação médica, caso não tenha acesso à internet. Para esse tipo de atendimento não é preciso agendar.

Para dar entrada no pedido de benefício por incapacidade temporária, o segurado tem que preencher os seguintes requisitos: contribuir para a Previdência Social, ter qualidade de segurado, cumprir carência (que são 12 contribuições previdenciárias realizadas antes do mês do afastamento, no mínimo) e apresentar atestado médico que comprove a necessidade de afastamento do trabalho por mais de 15 dias.

O prazo máximo do Atestmed é de 180 dias.
O documento a ser anexado deve conter as informações abaixo:

• Nome completo
• Data de emissão (que não pode ser igual ou superior a 90 dias da data de
entrada do requerimento
• Diagnóstico por extenso ou código da CID (Classificação Internacional de Doenças)
• Assinatura do profissional, que pode ser eletrônica e deve respeitar as regras vigentes
• Identificação do médico, com nome e registro no conselho de classe (Conselho Regional de Medicina ou Conselho Regional de Odontologia), no Ministério da Saúde (Registro do Ministério da Saúde), ou carimbo
• Data de início do repouso ou de afastamento das atividades habituais
• Prazo necessário para a recuperação, podendo chegar a 180 dias

Estamos vivenciando uma mudança de chave do INSS nos últimos tempos, com o avanço tecnológico agora é possível fazer a solicitação de benefícios por incapacidade diretamente pelo MEUINSS, ligando no 135 ou pela INTERNET, com encaminhando do LAUDO MÉDICO diretamente pelas plataformas e, somente em caso de não conformidade do laudo, a perícia médica será marcada presencialmente.

É aguardar e acompanhar as próximas ações.

Da assessoria

0

Eduardo Braide acusa o golpe do escândalo da Cidade do Carnaval…

Prefeito exonerou dois servidores graduados da Secretaria Municipal de Cultura após vir à tona contrato de quase R$ 7 milhões com uma Escola Comunitária para realização de eventos no pré-carnaval de São Luís

 

Sede do instituto que gerou as demissões na Secretaria de Cultura da gestão de Eduardo Braide

O prefeito Eduardo Braide (PSD) demitiu nesta segunda-feira, 29, a chefe de gabinete da Secretaria Municipal de Cultura, Aulinda Mesquita Lima, e o analista jurídico da pasta, Jean Felipe Martins; as demissões ocorreram após repercussão negativa de um contrato de quase R$ 7 milhões que a Secult firmou com uma escola comunitária para realização de festas carnavalescas.

A denúncia começou a ser feita em blogs de São Luís ainda na semana passada; diante da repercussão negativa, a Controladoria-geral do município informou que o dinheiro não foi repassado à entidade; em seguida, anunciou-se o rompimento do contrato; e hoje saíram as demissões dos dois servidores.

Mas não é a primeira vez que o “Instituto de Educação Juju e Cacaia-tu és uma Benção”, localizado na Cidade Olímpica, presta serviços deste tipo para  gestão de Eduardo Braide; em junho de 2023, a prefeitura pagou R$ 370 mil à mesma entidade para realização de festas de São João.

Desta vez, o escândalo veio à tona por causa dos atropelos da prefeitura para montar sua agenda de pré-carnaval.

Resta saber agora como a prefeitura fará para pagar o pré-carnaval.

E quem será o operador da festa…