0

Governo, Femaci e Conguarás iniciam gestão do Tratamento Fora do Domicílio…

Municípios vão poder contar com ações consorciadas dentro do projeto, tendo apoio de todos os entes envolvidos

 

Representando a Femaci, Ronald Damasceno fala sobre a gestão do TFD

Prefeitos de municípios que fazem parte do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Regional da Baixada Ocidental e Floresta dos Guarás (Conguarás) já têm à disposição uma equipe técnica para o levantamento de toda a estrutura necessária para a implantação da gestão consorciada do Tratamento Fora de Domicílio (TFD) no litoral Norte.

O aparato foi disponibilizado pela Secretaria de Estado de Saúde, durante reunião realizada na sede da SES.

– O secretário Carlos Lula aprovou integralmente a iniciativa do Conguarás, já colocando uma equipe técnica à disposição, além da logística, para que os trabalhos tenham início no que se refere à competência do estado. O Estado acredita ser esse um dos caminhos para regularizar a questão do Tratamento Fora do Domicílio no Maranhão – ressaltou o representante da SES, Mariano Castro.

A coordenadora do projeto do TFD Consorciado, Magda Gonçalves, detalhou as ações previstas no projeto acordado com o Governo do Estado.

Entre as ações previstas, está a aquisição de ônibus adaptados que atendam à demanda da região para o transporte sanitário de pacientes. A proposta trata ainda da reestruturação do programa de ação em saúde utilizando o sistema de Regulação de Vagas (SISREG), do Ministério da Saúde, e estabelecendo a regulação entre os municípios do Conguarás , com a prefeitura de São Luís e o Governo do Estado.

– Nós, prefeitos do consórcio, estipulamos que trabalharíamos sempre com o temas de extrema importância para o litoral norte. O primeiro foi o TFD, problema que perdura por todos os quatro cantos do Maranhão. Apresentamos uma proposta ao ministro da Saúde, em Brasília, e ao Governo do Estado, que foi muito bem aceita. Esse ‘sim’ do Estado a nosso trabalho de união em prol de toda a população de nossa região é de extrema importância para a administração dessa dificuldade comum a nós, gestores, e para mais saúde e qualidade de vida para nossas populações – ressaltou o prefeito de Apicum-Açu e presidente do Conguarás, Claúdio Cunha.

…E ouve represnetantes de outros entes também expor suas ideias

Para o secretário-geral da Federação Maranhense de Consórcios Intermunicipais (Femaci), Ronald Damasceno, este é um projeto-piloto para a construção de um novo processo para a construção da política pública para a saúde no estado.

– O Conguarás dá início a um novo momento para a saúde no Maranhão. A gente acredita que essa vontade política dos prefeitos vai realmente trazer resultados palpáveis com relação a este que é um dos principais gargalos da saúde, pois a população precisa ser assistida – concluiu.

Participaram da discussão com o assessor técnico da Secretaria de Saúde do Estado, Mariano Castro, os prefeitos de Apicum-Açu (Cláudio Cunha), de Guimarães (Margarete Ribeiro), de Cururupu (Profª Rosinha), de Bacuri (Drº Whashington), de Porto Rico (Tatyana Mendes), e de Bequimão (Zé Martins). Também estiveram presentes a secretária municipal de Saúde de São Luís, Helena Duailibe, e a secretária da Comissão Intergestores Regional de Pinheiro, Rosiane Araujo Marinho, além de vários secretários municipais.

Também participaram da reunião os prefeitos Ronildo Campos, de Penalva, e Linielda de Eldo, de Matinha.

Ambos representando o Conlagos (Consórcio Intermunicipal dos Lagos Maranhenses), que é o próximo território para a implantação do projeto TFD consorciado.

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *